Você está na página 1de 2

UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE

Faculdade de Engenharia
Departamento de Engenharia Química
Exame Recorrência
Transferência de Massa
Sem consulta
Duração: 2H00
Data: 22.06.2011
Docentes: João Carlos M. de Sousa Venâncio
Clemêncio Nhantumbo

1. Um dos sistemas modernos de eliminação de gases contaminantes nitrogenados dos automóveis,


consiste no emprego da platina metálica sob forma de lâmina que, a altas temperaturas, reage de
forma instantânea com o N2O. A reacção é controlada pela difusão do gás poluente N 2O através das
restantes substâncias, principalmente N 2 e CO2, que provêm do “múltiplo” e que não reagem com a
platina.

Pt  2N 2 O  2N2  O 2

Deduza a expressão do fluxo molar de N 2O que reage com a Pt estabelecendo claramente as condições
ao limite.

Considere que a composição do contaminante à saída do “múltiplo” e antes de chegar ao sistema de


eliminação é yA donde A é o N2O.
Plano da reacção

2. Emprega-se uma coluna de absorção para remover, por meio da água, o amoníaco, NH 3, contido
numa mistura com ar. A coluna opera a 60°F e 1 atm. Os coeficientes individuais estimados nas
condições de funcionamento da coluna são, k L = 0.205 lbmole NH3/(hr)(ft2)(lbmole NH3/ft2) e kG =
0.240 lbmole NH3/(hr)(ft2)(atm). A pressão parcial de equilíbrio do amoníaco sobre soluções aquosas
diluídas a 60°F são dadas por:

pNH3,i = 0.215 CNH3,i

com pNH3,i, em atm, e CNH3,i, em lbmole NH3/ft3 de solução.

A. Determina os seguintes coeficientes de transferência de massa:

a) ky ;
b) kC ;
c) KG ;
d) Ky ;
e) KL ;
B. Traça o gráfico pressão parcial vs. concentração do líquido indicando as forças motrizes
significativas correspondentes a vários coeficientes de transferência de massa (individuais e
globais), para o caso em que o líquido contém 5 x 10 -3 lbmole NH3/ft3 de solução, e o gás, 1%, em
fracção molar, de NH3.
Que percentagem de resistência em relação à total se pode encontrar na fase líquida?

1
3. Num determinado país tropical, deseja-se produzir ar com 15°C e 80% de humidade relativa, a partir
do ar ambiente inicialmente a 31.5°C e 90% de humidade relativa. O método escolhido consiste no
arrefecimento do ar até que condense suficientemente reduzindo-se o seu teor de humidade, seguido
de aquecimento final. O caudal volumétrico de ar a processar é de 1650 m 3/h.

Determine:

a) A temperatura a que se deve arrefecer o ar;


b) A quantidade de água removida;
c) A quantidade de calor a fornecer ao sistema.

4. Emprega-se ar para arrefecer água de 45ºC à 20ºC, numa coluna de enchimento que funciona em contra-
corrente. O caudal de água é de cerca de 275 cm 3/m2s referido a área de secção vazia da torre. O Ar
entra a 15ºC e 20% de humidade relativa. Calcule a altura da coluna e as condições de saída do ar no
topo. Para efeitos de projecto assuma que a coluna opera com um caudal de gás 2.0 vezes superior ao
mínimo. Pode considerar-se que a resistência a transferência de massa e calor está localizada na fase
gasosa e que o coeficiente de transferência de massa pode ser tomado como kya = 0.24 kg/m3s.

Cotação de cada exercício em percentagem

1: 25% 2: 25% 3: 20% 4: 30%


A. 15% a) 5%
B. 10% b) 7%
c) 8%
Formulário:

Equção de continuidade
C A  N Ax N Ay N Az 
      R A
t  x y z 
C A  1 
  rN Ar   1 N A  N Az 
  RA
t  r r r  z 
C A  1  2  N A 
t
  2 
r N Ar 
1

r sen 
 N A sen   1
r sen  
  RA
 r r
Colunas de humidificação:
GS H dH
z  H tG N tG H tG  N tG   LC AL ( t L 2  t L1 )  G S (H 2  H1 )
2

H H  H
k Ya i
1

k Y a ( H i  H )  hL a (t L  t i )