Você está na página 1de 14

Capítulo 4 – Testes sem Tensão

Índice
Objetivo ............................................................................................................................................................................... 4.2
Avaliação do Estado do Inversor ....................................................................................................................................... 4.3
Fusíveis ................................................................................................................................................................................ 4.4
Teste do Retificador de Entrada......................................................................................................................................... 4.7
Teste da Ponte Retificadora Auxiliar ................................................................................................................................. 4.8
Teste dos IGBT’s ................................................................................................................................................................. 4.8
Teste dos Gate/Drives......................................................................................................................................................... 4.9
Teste da DPS3.................................................................................................................................................................... 4.11
Teste dos Capacitores do Link CC .................................................................................................................................. 4.11
Teste da CC9...................................................................................................................................................................... 4.12
Outros Testes .................................................................................................................................................................... 4.12
Observações ...................................................................................................................................................................... 4.13

Manutenção CFW09 – 4.1


Testes sem Tensão – Capítulo 4
Voltar ao índice

Objetivo Descrever os procedimentos para testar componentes do inversor sem tensão.

Atenção!
• Sempre desconecte a tensão de alimentação e verifique a tensão do circuito
intermediário em ter +UD e –UD nos conectores de potência antes de tocar
qualquer componente elétrico dentro do inversor
• Muitos componentes são carregados com altas tensões, mesmo após a tensão de
alimentação ser desconectada. Espero pelo menos 10 minutos para a descarga
total dos capacitores da potência.
• Sempre conecte a carcaça do equipamento ao terra (GND) no ponto adequado.
Não execute testes de tensão aplicada no inversor.

Descargas Eletrostáticas – ESD


Os cartões eletrônicos possuem componentes que são sensíveis a descargas
eletrostáticas. Precauções contra ESD são requeridas ao consertar este produto.
Quando cartões eletrônicos forem instalados ou removidos, é recomendado:
• Usar pulseira anti-estática aterrada na carcaça do inversor.
• Colocar a pulseira anti-estática antes de remover o novo cartão da embalagem
anti-estática.
• Guardar cartões retirados do produto imediatamente em embalagem anti-estática.

Atenção!
• O inversor deve estar desconectado tanto da alimentação de entrada quanto da
saída para motor;
• Todos inversores que retornam para conserto devem ser avaliados antes de
qualquer teste com tensão.
Multímetro Um multímetro digital deve ser utilizado para realizar as medições solicitadas neste
capítulo.

4.2 – Manutenção CFW09


Capítulo 4 – Testes sem Tensão
Avaliação do Estado do Inversor
Voltar ao índice

Inspeção Visual
• Verifique se não há peças soltas dentro do conversor;
• Veja se não há sinais de queima, especialmente na parte de potência;
• Verifique as conexões internas e procure por parafusos, fiações ou terminais
soltos;
• Inspecione o banco de capacitores observando:
Descoloração, cheiro, vazamento do eletrólito, válvula de segurança
expandida ou quebrada e deformações.
• Verifique o jumper de seleção de tensão nos conversores da linha 400V que
possuírem o cartão LVS1 ou CIP;
• Inspecione cuidadosamente os cartões, para ver se existem componentes
quebrados ou queimados;
• Verifique se os cabos fita estão presentes e se estão inseridos corretamente
em seus conectores,
• Verifique se os fusíveis estão presentes.

Medições com o
Multímetro
• Fusíveis. Medições para localizar fusíveis queimados.
• Teste da ponte Retificadora,
• Teste de IGBT’s,
• Teste dos capacitores do link CC,
• Teste do transformador.

Manutenção CFW09 – 4.3


Testes sem Tensão – Capítulo 4
Fusíveis
Voltar ao índice
Este é o fusível da alimentação da fonte chaveada, ele está em série com o +UD que
F1 da Placa de entra na DPS1 ou DPS4. Ele esta presente nos seguintes modelos de conversores:
potência
Inversor Mecânica Modelo do Fusível
CFW090038T2223 3
CFW090045T2223 3
CFW090054T2223 4
CFW090070T2223
5
CFW090086T2223
CFW090105T2223
6
CFW090130T2223
CFW090030T3848 3
CFW090038T3848 Fusível 3,15A 500V – 6,3x32mm – Ferraz
4
CFW090045T3848 Item: 0305.6716
CFW090060T3848
5
CFW090070T3848
CFW090086T3848
6
CFW090105T3848
CFW090142T3848 7
CFW090022T5060 4
CFW090027T5060 4
CFW090032T5060 4

Se este fusível estiver queimado, desconecte os conectores +Ud e –Ud da placa de


potência e faça a medição da resistência entre +Ud e –Ud no cartão DPS1. Substitua
o cartão DPS1 se estes pontos estiverem em curto.

Estes são os fusíveis da rede para os ventiladores e contator de pré-carga da linha


F1 e F2 da LVS1 200V, e para o transformador que fornece a tensão para esses componentes nos
inversores da linha 400V. Eles são encontrados nos seguintes modelos:

Inversor Mecânica Modelo do Fusível


CFW090070T2223
5
CFW090086T2223
CFW090105T2223 Fusível 0,5A 600V FNQ-R1/2 –– Bussmann
CFW090130T2223 Item 0305.5604
6
CFW090086T3848
CFW090105T3848
Fusível 1,6 600V –– Bussmann
CFW090142T3848 7
Item 0305.5663

Se estes fusíveis estiverem queimados, desconecte e meça a resistência dos


ventiladores, do contator e do transformador. Substitua qualquer componente que
esteja queimado.
Confira novamente se o jumper de seleção de tensão está correto para a linha 400V.

Estes são os fusíveis da rede para os ventiladores e contatores de pré-carga da linha


F1 e F2 da LVS2 1
200V, e para o transformador que fornece a tensão para esses componentes nos
inversores da linha 600V. Eles são encontrados nos seguintes modelos:

Inversor Mecânica Modelo do Fusível


CFW090044T5060
CFW090053T5060 Fusível 0,5A 600V FNQ-R1/2 –– Bussmann
7
CFW090063T5060 Item 0305.5604
CFW090079T5060

Se estes fusíveis estiverem queimados, desconecte e meça a resistência dos


1
ventiladores, do contator e do transformador . Substitua qualquer componente que
esteja queimado.
Confira novamente se o jumper de seleção de tensão está correto para a linha 600V.

1
Faça o teste do transformador descrito mais adiante neste capítulo.
4.4 – Manutenção CFW09
Capítulo 4 – Testes sem Tensão

Fusíveis
Voltar ao índice
Esse é o Fusível da fonte chaveada da DPS3, e está localizado em série em série com
F1 da DPS3 o +UD que vem para o cartão DPS. Ele está presente nos seguintes modelos:

Inversor Mecânica Modelo do Fusível


CFW090107T5069
CFW090147T5069 8E
CFW090211T5069
CFW090247T5069
CFW090315T5069
CFW090343T5069 10E
CFW090418T5069
CFW090472T5069 Fusível 3,15A 500V – 6,3x32mm – Ferraz
CFW090100T6669 Item: 0305.6716
CFW090127T6669 8E
CFW090179T6669
CFW090225T6669
CFW090259T6669
CFW090305T6669 10E
CFW090340T6669
CFW090428T6669

Se este fusível estiver queimado, desconecte o cabo +UD e –UD do cartão RBV1 e
meça a resistência entre os terminais +Ud e –Ud no cartão DPS3. Substitua a DPS se
os pontos estiverem curto-circuitados.

Esse é o Fusível da fonte chaveada da DPS5, e está localizado em série em série com
F1 da DPS5 o +UD que vem para o cartão DPS. Ele está presente nos seguintes modelos:

Inversor Mecânica Modelo do Fusível


CFW090044T5060
CFW090053T5060 Fusível 3,15A 500V – 6,3x32mm – Ferraz
7
CFW090063T5060 Item: 0305.6716
CFW090079T5060

Se este fusível estiver queimado, desconecte o cabo +UD e –UD do cartão RBV1 e
meça a resistência entre os terminais +Ud e –Ud no cartão DPS5. Substitua a DPS se
os pontos estiverem curto-circuitados.

Estes são os fusíveis da rede para o transformador e os ventiladores. Eles estão


F3 e F4 da CIP2 presentes nos seguintes modelos de conversores:
Inversor Mecânica Modelo do Fusível
CFW090180T2223
CFW090240T2223
1,6 600V – Fusível– Bussmann
CFW090180T3848 8
Item: 0305.5663
CFW090211T3848
CFW090240T3848
CFW090312T3848
9
CFW090361T3848
Fusível 2,5 600V –– Bussmann
CFW090450T3848
Item: 0305.6112
CFW090515T3848 10
CFW090600T3848

Se estes fusíveis estiverem queimados, desconecte e meça a resistência dos


2
ventiladores e do transformador . Substitua qualquer peça que esteja queimada.
Confira novamente se o jumper de seleção de tensão está correto para a linha 400V.

2
Faça o teste do transformador descrito mais adiante neste capítulo.
Manutenção CFW09 – 4.5
Testes sem Tensão – Capítulo 4
Fusíveis
Voltar ao índice

Este é o fusível da alimentação da fonte chaveada, ele está em série com o +UD que
F5 da CIP2 (CIP2A) entra na DPS2. Ele é encontrado nos seguintes modelos de conversores:

Inversor Mecânica Modelo do Fusível


CFW090180T2223
CFW090240T2223
CFW090180T3848 8
CFW090211T3848
CFW090240T3848 Fusível 3,15A 500V – 6,3x32mm – Ferraz
CFW090312T3848 Item: 0305.6716
9
CFW090361T3848
CFW090450T3848
CFW090515T3848 10
CFW090600T3848

Se este fusível estiver queimado, desconecte o conector +Ud e o –Ud do cartão CIP e
meça a resistência entre +Ud e –Ud no cartão DPS2. Substitua o cartão DPS2 se
estes pontos estiverem em curto.

Esses são os fusíveis de rede para o transformador T2, que alimenta os ventiladores e
F1 e F2 da CIP3 o circuito de comando dos Tiristores, e para o transformador T3, que alimenta o cartão
RBV1. Esses fusíveis são montados externamente ao cartão CIP3. eles são usados
nos seguintes modelos:

Inversor Mecânica Modelo do Fusível


CFW090107T5069
CFW090147T5069
Fusível 2,0 690V – 14x51mm Fus. Ret.
CFW090211T5069
8E Ferraz Shamut
CFW090100T6669
Item: 0305.6166
CFW090127T6669
CFW090179T6669
CFW090247T5069
CFW090315T5069
CFW090343T5069
CFW090418T5069
Fusível 4,0 690V – 14x51mm Fus. Ret.
CFW090472T5069
10E Ferraz Shamut
CFW090225T6669
Item: 0305.6171
CFW090259T6669
CFW090305T6669
CFW090340T6669
CFW090428T6669

Se os fusíveis estiverem queimados, desconecte os cabos e meça a resistência dos


3
ventiladores e dos transformadores T2 e T3. Caso seja encontrado algum
componente em curto-circuito, substitua-o.
Confira novamente se a seleção de tensão está correta para a linha 600V.

3
Faça o teste do transformador descrito mais adiante neste capítulo.
4.6 – Manutenção CFW09
Capítulo 4 – Testes sem Tensão
Teste do Retificador de Entrada
Voltar ao índice

Mecânicas 1...7
Coloque o multímetro em escala de diodo.
Meça na régua de bornes de potência.

Componente Ponteira vermelha (+) Ponteira preta (-) Valor esperado


R
4
-UD S
Ponte Retificadora T > 0.35Vdc a
5
de Entrada R < 0.7Vdc
S +UD
T
Tabela 4-1
Mecânicas 8..10
400V
Mecânicas 8E e 10E
600V
1. Faça as medições recomendadas para as mecânicas 1..7, conforme a tabela
acima;
2. Meça os gates com o multímetro em escala de resistência.

Meça a resistência entre os pontos 1 e 3 dos conectores XC11, XC32 e XC41 da


Resistência de gate CIP2A e CIP3:
• Com os gates conectados na placa CIP2 uma resistência de gate de
aproximadamente 10 Ω deve ser encontrada;
• Caso a resistência dos gates esteja diferente do esperado, desconecte-os da
placa e meça separadamente tanto os gates como os conectores:
6
⇒ Gates apenas – aproximadamente 13 Ω .
7
⇒ Conectores da CIP 2 apenas – aproximadamente 10KΩ .
Se durante os testes valores incorretos forem encontrados, meça os componentes
(módulos tiristor /diodo, ponte retificadora e resistores da pré-carga, CIP2A e cabos de
interligação) individualmente a fim de localizar o problema e substitua os componentes
defeituosos. Consulte os esquemas gerais encontrados no Capítulo 2.

Para verificar se os gates não estão invertidos, meça do +UD até:


Polaridade do gate • XC11, XC32 e XC41, pontos 1, a resistência de gate deve ser encontrada;
• XC11, XC32 e XC 41, pontos 3, devem estar em curto com o +UD.
• Caso seja encontrado algum diodo em curto troque a placa de potência, a ponte
de diodos ou o módulo de diodos (Tiristor/diodo nas mecânicas de 8 a 10, 8E e
10E), dependendo do modelo do inversor.
• Se os 3 diodos entre a entrada e o +UD parecerem abertos, verifique se o indutor
do Link CC (ou o jumper entre DCR e +UD que o substitui, na linha 400V) está
presente, verifique se o resistor de pré-carga não está aberto e se as conexões
internas estão corretas. Neste caso meça direto na ponte retificadora e substitua
qualquer componente defeituoso encontrado nessas verificações (resistor de pré-
carga, cabos de potência, conectores de potência, diodos, ponte retificadora
auxiliar...). Veja o capítulo 6 – Substituição de componentes.

4
Nas mecânicas 1 e 2, retire o isolador do terminal –UD na régua de bornes de potência, para realizar os testes.
5
As tensões medidas podem variar dependendo do multímetro utilizado e do modelo do inversor. O importante é que elas
fiquem dentro dos limites e mostrem valores similares em um mesmo modelo de inversor.
6
Valores de aproximadamente 13 Ω são comuns, entretanto pode haver tiristores bons com resistência de gate entre
5 Ω e 70 Ω. O importante é que se os tiristores forem do mesmo modelo eles apresentem valores de resistência
semelhantes.
7
Para obter uma medição de resistência correta é necessário que os 3 gates estejam desconectados.
Manutenção CFW09 – 4.7
Testes sem Tensão – Capítulo 4
Teste da Ponte Retificadora Auxiliar
Voltar ao índice

Mecânicas 8..10
400V
Mecânicas 8E e 10E
600V
Para testar o retificador auxiliar, coloque o multímetro em escala de diodo e faça as
medições entre os terminais de entrada (R, S, T) e o +UD de acordo com a tabela 4-1.

Teste dos IGBTs


Voltar ao índice
Dentro dos módulos IGBT existe um diodo em paralelo com cada IGBT. Ao testar
Todos os modelos esses diodos, estarão sendo testados também os IGBT’s correspondentes.
Selecione a escala de diodo no multímetro, e efetue as medições na Régua de Bornes
da Potência, de acordo com a tabela 4-2.
• O diodo achado nessas medições é o diodo de roda livre do IGBT e a medição
mostrará se ele ou o IGBT estão em curto.
• Se o valor da tensão encontrado for diferente do especificado (diodo está em
curto ou aberto), substitua o cartão de potência ou o módulo IGBT. Veja o
Capítulo 6 – Substituição de Componentes.

Coloque o multímetro em escala de diodo.


Meça na régua de bornes de potência.

Componente Ponteira vermelha (+) Ponteira preta (-) Valor esperado


U
-UD V
W
Modulo IGBT
U > 0.35Vdc a
V +UD < 0.7Vdc
W
8
Frenagem BR +UD
reostática -UD BR
Tabela 4-2

8
Apenas para os modelos com frenagem reostática.
4.8 – Manutenção CFW09
Capítulo 4 – Testes sem Tensão
Teste dos Gate/Drives
Voltar ao Índice
Descargas Eletrostáticas – ESD

• Para prevenir danos aos IGBT’s, não toque nos gates;


• Use uma pulseira anti-estática aterrada no chassi do inversor.
Atenção!
Os valores medidos podem variar consideravelmente em função do multímetro
utilizado, pois os circuitos não são puramente resistivos. O objetivo da medição
é determinar curto-circuito, circuito aberto ou valores diferentes entre os pontos
comparados.

Mecânicas 1 e 2 • Coloque o multímetro na escala de resistência e meça os seguintes pontos:


Nota: Para localizar estes pontos no cartão de potência, consulte o layout do
cartão no capítulo 1 deste manual.
9
Posição do IGBT Ponteira Vermelha (+) Ponteira Preta (-) Valor esperado
10
UP GUP EUP
VP GVP EVP
WP GWP EWP
UN GUN 4.6MΩ
VN GVN
EN
WN GWN
Frenagem GBR
Se for encontrado algum valor diferente (em curto ou resistência bem maior do que a
esperada), substitua a placa de potência. Veja o Capítulo 6 – Substituição de
componentes.

Mecânicas 3...7 • Nestes modelos os drives estão no cartão DPS1 e as saídas para os gates nos
conectores XC32 até XC38. Veja o cartão DPS1 no capítulo 1.
• Coloque o multímetro na escala de resistência e verifique os seguintes pontos:

Conector da DPS com os cabos Ponteira Ponteira Valor


Cabos dos gates dos gates conectados Vermelha (+) Preta (-) esperado
conectados 11 1 (G)
12
2 (E) 4,7KΩ
XC32...XC37 e XC38
2 (E) 1 (G) 4,7KΩ
Caso sejam obtidos valores diferentes, desconecte os cabos dos gates dos conectores
na DPS e meça nos cabos a resistência existente na placa de potência:
Ponteira preta Ponteira preta Valor
Cabos dos gates ou vermelha ou vermelha esperado
XC32...XC37 e XC38 1 2 4,7KΩ
desconectados
Na placa DPS1, sem ter os gates conectados, verifique as resistências:

Ponteira Ponteira Valor esperado


Vermelha (+) Preta (-) DPS1.00 DPS1.01 DPS1.02 DPS4.00 DPS5.00
XC32...XC37 1 (G) 2 (E) 5,0MΩ 3,1MΩ 5,0MΩ 4,7MΩ 3,0MΩ
2 (E) 1 (G) Aberto 3,1MΩ 3,5MΩ 3,0MΩ 3,0MΩ

1 (G) 2 (E) 5,0MΩ 4,5MΩ 5,0MΩ 4,7MΩ 4,7MΩ


XC38 2 (E) 1 (G) Aberto 3,1MΩ 3,5MΩ 3,0MΩ 3,5MΩ
Caso sejam encontrados valores incorretos na DPS ou na placa de potência, substitua
aquela que estiver defeituosa.

9
Ex.: VP significa IGBT da fase V conectada ao positivo do link CC, +Ud;
VN significa IGBT da fase V conectado ao negativo do link CC, –Ud.
10
GVP = VP gate; EVP = VP emissor
11
Apenas para modelos com "frenagem reostática".
12
Existem pontos identificados como G, E e C na placa DPS, bem próximo dos conectores XC32 a XC38, que podem ser
utilizados para as medições em vez dos conectores em questão.
Manutenção CFW09 – 4.9
Testes sem Tensão – Capítulo 4
Teste dos Gate/Drives
Voltar ao índice

Descargas Eletrostáticas - ESD


• Não toque nos gates dos IGBTs para não danificá-los e
• Use uma pulseira antiestática aterrada no chassi do conversor.

Atenção!
Os valores medidos podem variar consideravelmente em função do multímetro
utilizado, pois os circuitos não são puramente resistivos. O objetivo da medição
é determinar curto-circuito, circuito aberto ou valores diferentes entre os pontos
comparados.

Mecânicas 8...10 • Coloque o multímetro na escala de resistência;


• Os conectores de gate do IGBT estão localizados no cartão CRG;
400V
Mecânicas 8E-10E
600V
Conector Ponteira vermelha (+) Ponteira preta (-) Valor esperado
Cabos dos gates XC1..XC4 1 2 ~2.35KΩ (400V)
conectados XC1..XC4 6 5 ~4.75K (600V)
Caso o valor medido seja diferente do esperado, desconecte os cabos de disparo dos
IGBTs e os cabos que interligam o cartão SKHI23/GDB3 (na Linha 400V) ou o GDB1
(na Linha 600V) no cartão CRG, a fim de isolar o problema. As seguintes resistências
devem ser medidas no cartão CRG.
Conector Ponteira Vermelha (+) Ponteira Preta (-) Valor esperado
Cabos dos gates XC1..XC4 1 2 ~2.35kΩ (Linha 400V)
desconectados XC1..XC4 6 5 ~4.75kΩ (Linha 600V)

Nota #1: Circuito aberto nos


gates dos IGBTs esta presente
quando os cabos não estiverem
conectados
Medições na saída do cartão SKHI/GDB3 (X2, X3), com os cabos desconectados:
Valor esperado
Teste SKHI23 / Ponteira vermelha (+) Ponteira preta (-)
SKHI23 GDB3
GDB3 2 1 ~22k Ω Aberto
Mecânicas: 3 1 ~22k Ω ~2M Ω
8...10 (Linha 400V) 3 2 ~44k Ω Aberto
5 1 Aberto ~10M Ω
1 5 ~4MΩ ~1,7M Ω

As medições na saída do cartão GDB1 (XC2),com o conector desconectado são:


Teste GDB1
Mecânicas: Ponteira Vermelha (+) Ponteira Preta (-) Valor esperado
8E, 10E (Linha 600V) 2 1 ~8M Ω
9 10 ~8M Ω
4 1 Open
7 10 Open

Nota #2: Com as ponteiras


invertidas, sempre será Substitua qualquer cartão defeituoso encontrado. Veja o Capítulo 6 - Substituição de
encontrado ~8MΩ. Componentes.

4.10 – Manutenção CFW09


Capítulo 4 – Testes sem Tensão
Teste da DPS3
Voltar ao índice
Atenção!
Os valores medidos podem variar consideravelmente em função do multímetro
utilizado, pois os circuitos não são puramente resistivos. O objetivo da medição
é determinar curto-circuito, circuito aberto ou valores diferentes entre os pontos
comparados.

Mecânicas
8E, 10E
(Linha 600V)
Nota: As medições abaixo devem ser feitas sem os cabos conectados.
Conectores A resistência nos conectores de alimentação (XC1U, XC1V, XC1W) é:
XC1U, XC1V, XC1W
Conector Ponteira Vermelha (+) Ponteira Preta (-) Valor Esperado
XC1U 1 4 10kΩ
XC1V 4 1 5KΩ a 10kΩ
1 4 330Ω
XC1W
4 1 330Ω

Conector XC31 • Coloque o multímetro na escala de diodos, e meça o conector XC31:


Ponteira Vermelha (+) Ponteira Preta (-) Valor Esperado
1/3/5 6 ~ 2,1Vdc
6 1/3/5 ~1,9Vdc

• Coloque o multímetro na escala de resistência novamente e meça os pinos dos


Conectores conectores XC3/XC3A, em relação ao GND:
Ponteira Vermelha (+) Ponteira Preta (-) Valor Esperado
XC3/XC3A 4 GND 27KΩ
8 GND 3,8MΩ a 4,8MΩ

• Meça a resistência nos pinos do conector XC50


Conector XC50 Ponteira Vermelha (+) Ponteira Preta (-) Valor Esperado
13 14 140KΩ
8 GND 45KΩ
9 GND ~ 8MΩ
GND 9 Aberto

Testes dos Capacitores do Link CC


Voltar ao índice

Atenção!
Desconecte a tensão de entrada e espere até que os capacitores estejam
descarregados. Certifique-se que a tensão entre +UD e –UD da régua de potência
esteja em 0V antes de começar qualquer teste.

Inspecione os capacitores observando se existe descoloração, cheiro, vazamento do


Inspeção visual eletrólito, válvula de segurança expandida ou quebrada, ou deformações.

Coloque o multímetro na escala de resistência e meça:

Ponteira vermelha (+) Ponteira preta (-) Valor esperado


+UD -UD > 1MΩ

Se o valor da resistência encontrado estiver abaixo do especificado, a placa de


potência ou os capacitores deverão ser substituídos. Veja o capítulo 6 - Substituição
de componentes.

Manutenção CFW09 – 4.11


Testes sem Tensão – Capítulo 4
Teste da CC9
Voltar ao índice

Atenção!
Desconecte a tensão de entrada e espere até que os capacitores estejam
descarregados. Certifique-se que a tensão entre +UD e –UD da régua de potência
esteja em 0V antes de começar qualquer teste.

Resistência da fonte • Desconecte todos os cabos do cartão de controle.


de +5V na placa de • Coloque o multímetro em escala de resistência.

controle CC9
Todos os modelos
Aproximadamente 1750 Ω devem ser medidos entre XC4: 4 e 5.

Substitua o cartão de controle se o valor encontrado for diferente do especificado.

Outros testes
Voltar ao índice
Coloque o multímetro em escala de resistência e meça a resistência entre os terminais
Resistência Contra de entrada e saída (R, S, T, U, V, W e BR) e o ponto de conexão do fio terra no
a Terra conversor: devem ser encontrados valores > 4MΩ nos terminais R, S e T, e >2.4MΩ
Todos os modelos nos terminais U, V, W e BR.
Transformador13 Com um multímetro na escala de resistência, faça as medições conforme indicado na
tabela abaixo, a medição deve ser feita nos bornes R e S na entrada do inversor.
Primário do trafo:
Mecânicas: 14
Posição do jumper de Valor obtido (Ω)
6..10 (Linha 400V) seleção de tensão
MEC6 MEC7 MEC8 MEC9 MEC10
380V 70,9 14,1 14,2 3,9 3,9
400-415V 73,2 14,8 14,9 4,1 4,1
440-460V 80,8 16,4 16,3 4,4 4,4
480V 88 17,7 17,9 4,7 4,7

12
7, 8E, 10E (Linha 600V) Posição do jumper de Valor obtido (Ω)
seleção de tensão MEC7 MEC8E MEC10E
500V 13,8 14,2 4,9
525V 14,6 15,3 5,2
550-575V 15 16,9 5,8
660-690V 19,6 20,5 7,1

Secundário do trafo:
A medição do secundário do trafo deve ser feita conforme tabela abaixo:
Valor obtido (Ω)
Mecânica Ponto Cartão
Conectado no cartão No cabo
6 (400V) 0V – 220V LVS1 28 840
7 (400V) 0V – 220V LVS1 4,6 74,8
8 (400V) X28 – X29 CIP2A 4,9 77,8
9 e 10 (400V) X28 – X29 CIP2A 1,2 22,7
7 (600V) 0V – 220V LVS2 5,4 90,3
8E (600V) XC13 1:3 CIP3 5,8 6,2
10E (600V) XC13 1:3 CIP3 1,3 1,3

13
Ao fazer as medições, pode levar alguns segundos até que o valor que se esta medindo estabilize.
14
Os valores medidos podem sofrer variações, o importante é que se obtenha um valor de resistência crescente da menor
para a maior tensão selecionada.

4.12 – Manutenção CFW09


Capítulo 4 – Testes sem Tensão
Observações:
Voltar ao índice

Manutenção CFW09 – 4.13


Testes sem Tensão – Capítulo 4
Observações:
Voltar ao índice

4.14 – Manutenção CFW09