Você está na página 1de 4

RESUMO P2- MOTORES  Velocidade do motor em rad/s:

4𝜋. 𝑓
Dado um circuito equivalente de um 𝑤𝑚 = (1 − 𝑠)
𝑝
motor de fase simples:
Parâmetros do circuito:

 Zf: Impedância da malha positiva:


𝑅
0,5. 𝑗𝑋𝑚. [ 𝑠2 + 𝑗𝑋2 ]
𝑍𝑓 =
𝑅
( 𝑠2 + 𝑗(𝑋2 + 𝑋𝑚 )

𝑍𝑓 = 𝑅𝑓 + 𝑗𝑋𝑓

 Zb: Impedância da malha negativa


𝑅
0,5. 𝑗𝑋𝑚. [ 𝑠 2 + 𝑗𝑋2 ]
𝑏
𝑍𝑏 =
𝑅
( 𝑠 2 + 𝑗(𝑋2 + 𝑋𝑚 )
𝑏

𝑍𝑏 = 𝑅𝑏 + 𝑗𝑋𝑏

 Impedância 1:
 Escorregamento na direção de
Z1 = 𝑅1 + 𝑗𝑋1
rotação:
𝑛𝑠 − 𝑛𝑚  Impedância da entrada:
𝑠=
𝑛𝑠 𝑍𝑖𝑛 = 𝑍1 + 𝑍𝑓 + 𝑍𝑏
 Escorregamento na direção oposta:
 Corrente total:
−𝑛𝑠 − 𝑛𝑚
𝑠𝑏 = 𝑉
−𝑛𝑠 𝐼1 =
𝑍𝑖𝑛
𝑠𝑏 = 2 − 𝑠
 Potência de entrada:
 Resistência efetiva na malha
𝑃𝑖𝑛 = 𝑅𝑒𝑎𝑙[𝑉. 𝐼 ∗ ]
positiva:
𝑅2 troca o sinal do ângulo da corrente
2𝑠 e em seguida multiplica pela tensão. No
 Resistência efetiva na malha final muda para coordenada polar e pega
negativa: somente a parte real do resultado.
𝑅2
2𝑠𝑏 Para encontrar o valor da corrente
 Velocidade síncrona em rpm: na malha positiva e negativa é só pegar o
120. 𝑓 valor da corrente total e fazer um divisor
𝑛𝑠 = de corrente para cada uma das malhas.
𝑝
 Velocidade síncrona em rad/s:
 Potência do entre ferro:
4𝜋. 𝑓
𝑤𝑠 = 𝑃𝑎𝑔 = 𝑃𝑎𝑔𝑓 − 𝑃𝑎𝑔𝑏
𝑝
𝑃𝑎𝑔 = 𝐼12 . 𝑅𝑓 − 𝐼12 . 𝑅𝑏
 Velocidade do motor em rpm:
120. 𝑓  Potência mecânica desenvolvida:
𝑛𝑚 = (1 − 𝑠) 𝑃𝑑 = (1 − 𝑠). 𝑃𝑎𝑔
𝑝
 Potência de saída:

𝑃𝑜 = 𝑃𝑑 − 𝑃𝑟
𝑃𝑟 : Perdas rotacionais: fricção,
resistência e aerodinâmicas.

 Torque do eixo:
𝑃𝑜
𝑇𝑑 =
𝑤𝑚
 Eficiência:
𝑃𝑜
𝜂= O torque é de 150% a 200% do torque a
𝑃𝑖𝑛
plena carga.
Tipos de Motores de Indução de Fase
Simples: Motor com capacitor de partida:

Motor de Fase Dividida:

O motor tem dois enrolamentos (principal


e auxiliar) separados em quadratura
espacial e conectados em paralelo a uma
fonte de uma só fase, tem correntes
defasadas e campo girante não balanceado
e isto habilita ao motor dar a partida. O
enrolamento auxiliar é deslocado da
alimentação quando o motor atinge uma
velocidade próximo a 75% da velocidade
síncrona.

Enrolamento principal: R e L

Enrolamento auxiliar: R e L

Corrente de partida: 6 a 8 vezes a corrente


de plena carga.

O enrolamento auxiliar e o capacitor são


desconectados em aproximadamente 75%
da velocidade síncrona

Mais caro e consegue uma defasagem de


90° da corrente do auxiliar.

Motor com capacitor de partida e motor


com capacitor dividido permanente de
funcionamento:
Análise de ambos os enrolamentos:

Enrolamento principal e auxiliar estão em


A eficiência de um MFS pode ser quadratura espacial.
melhorada utilizando outro capacitor
quando o motor está funcionando na Razão “a” é o número de voltas no
velocidade nominal. CSCR (capacitor de enrolamento auxiliar para o número de
partida e capacitor de funcionamento), voltas no enrolamento principal.
utiliza um capacitor de partida do tipo Quando os enrolamentos principal e
eletrolítico AC e o capacitor de operação é auxiliar são excitados, eles produzem seus
do tipo óleo AC. O enrolamento auxiliar próprios campos girantes + e - . Portanto
fica no circuito todo o tempo, porém a há quatro campos girantes num motor de
chave comuta o capacitor de início para o fase simples.
capacitor de operação quando atinge 75%
da velocidade síncrona. É mais caro e Cada enrolamento pode ser representado
possui eficiência alta quando comparado por um circuito equivalente em duas
aos motores de fase dividida e capacitor de malhas paralelas. Os campos girantes de
partida. cada malha do enrolamento auxiliar
induzem fem no enrolamento principal e
Um motor PSC usa o mesmo capacitor vice-versa.
para partida como para plena carga, o
torque de partida é menor que do motor O principal e o auxiliar estão defasadas em
CSCR. 90°.
Circuito equivalente de um motor PSC:  Potência desenvolvida: semelhante
ao anterior.
 Potência de saída: semelhante ao
anterior.
 Torque do eixo: semelhante ao
anterior.
 Tensão no capacitor:

𝑉𝑐 = −𝑗𝐼2 𝑋𝑐

Para um motor de fase dividida: Za=Ra

Para um motor com capacitor de partida:


Za= Ra-jXcs

Para um motor CSCR: Za= Ra-jXcs , enquanto


a velocidade do motor está abaixo da
velocidade de operação da chave
centrífuga. Depois disso: Za= Ra-jXcr, , onde
Xcr é a reatância do capacitor de operação.

Parâmetros do circuito:

Za e Zb : igual anteriormente.

𝑧11 = 𝑅1 + 𝑗𝑋1 + 𝑍𝑓 + 𝑍𝑏

𝑧12 = −𝐽𝑎[𝑍𝑓 − 𝑍𝑏 ]

𝑧21 = −𝑍12

𝑧22 = 𝑍𝑎 + 𝑎2 [𝑗𝑋1 + 𝑍𝑓 + 𝑍𝑏 ]

𝑉1 [𝑍22 − 𝑍12 ]
𝐼1 =
𝑍11 . 𝑍22 − 𝑍12 . 𝑍21
𝑉1 [𝑍11 − 𝑍21 ]
𝐼2 =
𝑍11 . 𝑍22 − 𝑍12 . 𝑍21

 Corrente de linha:
𝐼𝑙 = 𝐼1 + 𝐼2
 Potência de entrada: igual
anteriormente.
 Potência do entre-ferro:
𝑃𝑎𝑔 = 𝑃𝑎𝑔𝑓 − 𝑃𝑎𝑔𝑏
𝑃𝑎𝑔𝑓 = 𝑅𝑒[(𝐼1 𝑍𝑓 − 𝑗𝑎𝐼2 𝑍𝑓 )𝐼1∗ + (𝐼2 𝑎2 𝑍𝑓 + 𝑗𝑎𝐼1 𝑍𝑓 )𝐼2∗ ]

𝑃𝑎𝑔𝑏 = 𝑅𝑒[(𝐼1 𝑍𝑏 + 𝑗𝑎𝐼2 𝑍𝑏 )𝐼1∗ + (𝐼2 𝑎2 𝑍𝑏 − 𝑗𝑎𝐼1 𝑍𝑏 )𝐼2∗ ]