Você está na página 1de 5

Língua Portuguesa para a banca Cespe

Professor Sidney Martins (@sidconcursos)

CRASE

1. (Ano: 2017 / Banca: CESPE / Órgão: SEDF)

Com relação às ideias do texto CB1A1BBB e aos seus aspectos linguísticos, julgue o item a seguir.

A supressão do acento grave, indicativo de crase, no trecho "que Claparède compara à que
Copérnico realizou na astronomia" (l. 5 e 6), prejudicaria a correção gramatical do texto, dada a
impossibilidade de omissão do artigo definido no contexto.

( ) CERTO ( ) ERRADO

2. (Ano: 2017 / Banca: CESPE / Órgão: SEDF)

Julgue o próximo item, referente a aspectos linguísticos do texto CB1A1AAA e à sua tipologia.
A correção gramatical do texto seria prejudicada caso se empregasse o sinal grave indicativo de
crase no "a" em "fuja a determinações" (l. 22 e 23).

( ) CERTO ( ) ERRADO

3. (Ano: 2016 / Banca: CESPE / Órgão: TCE-SC)

Com relação às estruturas linguísticas do texto CB2A2AAA, julgue o item a seguir.


No trecho "referia-se a uma ampla interação" (l. 23 e 24), a inserção do sinal indicativo de crase no
"a" manteria a correção gramatical do período, mas prejudicaria o seu sentido original.

( ) CERTO ( ) ERRADO

4. (Ano: 2016 / Banca: CESPE / Órgão: DPU)

Acerca dos aspectos linguísticos e das ideias do texto acima, julgue o item seguinte.
No trecho "respostas às demandas" (l.20), o emprego do sinal indicativo de crase justifica-se pela
regência do substantivo "respostas", que exige complemento antecedido da preposição a, e pela
presença de artigo feminino plural que determina "demandas".

( ) CERTO ( ) ERRADO

5. (Ano: 2016 / Banca: CESPE / Órgão: DPU)

Com referência às ideias e aos aspectos linguísticos do texto apresentado, julgue o seguinte item.
No trecho "Anteriormente à primeira Constituição pátria" (l.4), o emprego do acento indicativo de
crase é facultativo.

( ) CERTO ( ) ERRADO
6. (Ano: 2015 / Banca: CESPE / Órgão: Telebras)

No que se refere às estruturas linguísticas do texto acima e às ideias nele desenvolvidas, julgue o
item a seguir.

O sinal indicativo de crase em "proteção às redes" (l. 5 e 6) justifica-se pela contração da preposição
a, exigida pelo substantivo "proteção", com o artigo definido feminino as, que determina o vocábulo
"redes".

( )CERTO ( )ERRADO

7. (Ano: 2015 / Banca: CESPE / Órgão: STJ)

Julgue o item que se segue, relativos às estruturas linguísticas do texto Estado social e princípio
da solidariedade.
A correção gramatical do texto seria prejudicada caso se empregasse o sinal indicativo de crase
no vocábulo "a" em "dá suporte a exigências recíprocas" (l.20).

( ) CERTO ( ) ERRADO

8. (Ano: 2015 / Banca: CESPE / Órgão: Instituto Rio Branco)

Com relação às ideias, às estruturas linguísticas e à tipologia do texto anterior, de Luiz Ruffato,
julgue o item que se segue.
Na expressão "de segunda a sexta" (l.28), o uso do sinal indicativo de crase no termo "a" não
prejudicaria a correção gramatical do texto, pois, nesse caso, tal uso tem caráter facultativo.

( ) CERTO ( ) ERRADO

9. (Ano: 2015 / Banca: CESPE / Órgão: MPOG)

Acerca das estruturas linguísticas do texto A gestão pública adaptada ao novo paradigma da
eficiência, julgue o item subsecutivo.
Na linha 28, a correção gramatical do trecho seria mantida, caso se inserisse acento indicativo de
crase no vocábulo "a" que compõe a locução "a cabo".

( ) CERTO ( ) ERRADO

10. (Ano: 2015 / Banca: CESPE / Órgão: TCU)

Com relação a aspectos linguísticos do texto, julgue o próximo item.


O emprego do sinal indicativo de crase no trecho "somadas à compilação de costumes
tradicionais" (R.24) é facultativo, razão por que sua supressão não acarretaria prejuízo para o
sentido nem para a correção do período.

( ) CERTO ( ) ERRADO
11. (Ano: 2015 / Banca: CESPE / Órgão: FUB)

A respeito das ideias e das estruturas linguísticas do texto II, julgue o item subsecutivo.

"Constitui alento a informação de que sete universidades brasileiras figuram entre as doze
melhores da América Latina."

Na linha 1, é facultativo o emprego de sinal indicativo de crase no "a" que antecede "informação",
devido à regência nominal do vocábulo "alento".

( ) CERTO ( ) ERRADO

12. (Ano: 2015 / Banca: CESPE / Órgão: FUB)

Com base nas ideias e estruturas linguísticas do texto I, julgue o item subsecutivo.
O emprego do acento indicativo de crase em "Candidatou-se à Academia Brasileira de Letras"
(l.25) é obrigatório, devido à fusão da preposição que segue a forma verbal com o artigo definido
feminino singular que precede o termo "Academia".

( ) CERTO ( ) ERRADO

13. (Ano: 2015 / Banca: CESPE / Órgão: FUB)

Com base nas ideias e estruturas linguísticas do texto I, julgue o item subsecutivo.
Em "à criança" (L.14), caso o vocábulo "criança" fosse empregado no plural, o acento indicativo de
crase deveria ser mantido.

( ) CERTO ( ) ERRADO

14. (Ano: 2015 / Banca: CESPE / Órgão: FUB)

A respeito das ideias e estruturas linguísticas do texto II, julgue o próximo item.
A correção gramatical do texto seria prejudicada caso se inserisse acento indicativo de crase no
"a", em "a homenagear o especialista" (l. 16 e 17).

( ) CERTO ( ) ERRADO

15. (Ano: 2015 / Banca: CESPE / Órgão: Instituto Rio Branco)

Com relação a aspectos gramaticais do texto acima, julgue (C ou E) o próximo item.


Em razão do arranjo sintático na expressão "na geração anterior à nossa" (R.2), torna-se obrigatório
o emprego do sinal indicativo de crase, apesar de esta preceder um pronome possessivo.

( ) CERTO ( ) ERRADO
GABARITO

01. Gabarito: Certo.

Há divergência entre os autores no tocante ao emprego de a, as, o e os antes de pronomes relativos.


A grande maioria dos gramáticos entende que o emprego desses vocábulos antes dos relativos é
um pronome demonstrativo, substituível por aqueles, aquelas. Contudo, Bechara e Luft dizem que
a, as, o e os (antes de substantivo elíptico) são artigos definidos. Dessa forma, percebemos que o
CESPE adota a visão de Bechara e Luft nesse aspecto.

02. Gabarito: Certo.

O termo A na sentença é apenas uma preposição, portanto não pode haver crase. Dica: A no
singular + palavra no plural = crase nem a pau.

03. Gabarito: Errado.

Não há crase antes do termo UMA quando for pronome indefinido ou artigo indefinido. Diante do
termo UMA só haverá crase quando for uma hora especificada, exemplo: Cheguei à uma hora da
tarde. Nesse caso, o UMA funciona como numeral.

04. Gabarito: Certo.

É uma questão de crase típica do CESPE, pois foi exigida aqui do candidato a noção da regra geral
de crase. Ou seja, o termo anterior RESPOSTAS exige a preposição A e o termo posterior
DEMANDAS admite o artigo AS.

05. Gabarito: Errado.

A crase é obrigatória na sentença. Para que a crase seja facultativa gramaticalmente é preciso
aparecer NOME PRÓPRIO FEMININO, PREPOSIÇÃO ATÉ E PRONOME POSSESSIVO
FEMININO ADJETIVO.

06. Gabarito: Certo.

O termo PROTEÇÃO exige a preposição A e o termo REDES admite o artigo AS.

07. Gabarito: Certo.

Quando o termo A está no singular acompanhado de uma palavra feminina no plural, não há crase.
Isso mostra que o termo A é apenas uma preposição.

08. Gabarito: Errado.

Prejudicaria sim, pois não pode haver crase no caso em questão por conta do paralelismo sintático.
E também não temos nenhuma situação que permita a crase facultativa.

09. Gabarito: Errado.

A crase é obrigatória nas locuções adverbiais compostas por palavras femininas; Já nas locuções
adverbiais com palavras masculinas, como: a pé, a caminho, a cavalo, a frio, a gás, a gosto, a lápis,
a prazo, a vapor, não se acentua o a, que é uma simples preposição.
10. Gabarito: Errado.

A crase é obrigatória na sentença. Para que a crase seja facultativa gramaticalmente é preciso
aparecer NOME PRÓPRIO FEMININO, PREPOSIÇÃO ATÉ E PRONOME POSSESSIVO
FEMININO ADJETIVO.

11. Gabarito: Errado.

O termo A é apenas um artigo, pois INFORMAÇÃO é o núcleo do sujeito. Colocando na ordem


direta, teríamos: A informação de que sete universidades brasileiras figuram entre as doze melhores
da América Latina constitui alento. Portanto, não há crase.

12. Gabarito: Certo.

Típica questão do CESPE utilizando a regra geral da CRASE. O termo anterior exigiu a preposição
A e posterior admitiu o artigo A.

13. Gabarito: Errado.

Não existe possibilidade de crase com A no singular diante de palavra no plural.

14. Gabarito: Certo.

Não existe crase diante de verbo.

15. Gabarito: Certo.

O termo ANTERIOR exige a preposição A e o termo posterior NOSSA é um pronome possessivo


feminino substantivo. Portanto, a crase é obrigatória.

Você também pode gostar