Você está na página 1de 14

UNIVERSIDADE ANHANGUERA UNIDERP EDUCACIONAL

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO E
CIÊNCIAS CONTÁBEIS

Produção Textual Interdisciplinar em Grupo (PTG) Ética


em gestão de projetos

BRASÍLIA/DF
2018
BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO E
CIÊNCIAS CONTÁBEIS

Produção Textual Interdisciplinar em Grupo (PTG)


Ética em gestão de projetos

Produção Textual apresentado às


disciplinas de Homem cultura e sociedade,
ética, politica e sociedade,
empreendedorismo, sistema de
informação, como requisito para
aprovação no curso de administração e
ciências contábeis.

BRASÍLIA/DF
2018

1
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO ..........................................................................................................03
....................................................................................................................................3
CONSIDERAÇÕES FINAIS ......................................................................................11
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS .........................................................................12

DESENVOLVIMENTO ......................................................................................04 - 11

2
INTRODUÇÃO

O conteúdo deste trabalho é diretamente focada em duas empresas que se uniram


para resolver questões que desenvolvam ambas internamente e externamente, trata-
se nesse cenário corporativo, de relações profissionais e ética profissional, na questão
se encontrava Silvio Becker, o gerente de projetos da empresa Tecnosampa.
Sabemos que “A Ética, enquanto uma reflexão científica e filosófica estuda os
costumes e normas de comportamento”.

Por outro lado, as pessoas tem que dar a alma aos códigos para vivê-los. De acordo
com Sá (1996, p.136):

Quando a consciência profissional se estrutura em trígono, formado


pelo amor à profissão, à classe e à sociedade, nada existe a temer
quando ao sucesso da conduta humana; o dever passa a ser uma
simples decorrência das convicções plantadas nas áreas recônditas
do ser, ali depositadas pelas formações educacionais básicas.

A ética comportamental é questão do ser ético em suas atitudes, da maneira em


que o indivíduo age diante das situações. Sabemos que a Ética Empresarial é algo de
grande importância nas empresas nos dias de hoje, não porque as organizações
tornaram-se boazinhas e bem feitoras, mas sim porque a sociedade está mais
consciente, e vem exigindo mais de seus direitos e as empresas por sua vez exigindo
mais de seus parceiros.

Silvio Becker era responsável pela liderança da execução dos projetos da


Steinadler, que era um bom negócio comercial, mas tinha críticas quanto à forma
como eram conduzidos os projetos nesse contexto. Silvio procurava executar os
projetos da Steinadler corretamente.

Desenvolvimento
3
As empresas que participaram do contexto foram a Steinadler e Tecnosampa:

• Steinadler, por sua vez, é uma grande indústria química multinacional, com
sede na Alemanha, com 45 anos de existência e filial espalhadas em todos os
continentes. Seu faturamento anual gira em torno de € 300 milhões/ano, com
um considerável portfólio de produtos e serviços. Sua especialização é no
ramo de tintas e solventes.

• A Tecnosampa é uma empresa brasileira de médio porte com


aproximadamente 15 anos de existência e 100 funcionários, oferecendo ao
mercado serviços de desenvolvimento de sistemas de informação. De 2009 a
2014, faturou, em média, em torno de R$ 7 milhões/ano. Em sua carteira de
clientes, encontram-se empresas da área privada e também órgãos públicos.

O Senhor Nogueira Silvio vivia um conflito como gestor de projetos, pois em parte
se penalizava em não conseguir encontrar uma forma de solucionar esse problema,
para confrontar o cliente Oliveira, e seus superiores, Ferreira e Pereira.
Organograma organizacional da empresa Tecnosampa

Fonte:calibri (2018)

Como toda empresa a Tecnosampa tem seus pontos fracos e seus pontos fortes que
devem ser citados para a compreensao de alguns problemas que acontecem na

4
empresa então o erro da Tecnosampa, conforme Silvio estava em acobertar a falta de
capacitação de gestão de Oliveira, por entender que o vínculo de Oliveira como
pessoa focal nessa parceria era fundamental para a perenidade da relação. Silvio
também registrou outro agravante: a falta de disponibilidade de Oliveira para se
dedicar aos projetos era cada vez maior. Oliveira centralizava todas as decisões sobre
as especificações dos projetos, o que acarretava atrasos significativos no andamento
operacional da Tecnosampa. Oliveira criticava fortemente essas normas e regras da
TI da matriz, por considerá-las resultado de uma adaptação caseira de normas da área
química. Os executivos da TI da matriz eram graduados na década de1980, com uma
visão desatualizada dos processos e tendências de metodologias de desenvolvimento
de sistemas.

A Steinadler não é reconhecida no mercado por ser a empresa que possui o melhor
aparelhamento tecnológico em relação aos seus concorrentes, em decorrência de sua
opção de criar as soluções de sistema de informação de maneira caseira, em vez de
adquirir e integrar os melhores sistemas do mercado.

A empresa Tecnosampa apresenta também destaques no mercado como:


inovações e compromisso de entrega. No Brasil, a Steinadler possui uma filial
importante, inaugurada em 2001. Em 2013, essa filial contribuiu com 40% do
faturamento global, o que lhe assegurou grande atenção da matriz, recebendo um
destacado investimento financeiro para a melhoria dos seus resultados. No mercado
brasileiro, a Steinadler ocupa o segundo lugar no segmento de tintas industriais, em
comparação aos concorrentes do mesmo segmento, disputando acirradamente o
primeiro lugar com sua concorrente francesa.

As dificuldades de gestão desse projeto eram constantemente compartilhadas por


Silvio com a vice-presidência da Tecnosampa: Ferreira (VP Técnico e superior direto
de Silvio) e Pereira (VP Comercial). Silvio entendia que as decisões da Tecnosampa
seguiam na linha de flexibilizar os processos de gestão, os quais estavam habituados
a aplicar nos projetos anteriores.

O objetivo da Tecnosampa era claro: era necessário encantar o cliente Steinadler,


ainda que significasse um custo adicional. Porém Ferreira ressaltou que, nos projetos

5
seguintes, seria necessário um enquadramento mais forte do modus operandi do
cliente Steinadler, para que o resultado financeiro do projeto fosse mais rentável.

Internamente, a Tecnosampa precisa constantemente aprimorar sua metodologia


de execução, novamente devido a sua postura inovadora. Projetos desconhecidos
demandam, muitas vezes, metodologias específicas de execução. Por esse motivo, a
equipe técnica precisa se reinventar constantemente. Os conhecimentos técnicos da
equipe interna abrangem as tecnologias de desenvolvimento mais demandadas pelo
mercado, sendo estesos principais: C#.net, Java, Android, HTML5, JavaScript,
Hibernate, MVC eSOA. O conhecimento base para gestão é fundamentado no
PMBOK®.

Aproximadamente quatro anos atrás, a área técnica se certificou no programa de


qualidade ISO 9001:2008. Os projetos executados pela teconosampa têm duração
média de seis a oito meses, com valor médio de R$700 mil. Em seu histórico, são
executados no máximo entre cinco e oito projetos simultaneamente. Entretanto, o
corpo diretivo da Tecnosampa tem grandes expectativas no convênio com a
Steinadler, pois talvez represente uma oportunidade para um crescimento expressivo
da empresa.

A Steinadler, pôr sua vez, é uma grande indústria química multinacional, com sede
na Alemanha ha, com 45 anos de existência e filiais espalhadas em todos os
continentes. Seu faturamento anual gira em torno de € 300milhões/ano, com um
considerável portfólio de produtos e serviços. Sua especialização é no ramo de tintas
e solventes. Possui em seu portfólio uma linha completa de produtos para o mercado
doméstico e outra linha especializada no mercado industrial. Internamente, a
Steinadler também possui uma área destinada à reciclagem de solventes, que
corresponde ao tratamento de resíduo do processo de produção de outras indústrias
químicas. Essa área de reciclagem, embora não seja a mais rentável financeiramente,
é um orgulho para os executivos da Steinadler, pois remove do meio ambiente um
subproduto que pode causar danos à população.

No ano de 2013, a Steinadler se orgulhava de ter conquistado o primeiro lugar no


mercado mundial, especificamente para o seu produto carro-chefe: tintas industriais.

6
Silvio constatou que o presidente Nogueira já considerara uma margem expressiva
de rentabilidade, justamente para possibilitar a acomodação de imprevistos. Silvio
precisou assimilar um novo ponto de vista sobre esse cenário: a dificuldade inicial
deveria ser entendida como natural para um início de parceria entre duas empresas.
“Uma empresa precisa aprender o ritmo da outra para que os negócios progridam”,
dizia Pereira. E esse aprendizado incluía assimilar as capacitações e limitações das
pessoas envolvidas, sem deixar de buscar uma melhoria contínua das falhas e
problemas do histórico de acontecimentos.

O Senhor Nogueira, engenheiro de formação: No papel de presidente, ocupava uma


posição na esfera diplomático-comercial da empresa, mas fazia questão de estar
informado de todas as atividades operacionais por meio de um relatório semanal que
recebia sobre todos os projetos, intercedendo em um ou outro ponto quando
considerava necessário.

O VP técnico Ferreira era responsavelmente pela área de operações da empresa:


Entendimento dos objetivos estratégicos da produção: o gerente de operações deve
saber onde a sua operação se situa no contexto da organização. Devem-se saber os
objetivos de desempenho da produção: qualidade, velocidade, confiabilidade,
flexibilidade e custo.

Ele é responsável pela excelência dos processos operacionais e pela gestão


estratégica que garantem competitividade ao negócio, não só no posicionamento atual
de mercado, mas também na construção e renovação do sucesso da empresa com
políticas de mudanças operacionais, especialmente de logística.

O Sr.ª Pereira era responsável pela conquista de novos clientes e também pela
preservação dos clientes atuais, sendo a elaboração e negociação de propostas
comerciais atribuições dos profissionais a ele subordinados: Depois de todo um
processo de prospecção e de despertar o interesse do cliente vem a elaboração da
proposta comercial. E por mais que esse seja um ponto extremamente importante do
processo de negociação, a inda deixa muitas dúvidas. Afinal, justamente por ser um
momento crucial, e preciso que a proposta esteja perfeita para fechar o negócio.

O gerente de projetos Oliveira, brasileiro, engenheiro de formação técnica. Em seu


currículo constava grande experiência como analista programador, tendo sido, havia
7
pouco tempo, promovido para o cargo de gestor. Na Espanha um engenheiro técnico
é um profissional da engenharia diplomado com um curso superior de curta duração
(três anos). Em comparação, um engenheiro superior é um profissional diplomado
com um curso superior de longa duração (cinco anos). Antes os títulos de
“engenheiros técnicos” e de "engenheiro superior" eram equivalentes,
respectivamente, aos graus acadêmicos de "diplomado" e de "licenciado" em
humanidades.

Na sequência da alteração do sistema de graus em Espanha resultante do Processo


de Bolonha, os estudos superiores em engenharia técnica estão a ser substituídos
pelos estudos superiores de grado em engenharia. Os anteriores engenheiros
técnicos passaram a ter o título profissional de “graduados em engenharia". Em
comparação, os anteriores estudos de engenharia superior estão a ser transformados
em estudos de máster em engenharia.

Silvio gerente de projetos: Um gerente de projetos é um profissional no campo de


gerência de projetos que tem a responsabilidade de planejar e controlar a execução
de projetos em diversas áreas de atuação, como a construção civil, arquitetura e
desenvolvimento de software, entre outras. É o profissional responsável pela
condução do projeto e deve contar com o respaldo de patrocinadores (sponsors,
segundo a nomenclatura PMI), normalmente indivíduos que estejam fora do projeto a
ser executado.

Embora as empresas buscasse êxito em sua parceria existiam, alguns problemas


que deveriam ser corrigidos, nos projetos realizado por ambas como a grande
dimensão da corporação alemã, suas soluções de tecnologia sempre foram caseiras,
criadas distantes das boas práticas de desenvolvimento de sistemas do mercado de
TI.

A diretoria da Tecnosampa, animada com o aumento do faturamento, instruída


Silvio a ser permissivo com as falhas operacionais do gestor de TI da Steinadler, a
área de TI da matriz da Steinadler apurou falhas de ambos os lados.

Silvio/Oliveira então sugeriu uma nova situação: dois projetos anteriormente criados
nessa parceria continham furos de especificação que se evidenciaram com o uso
diário, os quais demandavam melhorias. Silvio entendia que a forma correta de
8
implementar essas melhorias seria por meio da submissão dessa relação de melhorias
para a aprovação da área de TI da matriz alemã, com os respectivos custos.
Entretanto, Oliveira não estava confortável em assumir publicamente perante a matriz
as suas falhas de especificação e figurar como responsável por gastos para cobrir
erros.

Para Silvio, a criação de evidências falsas de execução de projeto, encobrindo


falhas operacionais, passou a ser tarefa rotineira. Aos poucos, o cliente Steinadler
tornara-se um cliente altamente rentável à Tecnosampa, e Silvio parecia ser o único
preocupado em resolver os problemas operacionais dessa relação.

Conforme Silvio, estava em acobertar a falta de capacitação de gestão de Oliveira,


por entender que o vínculo de Oliveira como pessoa focal nessa parceria era
fundamental para a perenidade da relação. Silvio também registrou outro agravante:
a falta de disponibilidade de Oliveira para se dedicar aos projetos era cada vez maior.

Com esses problemas que Silvio encontrou nos projetos vemos que é extremamente
importante saber diferenciar a Ética da Moral e do direito. Estas três áreas de
conhecimento se distinguem, porém têm grandes vínculos e até mesmo sobre
posições. Tanto a Moral como o Direito baseiam-se em regras que visam estabelecer
uma certa previsibilidade para as ações humanas. Ambas, porém, se diferenciam.

Os dois funcionários da empresa Silvio e Oliveira dentro das empresas deveriam


entender que atitudes de generosidade e cooperação no trabalho em equipe não gera
conflito, mesmo quando a atividade é exercida solitariamente em uma sala, ela faz
parte de um conjunto maior de atividades que dependendo bom desempenho desta.
Uma postura proativa, ou seja, não ficar restrito apenas às tarefas que foram dadas a
você, mas contribuir para o engrandecimento do trabalho, mesmo que ele seja
temporário.

Segundo Vasquez (2002) “a Ética é a ciência que estuda o comportamento moral


dos homens na sociedade”. A ética é construída por uma sociedade com base nos
valores históricos e culturais. Esta definição nos remete a duas questões segundo
Passos (2004):

O primeiro relaciona-se com o papel que ela desempenha na


sociedade, no sentido de possibilitar um equilíbrio entre os anseios
9
individuais e os interesses da sociedade, no sentido de possibilitar um
equilíbrio entre os anseios individuais e os interesses da sociedade;
assim, não existe uma moral individual; ela é sempre social, pois
envolve relações entre sujeitos. Diante disso, as normas morais são
colocadas em função de uma concepção teórica em vigor, que quase
sempre a concepção dominante.

A Moral estabelece regras que são assumidas pela pessoa, como uma forma de
garantir o seu bem-viver. A Moral independe das fronteiras geográficas e garante uma
identidade entre pessoas que sequer se conhecem, mas utilizam este mesmo
referencial moral comum. O Direito busca estabelecer o regramento de uma sociedade
delimitada pelas fronteiras do estado. As leis têm uma base territorial, elas valem
apenas para aquela área geográfica onde uma determinada população ou seus
delegados vivem.

É nesse sentido que Vaz (1993) relembra que ética desde sua acepção inicial
dirigiu-se à cultura e foi entendida como morada do homem, como abrigo protetor do
ser humano, ou seja, como condição de sobrevivência e de convivência social.
Segundo Rosini (2003,p. 146):

A ética é definida como estudo de juízos de apreciação referentes à


conduta humana suscetível de qualificação do ponto de vista do bem
e do mal, relativamente à determinada sociedade, ou de modo
absoluto. No ambiente corporativo, ela procura guiar o indivíduo na
tomada de decisões levando-se em conta o ponto de vista
predominante na sociedade, num determinado espaço de tempo.

Alguns autores afirmam que o Direito é um sub-conjunto da Moral. Esta perspectiva


pode gerar a conclusão de que toda a lei é moralmente aceitável. Inúmeras situações
demonstram a existência de conflitos entre a Moral e o Direito. A desobediência civil
ocorre quando argumentos morais impedem que uma pessoa acate uma determinada
lei. Este é um exemplo de que a Moral e o Direito, apesar de referirem-se a uma
mesma sociedade, podem ter perspectivas discordantes. Há um limite ético em que a
flexibilidade e em é importante saber em geral do que é bom ou mal correto ou
incorreto, justo ou injusto, adequado ou inadequado. Um dos objetivos da Ética é a
busca de justificativas para as regras propostas pela Moral e pelo Direito. Ela é
diferente de ambos - Moral e Direito - pois não estabelece regras. Esta reflexão sobre
a ação humana é que caracteriza a Ética.

10
Silvio deveria saber que Toda a fase de formação profissional, o aprendizado das
competências e habilidades referentes à prática específica numa determinada área,
deve incluir a reflexão, desde antes do início dos estágios práticos. Ao completar a
formação em nível superior, a pessoa faz um juramento, que significa sua adesão e
comprometimento com a categoria profissional onde formalmente ingressa. Isto
caracteriza o aspecto moral da chamada Ética Profissional, esta adesão voluntária a
um conjunto de regras estabelecidas como sendo as mais adequadas para o seu
exercício, Silvio e Oliveira não tiveram Ética Profissional.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

No decorrer deste trabalho podemos concluir que a falta de ética moral em algumas
empresas e em funcionários e bastante como nesse século. Concluímos também que

11
a ética profissional é um processo que exige respeito ao próximo, tanto da pessoa que
recebe, quanto do próprio.

É preciso antes de tudo que nós como futuros profissionais, sejamos condutores da
ética/moral em uma empresa isso passará para as futuras gerações, bons exemplos
de moral profissional.

Somos responsáveis pelas condutas pessoais que causam impactos


na vida profissional, A ética não é temporária é linear.
Douglas Fabiano de Melo

Tomando como embasamento, a linha de pensamento do pensador Douglas


Fabiano de Melo, finalizamos que o impacto na vida profissional está e estará sempre
relacionado com nós mesmo, ou seja, somos espelhos que na qual refletirá à próxima
aquilo que estaremos sendo.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

MARCO ALBERTO WANG –marco.wang@usp.br Escola de Artes, Ciências e


Humanidades da Universidade de São Paulo –São Paulo, SP, Brasil.

EDMIR PARADA VASQUES PRADO – eprado@usp.br Escola de Artes, Ciências e


Humanidades da Universidade de São Paulo– São Paulo, SP, Brasil

VIOLETA SUN– violeta@usp.br Escola de Artes, Ciências e Humanidades da


Universidade de São Paulo –São Paulo, SP, Brasil.

CAMARGO, Marculino. Fundamentos de Ética Geral e Profissional. 6. ed. Petrópolis,


RJ: Vozes, 2007.

12
FRITZEN, Silvino José. Relações humanas interpessoais nas convivências grupais e
comunitárias. 15. ed. São Paulo: Vozes, 2005.

OLIVEIRA, M. A. de. Ética e sociedade. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2000.

Gerente de projetos. Disponível em:


https://pt.wikipedia.org/wiki/Gerente_de_projetos. Acesso em: 09 maio. 2018.

Engenheiro técnico - Função Disponível em:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Engenheiro_t%C3%A9cnico Acesso em: 10 maio.2018.

Frases sobre Ética Profissional. Disponivel em:


https://www.pensador.com/frases_sobre_etica_profissional/. Acesso em: 10 maio.
2018.

13