Você está na página 1de 38

Conhecimento

é o ponto de partida
para uma carreira

de valor
DESVENDANDO O
CÂMBIO DUALOGIC
CARACTERÍSTICAS
PRINCIPAIS
CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS
câmbio mecânico

Câmbio mecânico convencional


com acionamento robotizado
CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS
central do câmbio Dualogic

É gerenciado por uma central


eletrônica específica
CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS
lógicas de funcionamento

Disponibilidade de duas lógicas


de funcionamento: Automática

Manual
CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS
conjunto eletro-hidráulico

Tem um conjunto
eletro-hidráulico que controla o
acionamento da embreagem e a
seleção ou o engate das marchas
CONJUNTO ELETRO-HIDRÁULICO

Grupo de Potência

Grupo das Eletroválvulas


GRUPO DE POTÊNCIA
RESERVATÓRIO DE ÓLEO

_ Para verificar corretamente o nível de


óleo, é necessário realizar o procedimento
de despressurização do sistema

_ Reposição do óleo do sistema:


Somente TUTELA CS SPEED

Nunca utilizar óleo de freio no Kit Dualogic!


ELETROBOMBA

_ Em caso de intervenções, atentar para o correto


posicionamento do eixo da eletrobomba no
“fusível mecânico”

_ O barulho de acionamento da eletrobomba


é característico do produto

Alimentação Elétrica: 12V


ACUMULADOR DE PRESSÃO

_ Em condições normais, o
acumulador fornece pressão
hidráulica suficiente para o
sistema trocar até três marchas
sem acionar a eletrobomba

_ Em caso de defeito no acumulador,


a eletrobomba pode ficar se ativando
constantemente
DEFLETOR DE ÓLEO

Em caso de intervenções, atentar


para o correto posicionamento dos
parafusos de fixação do defletor,
pois eles têm tamanhos diferentes
GRUPO DAS
ELETROVÁLVULAS
ELETROVÁLVULAS

_ Em caso de intervenções, deve-se atentar para EV3 e EV4


a limpeza do ambiente de trabalho e do EV0
grupo das eletroválvulas

_ As eletroválvulas EV1 e EV2 são


intercambiáveis entre si

_ As eletroválvulas EV3 e EV4 são


intercambiáveis entre si
EV2 EV1
ELETROVÁLVULAS
testes elétricos com o uso do multímetro
EV3 e EV4
EV0
ELETROVÁLVULA ALIMENTAÇÃO RESISTÊNCIA
EV0 0 a 2A PWM ≈ 2,5Ω
EV1 0 a 2,5A PWM ≈ 2,5Ω
EV2 0 a 2,5A PWM ≈ 2,5Ω
EV3 12V ≈ 5,0Ω
EV4 12V ≈ 5,0Ω

EV2 EV1
SENSORES DE SELEÇÃO E DE ENGATE

Sensor de seleção

Os sensores de posição dos


atuadores de seleção e de engate
são do tipo contact-less
(pista indutiva)

Os sensores são intercambiáveis entre si

ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA SINAL GERADO


5V ≈ 0,5 a 4,5V Sensor de engate
SENSOR DE PRESSÃO

_ Durante a remoção do câmbio, o mesmo deve


ser manuseado com cuidado para que o sensor
de pressão não seja danificado

_ O sensor de pressão verde deve ser


substituído pelo kit chicote + sensor de
pressão azul (nº 7087993)

ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA SINAL GERADO


5V ≈ 0,5 a 4,5V
EIXO DE COMANDO
EIXO DE COMANDO
anel-trava
Anel grifaxe

Máx.
5ª / R
Min.
Sensor de posição
Em caso de mau posicionamento do Máx.
anel-trava em intervenções no eixo de Mola
3ª / 4ª
comando, o anel-trava pode sofrer Anel trava Min.
rupturas. Com isso, as molas do eixo
ficarão fora de posição e o câmbio Máx.
engrenará apenas as marchas 4ª, 5ª e Ré 1ª / 2ª
Min.
EIXO DE COMANDO
Os modelos Stilo e Linea estão sujeitos à
regulagem do anel grifaxe para eliminação Anel grifaxe
de folgas na sua haste de acionamento:

Não existe regulagem,


mas uma eventual folga
Com o uso de uma
pode ser eliminada,
ferramenta específica
“rebatendo” o anel
atuando sobre o anel O conjunto não gera
grifaxe para baixo e
grifaxe para a sua folga. Portando não há
utilizando-se uma chave
regulagem regulagens
de fenda

Jul 2009 Mar 2011


EIXO DE COMANDO

O pino elástico nunca deve ser retirado para


iniciar a desmontagem do eixo de comando
pelo lado externo do câmbio

As peças do eixo de comando, que


têm gravações numéricas de referência, não
podem ser substituídas separadamente
ACIONAMENTO
DA EMBREAGEM
EMBREAGEM
atuador de embreagem

Ao realizar intervenções no atuador hidráulico,


deve-se realizar a limpeza da região de
apoio na carcaça do câmbio e aplicar
LOCTITE ULTRABLACK 598 na sua face
de acoplamento
EMBREAGEM
sensor de posição

Caso o sensor de posição da


embreagem apresente desgastes
em sua bobina, causado por
atrito do atuador hidráulico, o
sensor deverá ser substituído
EMBREAGEM
sensor de posição
Trava do conector

4 1

TERMINAL FUNÇÃO
1 Bolinha primária
2 Bolinha primária RESISTÊNCIA RESISTÊNCIA
3 Bolinha secundária PINOS 1 E 2 PINOS 3 E 4
4 Bolinha secundária ≈ 35Ω ≈ 21Ω
EMBREAGEM
sensor de rotação

Atentar para desgastes na


engrenagem da 2ª marcha no eixo
primário do câmbio. O problema
pode provocar falhas no sinal
gerado pelo sensor

SINAL RESISTÊNCIA
GERADO DA BOBINA
V~ ≈ 1.200Ω
CHICOTE ELÉTRICO
CHICOTE ELÉTRICO

Evite :

Jogar água sob pressão diretamente


no conjunto eletro-hidráulico, pois
pode provocar oxidações nos
contatos do chicote elétrico
e dos sensores do
kit Dualogic
CHICOTE ELÉTRICO
cores
EV0 Eletroválvula Embreagem: Branco
TP Sensor Pressão: Preto

EV3 PSS
Eletroválvula Seleção:
Sensor Branco Verde
Seleção:
EV1 Eletroválvula Engate: Verde

EV4 Eletroválvula
P1 Seleção: Azul
Sensor Engate: Em caso de intervenções,
Sensor Rotação: VerdeAzul
PK1
atentar para as cores dos
conectores, a fim de evitar
inversões de conexão
EV2 Eletroválvula Engate: Azul
PROCEDIMENTOS ESPECIAIS

Despressurização do acumulador hidráulico

Cancelamento do grupo de dados da central

Sangria da embreagem
PROCEDIMENTOS ESPECIAIS

Aprendizado de novas eletroválvulas

Aprendizado do atuador da embreagem

Autoaprendizado de manutenção
APLICAÇÕES DO
KIT DUALOGIC
APLICAÇÕES DO KIT DUALOGIC
Brasil
APLICAÇÕES DO KIT DUALOGIC
Brasil
APLICAÇÃO DO KIT DUALOGIC
Itália

1.
Grupo das
Eletroválvulas

2.
Grupo de 3.
Potência Grupo
Mecânico
BENEFÍCIOS

1. Melhoria no rendimento dos componentes do câmbio

2. Elevação do nível de segurança de direção


3. Redução do consumo de combustível em até 5%
quando operado no modo AUTO

4. Redução na emissão de poluentes

5. Conforto e prazer ao dirigir


OBRIGADO PELA
PARTICIPAÇÃO!