Você está na página 1de 3

Centro Universitário Padre Anchieta

C á l c u l o I V - Lista 1 Prof. Tetsuo

1) Resolva, por separação de variáveis, as equações diferenciais dadas.


dy
a)  sen5x d ) xdy  ydx  0
dx

1
b)dx  e3 x dy  0 e) dx  dy  0
x

dy
c)e3 x  ex  0
dx

2) Resolva as equações diferenciais de 1ª ordem lineares..

a) y'2 xy  e 3 x (3  2 x)

b) xdy  5 ydx  ( x 6  4 x)dx

dy
c)  5 y  e3x
dx

d ) y'2 xy   x

e)(3x 2 y  x 2 )dx  dy  0

3) Resolva as equações diferenciais lineares de 2ª ordem homogêneas.


a) y" y  0

b) y" y'30 y  0

c) y"2 y' y  0

d ) y"2 y'2 y  0

e) y"6 y'9 y  0
2

4) Verificar que cada uma das funções dadas y = f(x) é uma solução da equação diferencial dada.

a) y" y  0 y  4e-x

b) y"4 y'4 y  e x y  xe 2x  e x

c) y" y'30 y  0 y  c1e 5 x  c2 e 6 x

dy
 2 xy  e 3 x (3  2 x) y  e 3x  ce  x
2
d)
dx

5) Em cada caso, encontre a solução do problema de valor inicial (PVI) da equação diferencial ordinária
(EDO) de 1º ordem.

dy
a)  y  e 5 x ; f(0)  - 3
dx

dy 2 y
b)   x 3  5x; f(1)  3
dx x

c) y"- 6y'  13y  0 f( 0 )  2 e f '( 0 )  3

6) Em cada caso, mostre que a função dada é uma solução implícita da equação diferencial dada.

1 1 2 dy 2
a) 2
 2 c 0 - . - 0
y x y 3 dx x 3

b) y 2 senx  2y  3x 2  c y' (2ysenx  2)  y 2 cos x  6x  0

2x
c) ln(x 2  1)  y 3  2y  c y' (3y 2  2)  0
x2 1

d) x 5 y 2  x  y  x 3  c y' (2x 5 y  1)  5x 4 y 2  1  3x 2  0
3

Respostas dos Exercícios

1) 2)
cos5x a) y  e3 x  ce  x
2
a) y   c
5
3 x b) y  x 6  x  cx 5
e
b) y  c e3x
3 c) y    ce5 x
2
e 2 x
c) y   c 1
d ) y   ce x
2

2
2
c
d) y  1
e) y   ce  x
3

x 3
e) y  - lnx  c

3) 5)
a) y  c1e x  c2 e  x a) y 
e 5 x 13e x

b) y  c1e 5 x  c2 e 6 x 4 4
4
x 5
c) y  c1e x  c2 xe x b) y   5x 2 ln x  x 2
2 2
d ) y  e  x (c1 cos x  c2 senx) 3
c) y  e 3x (2cos2x  sen2x)
e) y  c1e 3 x  c2 xe 3 x 2

Atenção! As informações abaixo são importantes para a resolução de alguns exercícios propostos.

Logaritmos

Definição: loga b  c  a c  b Exemplo: log2 8  3, pois 23  8

Algumas propriedades : n.loga b  loga b n Exemplo: 3.log2 8  log2 83

a log b  b
a
Exemplos: 2log 8  8 , eln b  b
2

Você também pode gostar