Você está na página 1de 14

01 Q855967 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2017 Banca: FCC Órgão: TRT - 21ª Região (RN)Prova: Técnico Judiciário -
BETA Área Administrativa

A Constituição Federal permite a apresentação de emendas individuais ao projeto de lei orçamentária, limitadas a
1,2% da receita corrente líquida, sendo que metade desse percentual será para ações e serviços públicos de
saúde, VEDADA a destinação para

a) pagamento de pessoal ou encargos sociais.

b) acordos com entidades do terceiro setor.

c) pagamento de restos a pagar.

d) aquisição de equipamentos.

e) locação de imóveis.

02 Q784125 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2017 Banca: FCC Órgão: TRT - 11ª Região (AM e RR)Prova: Analista Judiciário -
Contabilidade

Considere:
I. Operações de crédito e receitas orçamentárias de capital são sinônimos.
II. O parcelamento de débitos preexistentes junto a instituições não financeiras, mesmo que não aumente a
dívida
consolidada líquida, e a aquisição financiada de bem são exemplos de operações de crédito.
III. A dívida assumida pela União de um outro ente da Federação equipara-se a uma operação de crédito.
IV. A contratação de operação de crédito entre um ente da Federação e uma instituição financeira estatal por ele
controlada é permitida.
Está correto o que se afirma APENAS em

a) I, II e III.

b) II, III e IV.

c) III.

d) III e IV.

e) I, II e IV.

03 Q784126 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2017 Banca: FCC Órgão: TRT - 11ª Região (AM e RR)Prova: Analista Judiciário -
Contabilidade

O Relatório de Gestão Fiscal

a) deverá ser emitido ao final de cada semestre e assinado pelo Presidente do Tribunal, se
referente ao Poder Judiciário.
b) conterá indicação das medidas corretivas adotadas ou a adotar se ultrapassado o limite
com despesa total com pessoal.
c) será publicado até noventa dias após o encerramento do período a que corresponder,
com amplo acesso ao público, inclusive por meio eletrônico.
d) será composto pelo balanço orçamentário e demonstrativos da execução da receita e
despesa orçamentária e extraorçamentária.
e) será acompanhado de demonstrativos da variação patrimonial, evidenciando a alienação
de ativos e a aplicação dos recursos dela decorrentes.

04 Q628912 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2016 Banca: FCC Órgão: TRF - 3ª REGIÃOProva: Analista Judiciário -


Área Administrativa

Quanto ao processo de elaboração, discussão, votação e aprovação da proposta orçamentária, a Constituição


Federal estabelece que

a) o projeto de lei relativo ao orçamento anual será apreciado pela Câmara dos Deputados, cabendo ao
Senado apenas o acompanhamento do atendimento aos limites constitucionais.

b) uma das fontes de recursos admitida para emendas ao projeto de lei do orçamento anual é a
anulação de despesa que incida sobre dotações de pessoal e encargos.
c) no caso de emendas ao projeto da lei do orçamento anual, somente são admitidas as indicações de
recursos advindos de anulação de despesa.

d) as emendas ao projeto da lei do orçamento anual serão apresentadas ao Presidente da República,


responsável por sua apreciação.

e) em qualquer momento o Presidente da República pode enviar mensagem ao Congresso Nacional para
propor modificações no projeto da lei orçamentária anual.

05 Q525529 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCE-CEProva: Técnico de


Administração

A iniciativa para a elaboração do Plano Plurianual − PPA, da Lei de Diretrizes Orçamentárias − LDO e da Lei
Orçamentária Anual − LOA é

a) do Poder Executivo.

b) do Poder Legislativo.

c) do Poder Judiciário.

d) dos Poderes Executivo e Legislativo.

e) dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

06 Q528866 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCE-CEProva: Analista de Controle


Externo

A proposta da Lei Orçamentária Anual deve ser encaminhada pelo Poder Executivo ao Legislativo acompanhada
de exposição circunstanciada da situação econômico-financeira. Essa exposição é denominada

a) razão orçamentária.

b) tabela explicativa.

c) mensagem.

d) exposição orçamentária.

e) fundamentação orçamentária.

07 Q556642 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TRE-RRProva: Analista Judiciário -


Área Administrativa

O processo de elaboração da Lei Orçamentária Anual − LOA inicia-se com a formulação das propostas
orçamentárias, observados o Plano Plurianual − PPA e a Lei de Diretrizes Orçamentária − LDO. No âmbito da
União, o projeto de lei orçamentária anual é enviado

a) pelo Presidente da República ao Congresso Nacional, até 31 de agosto de cada ano.

b) pelo Ministro do Planejamento Orçamento e Gestão ao Congresso Nacional, até 30 de setembro de


cada ano.

c) pelo Poder Executivo ao Senado Federal, até 31 de agosto de cada ano.

d) pela Controladoria Geral da União ao Congresso Nacional, até 30 de setembro de cada ano.

e) pelo Poder Executivo à Câmara dos Deputados, até 31 de agosto de cada ano.

08 Q482681 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: CNMPProva: Analista - Contabilidade

Com relação aos instrumentos de planejamento: lei orçamentária anual, lei de diretrizes orçamentárias e plano
plurianual, nos termos da Constituição Federal, considere:

I. O projeto de lei orçamentária para o exercício seguinte deve ser enviado pelo Presidente da República ao
Congresso Nacional até 31 de agosto de cada ano.
II. Os recursos que, em decorrência de veto, emenda ou rejeição do projeto de lei orçamentária anual, ficarem
sem despesas correspondentes poderão ser utilizados, conforme o caso, mediante créditos especiais ou
suplementares, com prévia e específica autorização legislativa.
III. Os projetos de lei relativos aos créditos adicionais e as autorizações para realização de operações de créditos
serão apreciados pelo Senado Federal na forma do regimento interno.
IV. São vedados início de programas ou projetos não incluídos na lei orçamentária anual, exceto para atender a
despesas imprevisíveis e urgentes, como as decorrentes de guerra, comoção interna ou calamidade pública.
V. A abertura de crédito suplementar ou especial sem prévia autorização legislativa e sem indicação dos recursos
correspondentes só é permitida, para atender despesas não computadas ou insuficientemente dotadas na lei
orçamentária anual.

Está correto o que se afirma APENAS em

a) I e II.

b) I, II e IV.

c) III e IV.

d) II, III e V.

e) I e V.

09 Q476872 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: SEFAZ-PIProva: Analista

O orçamento é uma das principais peças de planejamento de políticas públicas. A sequência das etapas para a
elaboração e execução do orçamento é denominada

a) ciclo orçamentário.

b) desenvolvimento orçamentário.

c) orçamento programa.

d) técnica orçamentária.

e) contabilidade orçamentária.

10 Q481550 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCM-GOProva: Auditor

Considerando o Plano Plurianual - PPA, a Lei de Diretrizes Orçamentárias - LDO e a Lei Orçamentária Anual - LOA,
é correto afirmar que:

a) . O PPA apresenta gastos decorrentes dos novos investimentos;


. A LDO prevê horas extras quando superado o limite prudencial da despesa com pessoal;
. O Legislativo não entra em recesso sem antes aprovar a LOA.

b) . O PPA sinaliza as alterações na política tributária;


. A LDO agrega o orçamento da seguridade social;
. A LOA deve estar compatível com o PPA e a LDO.

c) . O PPA evidencia, para 4 anos, programas de duração continuada;


. O Legislativo não entra em recesso sem antes aprovar a LDO;
. O orçamento anual - LOA pode autorizar operações de crédito por antecipação da receita.

d) . O PPA apresenta as despesas de capital para os próximos 4 anos;


. A LDO apresenta critérios para subvencionar entidades do 3° setor;
. A LOA evidencia as formas de limitação de empenho caso haja queda na receita prevista.

e) . O PPA concede autorização para aumentar a remuneração dos servidores;


. A LDO permite que o Município custeie serviços da competência da União;
. A LOA contém o orçamento de investimento das empresas estatais.

11 Q388732 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TRT - 16ª REGIÃO (MA)Prova: Analista Judiciário -
Contabilidade

Entendendo o ciclo orçamentário como a sequência das etapas desenvolvidas pelo processo orçamentário, com
relação ao projeto de lei orçamentária, nos termos da Constituição Federal, no âmbito da União, é correto afirmar
que

a) será elaborado pelo Poder Legislativo e apreciado até quatro meses antes do encerramento do
exercício financeiro e remetido ao Executivo para sanção até o encerramento da sessão legislativa.

b) será encaminhado até quatro meses antes do encerramento do exercício financeiro e devolvido para
sanção até o encerramento da sessão legislativa.

c)
será encaminhado até oito meses e meio antes do encerramento do exercício financeiro e devolvido
para sanção até o encerramento do primeiro período da sessão legislativa.

d) estabelecerá, de forma regionalizada, as diretrizes, objetivos e metas da Administração pública federal


para as despesas de capital e outras delas decorrentes e para as relativas aos programas de duração
continuada.

e) os recursos que, em decorrência de veto, emenda ou rejeição do projeto de lei orçamentária anual,
ficarem sem despesas correspondentes poderão ser utilizados, para atender somente as despesas
imprevisíveis e urgentes.

12 Q358250 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TRT - 2ª REGIÃO (SP)Prova: Analista Judiciário -
Área Administrativa

Após o envio do Projeto de Lei Orçamentária Anual da União pelo Poder Executivo para discussão e votação pelo
Poder Legislativo, a inclusão de uma obra, compatível com o Plano Plurianual e com a Lei de Diretrizes
Orçamentárias, no Projeto de Lei Orçamentária Anual poderá ocorrer por meio

a) de Emenda proposta pelo Poder Executivo, cujo recurso necessário para a execução da obra seja
decorrente de anulação de despesa com aquisição de imóveis.

b) de Emenda proposta pelo Poder Legislativo, cujo recurso necessário para execução da obra seja
decorrente de anulação de despesa com transferências tributárias constitucionais para municípios.

c) do envio de mensagem pelo Presidente da Repú- blica ao Congresso Nacional para propor
modificações no Projeto de Lei enquanto não iniciada a votação, na Comissão Mista, da parte cuja
alteração é proposta.

d) de Emenda proposta pelo Poder Legislativo, cujo recurso necessário para a execução da obra seja
decorrente de anulação de despesa com pessoal e seus encargos.

e) de Emenda proposta pelo Poder Legislativo, cujo recurso necessário para a execução da obra seja
decorrente de anulação de despesa com serviço da dívida.

13 Q458505 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: TRE-ROProva: Analista Judiciário -


Contabilidade

O ciclo orçamentário, constituído por fases, compreende o período de tempo em que se processam as atividades
o
típicas do Orçamento Público. Com relação à fase de execução orçamentária, nos termos da Lei Complementar n
101/2000 - LRF, é correto afirmar que

a) o projeto de Lei Orçamentária enviado ao Poder Legislativo pelo Poder Executivo compreende apenas
as receitas e despesas da Administração direta.

b) a dotação consignada na Lei Orçamentária para investimentos terá duração superior a um exercício
financeiro desde que esteja previsto no Plano Plurianual ou em lei que autorize a sua inclusão.

c) até trinta dias após a publicação dos orçamentos, nos termos em que dispuser a Lei de Diretrizes
Orçamentárias, o Poder Executivo estabelecerá a programação financeira e o cronograma de
execução mensal de desembolso.

d) os recursos legalmente vinculados à finalidade específica serão utilizados, exclusivamente, para


atender ao objeto de sua vinculação, até o término do exercício em que ocorrer o ingresso.

e) o Poder Executivo estabelecerá, no prazo de 30 dias, após a publicação da Lei Orçamentária Anual, os
limites financeiros que cada entidade poderá utilizar para pagamento de suas despesas.

14 Q462196 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: TRT - 5ª Região (BA)Prova: Analista Judiciário -
Contabilidade

Quanto ao ciclo orçamentário, é correto afirmar que, na proposta orçamentária, constará

a) créditos adicionais suplementares do período anterior ao que a proposta se refere e que serão
reabertos durante a execução do orçamento.

b) projeto de lei do orçamento apresentado pelo Poder Judiciário em conjunto com o Poder Executivo.

c) quadro de cotas trimestrais da despesa que cada unidade orçamentária fica autorizada a utilizar.

d) emendas propostas pelo Poder Legislativo ao projeto de Lei do Orçamento Anual.

e) descrição sucinta das principais finalidades de cada unidade administrativa, com indicação da
respectiva legislação.

15 Q232765
Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TRE-SPProva: Analista Judiciário -
Contabilidade

Em relação ao processo de planejamento e orçamento definido pela Constituição Federal de 1988 e o ciclo
orçamentário, considere:

I. O Plano Plurianual é estabelecido por uma lei de iniciativa do Poder Executivo, cuja apreciação e aprovação são
realizadas pelo Poder Legislativo.

II. O Poder Legislativo poderá propor e aprovar uma emenda à Lei Orçamentária Anual para a construção de uma
estrada, mesmo que este investimento não tenha sido incluído no Plano Plurianual ou lei que autorize a sua
inclusão.

III. A Lei Orçamentária Anual do Governo Federal fixará as despesas de capital, pelo seu total, a serem realizadas
em mais de um exercício financeiro pelos órgãos que compõem o Orçamento Fiscal.

IV. O ordenador de despesa de uma unidade orçamentária não pode emitir empenhos, cuja somatória ultrapasse
a cota trimestral de despesa que esteja autorizado a realizar.

Está correto o que consta APENAS em

a) I e III.

b) I e IV.

c) II e III.

d) II e IV.

e) III e IV.

16 Q223116 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TCE-SPProva: Administrador

Sobre o ciclo orçamentário, é correto afirmar:

a) A iniciativa da proposta de lei orçamentária é do titular do Poder. Assim, o projeto de lei orçamentária
anual do Poder Executivo do Estado é de competência do Governador e o projeto de lei orçamentária
anual do Poder Judiciário é do Presidente do Tribunal de Justiça.

b) Todos os projetos de lei relacionados a orçamento devem ser apresentados conjuntamente, ou seja, o
projeto de lei de diretrizes orçamentárias, de orçamento anual e, quando for o caso, de plano
plurianual, devem ser apresentados na mesma oportunidade ao Poder Legislativo, para discussão e
votação.

c) A sessão legislativa não será encerrada enquanto não for aprovada a lei de diretrizes orçamentárias, o
mesmo não acontecendo em relação à lei orçamentária anual que, caso não seja aprovada até o final
do exercício financeiro, terá os recursos sem
despesas vinculadas aplicados mediante créditos especiais ou suplementares, com prévia e específica
autorização legal.

d) O projeto de lei orçamentária anual não depende de sanção ou veto pelo Chefe do Poder Executivo,
sendo diretamente promulgada pelas Mesas do Congresso Nacional.

e) A execução do orçamento é fiscalizada, no plano do controle interno, pelo Poder Legislativo com
auxílio do Tribunal de Contas, que tem o dever de julgar todas as contas realizadas pelos Poderes e
órgãos.

17 Q214465 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TRT - 11ª Região (AM e RR)Prova: Analista Judiciário -
Área Administrativa

Em relação à elaboração, discussão, votação e aprovação da proposta orçamentária, é correto afirmar que

a) os órgãos do Poder Judiciário, por terem assegurada a sua autonomia administrativa e financeira pela
Constituição Federal, não precisam elaborar suas propostas orçamentárias dentro dos limites fixados
pela Lei de Diretrizes Orçamentárias.

b) o projeto da lei orçamentária anual deve ser elaborado pelos órgãos técnicos do Poder Legislativo, a
partir das propostas que lhe forem encaminhadas pelas unidades orçamentárias do Poder Executivo e
do Poder Judiciário.

c) a lei orçamentária anual poderá conter dispositivo que autorize a utilização de recursos dos
orçamento fiscal e do orçamento da seguridade social para suprir necessidade ou cobrir déficit de
empresas, fundações e fundos, desde que seja sancionada pelo chefe do poder Executivo.

d)
as emendas ao projeto de lei do orçamento anual somente podem ser aprovadas caso sejam
compatíveis com o plano plurianual e com a lei das diretrizes orçamentárias e indiquem os recursos
necessários para a implementação da despesa correspondente.

e) a lei orçamentária anual deverá conter Anexo de Metas Fiscais, em que serão estabelecidas metas
para os resultados nominal e primário e Anexo de Riscos Fiscais, onde serão avaliados os passivos
contingentes capazes de afetar as contas públicas.

18 Q215526 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TJ-PEProva: Analista Judiciário -


Contabilidade

No ciclo orçamentário, as audiências públicas, emissão de parecer preliminar, proposição de emendas, emissão de
relatório setoriais, de relatórios da comissão mista e relatório geral do congresso são etapas do processo de

a) controle.

b) tomada de contas.

c) elaboração.

d) execução.

e) aprovação.

19 Q215527 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TJ-PEProva: Analista Judiciário -


Contabilidade

No ciclo orçamentário, a apresentação das propostas orçamentárias dentro da estrutura programática da despesa,
por meio de programas de trabalho, projetos, atividades e operação especial, é competência

a) da Secretaria do orçamento federal.

b) do órgão setorial.

c) do ministério do planejamento, orçamento e gestão.

d) da presidência da República.

e) da unidade orçamentária.

20 Q215799 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TCE-APProva: Analista de Controle


Externo - Controle Externo

Conforme o artigo 165 da Constituição Federal “a lei [...] estabelecerá, de forma regionalizada, [...] objetivos e
metas da administração pública federal para as despesas de capital e outras delas decorrentes e para as relativas
aos programas de duração continuada”, cujos princípios básicos devem incluir a identificação clara dos objetivos e
das prioridades do governo, garantia de transparência e gestão orientada para resultados. No ciclo orçamentário
tal lei será a

a) de Diretrizes Orçamentárias.

b) do Orçamento Anual

c) do Plano Plurianual.

d) do Plano de Desenvolvimento Nacional.

e) do Plano de Aceleração do Crescimento.

21 Q220034 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TRE-CEProva: Analista Judiciário -


Área Administrativa

Os procedimentos a serem realizados para elaboração, aprovação, execução e controle dos instrumentos
orçamentários, cujas regras estão no artigo 35, parágrafo 2o do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias
(ADCT) da Constituição Federal de 1988, referem-se ao ciclo

a) orçamentário.

b) de gestão do PPA - Plano Plurianua


c) da LOA - Lei do Orçamento Anual. d)
de gestão do orçamento. e)
PDCA - Planejamento, Direção, Controle e Ação.
Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público
22 Q220177

Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TRE-CEProva: Analista Judiciário -


Contabilidade

Os procedimentos a serem realizados para elaboração, aprovação, execução e controle dos instrumentos de
planejamento, que compreende um período de 2 anos, e preocupa-se com a arrecadação de receitas e a
realização de despesas, referem-se ao ciclo

a) de gestão da PDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias.

b) da LOA - Lei do Orçamento Anual.

c) de gestão do PPA - Plano Plurianual.

d) do DOM - Diretrizes Objetivos e Metas.

e) PDCA - Planejamento, Direção, Controle e Ação.

23 Q210435 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2011 Banca: FCC Órgão: TRE-PEProva: Analista Judiciário -


Área Administrativa

Sobre o ciclo orçamentário anual no Brasil, é correto asseverar:

a) Embora a Constituição assegure autonomia administrativa e financeira ao Poder Judiciário, a sua


proposta orçamentária será elaborada pelo Poder Executivo.

b) O orçamento fiscal e o de investimentos constantes do projeto de lei orçamentária anual terão, entre
suas funções, a de reduzir as desigualdades interregionais, segundo critério populacional.

c) O projeto de plano plurianual deve viger até o último exercício do mandato do Chefe do Poder
Executivo.

d) A Constituição Federal de 1988 permite que emendas ao projeto de lei do orçamento anual sejam
aprovadas, mesmo que não contenham indicação dos recursos necessários ao seu financiamento.

e) Leis de iniciativa do Poder Legislativo estabelecerão o plano plurianual, as diretrizes orçamentárias e o


orçamento anual.

24 Q111184 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2011 Banca: FCC Órgão: TRT - 23ª REGIÃO (MT)Prova: Analista Judiciário -
Área Administrativa

Em relação ao ciclo orçamentário, é correto afirmar que

a) a iniciativa de apresentação do projeto da Lei Orçamentária Anual cabe ao Congresso Nacional.

b) é assegurada ao Poder Judiciário autonomia administrativa e financeira.

c) não é possível fazer-se emendas ao projeto da Lei Orçamentária Anual.

d) o órgão responsável pela consolidação do projeto da Lei Orçamentária Anual é o Ministério da


Fazenda, através da Secretaria do Tesouro Nacional.

e) a fiscalização contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial dos entes públicos será
executada pelo Poder Judiciário, através do Tribunal de Contas respectivo.

25 Q104955 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2011 Banca: FCC Órgão: TRT - 4ª REGIÃO (RS)Prova: Analista Judiciário -
Área Administrativa

Uma importante inovação introduzida pela Constituição Federal de 1988 no processo orçamentário foi a

a) prerrogativa exclusiva do Legislativo para proposição de lei em matéria orçamentária.

b) modernização do processo orçamentário, através da criação dos orçamentos Monetário, Fiscal e


Social.

c) unificação de todo o ciclo orçamentário na Lei Orçamentária Anual (LOA).

d) eliminação das peças orçamentárias setoriais, unificando-as no Orçamento Fiscal.


e) integração entre plano e orçamento por meio da criação do Plano Plurianual (PPA) e da Lei de
Diretrizes Orçamentárias (LDO).

26 Q84766 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2011 Banca: FCC Órgão: TRE-TOProva: Analista Judiciário -


Área Administrativa

Em relação ao ciclo orçamentário,

a) o Poder Judiciário goza de autonomia administrativa e financeira e suas propostas orçamentárias não
estão sujeitas à qualquer limite para preservar a independência desse poder em relação ao Executivo.

b) a consolidação de todas as propostas orçamentárias, no âmbito da União, é efetuada pela Secretaria


do Tesouro Nacional, órgão vinculado ao Ministério da Fazenda.

c) o projeto de Lei Orçamentária Anual da União será apreciado pelas duas Casas do Congresso Nacional
em sessão conjunta.

d) as emendas ao projeto de lei do orçamento anual podem ser aprovadas independentemente da


existência de recursos necessários à sua execução.

e) não há prazos para que o Poder Judiciário e o Ministério Público encaminhem suas propostas
orçamentárias para consolidação pelo Poder Executivo.

27 Q87479 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2011 Banca: FCC Órgão: TRE-RNProva: Analista Judiciário -


Área Administrativa

Com relação ao ciclo orçamentário brasileiro a partir da Constituição Federal de 1988, considere as afirmativas
abaixo.

I. A tripartição orçamentária é meramente instrumental, pois, por força do princípio constitucional da unidade, o
orçamento é uno.

II. A Lei Orçamentária Anual (LOA) é uma lei ordinária, cuja validade abrange somente o exercício fiscal a que se
refere, exceto quando há inscrição de empenhos de despesas como restos a pagar em um exercício seguinte,
ocorrendo a extensão da validade dessa Lei.

III. Os programas e as ações, cujas prioridades e metas são definidas pela LDO, constituem um detalhamento
plurianual das metas estabelecidas no PPA.

IV. O Plano Plurianual (PPA) repete o antigo Orçamento Plurianual de Investimentos (OPI) ao incluir, além do
montante relativo aos dispêndios de capital, as metas físicas, que devem ser alcançadas ao final do mandato,
discriminadas por tipo de programa e ação.

V. O PPA detalha as despesas que possuem duração continuada, condicionando, portanto, a programação
orçamentária anual ao planejamento de longo prazo.

Está correto o que se afirma APENAS em

a) I, III e IV.

b) II, III, IV e V.

c) I, II e V.

d) II e IV.

e) I, II, III e IV.

28 Q77246 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2010 Banca: FCC Órgão: TCE-ROProva: Auditor

Em relação ao ciclo orçamentário, é correto afirmar:

a) O Congresso Nacional poderá apresentar emendas ao projeto de lei orçamentária, desde que estas
sejam compatíveis com os objetivos e metas do processo de planejamento e indiquem os recursos
necessários a seu financiamento.

b) Os Poderes Legislativo e Judiciário, bem como o Ministério Público, não têm autonomia para
apresentar suas propostas orçamentárias, devendo submeterse à alocação de recursos proposta pelo
Poder Executivo.

c) A apreciação e a votação do projeto de lei orçamentária anual da União deverão ser efetuadas
separadamente pelas duas Casas do Congresso Nacional, sendo mandatório que a aprovação seja
feita por maioria absoluta dos membros da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.
d) A consolidação do projeto de lei orçamentária deverá ser efetuada por uma Comissão Mista de
Senadores e Deputados, que analisará sua compatibilidade com o Plano Plurianual de Investimentos e
a Lei das Diretrizes Orçamentárias.

e) A descentralização financeira de execução por meio de cotas, repasses ou sub-repasses é vedada às


unidades setoriais orçamentárias de cada órgão com dotação orçamentária.

29 Q59113 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2010 Banca: FCC Órgão: TRT - 9ª REGIÃO (PR)Prova: Analista Judiciário -
Área Administrativa

O período durante o qual se exercem todas as atividades administrativas e financeiras relativas à execução do
orçamento é denominado

a) exercício orçamentário.

b) período financeiro.

c) exercício financeiro.

d) exercício da escrituração contábil.

e) execução contábil-orçamentária.

30 Q42612 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2010 Banca: FCC Órgão: TCM-CEProva: Analista de Controle


Externo - Inspeção de Obras
Públicas

É correto afirmar que o ciclo orçamentário

a) começa com a aprovação da LOA.

b) termina com a aprovação da LOA.

c) é composto por etapa de competência do Poder Legislativo.

d) dura exatamente o período correspondente ao exercício financeiro.

e) inicia-se com ato do Poder Legislativo.

31 Q42642 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2010 Banca: FCC Órgão: TCM-CEProva: Analista de Controle


Externo - Inspeção de Obras
Públicas

Conforme a Constituição Federal, cabe à lei complementar dispor sobre vigência, prazos, elaboração e
organização do plano plurianual, lei de diretrizes orçamentárias e lei orçamentária anual. Sobre esta norma
constitucional, é correto afirmar que

a) a Lei de Responsabilidade Fiscal fixa os prazos para apresentação das propostas das leis
orçamentárias.

b) uma regra constitucional transitória dispõe sobre os prazos para apresentação das propostas das leis
orçamentárias, diante da falta de lei complementar neste sentido.

c) a Lei nº 4.320/64 dispõe sobre os prazos para apresentação de propostas das leis orçamentárias, já
que foi recepcionada como lei complementar.

d) a própria Constituição Federal fixa o prazo limite para apresentação de proposta única das três leis
orçamentárias, podendo a lei complementar disciplinar de forma diferente.

e) cada ente federado deverá editar uma lei complementar estabelecendo os prazos para apresentação
das propostas das leis orçamentárias.

32 Q45616 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2010 Banca: FCC Órgão: TRF - 4ª REGIÃOProva: Analista Judiciário -


Contabilidade

Em relação ao processo orçamentário, é correto afirmar:

a) O projeto do plano plurianual deverá ter vigência até o final do primeiro exercício financeiro do
mandato presidencial subsequente.

b) É vedada a utilização de recursos do orçamento fiscal e da seguridade social para suprir necessidade
ou cobrir déficit de empresas, fundações ou fundos, independentemente de autorização legislativa.
c) Nenhum órgão do Poder Judiciário tem assegurada autonomia administrativa e financeira para d)
elaborar suas próprias propostas orçamentárias.
O projeto da Lei das Diretrizes Orçamentárias será encaminhado até quatro meses antes do e)
encerramento do exercício financeiro ao Poder Legislativo, para respectiva aprovação.
Os projetos do plano plurianual, da Lei das Diretrizes Orçamentárias e da Lei Orçamentária Anual não
poderão sofrer emendas no Congresso Nacional, devendo ser aprovados ou rejeitados in totum.
Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público
33 Q66993

Ano: 2010 Banca: FCC Órgão: BAHIAGÁSProva: Administrador

O ciclo orçamentário na gestão pública

I. é um processo de caráter intermitente e simultâneo, por meio do qual se elabora, aprova, executa, controla e
avalia a programação de dispêndios do setor público nos aspectos físico e financeiro.

II. corresponde ao período de tempo em que se processam as atividades típicas do orçamento público, desde sua
concepção até a apreciação final.

III. envolve um período maior que o exercício financeiro, uma vez que abrange todas as fases do processo
orçamentário: elaboração da proposta; discussão e aprovação; execução e acompanhamento; controle e
avaliação do orçamento.

IV. é o espaço de tempo compreendido entre 1o de janeiro e 31 de dezembro de cada ano.

V. é a utilização sistemática de indicadores e padrões de medição do trabalho e dos resultados.

É correto o que consta APENAS em

a) I e IV.

b) II e III.

c) I, II e IV.

d) II, III e V.

e) III, IV e V.

34 Q67938 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2010 Banca: FCC Órgão: SEFAZ-SPProva: Analista em


Planejamento, Orçamento e
Finanças Públicas

Com base nas disposições constitucionais sobre o processo de elaboração, discussão, votação e aprovação da
proposta de Lei Orçamentária Anual, é correto afirmar:

a) O projeto de lei orçamentária será acompanhado de demonstrativo regionalizado do efeito sobre as


receitas e despesas decorrentes de isenções, anistias, remissões, subsídios e benefícios de natureza
financeira, tributária e creditícia.

b) A transposição, o remanejamento ou a transferência de recursos de uma categoria de programação


para outra, ou de um órgão para outro, poderá ser realizada sem prévia autorização legislativa, desde
que seja definida como prioridade pela Lei de Diretrizes Orçamentárias.

c) As emendas ao projeto de lei do orçamento anual ou aos projetos que o modifiquem somente podem
ser aprovadas caso indiquem os recursos necessários, admitidos apenas os provenientes de superávit
financeiro.

d) Os recursos que, em decorrência de veto ou emenda, ficarem sem despesas correspondentes poderão
ser utilizados, conforme o caso, para a abertura de créditos extraordinários com prévia autorização
legislativa.

e) A lei orçamentária anual não conterá dispositivo estranho à previsão da receita e à fixação da
despesa, não se incluindo na proibição a autorização para abertura de créditos especiais e a
contratação de operações de crédito, ainda que por antecipação de receita, nos termos da lei.

35 Q34881 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2010 Banca: FCC Órgão: TCM-PAProva: Técnico em Informática

De acordo com a Constituição Federal de 1988, no processo de estudo e aprovação da Lei Orçamentária pelo
Poder Legislativo, existe a possibilidade de o parlamentar propor emendas de despesa desde que, entre outras
regras constitucionais, sejam indicados os recursos para viabilizá-las. Uma das fontes de recursos é

a) o excesso de arrecadação do exercício da apresentação da proposta orçamentária.

b) a anulação de despesa com pessoal e encargos sociais do projeto de lei orçamentária.


c) o superávit financeiro do exercício anterior à proposta orçamentária. d)
o superávit corrente do exercício de apresentação da proposta orçamentária. e)
a anulação de despesas com material de consumo do projeto de lei orçamentária.
Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público
36 Q72857

Ano: 2010 Banca: FCC Órgão: DPE-SPProva: Contador

Em relação à elaboração, discussão, votação e aprovação da proposta orçamentária da União, analise as


afirmações abaixo.

I. O projeto de lei orçamentária será encaminhado até quatro meses antes do encerramento do exercício
financeiro.

II. Ao Poder Judiciário é assegurada autonomia administrativa e financeira.

III. O projeto de lei orçamentária será examinado pelo Congresso Nacional, para apreciação, em separado, da
Câmara de Deputados e do Senado Federal.

IV. O Congresso pode apresentar emendas ao projeto de lei orçamentária que, caso aprovadas, deverão constar
da peça orçamentária, cabendo ao Poder Executivo indicar os recursos para o seu financiamento.

É correto o que se afirma APENAS em

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) II e IV.

e) III e IV.

37 Q23397 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2009 Banca: FCC Órgão: TRT - 3ª Região (MG)Prova: Analista Judiciário -
Contabilidade

Em relação ao processo de elaboração, discussão, votação e aprovação da proposta de Lei Orçamentária Anual,
considere:

I. O projeto de lei orçamentária será acompanhado de demonstrativo regionalizado do efeito, sobre as receitas e
despesas, decorrente de isenções, anistias, remissões, subsídios e benefícios de natureza financeira, tributária e
creditícia.

II. Uma das condições para a aprovação das emendas propostas pelo Poder Legislativo ao projeto de lei
orçamentária é que elas sejam compatíveis com o Plano Plurianual e com a Lei de Diretrizes Orçamentárias.

III. A iniciativa de apresentação da proposta de lei orçamentária é privativa do chefe de cada um dos três
poderes, a qual será consolidada durante o processo de discussão no Poder Legislativo.

IV. Os recursos que, em decorrência de veto ou emenda, ficarem sem despesas correspondentes poderão ser
utilizados, conforme o caso, para a abertura de créditos extraordinários com prévia autorização legislativa.

Está correto o que se afirma APENAS em

a) I e II.

b) I e III.

c) I, II e IV.

d) II, III e IV.

e) III e IV.

38 Q422386 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2009 Banca: FCC Órgão: TCE-GOProva: Analista de Controle


Externo - Ciências Contábeis

No ciclo orçamentário, uma das atividades realizadas durante o processo de elaboração do orçamento é

a) a proposição pelo poder legislativo de emendas ao projeto de lei do orçamento.

b)
a aprovação de um quadro de cotas trimestrais de despesa que cada unidade fica autorizada a
utilizar.

c) a apresentação das premissas, metodologia e memórias de cálculos de previsões de receita pelo


poder executivo.

d) o estabelecimento da programação financeira e do cronograma de execução mensal de desembolso.

e) a publicação resumida do relatório de execução orçamentária.

39 Q25415 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2009 Banca: FCC Órgão: TJ-PIProva: Técnico Judiciário -


Contabilidade

Em relação ao ciclo orçamentário, é correto afirmar:

a) A Lei de Diretrizes Orçamentárias deve preceder cronologicamente o Plano Plurianual e a Lei


Orçamentária Anual.

b) A Secretaria de Orçamento Federal (SOF) coordena e elabora a proposta orçamentária da União.

c) A Lei Orçamentária Anual da União poderá ser remetida ao Congresso Nacional sob a forma de
Medida Provisória.

d) O Poder Legislativo está impedido de propor emendas ao projeto de lei orçamentária, por se tratar de
matéria de competência exclusiva do Poder Executivo.

e) O Poder Judiciário brasileiro não goza de autonomia administrativa e financeira que lhe permita
elaborar sua própria proposta orçamentária.

40 Q46165 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2009 Banca: FCC Órgão: PGE-RJProva: Técnico Superior


Administrador

Segundo especialistas, o ciclo orçamentário compreende um conjunto de oito grandes fases, cuja materialização
se estende por um período de vários anos. A terceira fase compreende a

a) execução dos orçamentos aprovados.

b) elaboração da proposta de orçamento pelo Executivo.

c) formulação do Plano Plurianual pelo Executivo.

d) apreciação e adequação do Plano Plurianual pelo Legislativo.

e) proposição de metas e prioridades para a adminis- tração e a política de alocação de recursos pelo
Executivo.

41 Q46172 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2009 Banca: FCC Órgão: PGE-RJProva: Técnico Superior


Administrador

Com relação aos componentes do Ciclo Orçamentário estabelecido pela Constituição Federal de 1988:

I. A proposta da LOA compreende os três tipos distintos de orçamentos da União, a saber: Orçamento Fiscal,
Orçamento de Investimento das Empresas Estatais e Orçamento Plurianual.

II. Na esfera federal, o Governo ordena suas ações com a finalidade de atingir objetivos e metas por meio do
PPA, um plano de médio prazo elaborado no primeiro ano de mandato do presidente eleito, para execução nos
quatro anos seguintes. O PPA é instituído por lei, estabelecendo, de forma regionalizada, as diretrizes, objetivos e
metas da Administração Pública para as despesas de capital, e outras delas decorrentes e para aquelas referentes
a programas de duração continuada.

III. A LDO tem a finalidade precípua de orientar a elaboração dos orçamentos fiscal, da seguridade social e de
investimento das empresas estatais, compreendendo as metas e prioridades da administração pública, incluindo
as despesas de capital para o exercício financeiro subsequente.

IV. O Orçamento Fiscal compreende os poderes da União, os Fundos, os Órgãos, as Autarquias, inclusive as
especiais, e as Fundações instituídas e mantidas pela União; abrangendo, também, as empresas públicas e
sociedades de economia mista em que a União, direta ou indiretamente, detenha a maioria do capital social com
direito a voto.

V. O Orçamento de Seguridade Social é parte integrante da Lei de Diretrizes Orçamentárias e compreende todos
os órgãos e entidades a quem compete executar ações nas áreas de saúde, previdência e assistência social, quer
sejam da Administração Direta ou Indireta, bem como os fundos e fundações instituídos e mantidos pelo Poder
Público.
a) Estão corretas APENAS as afirmativas III, IV e V.

b) Estão corretas APENAS as afirmativas I e II.

c) Estão corretas APENAS as afirmativas I, II e V.

d) Estão corretas APENAS as afirmativas II, III e IV.

e) Estão corretas APENAS as afirmativas III e IV.

42 Q62373 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2009 Banca: FCC Órgão: PGE-RJProva: Técnico Superior de


Análise Contábil

No ciclo orçamentário, a etapa de elaboração do orçamento envolve a previsão das receitas públicas em que,
o
conforme a Lei Complementar n 101/2000,

a) a estimativa do impacto orçamentário-financeiro da renúncia de receita não será considerada na


previsão de receitas na lei orçamentária, desde que as metas de resultados fiscais não sejam
afetadas.

b) as estimativas serão realizadas com base na escolha de um dos seguintes critérios: evolução histórica
das receitas arrecadadas, mudança da legislação tributária, variação dos índices de preço ou
crescimento econômico.

c) a reestimativa da receita poderá ser feita pelo Poder Legislativo se comprovado erro ou omissão de
ordem técnica ou legal.

d) os montantes de receitas de operações de crédito poderão ser superiores aos das despesas de capital
constantes do projeto de lei orçamentária.

e) o Poder Executivo colocará os estudos e as estimativas à disposição dos demais Poderes e do


Ministério Público no prazo máximo de trinta dias após o encaminhamento da proposta orçamentária.

43 Q26266 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2008 Banca: FCC Órgão: TRT - 18ª Região (GO)Prova: Analista Judiciário -
Contabilidade

Analise as afirmações abaixo, relativas ao ciclo orçamentário no Brasil.

I. O Plano Plurianual tem sua vigência iniciada no primeiro dia do segundo ano de mandato do Chefe do Poder
Executivo e terminada no último dia do primeiro ano do mandato seguinte.

II. A Lei das Diretrizes Orçamentárias estabelecerá a política de aplicação de recursos das agências financeiras
oficiais de fomento.

III. O projeto de Lei Orçamentária Anual deve ser apreciado pelas duas casas do Congresso Nacional em sessões
separadas.

IV. Nenhum projeto de investimento cuja execução ultrapasse um exercício financeiro poderá ser iniciado sem
prévia inclusão no Plano Plurianual ou sem lei que autorize a inclusão.

Está correto o que consta APENAS em

a) I.

b) I e II.

c) I, II e IV.

d) II e III.

e) III e IV.

44 Q24328 Administração Financeira e Orçamentária Orçamento Público

Ano: 2005 Banca: FCC Órgão: TRT - 3ª Região (MG)Prova: Analista Judiciário -
Contabilidade

Na administração pública, a avaliação da execução, o controle, a execução e acompanhamento, a discussão e


aprovação, bem como a elaboração da proposta orçamentária pública constituem o

a) controle orçamentário.

b) ciclo financeiro.

c) processo de decisão orçamentária.


d) ciclo orçamentário.

e) processo de gestão financeira.

Respostas 01: 02: 03: 04: 05: 06: 07: 08: 09: 10: 11: 12: 13: 14: 15:
16: 17: 18: 19: 20: 21: 22: 23: 24: 25: 26: 27: 28: 29: 30: 31: 32:
33: 34: 35: 36: 37: 38: 39: 40: 41: 42: 43: 44:

Você também pode gostar