Você está na página 1de 2

Esquema do texto dissertativo-argumentativo

1º PARÁGRAFO: Contextualização do tema


Período 01: Alusão histórica, citação, indicação de referência sociocultural
ou declaração.
Período 02: Frase de conexão entre seu período introdutório e a tese que
virá a seguir.
Período 03: Indicação de uma tese clara a respeito do tema.

2º PARÁGRAFO: Argumento A (Causa e consequência)


Período 01: Apresentação de um fato problemático.
Período 02: Indicação das causas desse fato problemático.
Período 03: Conclusão do parágrafo, indicando-se as consequências do fato
problemático.

3º PARÁGRAFO: Argumento B (Exemplificação)


Período 01: Apresentação de um fato problemático.
Período 02: Indicação do exemplo objetivo do fato problemático.
Período 03: Conclusão do parágrafo, indicando-se causas e consequências
do fato exemplificado.

4º PARÁGRAFO: Proposta de Intervenção


Período 01: Retomada da tese [“Diante do exposto, é preciso realizar ações
efetivas para que o(a) *problema do seu texto* seja solucionado(a)”].
Período 02: Descrição da 1ª proposta de intervenção
 Agente: Quem fará?
 Ação: O que será feito?
 Modo/meio: Como será feito?
 Efeito ou objetivo: Para que será feito?
Período 03: Descrição da 2ª proposta de intervenção
 Agente: Quem fará?
 Ação: O que será feito?
 Modo/meio: Como será feito?
 Efeito ou objetivo: Para que será feito?
Período 04: Frase objetiva de fechamento do texto, sem clichês ou frases
feitas.

OBSERVAÇÕES:
 Não há problema algum em fazer parágrafos com 04 (quatro) períodos. Nesse caso, crie
períodos mais curtos e objetivos. Evite parágrafos com 05 (cinco) períodos ou mais.
 Os argumentos não precisam ser necessariamente desenvolvidos por causa e consequência
e exemplificação, respectivamente. Você pode utilizar apenas uma dessas formas ou
inverter a ordem delas, sem prejuízo ao seu texto.
 Se você optar por indicar apenas uma proposta de intervenção, gaste 02 (dois) períodos no
desenvolvimento dela, com bastante detalhamento.
O texto dissertativo-argumentativo

Tese
 A tese consiste na principal ideia do texto dissertativo-argumentativo.
Ela é o pressuposto básico a partir do qual o candidato do ENEM precisa
desenvolver seus argumentos.
 Recomenda-se que a tese seja apresentada em um único período, logo
no parágrafo inicial do texto. Dessa forma, ela orientará tanto a
produção da redação quanto a leitura do corretor.
 É altamente recomendável que a tese seja desdobrável em dois
argumentos, os quais serão desenvolvidos nos parágrafos seguintes)

Proposta de intervenção
A proposta de intervenção consiste em uma solução real e aplicável para
o(s) problema(s) apresentados ao longo do texto. É possível propor 01
(uma) ou 02 (duas) soluções, a depender da quantidade de problemas que
devem ser resolvidos. Toda proposta de intervenção deve apresentar:
 Agente: entidade responsável pela realização da intervenção. Os
agentes mais comuns são instituições governamentais, religiosas,
filantrópicas, midiáticas, ONGs, etc. Evite utilizar a família ou o indivíduo
como agentes, pois seu potencial de ação é reduzido (use-os apenas
como agentes secundários, isto é, que auxiliarão outro agente
principal).
 Ação: solução a ser aplicada para a solução do problema. Geralmente é
apresentada por meio de verbos (implementar, criar, aumentar,
produzir, recuperar) ou substantivos abstratos (implementação, criação,
aumento, produção, recuperação). “Conscientizar” e “conscientização”
são considerados elementos nulos, por isso não podem ser utilizadas
como ação de uma proposta.
 Modo ou meio: práticas que possibilitarão a efetividade da ação
proposta. Geralmente é apresentado por verbos no gerúndio (proibindo,
alcançando, concluindo, recuperando, fiscalizando) ou por meio de
expressões e conectivos (por meio da, através do, a partir de)
 Efeito: objetivo da efetivação da proposta. Uma única finalidade pode
servir a duas ações diferentes. É marcada pelos seguintes conectivos: a
fim de, com vistas a, para que, para a. A finalidade deve ser indicada no
início do último parágrafo, com a retomada da tese, ou no período de
fechamento do texto, concluindo a redação.