Você está na página 1de 11

APOSTILA DE QUÍMICA – MÓDULO I

TURMA: INSTITUTO FEDERAL (IF)

1. PROPRIEDADES GERAIS DA MATÉRIA

1.1- INTRODUÇÃO
Vejamos alguns conceitos importantes:

a) Matéria: Significa tudo o que possui massa e ocupa lugar no espaço.


b) Corpo: É uma porção limitada da matéria.
c) Objeto: É um corpo que se presta a uma finalidade determinada
d) Substância: É a qualidade da matéria
e) Partículas: São as formadoras das substâncias, podendo ser chamadas de íons, átomos
e moléculas (conjuntos de átomos).

1.2 – PROPRIEDADES GERAIS DA MATÉRIA


São aquelas propriedades presentes em qualquer tipo de matéria. As mais importantes são:

a) Inércia: A matéria não pode por si só modificar a sua condição de movimento ou repouso.
b) Impenetrabilidade: Dois corpos não podem ocupar, ao mesmo tempo, o mesmo lugar no
espaço.
c) Divisibilidade: A matéria pode sempre ser dividida em porções cada vez menores.
d) Massa: É a quantidade de matéria existente em um corpo. As principais unidades de
massa são kg (quilograma) ; g (grama) ; mg (miligrama)
e) Volume: É a ocupação espacial da matéria.
3 3
As principais unidades são: kL (quilolitro) ; m (metro cúbico) ; L (litro); dm
3
(decímetro cúbico) ; ml (mililitro) e cm (centímetro cúbico).
3 3
Observação: 1 m = 1 kL = 1.000 dm = 1.000 L.

1.3 – PROPRIEDADES ESPECÍFICAS DA MATÉRIA


São aquelas utilizadas para identificar e diferenciar os diversos materiais. Podem ser:

1.3.1 – Propriedades Físicas


1) Densidade (d)

Densidade absoluta ou massa específica é uma característica própria de cada


material, definida como razão entre a massa de uma amostra dele e o volume
ocupado por essa massa, portanto d = m/ v
Em geral a densidade dos sólidos é maior do que a dos líquidos e esta por sua vez, é
maior que a dos gases. A massa de um objeto pode ser medida facilmente com uma
balança e o volume de um objeto regular pode ser calculado medindo-se e
multiplicando-se largura ( l ) , comprimento ( c ) e altura ( h ).
O volume de objetos irregulares pode ser medido colocando-os em um recipiente
graduado cheio de líquido e medir a variação de volume deste líquido.
2) Ponto de fusão : É a temperatura na qual uma substância pura passa do estado
sólido para o estado líquido.
3) Ponto de ebulição: É a temperatura na qual uma substância pura passa do estado
líquido para o estado gasoso.

1
1.3.2 – Propriedades Químicas

1) Combustão: Queima de uma folha de papel


2) Oxidação: Ferrugem em uma barra de ferro.
3) Fermentação: Preparação de bebidas alcoólicas.

1.3.3 – Propriedades Organolépticas

São aquelas propriedades perceptíveis pelos nossos sentidos

1) Visão: Cor, brilho, transparência, opacidade, etc.


2) Olfato: Cheiro ou odor.
3) Tato: Estado físico, quente e frio, etc.
4) Paladar: Sabor
5) Audição: música, ruído, murmúrio, etc.

1.4 – ESTADOS FÍSICOS DA MATÉRIA

1.4.1 - Sólido

a) Maior agregação de partículas


b) Maior organização das partículas
c) Menor energia e movimento de partículas
d) Forma e volume definidos

1.4.2 - Líquido

a) Grande agregação de partículas


b) Organização intermediária de partículas
c) Energia intermediária e movimentação relativa de partículas
d) Forma variável e volume definido

1.4.3 - Gasoso

a) Máxima desagregação de partículas


b) Máxima desorganização de partículas
c) Máxima energia e movimentação de partículas
d) Forma e volume variáveis (o gás tende a ocupar todo o volume oferecido a ele)

Sólido → Líquido → Gasoso

Energia crescente (gasto de energia)

Sólido ← Líquido ← Gasoso

Energia decrescente (liberação de energia)

2
1.5 – MUDANÇAS ENTRE ESTADOS FÍSICOS

Mudanças de estados físicos são fenômenos que não alteram a qualidade nem a
quantidade de matéria.

Observação: A vaporização ocorre de diversas formas tais como evaporação natural (lenta e
superficial), ebulição (violenta com formação de bolhas em todo o líquido) e calefação
(instantânea, gotículas d’água ao encontrar chapa metálica super-aquecida).

2. SUBSTÂNCIAS E MISTURAS

2.1- INTRODUÇÃO

Como vimos anteriormente, a matéria é constituída por substâncias e essas, por sua vez,
são constituídas por elementos químicos. Tais elementos químicos são representados por
símbolos internacionais ( veja tabela periódica no início deste caderno ) e assim as substâncias
são representadas por fórmulas, isto é, conjunto dos símbolos dos elementos presentes naquelas
substância.
Podemos classificar as substâncias em simples, (quando possuem apenas um tipo de
elemento) e em compostas ou simplesmente compostos, (quando possuem mais de um tipo de
elemento) .Exemplos:

Substâncias simples Substâncias compostas


Oxigênio, O2 Água, H2O
Ozônio, O3 Glicose,C6H12O6
Grafite, Cn Amônia, NH3
Fósforo, P4 Bicarbonato de Sódio, NaHCO3
Ferro, Fe Gás Carbônico, CO2

2.2 – SUBSTÂNCIA PURA E MISTURA

A substância é considerada pura quando, no sistema aonde está contida, encontramos


apenas partículas dessa substância. Caso haja no sistema mais de um tipo de substância,
teremos uma mistura. Exemplos:

O2 Substância pura simples H2O Mistura de substâncias compostas


CO2

3
CO2 Substância pura composta O2
N2 Mistura de substâncias simples

2.3 – DIFERENÇA PRÁTICA ENTRE UMA SUBSTÂNCIA PURA E UMA MISTURA

A substância pura apresenta propriedades físicas bem definidas, inclusive pontos de fusão
e ebulição (temperaturas que permanecem fixas durante todo o processo).

Veja os gráficos das Figuras 1 e 2.

Figura 1

Figura 2

2.4 – TIPOS DE MISTURAS

MISTURA HOMOGÊNEA ou solução monofásica ocorre quando não se distinguem os


componentes, parecendo substância pura.

MISTURA HETEROGÊNEA ou solução polifásica quando se percebe a presença de mais de um


componente.

MISTURAS AZEOTRÓPICAS: se comportam como se fossem substâncias puras em relação à


ebulição, isto é, a temperatura mantém-se inalterada do início ao fim da ebulição (PE constante).
Exemplos: álcool etílico + água, acetona + metanol, álcool etílico + clorofórmio.

MISTURAS EUTÉTICAS: se comportam como se fossem substâncias puras no processo de fusão,


isto é, a temperatura mantém-se inalterada do início ao fim da fusão (PF constante).

4
Observação: A classificação vai depender do processo e ou equipamento usado para a
verificação das fases.

Limite de Solubilidade ou coeficiente de solubilidade é o número que representa, a uma certa


temperatura, a quantidade máxima de certa substância (chamada solvente, existente em maior
número de partículas) em dissolver determinada quantidade de outra substância (chamada soluto,
existente em menor quantidade). Este limite existe quando as substâncias estão em estados
diferentes naquela temperatura ambiente.

Exemplo de aplicação:

Analise a solubilidade dos dois produtos A e B em 100 g de água, a partir do gráfico abaixo
(Figura 3).

Figura 3

2.5 – PROCESSOS DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS

2.5.1 – MISTURAS HETEROGÊNEAS

2.5.1.1 – Filtração Simples

Separa misturas de sólido-líquido e sólido-gás, utilizando-


se um filtro.

a) Sólido-líquido :Areia de água ; café do líquido ou partículas sólidas de água.

b) Sólido-gás: Ar de poeira atmosférica

2.5.1.2 – Decantação

5
Separa misturas líquido-líquido e sólido-líquido
a)Líquido-líquido : água e óleo

b) Sólido-líquido : água de areia , separadas por decantação , podendo ser


complementada por sifonação, que consiste na retirada da água com utilização de um
tubo.

c) Sólido-gás: partículas sólidas do ar, podem ser separadas por decantação em uma
câmara de poeira, onde o ar passa sucessivamente por várias câmaras em forma de
labirinto.

2.5.1.3 – Centrifugação

Separa materiais de densidades diferentes, podendo ser de mesmo


estado físico ou de estados físicos diferentes, como gordura e leite,
fermento-água e álcool, óleo e água, etc.

2.5.1.4 – Separação Magnética

Separa a mistura de um material magnético e outro não


magnético, geralmente ferro e outros materiais, como enxofre,
alumínio, cobre, etc.

2.5.1.5 Tamisação ou Peneiração

Separa sólidos com grãos de tamanhos diferentes, utilizando uma


peneira.

3. TRANSFORMAÇÕES FÍSICAS E QUÍMICAS

3.1 – FENÔMENO FÍSICO

É um fato que ocorre com a manutenção das substâncias originais do sistema. Mais
comuns são as mudanças de estado físico das substâncias, como fusão, vaporização etc.
Conforme já vimos anteriormente, as mudanças de estado físico tem características que devemos
destacar como:

- Fusão: mudança de estado sólido para líquido, que ocorre com fornecimento de calor, à
temperatura fixa durante todo o processo, por isso é chamado de ponto de fusão
- Solidificação: que é a mudança de líquido para sólido, ocorrendo com retirada de calor, na
mesma temperatura fixa do ponto de fusão.
- Ebulição:mudança de líquido para vapor, que ocorre com fornecimento de calor ao
líquido, com aparecimento de bolhas em todo o líquido e com temperatura fixa durante
todo o processo, chamada ponto de ebulição. Não confundir com evaporação que não
ocorre à temperatura fixa e nem com calefação que ocorre instantaneamente quando gotas
atingem uma chapa quente.
- Condensação: mudança de gás para líquido, que ocorre à mesma temperatura que a
ebulição, quando se retira calor do gás.
- Sublimação: mudança de estado sólido diretamente para o estado gasoso, sem passar pelo
líquido. Ocorre com absorção de energia do ambiente. Um exemplo de material que sublima é
a naftalina.
- Outros exemplos podem ser:
- mudança de volume de um gás
- ligar ou desligar um eletrodoméstico

6
- formação de uma nuvem

3.2 – FENÔMENO QUÍMICO

Fenômeno químico, transformação química ou reação química é o fato que ocorre com o
surgimento de uma ou mais substâncias novas, como por exemplo queimar, fritar, assar, cozinhar,
oxidação de um metal, a respiração, a digestão, a fotossíntese etc.

Questões de Fixação

QUESTÃO 01
A densidade, propriedade muito útil para diferenciar materiais, indica a presença de impurezas em
casos mais específicos. O recipiente a seguir contém vários materiais com diferentes
densidades.Usando a tabela, pode-se afirmar, corretamente, que os materiais presentes no
recipiente, de baixo para cima, são

a) etanol, couro seco, água, e giz.


b) mercúrio, alumínio, água e madeira seca.
c) clorofórmio, barra de ferro, etanol e osso.
d) água, madeira seca, clorofórmio e couro seco.

QUESTÃO 02
Uma determinada substância sólida X foi aquecida durante 25 minutos. Os valores de temperatura e
tempo foram registrados e com eles foi construída a curva de aquecimento seguinte.

Analisando o gráfico, é correto afirmar que


a) o aquecimento da substância X foi feito em banho de água fervente.
b) a temperatura de ebulição depende da quantidade da substância X.
c) a substância X é pura, pois a curva apresenta patamar de fusão e ebulição.
d) nos trechos AB e CD, a substância pode ser encontrada em duas fases.

7
QUESTÃO 03
Uma mistura foi separada através dos processos X e Y conforme esquematizado.

Sabendo-se que o processo de separação X não envolve aquecimento, é correto concluir que
a) a mistura inicial é homogênea.
b) a mistura é formada por quatro componentes.
c) a operação realizada em Y é uma destilação simples.
d) o sólido D e o líquido C correspondem a substâncias puras.

QUESTÃO 04
Uma aliança de ouro 18 quilates é constituída por 75% de ouro e 25% de cobre .Pode-se
afirmar que esta peça é uma:
a) solução sólida heterogênea e) substância simples
b) mistura homogênea
c) substância composta
d) mistura heterogênea

QUESTÃO 05
Após a realização de um churrasco, em que foi consumido um pacote de carvão, as cinzas,
resultantes da queima, foram recolhidas e colocadas no mesmo pacote. Nessa situação, observou-se
que a massa final era menor que a inicial. Desconsiderando as perdas durante o processo de
transferência das cinzas, é correto afirmar que a:
a) massa das cinzas é menor que a do carvão, devido à sua menor densidade.
b) massa das cinzas é diferente à do carvão, uma vez que esse é mais pesado que as cinzas.
c) queima do carvão discorda da Lei de Conservação das Massas, visto que a massa final é menor
que a inicial.
d) reação respeita a Lei de Lavoisier, apesar da massa final ser menor que a inicial, por se tratar de
um sistema aberto.

QUESTÃO 06
Relacione a coluna da direita com a da esquerda, fazendo as correspondências adequadas:

1) transformação física ( ) vapor


2) transformação química ( ) vinagre
3) substância pura ( ) ozônio
4) mistura homogênea ( ) fumaça

Lendo, a primeira até a última, forma-se a seguinte sequência numérica:


a) 4 , 3 , 2, 1
b) 1, 4 , 3 , 2
c) 1, 3 , 2 , 4
d) 3, 2 , 1, 4
e) 2, 4, 1 , 3

QUESTÃO 07
Uma substância desconhecida é colocada em um freezer a –12 °C. Em seguida, fica exposta à
temperatura ambiente (25 °C) e, por fim, é inserida em uma estufa a 90 °C.

8
Os quadros seguintes mostram os estados físicos nas situações consideradas anteriormente, bem
como as temperaturas de mudanças de fase para algumas substâncias.

Pode-se concluir, corretamente, que a substância desconhecida é a(o)


a) etanol.
b) acetona.
c) cicloexano.
d) ácido lático.

QUESTÃO 08
A figura abaixo mostra um experimento realizado em uma aula prática de Química em que três
objetos I, II e III de massas e formatos diferentes foram imersos em recipientes graduados contendo
água.

Nessa situação, os objetos constituídos do mesmo material são apenas os de números


a) I e II.
b) I e III.
c) II e III.
d) I, II e III.

QUESTÃO 09
Associe as misturas aos seus respectivos processos de separação.

PROCESSOS DE SEPARAÇÃO MISTURAS


1- flotação ( ) raspas de madeira e areia
2- destilação ( ) água e óleo de cozinha
3- decantação ( ) sucata de ferro e serragem
4- dissolução fracionada ( ) sal de cozinha e água
5- separação magnética

A sequência correta encontrada é


a) 1, 3, 5, 2.
b) 3, 1, 4, 2.
c) 4, 3, 2, 1.
d) 4, 2, 5, 3.

QUESTÃO 10
Alguns produtos apresentam-se no comércio,como substâncias puras ou misturas.Dentre os
produtos relacionados abaixo,temos como substâncias puras.
9
a) Gasolina
b) Suco de laranja
c) Enxofre em pó
d) Aço
e) Água mineral

QUESTÃO 11
Um processo químico ocorre no momento em que há
a) separação dos constituintes do petróleo.
b) liberação de gás quando o gelo seco sublima.
c) solidificação da gordura quando a frigideira esfria.
d) efervescência do comprimido de vitamina C na água.

QUESTÃO 12
A diferença no ponto de ebulição de duas substâncias é a base de um processo utilizado
para separar componentes de uma mistura.Esse processo é chamado:
a) Filtração
b) decantação
c) levigação
d) destilação
e) coagulação

10
10