Você está na página 1de 4

1) No esquema a seguir, representa-se um pêndulo cônico operando em condições ideais.

A
esfera pendular descreve movimento circular e uniforme, num plano horizontal, de modo que o
afastamento angular do fio em relação à vertical é θ. Sendo g o módulo do campo gravitacional
do local e r o raio da circunferência descrita pela esfera pendular:

a) calcule o período de revolução do pêndulo;

b) discuta, justificando, se o período calculado no item anterior seria modificado se o pêndulo


fosse levado para um outro local, de aceleração da gravidade igual a g/4.

2) (Mack-SP) Na figura, o fio ideal prende uma partícula de massa m a uma haste vertical
acoplada a um disco horizontal que gira com velocidade angular ω constante. Sabendo que a
distância do eixo de rotação do disco ao centro da partícula é igual a 0,10 3 m e que g = 10
m/s2, calcule a velocidade angular do disco.

3) Em alguns parques de diversões, existe um brinquedo chamado rotor, que consiste em um


cilindro oco, de eixo vertical, dentro do qual é introduzida uma pessoa:
De início, a pessoa apoia-se sobre um suporte, que é retirado automaticamente quando o rotor
gira com uma velocidade adequada. Admita que o coeficiente de atrito estático entre o corpo
da pessoa e a parede interna do rotor valha μ. Suponha que o módulo da aceleração da
gravidade seja g e que o rotor tenha raio R. Calcule a mínima velocidade angular do rotor, de
modo que, com o suporte retirado, a pessoa não escorregue em relação à parede.

4) Considere uma superfície, em forma de tronco de cone, fixa sobre uma mesa, conforme
representa a figura. Seja α o ângulo formado entre a parede externa da superfície e a mesa.
Uma partícula de massa m percorre a parede interna da superfície em movimento uniforme,
descrevendo uma circunferência de raio R, contida em um plano horizontal. Desprezando todos
os atritos e adotando para a aceleração da gravidade o valor g, calcule a intensidade da
velocidade linear da partícula.

5) Um aro metálico circular e duas esferas são acoplados conforme a figura a seguir. As
esferas são perfuradas diametralmente, de modo a poderem se deslocar ao longo do aro, sem
atrito. Sendo R o raio do aro e m a massa de cada esfera, determine a velocidade angular que
o aro deve ter, em torno do eixo vertical EE’, para que as esferas fiquem na posição indicada. A
aceleração da gravidade tem intensidade g.
6) Um automóvel está em movimento circular e uniforme com velocidade escalar v, numa pista
sobrelevada de um ângulo θ em relação à horizontal. Sendo μ o coeficiente de atrito estático
entre os pneus e a pista, R o raio da trajetória e g a intensidade do campo gravitacional,
determine o valor máximo de v, de modo que não haja deslizamento lateral do veículo.

7)(IME)

Uma mola presa ao corpo A está distendida. Um fio passa por uma roldana e tem suas
extremidades presas ao corpo A e ao corpo B, que realiza um movimento circular uniforme
horizontal com raio R e velocidade angular ω. O corpo A encontra-se sobre uma mesa com
coeficiente de atrito estático µ e na iminência do movimento no sentido de reduzir a
deformação da mola. Determine o valor da deformação da mola.

Dados:

• massa do corpo A: mA;

• massa do corpo B: mB;

• constante elástica da mola: k;

• aceleração da gravidade: g.
Consideração:

• A massa mA é suficiente para garantir que o corpo A permaneça no plano horizontal da mesa.

Gabarito

1)

a)

b) T dobra.

2) 10 rad/s

3)

4)

5)

6)

7)