Você está na página 1de 81
• Conceito: Sustentabilidade Eficiência Hidroenergética Inovação Tecnológica • Gestão: Trinorma - SIGS
• Conceito: Sustentabilidade Eficiência Hidroenergética Inovação Tecnológica • Gestão: Trinorma - SIGS

Conceito:

Sustentabilidade Eficiência Hidroenergética Inovação Tecnológica Gestão:

Trinorma - SIGS Sistema Integrado de Gestão da Sustentabilidade Produtos:

Bombas Anfíbias e Submersas Aeradores e Misturadores

Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA | TECNOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA | TECNOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO
SIGS e ERP CFD Ansys CFX Laboratório de Ensaios Novas Hidroenergéticos Tecnologias CAD Inventor CAD
SIGS e ERP
CFD Ansys
CFX
Laboratório de
Ensaios
Novas
Hidroenergéticos
Tecnologias
CAD Inventor
CAD = Computer Aided Design
– Desenho Assistido por
Computador
CFD = Computational Fluid
Dynamics – Fluidodinâmica
Computacional
SIGS = Sistema Integrado de
Gestão da Sustentabilidade
ERP = Enterprise Resource
Planning – Sistema de Gestão
Empresarial
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA | TECNOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA | TECNOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO
CFD Ansys CFX de ultima geração para projetar e simular situações de campo: Cód: DS75
CFD Ansys CFX de ultima
geração para projetar e
simular situações de campo:
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA | TECNOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO Software de Modelagem Inventor: Cód: DS75 | Revisão: 00
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA | TECNOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO
Software de Modelagem Inventor:
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
LABORATÓRIO DE ENSAIOS HIDROENERGÉTICOS
LABORATÓRIO DE ENSAIOS HIDROENERGÉTICOS

Processo automatizado através de software supervisório e CLP.

Sistema supervisório desenvolvido

conforme necessidades e projeto da

Higra.

Utilização de atuadores elétricos

com inversor de frequência para ajuste preciso de parada.

Medidores de vazão de até 3000 m³/h.

Capacidade de testar potências de até 600CV em BT e de acordo com a

frequência desejada.

Teste de desempenho de 100% das bombas produzidas.

desejada. • Teste de desempenho de 100% das bombas produzidas. Cód: DS75 | Revisão: 00 |
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012

GRÁFICO DE

PERFORMANCE

M1-345 (150,175, 200, 250 e 300 CV) B

Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EM BOMBEAMENTO
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
EM BOMBEAMENTO
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
BOMBA ANFÍBIA MODULAR DE ALTA PRESSÃO BOMBA ANFÍBIA MODULAR MULTI-ESTÁGIO BOMBA ANFÍBIA MODULAR ALTA VAZÃO
BOMBA ANFÍBIA MODULAR DE
ALTA PRESSÃO
BOMBA ANFÍBIA MODULAR
MULTI-ESTÁGIO
BOMBA ANFÍBIA MODULAR
ALTA VAZÃO
BOMBA ANFÍBIA
SEMIAXIAL
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
BOMBA ANFÍBIA: CONCEITO DE OPERAÇÃO
BOMBA ANFÍBIA: CONCEITO DE OPERAÇÃO
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
BOMBA ANFÍBIA: DETALHES INTERNOS
BOMBA ANFÍBIA: DETALHES INTERNOS
EIXO MOTRIZ TUBO DE MOTOR FLUXO MANCAL RADIAL MANCAL RADIAL TRASEIRO DIANTEIRO
EIXO MOTRIZ
TUBO DE
MOTOR
FLUXO
MANCAL RADIAL
MANCAL RADIAL
TRASEIRO
DIANTEIRO

SELO

MECÂNICO

ANEL DE

DESLIZAMENTO

FIXO

ROTOR

CARCAÇA

EXTERNA

TRASEIRA

CARCAÇA

EXTERNA

DIANTEIRA

ANEL DE

DESLIZAMENTO

MÓVEL

DIFUSOR

Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
BOMBA ANFÍBIA: VISTA EXPLODIDA Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
BOMBA ANFÍBIA: VISTA EXPLODIDA
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
APLICAÇÃO
APLICAÇÃO

Captação de água de rios e barragens;

Saneamento básico;

Transferência de água;

Sistema booster (in line).

Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
FORMAS DE INSTALAÇÃO: SUBMERSA
FORMAS DE
INSTALAÇÃO:
SUBMERSA
FORMAS DE INSTALAÇÃO: SUBMERSA Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
SOBRE TRILHOS
SOBRE TRILHOS
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
SUSTENTADO PELA TUBULAÇÃO
SUSTENTADO PELA
TUBULAÇÃO
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
FORMAS DE INSTALAÇÃO: PARCIALMENTE AFOGADA
FORMAS DE INSTALAÇÃO:
PARCIALMENTE AFOGADA
FORMAS DE INSTALAÇÃO: PARCIALMENTE AFOGADA Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
FORMAS DE INSTALAÇÃO: MODULADA
FORMAS DE INSTALAÇÃO:
MODULADA
FORMAS DE INSTALAÇÃO: MODULADA Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
FORMAS DE INSTALAÇÃO: EM SUCÇÃO
FORMAS DE INSTALAÇÃO:
EM SUCÇÃO
FORMAS DE INSTALAÇÃO: EM SUCÇÃO Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
FORMAS DE INSTALAÇÃO: EM LINHA “ BOOSTER”
FORMAS DE INSTALAÇÃO:
EM LINHA
“ BOOSTER”
FORMAS DE INSTALAÇÃO: EM LINHA “ BOOSTER” Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
FORMAS DE INSTALAÇÃO: OPERANDO AFOGADA
FORMAS DE INSTALAÇÃO: OPERANDO AFOGADA
FORMAS DE INSTALAÇÃO: OPERANDO AFOGADA Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
FORMAS DE INSTALAÇÃO: EM BALSA
FORMAS DE INSTALAÇÃO: EM BALSA
FORMAS DE INSTALAÇÃO: EM BALSA Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
INSTALAÇÕES DE BOMBAS HIGRA NO ES
INSTALAÇÕES DE BOMBAS
HIGRA NO ES
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
SAAE DE ITAPEMIRIM Captação para alimentação da ETA - Sede Modelo: M1-290/75-B Potência = 75
SAAE DE ITAPEMIRIM
Captação para alimentação da ETA - Sede
Modelo: M1-290/75-B
Potência = 75 cv
Vazão = 900 m3/hora
Altura manométrica = 15 mca
Instalação: desde 2009
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
SAAE DE ITAPEMIRIM Captação para alimentação da ETA - Sede Modelo: M1-290/75-B Potência = 75
SAAE DE ITAPEMIRIM
Captação para alimentação da ETA - Sede
Modelo: M1-290/75-B
Potência = 75 cv
Vazão = 900 m3/hora
Altura manométrica = 15 mca
Instalação: desde 2009
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Captação de São João da Lancha Captação de Pedra do Rio Muqui Modelo: R1-195/25-B Potência
Captação de São João da Lancha
Captação de Pedra do Rio Muqui
Modelo: R1-195/25-B
Potência = 25 cv
Vazão = 50 m3/hora
Altura manométrica = 55 mca
Ainda não instalada
Captação para alimentação da ETA - Sede (Bomba Reserva) Modelo: M1-305/75-B Potência = 75 cv
Captação para alimentação da
ETA - Sede (Bomba Reserva)
Modelo: M1-305/75-B
Potência = 75 cv
Vazão = 900 m3/hora
Altura manométrica = 15 mca
Ainda não instalada
Captação de Garrafão Modelo: R1-195/25-B Potência = 25 cv Vazão = 90 m3/hora Altura manométrica
Captação de Garrafão
Modelo: R1-195/25-B
Potência = 25 cv
Vazão = 90 m3/hora
Altura manométrica = 40 mca
Ainda não instalada
REAL CAFÉ - Captação para alimentação da ETA e Fábrica em Geral Modelo: R1-260/40-B Potência
REAL CAFÉ - Captação para
alimentação da ETA e Fábrica em Geral
Modelo: R1-260/40-B
Potência = 40 cv
Vazão = 100 m3/hora
Altura manométrica = 50 mca
Instalação: desde 2010
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
CASES DE SUCESSO
CASES DE SUCESSO
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
BOMBAS CASE : CASAN RIO DO SUL / SC
BOMBAS CASE : CASAN RIO DO SUL / SC

CENÁRIO ANTIGO:

Bomba tipo Eixo Vertical

Potência do motor de 250CV (184kW)

Vazão por bomba de 468m³/h (130 l/s)

Pressão de bombeio de 85mca

Índice Hidroenergético de 0,393 kW/m³/h

Custo Mensal de Energia Elétrica R$ 26.496,00 (R$ 0,20 kWh)

Custo Anual de Energia Elétrica R$ 317.952,00

26.496,00 (R$ 0,20 kWh) • Custo Anual de Energia Elétrica R$ 317.952,00 Cód: DS75 | Revisão:
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
BOMBAS CASE : CASAN RIO DO SUL / SC
BOMBAS CASE : CASAN RIO DO SUL / SC

CENÁRIO NOVO:

Bomba tipo Anfíbia HIGRA R2-360/250B

Potência do motor de 250CV (184kW)

Vazão por bomba de 576m³/h (160 l/s)

Pressão de bombeio de 85mca

Índice Hidroenergético de 0,319 kW/m³/h

Custo Mensal de Energia Elétrica R$ 20.381,54 (R$ 0,20 kWh)

Custo Anual de Energia Elétrica R$ 244.578,48

20.381,54 (R$ 0,20 kWh) • Custo Anual de Energia Elétrica R$ 244.578,48 Cód: DS75 | Revisão:
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012

BOMBAS CASE : CASAN RIO DO SUL / SC RESULTADOS: Ganho de vazão de 108m³/h
BOMBAS CASE : CASAN RIO DO SUL / SC
RESULTADOS:
Ganho de vazão de 108m³/h (30 l/s)
Ganho Hidroenergético de 23%
Investimento necessário R$ 110.000,00
Economia mensal de R$ 6.114,46
Economia anual de R$ 73.373,52
Retorno no investimento em 18 meses
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
BOMBAS CASE : USINA CORURIPE – CORURIPE / AL
BOMBAS CASE : USINA CORURIPE – CORURIPE / AL

CENÁRIO ANTIGO:

CASE : USINA CORURIPE – CORURIPE / AL CENÁRIO ANTIGO: • Bomba tipo Eixo Vertical KERBER

Bomba tipo Eixo Vertical KERBER

Potência do motor 150 CV (110kW)

Vazão total da bomba de 650m³/h (180 l/s)

Pressão de bombeio de 10mca

Índice Hidroenergético de 0,170 kW/m³/h

Custo Mensal de Energia Elétrica R$ 15.897,00 (R$ 0,20 kWh)

Custo Anual de Energia Elétrica R$ 190.771,00

Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
BOMBAS CASE : USINA CORURIPE – CORURIPE / AL
BOMBAS CASE : USINA CORURIPE – CORURIPE / AL

CENÁRIO NOVO:

BOMBAS CASE : USINA CORURIPE – CORURIPE / AL CENÁRIO NOVO: • Bomba tipo Anfíbia HIGRA

Bomba tipo Anfíbia HIGRA S1-350/125B

Potência do motor de 125CV (92kW)

Vazão por bomba de 1.600m³/h (444 l/s)

Pressão de bombeio de 10mca

Índice Hidroenergético de 0,058 kW/m³/h

Custo Mensal de Energia Elétrica R$ 13.248,00 (R$ 0,20 kWh)

Custo Anual de Energia Elétrica R$ 158.976,00

Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
BOMBAS CASE : USINA CORURIPE / AL
BOMBAS CASE : USINA CORURIPE / AL

RESULTADOS:

Ganho de vazão 950 m³/h

Ganho Hidroenergético de 195%

Investimento necessário R$ 80.000,00

Economia mensal de R$ 25.884,00

Economia anual de R$ 310.614,00

Retorno no investimento em 4 meses

• Economia anual de R$ 310.614,00 • Retorno no investimento em 4 meses Cód: DS75 |
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
VANTAGENS DAS BOMBAS HIGRA
VANTAGENS DAS BOMBAS HIGRA

Tipo monobloco (motor e bomba em um único corpo);

Tipo Anfíbia (pode funcionar tanto dentro como fora d’água);

Tipo Modulada (instaladas várias bombas em série);

Mancais de deslizamento lubrificados com água;

Baixo custo de instalação;

Menor consumo de energia;

Melhor relação custo / benefício;

Maior eficiência hidroenergética;

Nivel máximo de ruído 60 dB

Pode ser instalada em qualquer ângulo

Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EM AERAÇÃO
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
EM AERAÇÃO
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
TORNADO • • • nodular; • •
TORNADO
nodular;

Motor elétrico com estator molhado e rebobinável;

Mancais radial e axial de deslizamento;

Fabricação em aço inox 304 e Ferro

Bóias em polietileno de média densidade;

Tubo de aspiração em mangueira flexivel espiralada

Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
PRINCIPIO DE FUNCIONAMENTO
PRINCIPIO DE FUNCIONAMENTO
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
DETALHE INTERNO
DETALHE INTERNO
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
AERADOR TORNADO BANCADA DE TESTES
AERADOR
TORNADO
BANCADA
DE TESTES
AERADOR TORNADO BANCADA DE TESTES Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012

ÁREA DE INFLUÊNCIA DE O 2

ÁREA DE INFLUÊNCIA DE O 2 Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012

ÁREA DE

MISTURA

ÁREA DE MISTURA Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012

MISTURA COMPLETA NO TANQUE

MISTURA COMPLETA NO TANQUE Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012

SEGMENTO:

INDÚSTRIA DE PAPEL

SEGMENTO: INDÚSTRIA DE PAPEL Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012

SEGMENTO:

INDÚSTRIA

ALIMENTÍCIA

SEGMENTO: INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012

SEGMENTO:

ESGOTO

DOMÉSTICO

SEGMENTO: ESGOTO DOMÉSTICO Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012

SEGMENTO:

INDÚSTRIA

QUÍMICA

SEGMENTO: INDÚSTRIA QUÍMICA Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012

SEGMENTO: LIXO URBANO

SEGMENTO: LIXO URBANO Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012

SISTEMA GIRATÓRIO 360°

SISTEMA GIRATÓRIO 360 ° Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
FORMAS DE INSTALAÇÃO
FORMAS DE
INSTALAÇÃO
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
INSTALAÇÕES DE AERADORES HIGRA NO ES
INSTALAÇÕES DE AERADORES
HIGRA NO ES
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
CESAN: ETE de Manguinhos: 16 aeradores Tornado-20 (20 cv) desde 2009 ETE da Grande Vitória:
CESAN:
ETE de Manguinhos: 16 aeradores
Tornado-20 (20 cv) desde 2009
ETE da Grande Vitória: 04 aeradores
Tornado-25 (25 cv) ainda não instalados
MARCA AMBIENTAL (CARIACICA – ES): 02 aeradores Tornado-25 (25 cv) desde 04/2006
MARCA AMBIENTAL
(CARIACICA – ES):
02 aeradores Tornado-25 (25 cv) desde
04/2006
DOMART ALIMENTOS (MARECHAL FLORIANO – ES) 04 aeradores Tornado-5 (5 cv) desde set/2012
DOMART ALIMENTOS
(MARECHAL FLORIANO – ES)
04 aeradores Tornado-5 (5 cv) desde
set/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
REAL CAFÉ (VIANA – ES): 04 aeradores Tornado-30 (30 cv) desde 2011 Cód: DS75 |
REAL CAFÉ (VIANA – ES):
04 aeradores Tornado-30 (30 cv) desde 2011
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
LATICÍNIO RESENDE (MONTANHA – ES): 02 aeradores Tornado-10 (10 cv) desde 2009 01 aerador Tornado-20
LATICÍNIO RESENDE (MONTANHA – ES):
02
aeradores Tornado-10 (10 cv) desde 2009
01
aerador Tornado-20 (20 cv) desde final 2011
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
CASE DE SUCESSO
CASE DE SUCESSO
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
AERADORES CASE : SABESP ETE ARUJÁ / SP CENÁRIO ANTIGO: • Aeradores tipo Superficial em
AERADORES CASE : SABESP ETE ARUJÁ / SP
CENÁRIO ANTIGO:
• Aeradores tipo Superficial em 2 lagoas de aeração
• 160CV instalados por lagoa (6 aeradores)
• Alto índice de manutenção;
• Formação de Aerossóis;
• Sedimentação de lodo no fundo das Lagoas;
• Formação de zonas mortas
• Custo Mensal de Energia Elétrica R$ 30.523,39
• Custo Anual de Energia Elétrica R$ 366.280,70
(R$ 0,18 kWh e cálculo considerando as 2 lagoas)
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
AERADORES CASE: SABESP ETE ARUJÁ / SP CENÁRIO NOVO: • Aeradores tipo TORNADO ROTATIVO de
AERADORES CASE: SABESP ETE ARUJÁ / SP
CENÁRIO NOVO:
• Aeradores tipo TORNADO ROTATIVO de 20CV
• 100CV instalados por lagoa (5 aeradores)
• Baixo índice de manutenção;
• Sem a geração de aerossóis;
• Homogeneização do lodo;
• Sem zonas mortas;
• Custo Mensal de Energia Elétrica R$ 19.077,12
• Custo Anual de Energia Elétrica R$ 228.925,44
(R$ 0,18 kWh e cálculo considerando as 2 lagoas)
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
AERADORES CASE : SABESP ETE ARUJÁ / SP
AERADORES CASE : SABESP ETE ARUJÁ / SP

RESULTADOS:

Ganho de eficiência no tratamento

Redução da potência total instalada de 37,5%

Investimento necessário R$ 350.000,00

Economia mensal de R$ 11.446,27

Economia anual de R$ 137.355,26

Retorno no investimento em 2,5 anos

Não contabilizado o ganho na eficiência do tratamento.

Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
LANÇAMENTO AERADOR TORNADO ROTATIVO BITURBO Biturbo Rotativo O Aerador Biturbo também é disponibilizado na versão
LANÇAMENTO AERADOR TORNADO ROTATIVO BITURBO
Biturbo Rotativo
O Aerador Biturbo também é
disponibilizado na versão Rotativo.
Ou seja, o aerador que está
submerso dentro do efluente
rotaciona através de sua haste de
sustentação vertical. O sistema de
rotação criado para o Biturbo é
muito mais simplificado e robusto
que o antigo, pois pelo fato do
• Excelente capacidade de mistura;
• Excelente taxa de transferência de oxigênio;
• 360° de raio de mistura e aeração
equipamento estar aerando em
• Baixo consumo de energia;
duas direções opostas
simultaneamente, a rotação do
aerador não necessita ser em 360°
e sim apenas 180°.
• Estrutura de flutuação compacta e mais leve;
• Montagem e instalação simplificada;
• Eficiência Hidroenergética
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
LANÇAMENTO AERADOR TORNADO ROTATIVO BITURBO
LANÇAMENTO
AERADOR TORNADO ROTATIVO BITURBO
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
AERADOR TORNADO ROTATIVO BITURBO BANCADA DE TESTES
AERADOR
TORNADO
ROTATIVO
BITURBO
BANCADA
DE TESTES
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA | TECNOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA | TECNOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO
CFD Ansys CFX de ultima geração para projetar e simular situações de campo:
CFD Ansys CFX
de ultima geração
para projetar e
simular situações
de campo:

- Esta figura mostra as linhas de fluxo e os sentidos de cada Tornado-R Biturbo 40

CV em toda a área da

lagoa, medidas: 50 m X 40 m X 5 m (profundidade).

40 CV em toda a área da lagoa, medidas: 50 m X 40 m X 5
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA | TECNOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA | TECNOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO
CFD Ansys CFX de ultima geração para projetar e simular situações de campo:
CFD Ansys CFX
de ultima geração
para projetar e
simular situações
de campo:

- Esta figura mostra os fluxos de velocidades de cada aerador e o sentido dos mesmos.

mostra os fluxos de velocidades de cada aerador e o sentido dos mesmos. Cód: DS75 |
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA | TECNOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO CFD Ansys CFX de ultima geração para projetar e
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA | TECNOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO
CFD Ansys CFX de ultima geração para projetar e simular situações de campo:

Esta figura mostra a velocidade na saída do Tornado-R Biturbo 40 CV e o cone que é formado até atingir o fundo de 5 metros da lagoa, velocidade no fundo de 0,75 m/s.

Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
VANTAGENS DOS AERADORES HIGRA
VANTAGENS DOS AERADORES HIGRA

Sistema lubrificado e refrigerado a água

Possibilidade de inclinação

Maior oxigenação X mistura

Maior durabilidade devido ao sistema de mancalização

Menor custo de manutenção

Alta eficiência hidroenergética

Menos investimento em obra civil

Sistema giratório em 360°

Sistema montado sob flutuadores

Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
PRINCIPAIS CLIENTES
PRINCIPAIS CLIENTES
PRINCIPAIS CLIENTES Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
PRINCIPAIS CLIENTES Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
PRINCIPAIS CLIENTES Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
PRINCIPAIS CLIENTES Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
PRINCIPAIS CLIENTES Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
PRINCIPAIS CLIENTES Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
PRINCIPAIS CLIENTES Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
PRINCIPAIS CLIENTES Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
PRINCIPAIS CLIENTES Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
PRINCIPAIS CLIENTES Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
PRINCIPAIS CLIENTES Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
PRINCIPAIS CLIENTES Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
PRINCIPAIS CLIENTES Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
PRINCIPAIS CLIENTES Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
PRINCIPAIS CLIENTES Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
PRINCIPAIS CLIENTES Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75 | Revisão: 00 | Data: 03/08/2012
Cód: DS75
| Revisão: 00 | Data: 03/08/2012