Você está na página 1de 2

Cópia não autorizada

DEZ 1999 NBR 13272


Desenho técnico - Elaboração das
listas de itens
ABNT - Associação
Brasileira de
Normas Técnicas
Sede:
Rio de Janeiro
Av. Treze de Maio, 13 - 28º andar
CEP 20003-900 - Caixa Postal 1680
Rio de Janeiro - RJ
Tel.: PABX (21) 210-3122
Fax: (21) 220-1762/220-6436
Endereço eletrônico:
www.abnt.org.br Origem: Projeto NBR 13272:1999
ABNT/CB-04 - Comitê Brasileiro de Máquinas e Equipamentos Mecânicos
CE-04:022.01 - Comissão de Estudo de Desenho Técnico Geral e de Mecânica
NBR 13272 - Technical drawings - Item lists construction
Descriptor: Drawing
Esta Norma foi baseada na ISO 7573:1983
Esta Norma substitui a NBR 13272:1995
Copyright © 1999,
ABNT–Associação Brasileira de Válida a partir de 31.01.2000
Normas Técnicas
Printed in Brazil/
Impresso no Brasil
Palavra-chave: Desenho 2 páginas
Todos os direitos reservados

Sumário
Prefácio
1 Objetivo
2 Referências normativas
3 Definições
4 Requisitos gerais
5 Requisitos específicos

Prefácio
A ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas - é o Fórum Nacional de Normalização. As Normas Brasileiras, cujo
conteúdo é de responsabilidade dos Comitês Brasileiros (ABNT/CB) e dos Organismos de Normalização Setorial (ONS),
são elaboradas por Comissões de Estudo (CE), formadas por representantes dos setores envolvidos, delas fazendo
parte: produtores, consumidores e neutros (universidades, laboratórios e outros).

Os Projetos de Norma Brasileira, elaborados no âmbito dos ABNT/CB e ONS, circulam para Consulta Pública entre os
associados da ABNT e demais interessados.

1 Objetivo

Esta Norma fixa as condições exigíveis para a elaboração das listas de itens em desenho técnico.

2 Referências normativas
As normas relacionadas a seguir contêm disposições que, ao serem citadas neste texto, constituem prescrições para esta
Norma. As edições indicadas estavam em vigor no momento desta publicação. Como toda norma está sujeita a revisão,
recomenda-se àqueles que realizam acordos com base nesta que verifiquem a conveniência de se usarem as edições
mais recentes das normas citadas a seguir. A ABNT possui a informação das normas em vigor em um dado momento.

NBR 8402:1994 - Execução de caracteres para escrita em desenho técnico - Procedimento

NBR 8403:1984 - Aplicação de linhas em desenho - Tipos de linhas - Larguras das linhas - Procedimento

NBR 10068:1987 - Folha de desenho - Leiaute e dimensões - Padronização

NBR 13273:1999 - Desenho técnico - Referência a itens

NBR 10647:1989 - Desenho técnico - Terminologia

3 Definições
Para os efeitos desta Norma aplicam-se as definições da NBR 10647.
Cópia não autorizada
2 NBR 13272:1999

4 Requisitos gerais

4.1 Os contornos externos das listas de itens devem ser em linha contínua larga, tipo A, conforme a NBR 8403.

4.2 As colunas e os registros dos itens devem ser separados entre si por linha contínua estreita tipo B, conforme a
NBR 8403.

4.3 Os registros dos itens devem ser conforme a NBR 8402.

5 Requisitos específicos

5.1 Posição

5.1.1 As listas de itens podem ser incluídas no desenho ou constituir um documento separado.

5.1.1.1 Quando incluídas no desenho, as listas de itens devem ser posicionadas na mesma direção de leitura do desenho,
devendo ficar acima ou à esquerda da legenda imediatamente.

5.1.1.2 Quando as listas de itens constituírem um documento separado, este deve ser identificado pelo mesmo número do
desenho do qual foi gerado. Para distinguir os dois documentos, recomenda-se que o número das listas de itens seja
precedido por “listas de itens” ou expressão similar. O formato deve ser selecionado conforme a NBR 10068.

5.2 Colunas
5.2.1 As listas de itens devem ser dispostas em colunas, para permitir que informações sejam registradas sob os seguintes
títulos:

a) número de referência do item;

b) denominação;

c) quantidade;

d) referência;

e) material.

5.2.1.1 A coluna “número” de referência do item deve conter a referência ao item, da mesma forma como é ilustrada no
desenho, conforme a NBR 13273.

5.2.1.2 A coluna “denominação” deve conter a designação do item. Abreviações que não prejudiquem a clareza podem ser
usadas. Se for um item normalizado, deve ser usada sua designação normalizada, de acordo com a norma correspondente.

5.2.1.3 A coluna “quantidade” deve conter a quantidade total do item necessária para um conjunto completo.

5.2.1.4 A coluna “referência” deve ser usada para identificar itens que não estão completamente representados no desenho
que gerou as listas, como peças representadas em outros desenhos, elementos normalizados e peças compradas.
Conforme o caso, nesta coluna são fornecidos também o número de outro desenho, a norma correspondente, o código ou
informação similar.

5.2.1.5 A coluna “material” deve conter o tipo e as dimensões do material a ser usado. Se for um material normalizado,
deve ser fornecida sua designação normalizada.

5.2.2 Mais colunas podem ser acrescidas, se necessário, para atender aos requisitos específicos, como por exemplo:

a) número de estoque;

b) unidade de medida;

c) condições de fornecimento;

d) observações.

5.3 Registro dos itens


O registro dos itens deve ser feito horizontalmente nas colunas. A seqüência deve ser a mesma dos números de referência
ao item. Quando as referências ao item forem feitas no desenho, a seqüência deve ser de baixo para cima, com a legenda
imediatamente abaixo ou a direita. Quando as listas de itens constituírem um documento separado, a seqüência deve ser
de cima para baixo, com os títulos da legenda acima.

_________________