Você está na página 1de 21

Washington Luiz Carvalho Lima

NOTAS DE AULA DA DISCIPLINA DE FÍSICA 3

Palmas
2013
ELETROMAGNETISMO

Introdução
Eletromagnetismo Eletricidade = elétrons
Magnetismo = imã

1820- ORESTED – corrente elétrica num fio gera magnetismo.


FARADAY – experimental (indução magnética)
MAXWELL – teoria magnética (unificação)

Mecânica Leis de Newton


Eletromagnetismo Leis de Maxwell

Carga Elétrica

*Eletricidade estática : (ex: Um pente pode atrair papel, depois de esfregado num papel)

positivas (+)
Cargas Elétricas
negativas (-)

- Corpos carregados- há um excedente de cargas positivas(+) e negativas(-).


neutros - cargas positivas são iguais as cargas negativas, e se cancelam
mutuamente.

Interação Elétrica:

Corpos carregados atração (cargas de sinais opostos)


repulsão (cargas de mesmos sinais)
Conservação e Quantização das Cargas:
-
-
-
elétrons -
-
+
+ ++ +
- Prótons
- ++
+
+ -
- +
+
+
+
+ materiais
Átomo
+
+
+
+
+
+
Elementos de carga elétrons (-) móveis
prótons (+) fixos

Carga elementar (e): carga de um elétron ou próton

e= 1,6x10-19 C

Portanto, a carga de qualquer corpo material será múltiplo da carga elementar, sendo:
Q=Ne

Carga total Número de elétrons em


falta ou excesso

Processo de eletrização: não há criação de cargas, apenas transferência de um corpo ao


outro, através do movimento dos elétrons.

Exemplo: Quantos elétrons devem ser transferidos de um corpo para o outro para conseguir
uma carga de 50nC ?
11
R=3,12x10 (elétrons)

Condutores e Isolantes

Isolantes: O elétron praticamente não tem mobilidade. (ex: vidro, plástico, borracha)

Condutores: Os elétrons se movem livremente no material. (ex: metais, água comum,


corpo humano).
Indução: (processo de eletrização que só ocorre somente nos metais)

NNeutro
NEUTRO ++++ ------ ++++ ------

(condutor)

- - - - - -- - --
--- ------
-

Exemplos:
1. Duas cargas condutoras idênticas tem cargas +Q e –Q, respectivamente. Uma terceira
esfera, idêntica as duas primeiras, está inicialmente descarregada. Se a esfera 3 tocar na
esfera 1 e for separada e tocar na esfera 2, qual a carga final em cada uma das esferas?

2. Um bastão de plástico, esfregado com tecido de algodão, adquire uma carga de -8C.
Quantos elétrons foram transferidos do tecido para o bastão?
Lei de Coulomb:
A força elétrica entre dois corpos carregados foi deduzida por Charles Augustos Coulomb,
a partir de suas experiências realizadas em 1785 e é chamada lei de Coulumb

A força que uma carga elétrica puntiforme exerce sobre outra carga puntiforme está dirigida sobre
a reta que passa pelas duas. A força varia inversamente com o quadrado da distância entre as duas
cargas e é proporcional ao produto das cargas. A força é repulsiva se as cargas tiverem o mesmo
sinal e atrativa se tiverem sinais opostos.

 Direção - ao longo da linha que une as cargas


 proporcional - produto das cargas
 inversamente proporcional - distância

A força elétrica é então representada pela expressão:

K q1q2
Fe 
r2

onde K é uma constante determinada experimentalmente, a constante de Coulumb, cujo


valor no SI,
K= 8,99x109 N.m²/ C²

1
K 0 = constante de permeabilidade do vácuo
4  
0 = 8,85x10-12 C²/ N.m²
Sistema de cargas:
Num sistema de cargas, cada uma exerce sobre todas as outras uma força elétrica dada
pela lei de Coulomb. A força resultante sobre uma certa carga é igual à soma vetorial
das forças exercidas sobre ela pelas outras cargas do sistema.

    
FR5  F15  F25  F35  ..  Fn5

Exemplos:
1. Num átomo de hidrogênio, a distância média entre o elétron e o próton é cerca de
5,3x10-11 m. Calcular o módulo da força elétrica entre eles?
-8
R: 8,19x10 N

2. Três cargas estão dispostas conforme o desenho. Calcular a força resultante em q3.
q1=25nC q2=-10nC q3=20nC
-7
R: 4,32x10 N (p/ esquerda)
q1 q2 q3
++ -+ ++

2m 1,5m
3. Na figura abaixo temos três partículas carregadas, qual a força resultante na carga q1?
DADOS: q1= -1,2 C q2=3,7 C q3=2,3 C
r12= 15cm r13= 10cm = 32º
R: 3,73N

+
q3

- +
q1 q2

4. Duas cargas q1 e q2 somadas totalizam 6C. Quando separadas por 3m, a força
exercida por uma delas sobre a outra tem módulo de 8mN. Calcular as cargas (a) se
ambas forem positivas e (b) se uma for positiva e outra negativa.

1a LISTA DE EXERCÍCIOS

1. Um bastão de plástico, esfregado com tecido de algodão, adquire uma carga de -8μC.
Quantos elétrons foram transferidos do tecido para o bastão?

2. Qual o erro na afirmação: "Uma caneta é considerada neutra eletricamente, pois não
possui nem cargas positivas nem cargas negativas"?

3. Duas esferas idênticas de alumínio estão eletrizadas com cargas elétricas Q1 = - 3nC e
Q2 = + 7nC. Feito um contato entre elas, qual foi a carga resultante em cada uma delas?
4.
5. Dispõe-se de quatro esferas metálicas iguais e isoladas umas das outras, três delas,
denominadas A, B e C, estão eletricamente neutras, enquanto a esfera D contém uma
carga elétrica q. Em condições ideais, faz-se a esfera D tocar primeiro na esfera A, em
seguida a B e por último a C. Depois desse procedimento, qual a carga elétrica das
esferas A, B e C, respectivamente?
(a) q/3, q/3 e q/3
(b) q/4, q/4 e q/4
(c) q/4, q/8 e q/8
(d) q/2, q/4 e q/4
(e) q/2, q/4 e q/8

6. Um bastão eletricamente carregado atrai uma bolinha condutora A e repele uma bolinha
B. Nessa situação,

(a) a bolinha B está eletricamente neutra.


(b) Ambas as bolinhas estão carregadas com cargas idênticas.
(c) ambas as bolinhas podem estar eletricamente neutras.
(d) a bolinha B está carregada com carga positiva.
(e) a bolinha A pode estar eletricamente neutra.

7. Duas esferas condutoras descarregadas, X e Y, colocadas sobre suportes isolantes, estão


em contato. Um bastão carregado positivamente é aproximado da esfera X, como
mostra a figura. Em seguida, a esfera Y é afastada da esfera X, mantendo-se o bastão
em sua posição.

Após esse procedimento, as cargas das esferas X e Y são, respectivamente,


(a) nula, positiva
(b) negativa, positiva
(c) nula, nula
(d) negativa, nula
(e) positiva, negativa
8. Uma carga puntiforme de +3,00x10−6C dista 12,0cm de uma segunda carga puntiforme
de −1,50x10−6C . Calcular o módulo da força elétrica que atua sobre cada carga.
R: 2,81N

9. Qual deve ser a distância entre duas cargas puntiformes q1=26,0C e q2=−47,0C para
que o módulo da força eletrostática entre elas seja de 5,70N? R: 1,39m

10. Uma carga q1= 4,0 C está na origem e a outra q2= 6,0 C no eixo x, em x=3m.
a) Calcular a força sobre a carga q2. R: 23,97m N (direita)
b) Calcular a força sobre q1. R: 23,73m N (esquerda)
c) Em que respostas de (a) e (b) se modificam se a carga q2 fosse de –6,0 C ?

11. Uma carga de 5,0 C está sobre o eixo y, em y=3cm e, uma segunda carga de –5,0
C, também sobre o eixo y, em y= -3cm. a) Calcular a resultante das forças destas
cargas sobre uma terceira, de 2,0 C, no eixo x= 8cm. b) Qual a força resultante sobre
a primeira carga?
R: 8,64N; 19,87N

12. Na figura abaixo, quais são as componentes horizontal e vertical da força eletrostática
resultante que atua sobre a carga no vértice inferior esquerdo do quadrado, sendo
a=5,0cm e q=1,0x10−7C ? R: Fx=0,17N ; Fy=-0,046N

13. Duas esferas condutoras idênticas, mantidas fixas, atraem-se com uma força
eletrostática de módulo igual a 0,108N quando separadas por 50,0cm. As esferas são
então ligadas por um fio condutor fino. Quando o fio é removido, as esferas se
repelem com uma força eletrostática de módulo igual a 0,0360N. Quais eram as cargas
iniciais das esferas?
R: q=3,0x10−6C e q '=−1,0x10−6C

14. Três objetos condutores idênticos e elétrizados estão alinhados como mostra a figura e ligados
por um fio condutor . O objeto C exerce sobre B uma força igual a 3,0 . 10-6N.
A força resultante dos efeitos de A e C sobre B tem intensidade de:
a) 2,0 . 10-6N
b) 6,0 . 10-6N
c) 12 . 10-6N
d) 24 . 10-6N
e) 30 . 10-6N

15. Três cargas q1=-6,0 μC, q2=+2,0 μC e q3=+4,0 μC são colocadas em linha reta. A
distância entre q1 e q2 é de 2,0 m e a distância entre q2 e q3 é de 3,5 m. Calcule a
força elétrica que atua em cada uma das cargas. R: Fq1=3,41x10-2N ; Fq2=2,11x10-3N
; Fq3=1,30x10-2N

16. Duas cargas fixas, +1,07 μC e -3,28 μC, estão a 61,8 cm de distância entre si. Onde se
pode localizar uma terceira carga de modo que nenhuma força resultante aja sobre ela?
R: r13=0,823m e r33=1,44m .
17. Duas pequenas esferas carregadas positivamente possuem uma carga combinada de 50
μC. Se elas se repelem com uma força de 1,0 N quando separadas de 2,0 m, qual é a
carga em cada uma delas?

18. Três esferas carregadas estão fixas, formando um triângulo eqüilátero, conforme figura
abaixo. Determine a força eletrostática resultante sobre a carga Q3.
CAMPO ELÉTRICO
Força Elétrica existe sem contato (ação a distância)

Carga1 Carga 2

Movimento de uma das cargas A força não se altera instantaneamente, a


transmissão é feita com a velocidade da luz (c).

Campo elétrico mediador da interação eletromagnética.

Carga1 produz campo elétrico Campo elétrico gerado interage com a carga2 .

Carga 1 Campo Elétrico Carga 2

Com a introdução do conceito de campo elétrico, podemos visualizar a interação entre as


cargas A e B de uma maneira diferente da força de Coulomb, que é o resultado da interação
direta entre cargas (o que exigiria uma velocidade infinita de propagação). Dizemos, então,
que uma carga ou uma distribuição de cargas cria um campo elétrico nos pontos do espaço
em torno dela e que este campo elétrico é responsável pelo aparecimento da força elétrica
que atua sobre uma carga elétrica de prova colocada em qualquer desses pontos. As teorias
mais avançadas da Física mostram que o campo elétrico é uma forma especial de matéria,
diferente das outras que conhecemos, sendo composto de fótons (partículas com carga
elétrica nula que carregam energia e momentum). Não podemos perceber o campo elétrico
diretamente apenas usando nossos sentidos; só é possível quantificá-lo através de sua
interação com cargas elétricas. Então para verificar se existe um campo elétrico em um
ponto P do espaço, utilizamos uma carga de prova positiva q0, colocada nesse ponto; se
houver um campo elétrico nele, a carga de prova vai reagir como se estivesse sob a ação de
uma força de origem elétrica. A carga de prova (sempre positiva) deve ser suficientemente
pequena para não alterar o campo neste ponto.
Definição: 
 F
E
q0 carga de prova q0  0 (positiva)

A unidade de campo elétrico é obtida das unidades de força e de carga


elétrica. No SI, ela é o Newton por Coulomb (N/C).

O campo é uma propriedade do espaço e existe mesmo sem a presença da carga de


prova.
Exemplos de campo elétrico:
Nos condutores elétricos -2 5
10 N/C Num tubo de imagem de TV 10 N/C
domésticos
-1 No cilindro carregado de uma 5
Nas ondas de rádio 10 N/C 10 N/C
copiadora
2 6
Na baixa atmosfera 10 N/C Num tubo de raios X 10 N/C
3 6
Na luz do sol 10 N/C Rigidez dielétrica do ar 3x10 N/C
Próximo a um pente de plástico 3 No elétron de um átomo de 11
10 N/C 6x10 N/C
carregado hidrogênio
4 Na superfície de um núcleo de 21
Numa nuvem de tempestade 10 N/C 2x10 N/C
urânio
4
Num raio 10 N/C

Campo de uma Carga Puntiforme:

q0

 kqq
q F  2 0 rˆ
r 
r̂  vetor unitário radial indica a
++ direção da força

Campo elétrico na posição de q0:



 F kqq0  kq
E E E  2 rˆ
q0 r2 r
q0

OBS: O sinal da carga é importante:

q > 0 (positiva) campo elétrico aponta para fora (afastamento)


q<0 (negativa) campo elétrico para dentro (aproximação)

 E
E

++ -+

Campo para várias cargas puntiformes:

Soma vetorial dos campos gerados por cada uma individualmente.

+
q1


E2 
E1
q2
-

Força sobre uma carga num campo elétrico:


 
F  qE

Carga positiva: força na direção do campo E
+ 
 F

Carga negativa: força contrária a direção do campo F E
-

Exemplos:

1. Quando uma carga de prova de 5C é colocado num certo ponto do espaço, sofre uma
força de 2x10-4 N na direção x. Qual o campo elétrico neste ponto? R=4x104 N/C î
2. Uma carga positiva q1= 8C está na origem e uma segunda carga de q2= 12C está
sobre o eixo x em x = 4m. Calcular o campo elétrico resultante (a) no ponto P1 em x =
7m, (b) no ponto P2 em x = 3m e (c) calcular o campo na posição x = -3m e y = 2m.

R= a) 13,47 N/C î b) –100N/C î c) -10,19 N/C î e 9 N/C î


3. A figura abaixo, mostra três partículas de cargas q1 = + 2Q, q2=-2Q e q3= -4Q, todas
situadas a uma distância d da origem. Determine o campo elétrico total E produzido na
origem pelas três partículas. R: 6,93Q/(4πε0d2)

4. Um próton é colocado num campo elétrico uniforme. Qual deve ser o módulo, a direção
e o sentido do campo para que a força eletrostática anule o seu peso?
R: 1,022x10-7N/c , Para cima.

5. A massa de uma gota de óleo é de 4x10-11 kg e a carga elétrica da gota é 4,8x10-19C.


Uma força elétrica, vertical para cima, equilibra o a força da gravidade, vertical para
baixo. Qual a direção e o módulo do campo elétrico?

6. Uma carga q1 = 1,5 C na origem e uma segunda carga q2 = 2,3 C na posição x = 13


cm. (a) Em que ponto ao longo do eixo x o campo elétrico é nulo? (b) Qual o valor do
campo elétrico sobre o eixo y, em y = 10 cm?
Lista de exercícios

1. Um próton é colocado num campo elétrico uniforme. Qual deve ser o módulo, a direção
e o sentido do campo para que a força eletrostática anule o seu peso?
R: 1,022x10-7N/c , Para cima.

2. A massa de uma gota de óleo é de 4x10-11 kg e a carga elétrica da gota é 4,8x10-19C.


Uma força elétrica, vertical para cima, equilibra o a força da gravidade, vertical para
baixo. Qual a direção e o módulo do campo elétrico?

3. Uma carga q1 = 1,5 C na origem e uma segunda carga q2 = 2,3 C na posição x = 13


cm. (a) Em que ponto ao longo do eixo x o campo elétrico é nulo? (b) Qual o valor do
campo elétrico sobre o eixo y, em y = 10 cm?

4. Um elétron com velocidade de 5,o x108cm/s é projetado paralelamente a um campo


elétrico de intensidade igual a 1,0x10³ N/C que está disposto de forma a retardar o seu
movimento.
a) Qual a distância que o elétron viaja até parar?
b) Qual o tempo gasto para isto?
R= a) 7,12cm (ou 0,0712m) b) 28,5s

5. Um elétron, partindo do repouso, é acelerado por um campo elétrico uniforme de 8,0


x104N/C, que cobre no espaço uma distância de 5,0cm. (a) calcular a velocidade do
elétron ao sair desta região? Qual tempo gasto para atravessar esta região?

6. Uma carga pontual q1=8 nC está na origem , e uma segunda carga q2=12 nC está no
eixo x, em a=4m . Encontre o campo elétrico total (a) em P1, no eixo x, a x=7 m e (b)
em P2 no eixo x em x=3 m. R: 13.5 iN/C e - 100iN/C

7. Para a figura acima, qual o campo elétrico no eixo y para y = 3m. R:



E  (3,46i  10,6 j ) N / C
8. Uma carga de +5.0 μC está localizada em x=-3.0 cm e uma segunda carga de -8.0 μC
está localizada em x=+4.0 cm. Onde devemos posicionar uma terceira carga de +6.0 μC
de modo a termos o campo elétrico nulo em x=0.0 cm?

9. Uma carga de 2,0nC, colocada na origem, sofre uma força de 8,0x10-4N na direção
positiva de y. (a) Qual é o campo elétrico na origem? (b) Que força agiria sobre uma
carga de -4nC colocada na origem? (c) Se esta força for provocada por uma carga
situada no eixo y, em y =3cm, qual o valor desta carga?

10. Duas cargas, cada uma de 4μC, estão sobre o eixo dos x, uma no origem e outra em x=
8m. Calcular o campo elétrico no eixo dos x (a) em x= -2m,. (b) x = 2m, (c) x = 6 m e x
= 10 m. (e) em que ponto do eixo o campo elétrico é nulo.
R: (a)-9,35x103i N/C (b) 7,99x103i N/C (c) -7,99x103i N/C (d) 9,35x103i N/C e (e)
4m.

11.