Você está na página 1de 23

USINAS INER

APRESENTAÇÃO

ESTADO DO AMAZONAS
SINDICATO NACIONAL
DOS DECORADORES E
TAPECEIROS

São responsável pela logística reversa na representação junto às prefeituras e iniciativa privada. www.sindetap.org.br

IMPLANTAÇÃO E AÇÕES
Coleta, transporte, transbordo, triagem, reciclagem, reutilização e destinação final
ambientalmente adequada dos Resíduos Sólidos de Origem Moveleira.
RESPONSABILIDADES
Representar a Categoria dos Decoradores e Tapeceiros
Implantação de cursos de tapeceiros e restaurador de móveis voltado à logística reversa de resíduos
sólidos volumosos – Projeto Do Lixo ao Luxo
Representante Exclusivo do Grupo INER – Assessoria e representação junto aos Governos, Empresários e
Terceiro Setor em todo o Território Nacional
Participação de Reuniões e Eventos
Reconhecimento da profissão do Tapeceiro e Decorador

TREINAMENTOS, CURSOS E FORMAÇÕES


Voltados para mão de obra especializada no tratamento e reaproveitamento de Resíduos
Sólidos de Origem Moveleira.
Formação de novos profissionais tapeceiros que outrora estavam sobrevivendo do lixo.
GRUPO INER

O GRUPO INER foi constituído com o objetivo de


contribuir para a implementação da Lei 12.305/2.010
que trata da Política Nacional de Resíduos Sólidos
(PRSN) através de instituições, empresas e cidadãos
realmente comprometidos com uma política social
mais justa, responsável e sustentável.
USINAS NACIONAIS
Após trazer a solução dos Resíduos Sólidos de Origem Moveleira nos
foi sugerido pelo Ministério do Meio Ambiente abraçar a causa
também dos resíduos sólidos de origem orgânica e à partir disso
compramos também este desafio e passamos a nos reunir com
profissionais da área na busca do projeto perfeito junto ao Grupo
INER. Durante o processo a fabricação da Usina Nacional Lixo Limpo.
GESTÃO O Grupo INER irá fazer a gestão completa desde o início até a
entrega das chaves aos investidores, após a entrega estará ajudando
na gestão e também na manutenção das usinas em todo o Território Nacional.
SINDICATO NACIONAL
DOS DECORADORES
E TAPECEIROS

ATIVIDADES SINDETAP X GRUPO INER


 Separar os estados em regionais de 1500mil a 2000mil habitantes
Agrupar os municípios menores de 100mil habitantes em consórcios
Notificar e apresentar Prefeituras e comunicar Governo, secretarias e Ministério Público a solução do
Grupo Iner com relação ao problema do Lixo
Angariar terrenos, sejam de concessão ou compra para os Prédios Sociais, CTTs e Usinas
Auxílio na formação da diretoria da Federação do Elo Social do Estado
Participar e promover reuniões com os governos, empresarios, investidores e afins.

CONTROLES
 Relação de Empresas de Terraplenagem
Levantamento de Empresas ligadas ao Lixo (Investidores locais)
Valor dos terrenos para CTTs, usinas e prédios sociais/seccionais
Orçamentos de Terraplanagem
CONFEDERAÇÃO
DO ELO SOCIAL
A CESB é a instituição responsável pela implantação de todos os
programas sócias advindos da construção das unidades de usinas
INER. A cada indústrias de Beneficiamento de Resíduos Sólidos de
origem orgânica será doado um prédio distrital para abrigar o
projeto denominado Social do Cidadão e a cada fábrica de
compostagem, Industria de Adubos será doado um prédio
Seccional.

SOCIAL DO CIDADÃO
Com capacidade de atender socialmente 200
famílias dia e ministrar 720 cursos grátis de
cidadania por mês, nossas sedes serão instrumento
social para atendimento das famílias nas mesmas
localidades das usinas.
O LIXO NO BRASIL
O LIXO NO BRASIL
60% do Brasil tem lixões
O aterro sanitário é apenas uma forma de minimizar imptactos ambientais de
forma não lucrativa e paliativa
A lei 12.305 de Resíduos Sólidos é do ano de 2010
60% dos prefeitos estão cometendo improbidade administrativa neste momento
Esses lixões poluem o ar, a terra e a água trazendo diversas doenças
Viciados e ladrões roubam fios, ferro para vender nas falsas cooperativas
Catadores vivem dos lixões sem controle e sem equipamentos segurança

Produção de lixo
Cada pessoa produz em média 1 Kg de lixo por dia
(Fonte: http:www.brasil.gov.br/meio-
ambiente/2013/08/semana-nacional-do-meio-ambiente-2013)
100 mil pessoas = 100 toneladas diárias
SOLUÇÕES QUE VIABILIZAM O PROJETO :
 CTT - Centro de Triagem e Transbordo
Uma a cada 100 mil habitantes
 Usina de Incineração Produtos Químicos Hospitalares para cada Regional
Uma a cada 1500/2000 mil habitantes
 Usina de Compostagem para cada Regional
Uma a cada 1500/2000 mil habitantes

 Prédio Social
Um prédio social para cada CTT – Centro de Triagem e Transbordo instalada
 Prédio Seccional administrativo / gerencia dos prédios sociais
Um prédio seccional para cada regional

 Cooperativa
A ser instalada estrategicamente em cidade
próxima onde tiver um CTT.
SOLUÇÕES QUE VIABILIZAM O PROJETO :
 Convênio com Sistema Penitenciário
Utilização de mão de obra carcerária na preparação de:
Blocos, Estruturas metálicas, Materiais diversos

 União das maiores empresas fornecedoras do Brasil


Volume de compras para atender todos os CTTs, Usinas e Prédios Sociais
Logística compartilhada e controlada feito pelos fornecedores
Desenvolvimento de soluções em conjunto com os maiores fabricantes

 Faturamento Direto Investidor x Fornecedor


Venda direta evitando bi-tributação
Gestão de pagamentos controlado com medições
Negociações sem intermediações
PRÉDIOS PREVISTOS NO BRASIL

128 128
Prédios 128de
Usinas Usinas
Seccionais compostagem
Compostagem
1750 CTT –
Centro de
Triagem e
1750 Transbordo
Cooperativas
128 Usinas de
1750 Incineração
Prédios
Sociais
PRÉDIOS PREVISTOS PARA O ESTADO DO AMAZONAS

1 128
Prédio 2 Usinas
Usinas de
Seccional compostagem
Compostagem
35 CTT –
Centro de
Triagem e
Transbordo
35
Cooperativas
2 Usinas de
35 Incineração
Prédios
Sociais
GRUPO INER

COOPERATIVA - COOPERINER
 Vamos trabalhar com a cooperativa na cidade mais próxima da Usina
Empregará toda a mão de obra dos catadores de lixo da região
Todos os catatores serão cadastrados e aproveitados
Material excedente e restos serão enviados para as usinas

Serão preparados com diversos cursos com a finalidade de:


Profissionalização e preparação para a função de tapeceiro
Formar a cooperativa com 40 cooperados
Emprego via CLT para os não cooperados
Preparar o cooperado para o empreendedorismo
Mão de obra para trabalho nas Usinas do Grupo Iner

Apoio
SINDETAP
SEBRAE
DIFERENCIAIS DOS CTTs e DAS USINAS

Reciclagem e reaproveitamento de 100% do lixo


 O orgânico também será transformado em riqueza
Meta de preço  o preço próximo do custo
Possibilidade de expansão para 200 toneladas dia
Dar emprego e direitos aos catadores e quem vive do lixo
A cada CTT Centro de Triagem e Transbordo teremos um Prédio Social
A cada regional um prédio Seccional para administrar os Prédios Sociais
Acaba com todos os lixões ilegais e aterros sanitários
Modelo adaptado para a realidade Nacional
Única forma e opção viável que atende 100% do problema do lixo.
Investimentos feitos pela iniciativa privada
Logística própria fácil e inteligente
Gestão de manutenção em todo o território Nacional
Totalmente adaptada para o mercado Nacional
Padrão de construção igual em todo o território Nacional
DIFERENCIAIS DOS PRÉDIOS SOCIAIS / SECCIONAIS

 Localizado no local mais perigoso da cidade


 Diretoria formada com competências diversas
 Disponibilização de Assistente Social, Psicólogo e Advogado
 Cursos vivenciais de Cidadania, Administração conjunta do lar,
Primeiros Socorros, Crenças, Nutrição, Sexologia, Estética Corporal,
Etiquetas e Comportamentos, Vocações e Aptidões dentre outros
 Objetivo principal é cuidar da família
 Melhorar a qualidade de vida
 Preparar o cidadão com conhecimentos de cidadania
 Prédios Seccionais irão ajudar na gestão dos Prédios Sociais
 Cada Regional terá um Prédio Seccional o qual também incorporará o
Prédio Social.
PROPOSTA
 PREFEITURA:
• Cessão compartilhada de área de terras ao investidor
• Coordenar ação conjunta com as cooperativas
• Dar destinação correta ao lixo
• Irá pagar pela destinação do lixo 60% do que a prefeitura paga hoje

 TERRAPLENAGEM
• Validação dos terrenos (CTTs, Usinas e Prédios Sociais)
• Auxílio na documentação do terreno
• Preparar os terrenos para a construção dos CTTs, Usinas, Prédios Sociais e
Prédios Seccionais
• Levantamento de custos e orçamento de terraplenagem

 INVESTIDORES
• Contrato com o Grupo Iner
• Administração da Usina
EMPRESÁRIO - INVESTIDOR

 Gestor e proprietário dos CTTs – Centro de Triagem e Transbordo e


Usinas com a obrigação de ceder espaço para garagem dos
caminhões coletores e apoio logístico para funcionários da
empresa.

 Responsável pelo apoio junto a Cooperiner de sua região fornecendo prensa


hidráulica com capacidade de suprir a necessidade regional.

 Cuidar da destinação e distribuição correta do lixo.


• Transformar em riqueza o lixo captado

 Fornecer terreno para a Fundação (Prédio Social/Seccional)

 Receber os resíduos gerados pela Cooperinier


QUEM COMPRA OS CTTs e USINAS

Quem hoje lucra com o lixo terá lucros ainda


maiores com os CTTs e as usinas. Os empresários
locais terão prioridade de compra.

Investidores Municipais, Estaduais e Nacionais de


diversos setores são convidados para uma segunda
rodada

Investidores internacionais estão sendo convidados


para totalizar as vendas no país

 Obs: Preferência que a venda seja feita por:


 Regional (CTTs, 01 Usina de Compostagem e
01 Usina de Incineração)
VALORES PREVISTOS DE INVESTIMENTOS

CTT – Centro de Triagem e Transbordo


Instalado em Terrenos de 10.000m2
Preço Médio entre 6 a 8 Milhões
Contrapartida um prédio social

Usina de Incineração / Cremação


Instalado em terrenos de 1.500m2
Preço Médio entre 3 e 4 Milhões

Usina de Compostagem
Instalado em terrenos de 750.000m2
Preço Médio entre 6 a 8 milhões
Contrapartida um prédio Seccional

Diversos:
 Frete, terrenos, assessoria,
terraplanagem.
RETORNO DE INVESTIMENTOS
Separação e destinação
Ferro, alumínio, aço
Plásticos ,vidros, papelão
Orgânicos para compostagem
Produtos químicos, hospitalares, restos de animais, dentre outros.

Produtos ecológicos específicos para cada região do país


Briquete de biomassa
Corretor de solo
Adubo
Gás (geração de energia e crédito carbono)

Contrato com as prefeituras, empresas coletoras,


particulares, dentre outras oportunidades

Matéria prima para indústria


PREFEITURAS

Estar atendendo a legislação federal da política nacional de


resíduos sólidos.

Não se envolver em polêmicas com referência a lixões e aterros sanitários a céu


aberto gerando poluição do ar, da terra e do lençol freático.

 Manter sua responsabilidade assumida junto ao Ministério das Cidades ou FUNASA


quanto a destinação das verbas repassadas para esse fim.

 Aumentar renda da saúde com os 40% de desconto dado pelas Usinas


e CTTs.

 Inovar apoiando o Estado nas ações Social através do


Prédio Social do Cidadão

 Abrigar de forma socialmente corretas os


munícipios envolvidos com Lixo
RESULTADOS ESPERADOS:

Diminuição nos índices de criminalidade

Melhora na qualidade de vida do cidadão

 Diminuir sensivelmente os problemas de saúde causado pela má gestão do lixo hoje


existente, melhorando a qualidade do ar, da terra e da água

 Acabar com o trabalho escravo dos catadores dando dignidade na


profissão, não tendo mais que puxar carrinhos para captação do lixo,
colocando os mesmos no mercado de trabalho através de CLT,
Cooperativas e Empreendedorismo.

 Mão de obra especializada com o reconhecimento


perante a sociedade

 Solução da destinação de 100% do lixo


FORNECEDORES
Presidente Elo Social AM – Felipe Silva
CONTATOS
Presidente Sindetap AM – Fredson Menezes

SINDETAP – Sindicato Nacional dos Decoradores e


Tapeceiros - www.sindetap.org.br 11-2528-8085

Grupo Empresarial Iner – www.acordabrasil.org.br


11-3991-9919

Jjjjjj Confederação do Elo Social - www.elosocial.org.br

Instituto Iner e Cooperativas - Cooperiner

Selo Verde

Interesses relacionados