Você está na página 1de 1

O CASO:

Um colapso de terra prende cinco espeleólogos (exploradores de caverna). Depois de


contatar a superfície por rádio, descobrem que levarão dez dias para resgatá-los.
Porém, em dez dias os espeleólogos amadores estarão mortos de inanição.

Depois de os médicos relutantemente responder-lhes que sobreviveriam se matassem


e comessem algum de seus colegas, os espeleólogos tiram a sorte para saber quem
seria a vítima. Quando consultaram um médico, um oficial do governo e um ministro
religioso sobre o dilema, ninguém lhes deu resposta. Desligam o rádio e prosseguem
no jogo voraz. E o azarado chama-se Roger Whetmore.

O caso é julgado no ano 4300 no país fictício da Comunidade de Newgarth[ii]. Segundo


as leis penais dos Estatutos da Comunidade de Newgarth, N.C.S.A seção 12-A
“Alguém que deliberadamente tirar a vida de outro será punido com a morte”.

Com base nessa norma, os quatro exploradores são julgados e condenados à morte
por homicídio depois de serem resgatados.

Interesses relacionados