Você está na página 1de 5

PROPAGAÇÃO DE CALOR

PROPAGAÇÃO DENTRO DA GELADEIRA

Filipe | [Título do Curso] | [Data]


Sumário
INTRODUÇÃO ..................................................................................................................................... 2
PARTES DA GELADEIRA .................................................................................................................... 2
FUNCIONAMENTO ............................................................................................................................ 3
CONCLUSÃO ....................................................................................................................................... 4

PÁGINA 1
INTRODUÇÃO

Em quase todas as cozinhas existe uma geladeira. De 15 em 15 minutos, aproximadamente, você


escuta o motor ligando e é o que mantém os produtos resfriados. Sem a geladeira, teríamos que
jogar fora todas as sobras de comida ao invés de guardar para uma outra refeição.

A geladeira é uma das grandes invenções da vida moderna. Até então, a única forma de
conservar os alimentos era salgando-os, e bebidas geladas no verão eram um verdadeiro luxo.

Neste relatório, veremos como funciona o desempenho de sua geladeira.

A refrigeração é processo
termodinâmico em que o
calor é retirado de um
sistema isolado para o
ambiente, através de um
fluido denominado
refrigerante. É importante
lembrar que existem 3 tipos
de sistemas termodinâmicos
sendo estes isolados,
abertos e fechados.

A segunda lei da
termodinâmica trata simplesmente das transferências energéticas entre corpos. Em outras
palavras, o calor de um corpo mais quente vai para um corpo mais frio. É importante, no entanto
saber que calor é uma forma de energia e o conceito de quente e frio é apenas uma sensação
relacionada com as variações de temperatura.

No ano de 1748 Wiliam Cullen demonstrou que era possível extrair o calor presente em um
ambiente através das propriedades dos gases, porém não foi mais longe. Um inventor chamado
Jacob Perkins em 1834 construiu a primeira máquina de refrigeração, que foi chamada de
geladeira em virtude do nome desta máquina ter sido usado pela primeira vez, pelo engenheiro
Thomas Moore.

Os gases mais utilizados como fluido refrigerante são dióxido de enxofre, amônia,
clorofluorcarboneto (CFC), diclorofluormetano, propano em virtude de seu potencial criogênico.
Vale apena lembrar que dióxido de enxofre, amônia e CFC não são mais usados em virtude de
seu potencial poluidor e tóxico

PARTES DA GELADEIRA
Existem cinco partes básicas em qualquer geladeira (ou sistema de ar condicionado):

 Compressor
 Tubos para a troca de calor: serpentina ou conjunto de tubos fixado na parte de fora da
unidade
 Válvula de expansão
 Tubos para a troca de calor: serpentina ou conjunto de tubos fixado na parte de dentro
da unidade

PÁGINA 2
 Fluido refrigerante: líquido que evapora dentro da unidade para criar temperaturas
baixas

Muitas instalações industriais usam amônia pura como refrigerante. Amônia pura evapora a -32º
C (27º F).

FUNCIONAMENTO
A figura ao lado temos o esquema de uma
geladeira que tem o congelador em seu interior.
Por todo o circuito (compressor, válvula de
expansão, evaporador, condensador) da figura,
circula o gás freon 12 que é o responsável pela
"produção" de frio. Nota-se que a temperatura ao
longo de todo o circuito não é constante. Temos
uma região em que o gás freon está submetido a
altas pressões (no compressor) e, portanto, tem
uma maior temperatura e uma outra região em
que ele está submetido à baixa pressão (válvula
ou tubo capilar) e possui uma menor
temperatura.

No esquema à baixo, a parte vermelha corresponde a região de alta pressão (alta temperatura) e
a parte azul corresponde a baixa pressão (baixa temperatura), também vemos as partes básicas
do refrigerador (sistema de refrigeração) onde o:

 Compressor: é responsável pela elevação da pressão até 10


atmosferas e sua temperatura está aproximadamente a 41 ºC;
 Condensador: faz com que o gás passe para o estado líquido
ainda em alta pressão e então o líquido passa para o tubo
capilar;
 Tubo capilar: ao sair dele terá sua pressão e temperatura
diminuídas alcançando valores próximos de 1,6 atmosferas e
- 19 ºC, nesta situação passa para o evaporador;
 Evaporador onde retorna ao estado gasoso e agora está
mudança de fase ocorre a baixa pressão. É no evaporador que
o gás freon recebe calor dos alimentos colocados no interior
da geladeira, retirando calor da parte interna, então,
podemos perceber que a "produção de frio" ocorre no
evaporador.

Como ele encontra-se na parte superior da geladeira, próximo a ele o ar se resfria tornando-se
mais denso e desce para as outras partes da geladeira fazendo que o ar mais quente e menos
denso suba criando assim as correntes de convecção resfriando toda a parte interna.

Com o exposto você pode achar que então, toda a parte interna da geladeira ficaria congelada;
não pois na parte interna da geladeira é colocada um dispositivo denominado "termostato", que
se encarrega de manter a temperatura interior constante, isto é, tendo que estiver na geladeira
será resfriado até entrar em equilíbrio térmico com a temperatura pré-estabelecida e registrada
no termostato.

PÁGINA 3
CONCLUSÃO
O resfriamento dos alimentos acontece por meio de uma transferência de calor denominada de
convecção. Essa é uma forma de transferência de calor que ocorre em razão das diferenças entre
as densidades das partes quentes e frias do líquido ou do gás envolvido no sistema, formando
dessa forma as correntes de convecção. Essa é a explicação para o resfriamento dos alimentos, a
diferença de densidade entre o ar mais quente e o ar mais frio. O que acontece é que o ar frio,
sendo mais pesado, desce resfriando os alimentos e o ar mais quente, proveniente dos alimentos,
sendo mais leve sobe para ser resfriado, formando assim um ciclo que é denominado de
correntes de convecção, veja a ilustração:

Bibliografia
http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/fisica/conveccao.htm
http://brasilescola.uol.com.br/fisica/resfriamento-dos-alimentos-na-geladeira.htm
http://www.infoescola.com/fisica/refrigeracao/
Fundamentos da Termodinâmica 6ª edição. Autores: Sonntag, Borgnakke, van Wylen.
Termodinâmica Amistosa para Engenheiros - Octave Levenspiel-ed – 1ª. Edgard Blucher, ano
2002

PÁGINA 4