Você está na página 1de 11

Modelagem e pintura:

metamorfose do biscuit
CHRIS SPAOLONZI
MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT

-2-

O curso
Já imaginou transformar o bis-
cuit em madeira ou ferro usan-
do modelagem e pintura? Chris
Spaolonzi faz isso e vem à eduK
contar todos os seus segredos
aplicados em uma linda peça: o
castelo flutuante. Você aprenderá
técnicas de modelagem e pintura
para criar cenários incríveis que
podem servir para decoração de
festa e, até mesmo, planejamento
de espaços reais. Com um traba-
lho tão detalhado e cheio de téc-
nica, vai ficar fácil empreender e
lucrar muito com as suas peças
em biscuit.

NÍVEL DO CURSO iniciante

ACESSE PELO APP assista a


cursos ao vivo e acesse o catálogo
de seu smartphone ou tablet.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT

-3-

A expert
Christiane Spaolonzi é artista
plástica e trabalha há mais de 20
anos no ramo do artesanato ensi-
nando técnicas de modelagem e
pintura sobre o biscuit em cursos
e workshops online e
presenciais. O foco do seu
trabalho é a pintura e o curso
“Metamor-fose do Biscuit” foi
criado exatamente para mostrar
o diferencial das suas peças:
modelar e pintar a massa com
várias texturas e formas,
dando ao biscuit a aparência
de diferentes materiais, como
aço e madeira.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT

-4-

Sumário
CASTELO FLUTUANTE...............................................................5

TIPOS DE PINCÉIS E FINALIDADES........................................8

CUIDADOS COM OS PINCÉIS....................................................9

ESTUDO DAS CORES...................................................................7

DICAS PARA SER UM ARTESÃO DE SUCESSO....................8

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT

-5-

Castelo flutuante
Dica de higienização: Limpar a peça tirando o pó
com pincel seco de cerdas macias.

Pulo do gato: Marque sempre bem as texturas na


modelagem, pois elas serão a base da pintura.

NÍVEL DA PEÇA - intermediário PASSO A PASSO


Iniciar pela estruturação de isopor:
• Fazer o desenho da base e da terra dentro de um retân-
gulo de 25 x 15cm.
TEMPO DE CONFECÇÃO - 1 dia • Cortar com faca quente (pode ser também cortador de
para modelagem e 1 dia para pintura isopor ou estilete) e arredondar todas as quinas.
• Cortar um quadrado no isopor de 5 cm de espessura
na medida de 10 x 10 cm e chanfrar um dos lados para
encaixar o tarugo de 40 mm.
CUSTO DE PRODUÇÃO • Para a torre maior, chanfrar do lado oposto até a meta-
Somente material – R$ 60,00 de para encaixar o tarugo menor.
Total com ferramentas e tintas – • Prender os tarugos com um palito de dente e fixá-los
R$ 150,00 com fita-crepe.
• Afinar os cones dos telhados com uma faca quente ou
estilete, deixando a ponta bem fina.
• Cortar as bolas de isopor ao meio e marcar como uma
VALOR SUGERIDO PARA VENDA E laranja, em forma de gomos, mas sem se preocupar
LOCAÇÃO com medidas.
Venda – R$ 450,00 • O cone maior, que será a terra, também será marcado
Locação – R$ 150,00 com a faca quente, dando a impressão de terra arrancada.
Estruturação com o arame:
• Medir a base (céu) com o cone maior e a base da terra
para verificar a altura a ser cortada.
• Medir também a metade da base inferior. Cortar dois
pedaços de arame iguais, juntar e torcer.
• Enfiar os arames torcidos de baixo para cima unindo a
base de céu, o cone e a base de terra.
• Dobrar as duas partes dos arames que sobram embai-
xo, prendendo tudo com fita-crepe bem apertada.
• Colar a base superior ao cone e, em seguida, amassar
um pedaço de papel-alumínio para fazer o comple-
mento da terra. Prender com fita-crepe.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT

-6-

Início da modelagem:
• Abrir a massa com o rolo. Forrar primeiro embaixo e deixar secar.
Depois cobrir o restante da base e ir subindo o cone com a massa,
marcando com pincel modelador e fazendo todo o cone até a late-
ral da base de cima.
• Em seguida forrar a parte de cima e fazer a grama usando a esteca
agulha, lembrando de marcar onde o castelo será colado.
• Adiantar sempre a secagem com secador.
• Fazer os picos da terra, fazendo coxinhas e unindo à base da terra.
• Modelar as pedras da cachoeira em vários tamanhos e sobrepondo
no formato de letra U. Marcar com lixa de ferro grossa.
• Fazer algumas graminhas entre as pedras.
• Começar a árvore forrando a metade das bolas e marcando com a
escova plástica. Cole as duas partes levemente tortas.
• Fazer a estrutura do tronco da árvore com arame e papel-alumínio
(deve medir aproximadamente 10 cm). Forre com a massa e faça
as ranhuras do tronco. Una a copa ao tronco, fazendo alguns ga-
lhos. Reserve.
• Abrir um pedaço de massa e cobrir o castelo inteiro, marcando
todas as paredes com a lixa de ferro.
• Abrir outra massa e cortar tiras de 1 cm de largura colando nas
laterais do castelo, todas as beiradas, verticalmente e horizontal-
mente.
• Fazer um cilindro de 1,5 cm de largura e fazer o formato da janela
maior na torre maior. Colar e marcar com a forma de pedras (divi-
dir com a esteca de faca) e depois marcar a textura com a lixa.
• Fazer o mesmo procedimento com a janela menor na torre menor.
• Modelar as pedras em volta do telhado como se fossem tijolos e
marcar com a lixa.
• Recortar a porta do castelo (7 x 7 cm) e arredondar as pontas.
• Marcar com uma régua as madeiras da porta e fazer os veios da
madeira.
• Com uma ferramenta reta, marcar as dobradiças. Cortar um re-
tângulo pequeno, dar um belisco nas pontas e fazer a fechadura
colocando uma bolinha no meio.
• Modelar as pedras em volta do castelo também marcando com a
lixa e apenas medindo, sem colar.
• Fazer gotas e ir colando alternadamente nos cones dos telhados,
diminuindo à medida que for chegando ao topo.
• Quando chegar ao topo, fazer um detalhe puxando a massa para
cima, deixando-a bem fininha e enrolar.
• Modelar um cilindro de aproximadamente 2,5 cm de largura e 3,5 cm
de altura. Fixar com palito ou arame no castelo e fazer o telhado mar-
cando com a ponta da esteca gravata.
• Deixar tudo secar de um dia para o outro para a pintura.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT

-7-

Iniciar a pintura do castelo:


• Começar a pintar pela base de baixo com a tinta PVA azul-claro
chapada (lisa).
• Dar uma mão de marrom-médio mais aguado na terra e uma mão
de verde-pistache na grama. Secar com secador.
• Na segunda parte da pintura da terra e da grama, pintar onde tem som-
bra com marrom mais escuro e a sombra verde mais escuro na grama.
• Em seguida, fazer as luzes na terra com amarelo misturado com mar-
rom e as luzes na grama com amarelo misturado com verde-pistache.
• Pintar as pedras da cachoeira com o cappuccino e onde será a água
azul turquesa com azul-claro.
• Pintar o tronco da árvore com marrom misturado com azul-mari-
nho. Pintar as copas das árvores com a tinta pink e fazer as som-
bras do tronco com azul-marinho e marrom-escuro. Fazer as luzes
com um pouquinho de amarelo.
• As sombras da copa devem ser pintadas de azul-marinho com roxo.
Depois passar a tinta acrílica brilhante.
• Pintar as paredes do castelo de amarelo-claro aguado, as faixas de ma-
deira de marrom-escuro aguado, a porta de marrom-médio e as pedras
de cinza-claro. Sombrear as paredes com giz pastel marrom-seco.
• Sombrear as faixas de madeira com giz pastel marrom-escuro com
preto. Sombrear as pedras com cinza-escuro.
• Pintar dentro das janelas com a tinta amarelo-gema, fazer a luz de
dentro com branco e a sombra com laranja.
• A base da chaminé é pintada com a cor capuccino, os telhados
todos com vermelho com sombras feitas com tinta azul-marinho e
giz pastel roxo. Fazer a luz com amarelo.
Montagem do castelo:
• Colar o castelo na base com cola e um arame. Dar o acabamento
com as pedras.
• Colar a árvore levemente torta e completar com graminha e algu-
mas raízes.
• Passar óleo mineral na lajota.
• Medir a altura da cachoeira desde o início junto das pedras até
quase o chão. Fazer várias linhas com a cola quente na lajota e
esperar esfriar.
• Enquanto isso, encher a parte azul pintada entre as pedras com
cola quente. Quando a cola quente esfriar, tirar da lajota e colar
essa tira com cola quente na base da cachoeira.
• Quando esfriar, pintar com verniz azul e fazer as espuminas com
tinta acrílica.
• Para fazer a nuvem, desfiar o plumante com a mão, deixando bem
fofinho e com forma de nuvem. Passar cola quente na base e colar
o plumante (não pode aparecer a base).
• Castelo finalizado!

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT

-8-

Tipos de pincéis e finalidades

PINCEL CHATO PINCEL REDONDO


Tem os pelos em formato retangular. É um Os pelos têm a forma arredondada. Usado
dos pincéis mais versáteis. para pequenos detalhes, pinceladas mais de-
licadas e linhas mais precisas.

(www.casadaarte.com.br/ pincel da marca Condor) (www.casadaarte.com.br/ pincel da marca Condor)

PINCEL CHANFRADO PINCEL LINER


Os pelos têm a forma com um corte envie- Os pelos são em forma arredondada, mas é
sado, usado para fazer flotagem (sombras) e bem mais fino do que o redondo. É utilizado
folhas. para fazer linhas, como cílios, pelos e deta-
lhes bem delicados.

(www.casadaarte.com.br/ pincel da marca Condor) (www.casadaarte.com.br/ pincel da marca Condor)

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT

-9-

Cuidados com os pincéis


É muito importante cuidar dos pincéis, pois isso garantirá maior du-
rabilidade e, consequentemente, economia para os seus trabalhos, já
que não precisará trocar de material toda hora.
• Uma das partes mais importantes, também conhecida como virola
(parte de metal do pincel), precisa ser limpa sempre após qualquer
trabalho de pintura.
• Lave as cerdas com sabonete líquido, apertando e sempre fazendo
movimentos circulares. Enxágue até sair a tinta e deixe as cerdas
no formato original.
• De tempos em tempos, você pode ferver um pouco de água e mer-
gulhar apenas a parte das cerdas, deixando por alguns minutos e
depois penteando para ficar no formato original.
• Lembre-se: sempre deixe os pincéis secando deitados e em local
ventilado naturalmente.

Receita da cola de biscuit

MATERIAL
• Um vidro com tampa
• Água limpa
• Biscuit seco ou mole (na cor branco ou bege)

MODO DE FAZER
• Picar a massa em pedaços pequenos e dispor até a metade do
vidro.
• Completar com água limpa e mexer todos os dias até o biscuit
dissolver por completo.
• A consistência da mistura é parecida com a de cola, mas é possí-
vel também acrescentar um pouco de cola branca.
• A finalidade da cola não é apenas colar o biscuit, dando um aca-
bamento melhor ao trabalho; ela proporciona também texturas
incríveis quando utilizada em sua forma mais grossa.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT

- 10 -

Estudo das cores


As cores percebidas pelo olho humano são aqui representadas, sim-
plificadamente, em um círculo dividido em 12 partes onde cada uma
delas representa uma cor:

• Três cores primárias: azul, vermelho e amarelo


• Três cores secundárias: verde, laranja e violeta
• Seis cores terciárias: roxo-avermelhado, laranja-avermelhado,
laranja-amarelado, verde-amarelado, verde-azulado, roxo-azulado

Podemos utilizar esse sistema para compor misturas de cores e identi-


ficar mais facilmente as combinações harmônicas.
Existem diversos tipos de círculos que mostram separadamente as
cores e seus diversos tons e combinações. Um exemplo é o que está
abaixo:
Outra dica é fazer seu próprio círculo cromático e ir experimentando
as várias combinações que as cores proporcionam.

elizamontes.com.br

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT

- 11 -

Dicas para ser um artesão de sucesso


• Evite a procrastinação: a procrastinação é um dos
maiores problemas dos dias modernos e campeão nú-
mero um entre os artesãos. A pessoa que procrastina
trabalha o dia inteiro fazendo inúmeras tarefas, sen-
tindo que o tempo é curto para tantas coisas que tem
para fazer. Vive cansada e com a sensação de que não
conseguiu acabar nada do que precisava ser feito (às
vezes acontece isso mesmo) e, no fim do dia, se sente
exausta e frustrada! Dica: faça uma lista de tarefas e
faça uma divisão entre as mais importantes, urgentes
e menos importantes. Anote, coloque em um quadro
bem visível e vá riscando as que você terminou, sem-
pre comemorando a cada conquista. Seu cérebro vai
te agradecer!

• Faça um planejamento: outro problema corriquei-


ro entre os artesãos é a falta de planejamento anual,
mensal e diário. Tire tudo da sua cabeça e coloque no
papel.

• Tenha clareza sobre aquilo que ama fazer, isso é mui-


to importante.

• Estude bastante, não só sobre o seu trabalho, mas


também estude casos de pessoas que você enxerga
que já tiveram sucesso dentro da sua área, veja o que
fizeram para chegar lá. Estude como atrair seu clien-
te, como entregar um trabalho em uma embalagem
cativante, como se mostrar de uma maneira linda e
diferente. Você vai perceber, entender e captar muita
coisa importante para o seu desenvolvimento.

• Aprenda a comemorar cada conquista, cada pas-


so avançado rumo à sua meta, ao seu objetivo, isso
faz com que seu cérebro produza dopamina que é um
hormônio responsável por nos dar coragem e força de
vontade para vencer! Portanto, quanto mais você co-
memora, mais você tem vontade de ir à luta e quanto
mais você tiver força de vontade, mais rápido você vai
conseguir alcançar o seu sucesso tão desejado!

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “MODELAGEM E PINTURA: METAMORFOSE DO BISCUIT” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)