Você está na página 1de 6

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ

DAELT - DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ELETROTÉCNICA


DISCIPLINA DE ELETRÔNICA DE POTÊNCIA (ET76C/S03)

DIEGO SAMPAIO VIEIRA


WESLLEY DA MOTTA

PRÁTICA 2: Diodos
Relatório

CURITIBA
2018
1. INTRODUÇÃO

Quando a potência da carga alimentada se eleva, vi a de regra são


utilizados retificadores trifásicos, como mostra a figura 1, a fim de, distribuindo
a corrente entre as 3 fases, evitar desequilíbrios que poderiam ocorrer caso a
corrente fosse consumida de apenas 1 ou 2 fases.
Neste caso a corrente é fornecida, a cada interval o de 60 graus, por
apenas 2 das 3 fases.
Poderão conduzir aquelas fases que tiverem, em módu lo, as 2 maiores
tensões. Ou seja, a fase que for mais positiva, poderá levar o diodo a ela
conectado, na semi-ponte superior, à condução.
Na semi-ponte inferior poderá conduzir o diodo conectado às fase com
tensão mais negativa.
Pela fase com tensão intermediária não haverá corrente.
A figura 2 mostra formas de onda típicas conside rando que o lado CC é
composto, dominantemente, por uma carga resistiva, indutiva ou capacitiva.

Figura 1 - Retificador trifásico, onda completa, não controlado

Figura 2 - Formas de onda no lado CA para retificador trifásico, onda-completa, não-controlado, alimentando
diferentes tipos de carga.
2. EXPERIMENTO

3.1 Objetivos
 Coletar as formas de onda do retificador trifásico de ponto médio e ponte
de graetz.

3.2 Resultados

A figura 3 mostra o circuito que foi feito em aula prática, com isso foi
possivel verificar o formato de onda com carga resistiva.

Figura 3- Simulação do circuito.

Figura 4 - Forma de onda com carga resistiva dada no osciloscópio.


A figura 5 mostra o circuito que foi feito em aula prática, com isso foi
possivel verificar o formato de onda com carga resistiva.

Figura 5 - Circuito simulado com indutor.

Figura 6 - Forma de onda com indutor dado no osciloscópio.

A figura 6 mostra a forma de onda do circuiuto com indutor, e


analizando os dois graficos gerados vemos um pequeno deslocamento
no formato de ondas.
3. CONCLUSÃO

Wesley: A Adição do indutor ao circuito trifasico resistivo nao causou


mudancas significativos na forma de onda de saida do circuito, devido aos
valores utilizados.

Diego: com esse experimento é possivel verificar que para esse circuito
tanto com carga resistiva e com o indutor a mudança no formato de onda é
minimo.