Você está na página 1de 2

Estágio Pedagógico - 2017/2018

Agrupamento de Escolas Santos Simões


Código: 152912
Paula Alexandra Marques Ferreira

Relatório de Autoavaliação do Estágio Pedagógico

1.º Semestre

No dia 5 de setembro de 2017 eu e a Juliana Freitas fomos recebidas na escola


pela Professora Orientadora Carla Sanfins e participámos na reunião geral e na receção
dinamizada pela Direção da Escola. De seguida fomos apresentadas ao Departamento de
Ciências Sociais e Humanas e estivemos presentes na 1.ª Reunião deste Departamento.
Nesse dia ficámos a conhecer o nosso horário e as turmas a que iríamos lecionar, quatro
turmas de 9.º ano, a saber, 9.ºA, 9.º B, 9.º C e 9.º D, e ainda uma turma de 11.º ano de
História da Cultura e das Artes (HCA), a saber o 11.º C2.
Nos dias seguintes, em conjunto com o meu Núcleo de Estágio, preparámos e
organizámos diferentes atividades de para o ano letivo, respeitando as orientações
previamente definidas pelos programas curriculares emanados pelo Ministério da
Educação. Realizámos testes diagnósticos (de forma a identificar os conhecimentos pré
adquiridos), planificações e pensámos nas atividades a dinamizar ao longo do ano.
O primeiro momento de contato com os nossos alunos foi na receção à “nossa”
direção de turma, o 9.º A, no dia 15 de setembro. Foi realmente um dia especial, nunca
antes a escola tinha recebido estagiárias, fomos muito bem recebidas por toda a
comunidade escolar.
Frequentei a Santos Simões durante o 3.º ciclo e o secundário, pelo que concerne
à adaptação ao ambiente escolar, a mesma foi agradável, a infraestrutura pouco tinha
mudado, o Diretor Benjamim Sampaio ainda se mantinha no cargo, e até encontrei os
meus antigos professores! Foi engraçado ser recebida como professora, e recordar com
os meus antigos professores os momentos em que era aluna.
No dia 4 de outubro de 2017 teve início a minha primeira lecionação em contexto
de sala de aula, senti realmente um nervosinho miúdo, era a primeira vez que tinha uma
plateia de alunos à espera da minha atuação. Considero que daí em diante que as minhas
lecionações foram pautadas por momentos bons, e outros menos bons. O meu ponto mais
fraco prende-se com a ansiedade, e ela me afeta-me mais quando me sinto insegura ao
nível cientifico. A competência científica tem sido um dos parâmetros em que mais tenho
investido, porque é de fato o domínio em que me sinto menos preparada. Tenho assim
realizado leituras diárias, e aquando das lecionações leio bibliografia mais específica
acerca dos conteúdos a dar.
No que diz respeito à envolvência e estruturação da comunicação, opero-a de uma
forma relativamente equilibrada, às vezes a minha expressividade torna-se exagerada e
pese embora a boa projeção de voz, este é um aspeto a melhorar. As minhas aulas são
também fruto da minha personalidade, e tendo sempre a enveredar e chamar para aspetos
e questões humanitárias do tempo presente, de modo a motivar os alunos para a História.
A gestão do tempo para as tarefas é também um aspeto a ter em atenção, de fato
realizo as tarefas a que me proponho e as que me são propostas, todavia tendo para a
procrastinação, resultando assim numa carga excessiva de trabalho num curto período de
tempo.
Selecionei pedagogias diversificadas, utilizando estratégias e recursos distintos:
apresentações em PowerPoint, realização de exercícios em pares, meios audiovisuais e
método expositivo.
Considero também que as minhas aulas foram pautadas por uma bom
relacionamento aluno-professor, tentando sempre encontrar a melhor forma de controlar
as turmas. Os alunos respeitam-me e penso que isso é o mais importante.
Relativamente ao meu contributo, no que concerne ao Plano Anual de Atividades
dinamizei e participei em algumas atividades, a saber:
- No dia 31 de outubro o meu núcleo de estágio organizou uma visita de estudo à Ordem
Terceira de S. Francisco no âmbito da disciplina de História da Cultura e das Artes.
- Nos dias 7, 8, 9, 10 e 11 de fevereiro realizou-se uma visita de estudo à Itália, às cidades
de Milão, Verona e Veneza e o núcleo de estágio ajudou na logística de toda a visita.
- No dia 27 de fevereiro organizei uma visita de estudo à Sociedade Martins Sarmento,
em Guimarães.
- Participei na dinamização do dia da alimentação “E tu? já comeste fruta hoje?”, no dia
16 de outubro.
- Palestra “Dislexia: Mito ou realidade” no dia 25 de outubro.
-, durante o mês de outubro realizou-se a "onda rosa", no âmbito do Projeto organizado
pela Liga Portuguesa Contra o Cancro.
-Acompanhamento à turma 9.º A, direção de turma, ida ao teatro “O auto da Barca do
Inferno” no dia 15 de novembro.
A colaboração em todas estas atividades permitiu-me reforçar as relações de
empatia com os alunos e um potenciou um melhor relacionamento e cooperação com toda
a comunidade educativa.
Perante os aspetos elencados sobre o desenvolvimento do meu percurso de
estágio, autoavalio-me com um Suficiente.
No concernente à avaliação da minha colega de estágio e amiga Juliana Freitas,
considero que as duas em conjunto temos desenvolvido um trabalho satisfatório. Temos
personalidades diferentes, mas objetivos comuns e por isso ajudamo-nos mutuamente! A
Juliana evoluiu na sua prestação enquanto docente, no início das suas lecionações era
acanhada, mas logo assegurada a boa relação com os alunos, ultrapassou as dificuldades.
O seu percurso tem sido notável, investindo sobretudo no domínio científico e na gestão
das situações de aprendizagem. Assim se justifica a sua avaliação de um Bom.