Você está na página 1de 59

Análise Dimensional

Magnitude de Sistemas Unitários/ Sistemas de Unidades

Profa. Dra. Tamires de Souza Nossa


Engenharia Mecânica
1° Semestre
INTRODUÇÃO
Metrologia:
Pode ser definido como a ciência das medições, que abrange os aspectos teóricos e
práticos e que asseguram a precisão exigida no processo produtivo, procurando garantir a
qualidade de produtos e serviços através da calibração de instrumento de medição e da
realização de ensaios.
A metrologia é importante para padronização de pesos e medidas, garantindo assim a
repetitividade e também a qualidade de produtos industrializados, portanto é uma ciência
extremamente importante para a engenharia. A série ISO 9000 define a Relação entre Controle
da Qualidade e da Metrologia.
Vantagens de Produzir Objetos e Artefatos com Qualidade e Alta Padronização:

1- Devido a Globalização dos Mercados;


2- Permite a Terceirização de Produção;
3- Segurança e Conservação do Meio Ambiente
INTRODUÇÃO

Industrial: As medidas e as medições


controlam os processos produtivos;

Científica: As medidas e as medições são


Metrologia:
utilizados para Pesquisas e Desenvolvimentos;

Legal: sistemas de Medições utilizados nas


áreas de Saúde, Meio Ambiente e Segurança;

- Uso de Equipamentos de Precisão;


Não é possív el exibir esta imagem.

- Calibração

- Tolerância
INTRODUÇÃO

Tolerância
Entende-se como tolerância a variação permissível da dimensão da peça, dada pela
diferença entre as dimensões máxima e mínima.
O Sistema de Tolerância é um conjunto de princípios, regras, fórmulas e tabelas que
permite a escolha racional de desvios e variações para a produção econômica das peças
intercambiáveis e padronizadas.
O conhecimento das Tolerâncias é Importante para:
- Evitar uma exatidão excessiva nas dimensões das
peças durante a sua fabricação – geralmente ocorre
quando não se indicam tolerâncias nos desenhos–
causando um processo de fabricação muito lento e
aumento da mão de obra.
- Estabelecer limites para os desvios em relação à
dimensão nominal, assegurando o funcionamento
adequado das peças.
INTRODUÇÃO
Imagine a seguinte situação:
Em uma linha de produção uma Balança tipo “A” e uma do tipo “B” mediram uma massa e
obtiveram o seguinte resultado:

Pergunta: Qual é a melhor? Qual é a mais precisa?


INTRODUÇÃO
Imagine a seguinte situação:
Em uma linha de produção um operador “A” e um operador “B” mediram um parâmetro
qualquer e obtiveram o seguinte resultado:

Suponha também que foi utilizado


instrumentos de medidas distintas porém do
mesmo modelo e fabricante.

Pergunta: Qual está correto?

Operador “A” Operador “B”

Tal situação é bastante comum, tanto no cotidiano fabril quanto acadêmico, por esta razão
torna-se necessário um padrão comum para que seja possível a rastreabilidade e também levar
se em consideração as possíveis variações as incertezas dos instrumentos utilizados.
Logo a Metrologia e a análise dimensional tornam-se ferramentas e conhecimento
imprescindível ao engenheiro ou cientista.
Sistema Internacional de Unidades
Por que surgiu o SI?
... Para padronizar
Observações
• Unidades de medida não tem plural
• Algumas unidades não pertencem ao SI, mas são
comumente utilizadas
Mas e a unidade de grandeza
[L] no Sistema inglês?

• Sistema inglês - fração decimal


Exemplo:
•a) 1.003" = 1 polegada e 3 milésimos
• b) 1.1247" = 1 polegada e 1 247 décimos
de milésimos
• c) .725" = 725 milésimos de polegada
Note que, no sistema inglês, o ponto indica separação de
decimais.
• Sistema inglês - fração decimal
Nas medições em que se requer maior
exatidão, utiliza-se a divisão de milionésimos
de polegada, também chamada de
micropolegada.
Em inglês, “micro inch”.
É representado por µ inch.
•Exemplo:
•.000 001" = 1 µ inch
Conversões
Sempre que uma medida estiver em uma unidade
diferente da dos equipamentos utilizados, deve-se
convertê-la (ou seja, mudar a unidade de medida).
- Para converter polegada fracionária em milímetro, deve-
se multiplicar o valor em polegada fracionária por 25,4.
Converta polegada fracionária em milímetros:
...e o contrário?

• Conversões
A conversão de milímetro em polegada fracionária é
feita dividindo-se o valor em milímetro por 25,4 e
multiplicando-o por 128.
- O resultado deve ser escrito como numerador de
uma fração cujo denominador é 128.
- Caso o numerador não dê um número inteiro, deve-
se arredondá-lo para o número inteiro mais próximo.
• Exemplos:
• Exercícios:
•Conversões
- Para converter polegada fracionária em polegada
milesimal, divide-se o numerador da fração pelo seu
denominador.

3
a)  . 375
8
5
b)  . 3125
16
E para converter polegada milesimal em
milímetro?
MEDIDAS E
CONVERSÕES
Representação gráfica
MEDIDAS E
CONVERSÕES
Representação gráfica
MEDIDAS E
CONVERSÕES
Representação gráfica
Padrão do SI
Importante Múltiplos e Sub-Múltiplos Decimais das
Unidades no SI
Em muitas situações escrever ou representar um número por extenso é dificultada
pelo excesso de múltiplos decimais. Para a uma melhor compreensão e também
visualização, na engenharia e nas ciências exatas, muitas vezes os números podem ser
acompanhados de prefixos que representam a ordem de grandeza conforme ilustra a
Tabela 1.
Tabela 1- Múltiplos e Sub-Múltiplos Decimais das Unidades no SI;
Fator Prefixo Símbolo Fator Prefixo Símbolo
1015 Peta P 10-15 Femto f
1012 Tera T 10-12 Pico p
109 Giga G 10-9 Nano n
106 Mega M 10-6 Micro μ
103 Quilo k 10-3 Mili m
102 Hecto h 10-2 Centi c
101 Deca da 10-1 Deci d
Múltiplos e Submúltiplos do metro
• Os múltiplos do metro são utilizados para medir
grandes distâncias;

• Os submúltiplos usados para medir pequenas


distâncias;
Exemplo
• Transformação de Unidades

Transforme 16,584 hm em m.

Para transformar hm em m (duas posições à direita)


devemos multiplicar por 100 (10 x 10).

16,584 x 100 = 1 658,4

Ou seja: 16,584 hm = 1 658,4 m


Algarismos significativos e Critérios de Arredondamento
A Mensuração de Grandezas envolve Basicamente 4 componentes:
1- O Objeto a ser medido;
2- O Instrumento;
3- A Unidade Padrão;
4- O Responsável pela tomada de Medida;
As Medidas podem ser Obtidas de Duas Maneiras:
1- Via Direta: Quando o valor a ser medido é comparado diretamente com
um padrão pré-estabelecido ; Ex: A temperatura do Ambiente.
2- Via Indireta: Quando o valor a ser medido é obtido por cálculos
matemáticos envolvendo as grandezas obtidas de forma direta; Ex: A área de
uma sala;

Importante: Tanto a s medidas diretas como as indiretas possuem erros.


Como então estimar estes erros?

Adaptado de : GARCIA, H.A.; Medidas e Algarismos Significativos, Dep. Física, UDESC, 2007
Algarismos Significativos e Critérios de Arredondamento
Pergunta: Qual o comprimento do objeto abaixo?

OBS: [u] = unidade de medida

Pela Régua utilizada: Algo entre 8,0u e 9,0u sendo mais próximo de 9,0u...
Portanto é possível estimar que: a medida é de 8,8 u ou 8,9 u;

0,8 u e 0,9u = Algarismo Duvidoso

Sabe-se que 8,0 é um valor certeiro e 0,9 é duvidoso, portanto a incerteza é de 0,1;
Logo a resposta é: (8,8 ±0,1)u ou (8,9 ±0,1)u

Importante: Nestas condições a leitura 8,86u está totalmente fora de cogitação.


Algarismos significativos e Critérios de Arredondamento
Portanto:
Entende-se por algarismo significativo todo o número ou valor na qual tem se
certeza mais um número ou valor duvidoso, logo para o exemplo anterior os valores
de (8,8 ±0,1)u ou (8,9 ±0,1)u possuem 2 algarismos significativos.
Importante: O algarismo duvidoso é significativo pois está diretamente
correlacionado com a precisão, ou seja, com a escala do instrumento.

Exemplo: Suponha 3 escalas (A) em [dm], (B) em [cm] e (C) em [mm]. O objeto (I) foi
medido com as 3 escalas e foi obtido o seguinte resultado:

(A)

(B)

(C)
(I)

Adaptado de : GARCIA, H.A.; Medidas e Algarismos Significativos, Dep. Física, UDESC, 2007
Algarismos significativos e Critérios de Arredondamento
Resultado das medidas
Instrumento de Medida Valor Obtido Algarismos Significativos
Escala Decimetrada (I) 1,1 dm 2
Escala Centimetrada (II) 11,3 cm 3
Escala Milimetrada (III) 113,4 mm 4
Importante:
1- Os algarismos em vermelho são os duvidosos, ou seja, o algarismo que o medidor supôs.
2- Passando todas as medidas para unidade de metros [m] temos:
Instrumento de Medida Valor Obtido Algarismos Significativos
Escala Decimetrada (I) 0,11 m 2
Escala Centimetrada (II) 0,113 m 3
Escala Milimetrada (III) 0,1134 m 4

3- Convertendo para metro [m] ainda tem se o mesmo número de algarismos significativos;
4- O número Zero colocado a esquerda NÃO É SIGNIFICATIVO, ele serve para “ancorar” a
vírgula devido a mudança de unidade;

Adaptado de : GARCIA, H.A.; Medidas e Algarismos Significativos, Dep. Física, UDESC, 2007
2 3

2,74 cm
Tenho certeza Estou em dúvida
O algarismo 9 é correto, pois foi lido na régua. A algarismo 6 é
duvidoso. Ele não foi lido na régua: foi estimado. Uma pessoa
diferente poderia fazer uma estimativa diferente.

Embora o algarismo 6 seja duvidoso ele nos dá uma informação que


tem significado: o comprimento vai além da metade da menor
divisão. Com essa régua, obtemos uma medida com 2 algarismos
significativos.
Vamos analisar de novo a mesma régua:

Se afirmarmos que o comprimento do corpo é 9,67 cm,


estaremos dando uma informação que não é confiável. O
algarismo 6, embora seja duvidoso, informa que o comprimento
vai além da metade da menor divisão, o que é correto. Ele é um
algarismo estimado. Já o algarismo 7, é um algarismo “chutado”,
pois não temos a mínima condição de estimá-lo. Com essa régua
só podemos fornecer medida com, no máximo, 2 algarismos
significativos.
Vamos medir o comprimento do mesmo corpo com uma régua melhor:

Os algarismos 9 e 6 são corretos, pois foram lidos na régua. O


algarismo 5 é um algarismo duvidoso. Ele foi estimado e não
“chutado”. Ele nos informa que o comprimento está em torno da
metade da menor divisão. Com essa régua, mais precisa que a
anterior, obtemos uma medida com um número maior de
algarismos significativos: 3.
Veja a ilustração abaixo:

Na primeira régua obtemos medidas com 2 algarismos significativos.


Na segundo régua obtemos medidas com 3 algarismos significativos. A
segunda medida é mais precisa.

Toda medida é imprecisa. O último algarismo de uma medida é


duvidoso. Quanto maior o número da algarismos significativos de uma
medida, maior a precisão da medida.
ALGARISMOS
SIGNIFICATIVOS
EXERCÍCIO: Qual o número de algarismos significativos
das seguintes medições?:

Núm. Alg. Significativos


0,0056 g 2

10,2 ºC 3

5,600 x 10-4 g 4

1,2300 g/cm3 5
Algarismos significativos e Critérios de Arredondamento
Arredondamento de Números e Algarismos Significativos:
Segundo a Portaria 36 de 06/07/1965 - INPM - Instituto Nacional de Pesos e Medidas o
arredondamento de algarismos significativos devem seguir o seguinte critério:
1- Se o primeiro algarismo após aquele que pretende se arredondar estiver entre 0 e 4
conserva-se o algarismo e descarta-se os demais;
Ex: 7,3482 para dois algarismos significativos, logo temos 7,3
2- Se o primeiro algarismo após aquele que pretende se arredondar estiver entre 6 e 9 soma-se
uma unidade no algarismo e descarta-se os demais;
Ex: 5,2823 para dois algarismos significativos, logo temos 5,3
3- Se o primeiro algarismo após aquele que pretende arredondar for 5, seguido apenas de
zero(s), conserva-se o algarismo se ele for par ou aumenta-se uma unidade se ele for ímpar e em
ambos os casos descarta-se os demais algarismos.
Ex: 7,450 e 7,550 para dois algarismos significativos, logo temos: 7,4 e 7,6 respectivamente;
4- Se o 5 for seguido de outros algarismos dos quais, pelo menos um é diferente de zero,
aumenta-se uma unidade no algarismo e despreza-se os demais.
Ex: 8,2502 e 9,4502 para dois algarismos significativos, logo temos: 8,3 e 9,5 respectivamente;
Algarismos significativos e Critérios de Arredondamento
Operações envolvendo Algarismos Significativos:
Adição: Soma-se todos os valores evolvidos (lembrando que devem ser números na
mesma unidade) e o resultado final é arredondado na soma da medida mais pobre em
decimais.
Ex: 12,56m + 0,1236m = 12,6836m = 12,68m

Subtração: Adota-se o mesmo critério para adição.


Ex: 18,2476 N – 16,72N = 1,5276N = 1,53Nm

Multiplicação: O produto das medidas deve possuir, em geral, o mesmo número de


algarismos significativos da medida mais pobre em algarismos significativos.
Ex: 3,1415 x 180 cm2= 565,47 cm2 = 565 cm2 OBS: A = π.r2

Divisão: Adota-se o mesmo critério para multiplicação.


Ex: 62,71N/ 23,1m2 = 2,7147 N/m2 = 2,71 N/m2

OBS: No caso da multiplicação e divisão os números não necessariamente devem estar na mesma unidade.
Análise Dimensional e Grandezas
Em Física e Engenharia todas as grandezas
podem ser expressas em função das
fundamentais, representadas dimensionalmente
por meio de símbolos de dimensões.

A seguir, estão relacionados os símbolos


dimensionais das grandezas físicas
fundamentais ou primitivas do S.I.
Grandeza Símbolo
Massa [M]
Comprimento [L]
Tempo [T]
Temperatura [θ]
Intensidade de [I]
Corrente Elétrica
Intensidade [IO]
Luminosa
Quantidade de [N]
Matéria
- Quatro Grandezas Básicas podem representar as unidades;
Massa [M]; Comprimento [L]; Tempo [T] e Temperatura [θ];
- Estas são conhecidas como Grandezas Básicas e podem representar qualquer
tipo de grandeza ou grupo delas conhecidas como Grandezas Derivadas;
Alguns Exemplos:

Tabela 3: Algumas Grandezas e Suas Dimensões Típicas;

Grandeza Símbolo Dimensão


Área A L2
Volume V L3
Velocidade v L/T
Aceleração a L/T2
Força F M.L/T2
Vazão Q L3/T
Massa Específica ρ M/L3
Condutividade Térmica k M.L.ϴ/T3

Portanto: 1,0 ft = [L]; g=9,8m/s2 = [L/T2]; Vazão = 10,5m3/s= [L3/s]


Grandeza física
• Todo elemento suscetível de medida, convencionalmente
introduzido com o objetivo de facilitar o estudo e a
descrição de fenômenos físicos ou…
• Tudo que pode ser medido e associado a um valor
número e a uma unidade.

m (G) = G / U (G)

Exemplo: F = 10N
F(grandeza); 10 (medida); N (unidade)
Observação
Equação Dimensional
• Toda grandeza física pode ser expressa,
matematicamente, em função de outras grandezas
físicas, através da equação dimensional. Por exemplo, a
grandeza G depende das grandezas X, Y, Z, pode-se
escrever:
G = K Xa Yb Zc

Onde K, a, b e c são números reais.


Equação Dimensional
• Exemplo: Representações

Massa [M]
Comprimento [L]
Tempo [T]

Então a velocidade seria....?? E FORÇA??


E a aceleração???
Unidades de Comprimento
A unidade de comprimento [L] padrão no S.I. é o metro,
definido como a distância percorrida pela luz em
1/299.792.458 s.

Além da unidade padrão e dos prefixos, temos outras


unidades de medidas para comprimento.
Ex: cm, in, ft, ...
Unidades de Área
A grandeza área é uma relação entre o produto de
grandeza de comprimento, por grandeza de
comprimento:
[L].[L] = L²
Dessa forma, no sistema internacional temos, m². Outras
grandezas também podem ser utilizadas para representar
área.
Ex: cm², in², ft², ...
Unidades de Área
Pode ser necessário a conversão de unidades de
medidas de área.

Ex: 300 m² cm²

ou
20 in² cm²
Unidades de Volume
A grandeza volume é uma relação entre o produto de
grandeza de comprimento, por grandeza de
comprimento, por uma grandeza de comprimento:
[L].[L].[L] = L³
Dessa forma, no sistema internacional temos, m³. Outras
grandezas também podem ser utilizadas para representar
volume.
Ex: cm³, in³, ft³, L...
Unidades de Volume
Pode ser necessário a conversão de unidades de
medidas de volume.

Ex: 300 m³ cm³

ou
20 L cm³
Unidades de Massa e Peso
Neste ponto, é necessário que o futuro engenheiro tenha
total conhecimento sobre as diferenças entre massa [M] e
peso de uma substância.

Na definição encontramos:
Unidades de Massa e Peso
Massa1
sf (lat massa) 1 Farinha misturada com água ou outro líquido, formando pasta. 2Qualquer substância semelhante a
massa. 3 Substância mole, pastosa ou pulverizada. 4 O todo cujas partes são da mesma natureza. 5 Corpo

informe. 6 O maior número ou a totalidade. 7 A multidão, o povo, reunião de muita gente.

8 Fís Quantidade de matéria que forma um corpo.

Peso
1 Fís Medida da força com que os corpos são
sm (lat pensu)

atraídos para o ponto central dos planetas.


Unidades de Massa e Peso
Em termos de unidades de medida, no S.I.
temos:

Massa [M] = kilogramas kg

Peso [F] = newton N

onde: m 2
N  kg. 2  kg.m.s
s
Unidades de Massa e Peso
A representação da unidade de medida para o
peso em termos de unidades primárias ficará:

2
N  kg.m.s 2
F  [ M ].[ L].[T ]
Tendo em vista que [L].[T]-2 é a relação
primária para a aceleração, temos:

F  [ M ].[ A]  m.a
Exercícios: Análise dimensional – Pense
diferente!
• Um móvel percorre 120 km em 2 horas determine a
velocidade média em km/h
• Um cubo de 3 cm de aresta possui massa igual a 270 g.
Calcule a densidade deste cubo.
• Num frasco contendo 500 mL de água são dissolvidos 20
g de cloreto de sódio (NaCl). Determine a concentração
em g/L da solução.
Exercícios: Análise dimensional – Pense
diferente!
• Uma força de 50 N é aplicada verticalmente para baixo
em uma placa metálica quadrada de lado igual a 0,5 m.
Qual é o valor da pressão em N/m² exercida sob a placa?
• Qual a fórmula da quantidade de movimento? E do
impulso?
Q = kg.(m/s)
I = N. s
... Exercícios: Análise dimensional –
Pense diferente!
• A certa massa ‘m’ de água são fornecidas 200 cal. Como
consequência disso, sua temperatura varia de 20 °C para
60 °C. Sabendo-se que o calor específico da água (c) é
igual a 1 cal/g.°C, calcule a massa de água envolvida no
processo.