Você está na página 1de 71

Aula 06

Português p/ PRF - Policial - 2016 (com videoaulas)


Professor: Rafaela Freitas
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

Aula 06
Pontuação

Olá, alunos!! Espero que esteja tudo bem com vocês!


Hoje a nossa aula é muito especial, mais do que isso, é fundamental para
a sua preparação. Podemos dizer que, em 100% dos certames, pelo menos
uma questão sobre Pontuação irá aparecer!

SUMÁRIO
INTRODUÇÃO.........................................................................................2
1. PONTO FINAL......................................................................................4
2. DOIS PONTOS.....................................................................................5
3. RETICÊNCIAS.....................................................................................7
4. PONTO E VÍRGULA...............................................................................8
5. PONTO DE INTERROGAÇÃO..................................................................9
6. PONTO DE EXCLAMAÇÃO....................................................................10
7. TRAVESSÃO......................................................................................11
8. ASPAS..............................................................................................12
9. VÍRGULA..........................................................................................13
RESUMO..............................................................................................21
QUESTÕES COMENTADAS.......................................................................23
LISTA DE QUESTÕES COMENTADAS NESTA AULA......................................49
GABARITO............................................................................................70

“O mestre disse a um dos seus alunos: tu queres saber em que consiste o


conhecimento? Consiste em ter consciência tanto de conhecer uma coisa
quanto de não a conhecer. Este é o conhecimento”.
Confúcio

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

INTRODUÇÃO

Queridos alunos, vamos iniciar agora o estudo de um conteúdo da Língua


Portuguesa que é de extrema importância, sabem por quê? Vamos ver...

- Saber pontuar com adequação um texto escrito fará com que você seja
fiel não só às regras da gramática normativa (o que é bem importante para os
concurseiros!), mas fará com que seu texto seja o mais fiel possível ao texto
falado quando transcrito para a escrita! Isso se dá porque a pontuação são
sinais gráficos empregados na língua escrita a fim de tentar recuperar
recursos específicos da fala, tais como: entonação, jogo de silêncio,
pausas, expressões faciais, hesitações, gestos etc.

- Em concursos em que questões discursivas são cobradas, saber usar os


sinais de pontuação é crucial! O texto deve ser coeso e coerente e um uso
falho dos sinais de pontuação deixa a desejar nesse quesito e pode até
arruinar o seu texto!

- TODAS as bancas trazem questões sobre pontuação.

- Nada como um texto bem pontuado para garantir ritmo e evitar


ambiguidades (aquele duplo sentido indesejado que algumas frases assumem
por conta de problemas de coesão, como má pontuação ou falta dela).

Vejamos exemplos disso:

Você viu o professor Jonas?


Você viu o professor, Jonas?

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

Na segunda frase, a vírgula está isolando o vocativo Jonas, alterando


completamente o sentido. Na primeira frase, o professor chama-se Jonas, na
segunda, é para Jonas que o locutor pergunta onde está o professor.
O mesmo vai acontecer na segunda frase a seguir, com o vocativo minha
mãe:
Por favor, ouça minha mãe.
Por favor, ouça, minha mãe.

A vírgula tem o poder de mudar o sentido de uma frase!

Relembrando... VOCATIVO: palavra ou expressão usada para


invocar, chamar o interlocutor.

O texto que segue é de um autor desconhecido. Trata, de forma bem


humorada, o quanto uma pontuação diferente pode modificar o sentido de um
mesmo texto. Leia:

“Um homem rico estava muito mal. Pediu papel e pena. Escreveu assim:

Deixo meus bens à minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a
conta do alfaiate nada dou aos pobres.

Morreu antes de fazer a pontuação. A quem deixava ele a fortuna? Eram


quatro os possíveis contemplados.

1) O sobrinho fez a seguinte pontuação:


Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho. Jamais será paga a
conta do alfaiate. Nada dou aos pobres.

2) A irmã chegou em seguida. Pontuou assim o escrito:

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

Deixo meus bens à minha irmã. Não a meu sobrinho. Jamais será paga a
conta do alfaiate. Nada dou aos pobres.

3) O alfaiate pediu cópia do original. Puxou a brasa pra sardinha dele:


Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga
a conta do alfaiate. Nada dou aos pobres.

4) Aí, chegaram os descamisados da cidade. Um deles, sabido, fez esta


interpretação:
Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga
a conta do alfaiate? Nada! Dou aos pobres.

Assim é a vida. Nós é que colocamos a pontuação. E isso faz a diferença.”

Vamos seguir com os nossos estudos trabalhando cada um dos sinais de


pontuação, como usá-los e como eles são cobrados nas provas.

1. Ponto (.)
Caracteriza-se por indicar uma pausa maior no discurso, pautando-se
pelas seguintes finalidades:
a) Indicar o final de uma frase declarativa.
Exemplo: Fiz todo o trabalho.
b) Separar períodos entre si.
Exemplo: Levantei cedo. Fiz o café bem rápido.
c) Nas abreviaturas.

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

Exemplo: Av. (avenida), V.Ex.ª (vossa exelência) obs. (observação),


Rev.mo (reverendíssimo).

Os símbolos referentes às unidades do sistema métrico decimal e aos


elementos químicos não são acompanhados do ponto-final.
Exemplos: Kg, m, cm, Hg, Au, K, Pb, dentre outros.

2. Dois pontos (:)


Usamos os dois pontos para:
a) Iniciar a fala de um personagem.
Exemplo:
Então o homem respondeu:
- Parta agora!

b) Antes de apostos ou orações apositivas, enumerações e sequência


de palavras que explicam, resumem ideias anteriores.
Exemplo: O material necessário é: lápis, borracha, caneta com corpo
transparente.

Relembrando... APOSTO é um termo ou expressão que se une a


outro para explicá-lo ou especificá-lo.

c) Antes de citação para reportar um discurso alheio.


Exemplo: Como já dizia Vinicius de Moraes: “Que o amor não seja eterno
posto que é chama, mas que seja infinito enquanto dure.”
d) Demarcar uma explicação ou sequência.

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

Exemplo: Eram muitos os requisitos para o pleito daquela vaga de


emprego: possuir um ano de experiência no cargo, ter habilitação e
disponibilidade de horário.

O estudo da sintaxe e da morfologia da Língua Portuguesa é a base para


se compreender de maneira completa e satisfatória a pontuação. Vale dar uma
olhada novamente, alunos, para lembrar com mais detalhes certos conteúdos
como, o que é um aposto, vocativo, orações coordenadas, orações
subordinadas etc.
PARA AJUDAR, no final desta aula, vocês podem encontrar um quadro
com o resumo das orações coordenadas e subordinadas. Não deixem de
consultar!

TJ/SP/2013/ ESCREVENTE
No trecho – Nesse contexto, governos e empresas estão fechando o cerco
contra a corrupção e a fraude, valendo-se dos mais variados mecanismos: leis
severas, normas de mercado e boas práticas de gestão de riscos. – o emprego
de dois-pontos cumpre a função de
(A) enumerar dados novos, que desmentem uma afirmação precedente.
(B) expor um ponto de vista contrário àquele adotado pelo autor.
(C) apresentar ideias contrastantes, para instalar uma polêmica.

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

(D) deslocar a atenção do leitor para informações não pertinentes ao


texto.
(E) introduzir informações que especificam uma afirmação anterior.

Comentário: embora os dois pontos possam ser usados para introduzir


uma enumeração (e de certa forma eles estão fazendo isso no trecho em
questão), o objetivo maior do uso deles é para introduzir uma especificação de
algo mais genérico que foi afirmado antes. Quais são os tais variados
mecanismos? Leis severas, normas de mercado e boas práticas de
gestão de riscos.
GABARITO: E

3. Reticências (...)
Usamos reticências para:

a) Indicar dúvida ou hesitação do falante.


Exemplo: Sabe... é... eu queria te dizer que... esquece.
b) Interrupção de uma frase deixada gramaticalmente incompleta.
Exemplo: Agora não posso te ajudar, quem sabe mais tarde...

Nesse caso, é como se ficasse algo por dizer propositalmente, até mesmo
para evitar a repetição. A frase ficaria completa se continuasse assim: eu
possa te ajudar.

c) O fim de uma frase gramaticalmente completa com a intenção de


sugerir prolongamento de ideia.
Exemplo: “Sua tez, alva e pura como um foco de algodão, tingia-se na
face duns longes cor-de-rosa...” Cecília Meireles

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

O prolongamento de ideia que se dá é poder-se imaginar a face rosada,


por estar envergonhada. É deixar algo por imaginar ao invés de dizer!
Assim: Estou tão nervosa que na hora que eu te encontrar.... (fica na
imaginação!).

d) Indicar supressão de palavra(s) numa frase transcrita. Este é um


recurso comum, quando o texto transcrito é muito longo e deseja-se diminuí-
lo.
Exemplo: “Quando penso em você (...) menos a felicidade.” (Canteiros –
Raimundo Fagner)

4. Ponto e vírgula ( ; ):
Costumamos dizer que representa uma pausa maior que a vírgula e um
pouco menor que o ponto-final, sem, contudo, encerrar o período. O ponto e
vírgula é usado para:

a) Separar orações em períodos muito extensos, principalmente se


em uma delas já houver a presença da vírgula.
Exemplo: Dos mais de cem funcionários daquela empresa, apenas uma
pequena porcentagem não concordou com as recentes decisões; o restante,
todos aderiram às novas ideias.

b) Separar orações coordenadas assindéticas (que não são ligadas


por conjunção) que exprimam relações de sentido entre si.
Exemplo: As queimadas destruíram a vegetação; todos os animais
silvestres foram mortos.

c) Substituir, de modo facultativo (ou seja, apenas se você


quiser), a vírgula em orações coordenadas sindéticas adversativas.
Exemplo: Não concordava com as opiniões dos colegas; contudo,
respeitava-as.

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

d) Separar orações coordenadas sindéticas conclusivas, sendo que as


conjunções se encontram pospostas ao verbo.
Exemplo: A família era responsável pela garota; precisava, portanto, de
protegê-la em todas as circunstâncias.

e) Separar itens de uma enumeração e artigos relacionados a decretos,


sentenças, petições, dentre outros.
Exemplo:
Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza,
garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a
inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à
propriedade, nos termos seguintes:
I - homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos
desta Constituição;
II - ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão
em virtude de lei;
III - ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou
degradante;
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
[...]

Constituição Federal de 1988.

5. Ponto de interrogação ( ? )
Utilizado no final das frases interrogativas diretas, pode indicar também
outros sentimentos por parte do emissor, tais como: surpresa, indignação ou
revelando uma expectativa diante de um determinado contexto linguístico.
Exemplos:
O quê? Não trouxe a encomenda que lhe pedi?

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

Aqui, não se espera uma resposta para a pergunta. Quem perguntou já


sabe a resposta e se apresenta com indignação através da pergunta.

Por que não compareceu à festa de aniversário?


Aqui sim é uma pergunta direta e espera-se uma resposta.

6. Ponto de exclamação ( ! ):
Usado nas seguintes circunstâncias:

a) Depois de frases que retratem ordem, indiquem espanto, admiração,


surpresa, dentre outros sentimentos.
Exemplos:
Nossa! Não esperava vê-lo aqui.
Tenha confiança! Obterás um ótimo resultado.

b) Após interjeições e vocativos.


Exemplos:
Ah! Não me venha com este discurso fútil. (ah = vocativo)
Já sei! Foi você, garotinho esperto! (garotinho esperto = vocativo)

c) Diante de frases que exprimam desejo.


Exemplos:
Guarda-me, Senhor!
Que Deus o abençoe!

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

- Quando o sentido proferido pelo discurso prescindir ao mesmo tempo de


interrogação e exclamação, poderão ser utilizados ambos os sinais.

Ex.: Eu, falar com ele?! Nem pensar.

d) Quando se desejar enfatizar ainda mais o sentimento expresso em


alguma palavra do texto, haverá a possibilidade de repetir o ponto de
exclamação.
Exemplo: Não!!! Já disse que não irei.

7. Travessão ( - )
Atribui-se a este sinal a função de:

a) Indicar a fala de um determinado personagem ou a mudança de


interlocutor nos diálogos:
Exemplo:
- Quando voltarás para cá?
Seu amigo respondeu:
- Não sei, por enquanto prefiro ficar por aqui, pois estou investindo muito
na minha vida profissional.

b) Enfatizar uma palavra, frase ou expressão.


Exemplo: Era somente este o objetivo de Carlos – concluir sua graduação
e seguir carreira militar.

c) Separar orações intercaladas em substituição à virgula ou aos


parênteses.
Exemplo: São Paulo – considerada a maior metrópole brasileira – enfrenta
problemas de naturezas distintas.

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

8. Aspas ( “ “)
Hoje em dia, as aspas têm sido muito usadas. Veja em quais situações:

a) Isolar palavras ou expressões que fogem à norma padrão, como


gírias, estrangeirismos, palavrões, neologismos, arcaísmos e expressões
populares.
Exemplos:
É um prazer ouvir os “causos” mineiros. (variação regional da fala)
Conversando com o meu superior, dei a ele um “feedback” do serviço a
mim requerido. (estrangeirismo)
Ah, isso já é uma questão de “querência”! (dialeto caipira, neologismo)

b) Indicar uma citação textual.


Exemplo: “Ia viajar! Viajei. Trinta e quatro vezes, às pressas, bufando,
com todo sangue na face, desfiz e refiz a mala”. (O prazer de viajar – Eça de
Queirós)

Se, dentro de um trecho já destacado por aspas, se fizer necessário a


utilização de novas aspas, estas serão simples ( ‘ ).

Em caso de redação:
O uso mais comum das aspas em redação é em citações. As bancas de
correção valorizam bastante esse recurso, pois mostra conhecimento de
mundo por parte do candidato e capacidade de dialogar com outras áreas

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

do conhecimento. Um texto que traz uma citação inteligente e coerente com


o tema fica mais interessante e valorizado.
Cuidado apenas com as gírias, estrangeirismos, palavrões, neologismos,
arcaísmos e expressões populares, não as utilizem em redações. Expressões
assim não são bem-vindas em um texto dissertativo argumentativo.

Deixei o mais legal e o que mais cai em provas de concurso para o


final! Sim, as vírgulas, que tantos alunos temem! Vamos vencer esse
desafio?

9. Vírgula ( , )
O sinal de pontuação com maior número de erros e também que vai te
garantir a chance de ganhar aqueles pontinhos importantíssimos é a VÍRGULA.
Sim, pois cai sempre nas provas! É usada para marcar uma pausa do
enunciado com a finalidade de nos indicar que os termos por ela separados,
apesar de participarem da mesma frase ou oração, não formam
uma unidade sintática.

Por exemplo: Adelaide, esposa de João, foi a ganhadora única da Sena.

A unidade sintática formada neste exemplo é Adelaide foi a ganhadora da


Sena. O sintagma entre as vírgulas apenas adiciona informação à unidade
sintática.

Então... podemos concluir que, quando há uma relação sintática


entre termos da oração, não se pode separá-los por meio de vírgula!

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

NÃO se separam por vírgula:


a) predicado de sujeito;
b) objeto de verbo;
c) adjunto adnominal de nome;
d) complemento nominal de nome;
e) predicativo do objeto do objeto;
f) oração principal da subordinada substantiva (desde que esta não seja
apositiva nem apareça na ordem inversa).

A vírgula no interior da oração

É utilizada nas seguintes situações:


a) Separar o vocativo.
Exemplos:
Maria, traga-me uma xícara de café.
A educação, meus amigos, é fundamental para o progresso do país.

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

(PC/SP/2014/Investigador de polícia
De acordo com a norma-padrão, no primeiro quadrinho, na fala de Hagar,
deve ser utilizada uma vírgula, obrigatoriamente,
(A) antes da palavra “olho”.
(B) antes da palavra “e”.
(C) depois da palavra “evitar”.
(D) antes da palavra “evitar”.
(E) depois da palavra “e”.

Comentário: deveria ter sido usada um vírgula depois da palavra “evitar”


para separar o vocativo “doutor” do restante da frase.
GABARITO: C

b) Separar apostos.
Exemplo: Valdete, minha antiga empregada, esteve aqui ontem.

c) Separar o adjunto adverbial antecipado ou intercalado.


Exemplos:
Chegando de viagem, procurarei por você.
As pessoas, muitas vezes, são falsas.

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

d) Separar elementos de uma enumeração.


Exemplo: Precisa-se de pedreiros, serventes, mestre-de-obras.

e) Isolar expressões de caráter explicativo ou corretivo.


Exemplo: Amanhã, ou melhor, depois de amanhã, podemos nos
encontrar para acertar a viagem.

f) Separar conjunções intercaladas.


Exemplo: Não havia, porém, motivo para tanta raiva.

g) Separar o complemento pleonástico antecipado.


Exemplo: A mim, nada me importa.

h) Isolar o nome de lugar na indicação de datas.


Exemplo: Belo Horizonte, 26 de janeiro de 2001.

i) Separar termos coordenados assindéticos.


Exemplo: "Lua, lua, lua, lua, por um momento meu canto contigo
compactua..." (Caetano Veloso)

j) Marcar a omissão de um termo (normalmente o verbo).


Exemplo: Ela prefere ler jornais e eu, revistas. (omissão do verbo preferir)

k) Termos coordenados ligados pelas conjunções e, ou, nem dispensam o


uso da vírgula.
Exemplos:
Conversaram sobre futebol, religião e política.
Não se falavam nem se olhavam.
Ainda não me decidi se viajarei para Bahia ou Ceará.

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

Entretanto, se essas conjunções aparecerem repetidas, com a finalidade


de dar ênfase, o uso da vírgula passa a ser obrigatório.
Exemplo: Não fui nem ao velório, nem ao enterro, nem à missa de sétimo
dia.

A vírgula entre orações


É utilizada nas seguintes situações:

a) Separar as orações subordinadas adjetivas explicativas.


Exemplo: Meu pai, de quem guardo amargas lembranças, mora no Rio
de Janeiro.

Vejam um exemplo de questão que sempre aparece nas provas!!

(...)
A importância de Moscovici para a ciência
mundial foi reconhecida por dez universidades da
Europa e da América do Norte, que lhe conferiram o título de Doutor Honoris
Causa. Em julho de 2007, a UnB tornou-se a primeira instituição de ensino
superior da América Latina a homenagear o especialista com a honraria,
outorgando-lhe o título durante a V Jornada Internacional e III Conferência
Brasileira sobre Representação Social, em Brasília – DF.
Camila Rabelo. Moscovici é Doutor Honoris Causa. Internet: <www.secom.unb.br> (com
adaptações).

(FUB/2015/Administrador/Cespe
Sem prejuízo para a correção gramatical e os sentidos do texto, a vírgula
empregada logo após “Norte” (l.11) poderia ser omitida.
( ) CERTO
( ) ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

Comentário: a vírgula logo após “Norte” não poderia ser suprimida, uma
vez que isola uma oração explicativa. Caso a vírgula fosse retirada, a oração a
seguir passaria a ser restritiva.
GABARITO: ERRADO.

b) Separar as orações coordenadas sindéticas e assindéticas (exceto


as iniciadas pela conjunção e).
Exemplos:
Acordei, tomei meu banho, comi algo e saí para o trabalho.
Estudou muito, mas não foi aprovado no exame.

ATENÇÃO!

Há três casos em que se usa a vírgula antes da conjunção e:

1) quando as orações coordenadas tiverem sujeitos diferentes.


Exemplo: Os ricos estão cada vez mais ricos, e os pobres, cada vez mais
pobres. (ricos é o sujeito de uma oração e pobres da outra).
2) quando a conjunção e vier repetida com a finalidade de dar ênfase
(polissíndeto).
Exemplo: E chora, e ri, e grita, e pula de alegria.
3) quando a conjunção e assumir valores distintos da adição
(adversidade, consequência, por exemplo).
Exemplo: Coitada! Estudou muito, e ainda assim não foi aprovada.

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

c) Separar orações subordinadas adverbiais (desenvolvidas ou


reduzidas), principalmente se estiverem antepostas à oração principal.
Exemplo: "No momento em que o tigre se lançava, curvou-se ainda
mais; e fugindo com o corpo apresentou o gancho." (O selvagem - José de
Alencar)

As mudanças políticas, sociais e culturais, nos últimos vinte anos, fizeram-


se sentir no âmbito do direito administrativo e, mais especificamente, na forma
de administrar a coisa pública. Diante dessa nova realidade, para atender às
necessidades fundamentais da sociedade de forma eficaz e com o menor custo
possível, a administração pública precisou aperfeiçoar sua atuação, afastando-
se da administração burocrática e adotando uma administração gerencial.
(...)
Maria Denise Abeijon Pereira Gonçalves. A gestão pública adaptada ao novo paradigma
da eficiência. Internet: <www.egov.ufsc.br> (com adaptações).

(MP-ENAP/2015/Todos os cargos/Cespe
As vírgulas empregadas nas linhas 4 e 6 isolam segmento de natureza
adverbial: “para atender (...) custo possível”.

Comentário: as vírgulas isolam uma oração adverbial final, ou seja, indica


uma finalidade: “para atender às necessidades fundamentais da sociedade de
forma eficaz e com o menor custo possível”.
GABARITO: CERTO

d) Separar as orações intercaladas.


Exemplo: "- Senhor, disse o velho, tenho grandes contentamentos em
estar plantando..."

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

e) Separar as orações substantivas antepostas à principal.


Exemplo: Quanto custa viver, realmente não sei.

Agora vai um dica perigosa! Rsrs!


Sempre que você tiver dúvida em uma questão discursiva,
recomenda-se, como bom senso, não usar a vírgula, pois não usá-la
caracteriza um pecado menor do que o uso indevido. Se você não usar
a vírgula onde ela é necessária, pode ter ser considerado
esquecimento, porém colocá-la a mais é considerado desvio das
normas da gramática.

A partir daqui, eu proponho uma lista de exercícios para fixar as regras,


compreender e praticar o conteúdo dado. Antes disso, deixo um texto sobre
vírgulas para demonstrar o tamanho da importância delas. Bons estudos!

O USO BEM HUMORADO DA VÍRGULA

Vírgula pode ser uma pausa... ou não.


Não, espere.
Não espere.
Ela pode sumir com seu dinheiro.
23,4.
2,34.
Pode ser autoritária.
Aceito, obrigado.
Aceito obrigado.
Pode criar heróis.

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

Isso só, ele resolve.


Isso só ele resolve.
E vilões.
Esse, juiz, é corrupto.
Esse juiz é corrupto.
Ela pode ser a solução.
Vamos perder, nada foi resolvido.
Vamos perder nada, foi resolvido.
A vírgula muda uma opinião.
Não queremos saber.
Não, queremos saber.
Uma vírgula muda tudo.

A seguir, uma resumo sobre os SINAIS DE PONTUAÇÃO:


 Ponto final - usa-se no final da frase e obriga o leitor a uma pausa
grande;
 Vírgula - separa os elementos da frase; marca uma pequena pausa;
 Dois pontos - usam-se antes de uma citação ou de uma enumeração;
 Ponto e vírgula - usa-se para separar orações coordenadas; obriga uma
pausa, mas não termina a frase. Usa-se também para enumeração em linhas
diferentes;
 Ponto de exclamação - utiliza-se quando se deseja exprimir surpresa,
receio, admiração, etc.;
 Ponto de interrogação - usa-se para fazer uma pergunta;
 Reticências - indicam que a frase está incompleta; assinalam uma
hesitação ou uma pausa;

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

 Travessão - utiliza-se nos diálogos para indicar a fala das personagens;


 Aspas - introduzem palavras ou citações de outros textos;
 Parêntesis - assinalam informações diversas.

PRINCIPAIS CASOS DE USO DA VÍRGULA

No mais, pessoal, convido vocês a praticar um pouco com qjuestões


anteriores da banca!

Vamos juntos!!

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

01. (CGE/PI – 2015 – Auditor Governamental – CESPE) Julgue o


item que se segue, relativo à estrutura linguística e ao sentido do texto acima.

O emprego de dois-pontos em substituição à vírgula logo após a


expressão “suas relíquias” (l.1) não geraria erro gramatical.
( ) CERTO
( ) ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

Comentário: considerando que tudo que vem depois da palavra relíquias


tem a função de explicá-las, os dois pontos poderiam ser usados sem
problemas para destacar essa explicação, assim:
“Uma casa tem muita vez as suas relíquias: [trata-se de um aposto
explicativo o que vem a seguir] lembranças de um dia ou de outro, da tristeza
que passou...”. Sendo o APOSTO: lembranças de um dia ou de outro, da
tristeza que passou, da felicidade que se perdeu.
GABARITO: CERTO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

02. (TRE-GO – 2015 – Analista Judiciário – CESPE) Julgue o item que


se segue, acerca das estruturas linguísticas do texto I.
Caso as vírgulas que isolam o trecho “representados (...) do Sul —" (L. de
6 a 8) fossem suprimidas, a correção gramatical do texto seria mantida, mas o
seu sentido original seria alterado.
( ) CERTO
( ) ERRADO

Comentário: observe no texto que a oração adjetiva em questão está


reduzida de particípio, logo, está sem o conector, se colocarmos o pronome
relativo "que" poderemos ver que ela é alterada de explicativa para
restritiva.
Ex: Os civis, que eram representados pelas elites das principais províncias
- São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul -, queriam (...)
Analisando a frase, é possível ver que a oração adjetiva possui caráter
explicativo e sendo retiradas as duas vírgulas citadas, ela passará a ter
caráter restritivo. Sendo assim, mantém-se a correção gramatical, mas o
sentido é prejudicado.
GABARITO: CERTO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

03. (Polícia Federal – 2014 – Agente – CESPE) No que se refere aos


aspectos linguísticos do fragmento de texto acima, julgue o próximo item.
Caso o termo “na atualidade" (L.1) fosse deslocado para imediatamente
após “drogas" (L.1), e fossem feitos os devidos ajustes na pontuação do texto,
a correção gramatical do texto seria mantida, mas haveria prejuízo para seu
sentido original.
( ) CERTO
( ) ERRADO

Comentário: O termo 'na atualidade' pode ser deslocado sem prejuízo


gramatical. Porem há prejuízo no sentido original, vejam: “O uso indevido de
drogas, na atualidade, constitui seria e persistente ameaça...” (O que
constitui ameaça é o uso de droga na atualidade, uso atual). Já em “o uso

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

indevido de drogas constitui, na atualidade, seria e persistente ameaça...


(Aqui a ameaça é o uso indevido de drogas a qualquer tempo, a constituição
da ameaça que é na atualidade). No primeiro caso, p advérbio está ligado à
“drogas” e no segundo caso, a “constitui”.
Vale comentar ainda que, embora nas gramáticas seja postulado que o
adjunto adverbial pode ser deslocado para qualquer posição na frase sem
alterar o sentido dela, costumo dizer que, como em Português, 2 + 2 pode ser
5, tudo depende do contexto, do uso! No caso desta questão, a alteração da
posição do adjunto adverbial temporal “na atualidade” altera sim o sentido da
frase ao ser ligado a um verbo ou a um substantivo.
GABARITO: CERTO

04. (Polícia Federal – 2014 – Agente – CESPE) (Ainda sobre o texto


anterior) No que se refere aos aspectos linguísticos do fragmento de texto
acima, julgue o próximo item.
Na linha 6, dados os sentidos do trecho introduzido por dois-pontos, o
vocábulo “fronteiras” deve ser interpretado em sentido amplo, não estando
restrito ao seu sentido denotativo.
( ) CERTO
( ) ERRADO

Comentário: De fato, com a leitura do texto, percebe-se que o termo


"fronteiras" foi utilizado em um sentido mais amplo, não estando restrito a
delimitações territoriais. Vejamos: "..., e não são detidas por fronteiras:
avançam por todos os cantos da sociedade e por todos os espaços geográficos,
afetando homens e mulheres de diferentes grupos étnicos, independentemente
de classe econômica ou mesmo de idade".
GABARITO: CERTO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

05. (ANTAQ – 2014 – Conhecimentos básicos / cargos 5 e 6 –


CESPE) A respeito das ideias e de aspectos gramaticais do texto acima, julgue
o item:
As vírgulas que isolam a oração “que muito raramente tratam o mundo
feminino” (l.7) poderiam ser suprimidas, sem prejuízo do sentido original e da
correção gramatical do texto.
( ) CERTO
( ) ERRADO

Comentário: se as vírgulas forem retiradas, a oração deixará de ser


explicativa e passará a ser restritiva, o que alteraria o sentido original.
MACETE:
ExpliCatiVa-> Com Vírgulas
ReStritiVa-> Sem Vírgulas
GABARITTO: ERRADA.

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

06. (ANTAQ – 2014 – Conhecimentos básicos / cargos 5 e 6 –


CESPE) Em relação às ideias e às estruturas linguísticas do texto acima,
julgue o item a seguir:
O emprego das vírgulas que isolam “de 1940” (l. 19) é facultativo, de
modo que a supressão dessas vírgulas não prejudicaria o sentido original ou a
correção gramatical do texto.
( ) CERTO
( ) ERRADO
i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

Comentário: No trecho " O atual código penal, de 1940, abrevia..." há um


pronome relativo "que" e um verbo implícitos: “O atual código penal, que é de
1940, abrevia...”. O “que” é um pronome relativo, pois retoma o termo
anterior. Sendo assim, temos uma oração subordinada adjetiva explicativa -
pois está entre vírgulas – “que é de 1940”. Ao retirar as vírgulas, teríamos
uma oração subordinada adjetiva restritiva, implicando, assim, em alteração
do sentido do texto!
GABARITO: ERRADA

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

07. (ICMBIO – 2014 – Nível Superior – CESPE) Julgue os itens


seguintes, relativos às ideias e aos aspectos estruturais do texto acima.
A inserção de vírgula logo após o vocábulo “encontrada” (l.21), além de
preservar a correção gramatical do texto, daria ênfase à informação contida no
trecho “as duas únicas localidades onde a espécie pode ser encontrada” (l.20-
21).
( ) CERTO
( ) ERRADO

Comentário: ATENÇÃO! Erro clássico! É proibida a inserção de vírgula


quando há separação vínculos lógicos. No trecho, ao inserir a vírgula logo
após "encontrada", estar-se-ia separando o sujeito (as duas únicas
localidades) do seu predicado (são a Estação...).
GABARITO: ERRADA

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

08. (MEC – 2014 Conhecimentos básicos – Todos os cargos –


CESPE) Julgue os itens seguintes, referentes às ideias e a aspectos linguísticos
do texto acima.
No primeiro parágrafo, a substituição dos travessões por parênteses (l.7 e
9) manteria a correção gramatical e o sentido original do texto.
( ) CERTO
( ) ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

Comentário: Como o trecho é explicativo poderia ser travessões,


parênteses ou vírgulas.
GABARITO: CERTO

09. (Câmara dos Deputados – 2014 – Analista Legislativo – CESPE)


Julgue o próximo item, relativos aos sentidos e aspectos gramaticais do texto
acima.
As orações “onde é muito frio” (L.4) e “que banha o litoral” (L.10) têm
natureza explicativa, o que justifica o fato de estarem isoladas por vírgulas.
( ) CERTO
( ) ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

Comentário: São duas orações explicativas. Lembrando que vírgulas com


natureza explicativa podem ser trocadas por parênteses ou por travessões, e
esses podem até vir mesclados com vírgula.
GABARITO: CERTO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

10. (Instituto Rio Branco – 2014 – Diplomata – CESPE) Com


referência a aspectos linguísticos do texto acima, julgue (C ou E) os itens
subsecutivos.
No trecho “Se a gente não cuida (...) de altos e baixos” (l.5-8), o emprego
de um ponto e vírgula após o vocábulo “apenas”, no lugar da vírgula, marcaria
o final do primeiro período e o início da oração que se segue, mantendo-se a
correção gramatical e favorecendo-se a compreensão do trecho.
( ) CERTO
( ) ERRADO

Comentário: O ponto e vírgula não encerra período, é, na verdade, uma


pausa maior que a vírgula e pode ser usado para separar estruturas paralelas.
No oração em questão, o período inteiro é “Se a gente não cuida muito do que
dizem as palavras, e não cheira o seu sumo, ouve apenas, a fala humana é
rude e bárbara, cheia de ruídos estranhos, de altos e baixos”. Observe que a
vírgula após “apenas” está sendo usada para separar a oração de valor
condicional (“Se a gente não cuida muito do que dizem as palavras, e não
cheira o seu sumo, ouve apenas,”), da oração principal (“a fala humana é rude
e bárbara, cheia de ruídos estranhos, de altos e baixos”).
GABARITO: ERRADO.

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

11. (Instituto Rio Branco – 2014 – Diplomata – CESPE) Com relação


aos aspectos morfossintáticos do texto, julgue (C ou E) os seguintes itens.
Na linha 3, as vírgulas que isolam o termo “patética” foram empregadas
para enfatizar o atributo de “exclamação”, mas a supressão dessa pontuação
manteria a correção gramatical do trecho.
( ) CERTO
( ) ERRADO

Comentário: Retirando as vírgulas o termo ficaria como adjunto adverbial


de modo. Quando temos um adjunto pequeno, ou seja, curo, com apenas uma
ou duas palavras, o uso da(s) vírgula(s) é facultativo.
GABARITO: CERTO

12. (Instituto Rio Branco – 2014 – Diplomata – CESPE) (Texto


anterior) Com relação aos aspectos morfossintáticos do texto, julgue (C ou E)
o seguinte item.
Em “Meu Deus, o que fizeram do meu livro?” (l.1-2), a expressão “Meu
Deus” tem função apelativa na estrutura oracional em que ocorre e, por estar
subordinada a essa estrutura, não poderia ser seguida de ponto de exclamação
em lugar da vírgula, ainda que se fizesse a alteração gráfica necessária no
restante desse texto.
( ) CERTO
( ) ERRADO

Comentário: na oração, “Meu Deus” é um vocativo com valor de


interjeição, ou seja, exprime sentimento/emoção do emissor. Sendo assim, e
sabendo que o vocativo deve sempre estar isolado do restante da oração, para
marcar exclamação e eloquência, a vírgula poderia ser perfeitamente trocada
por um ponto de exclamação.
GABARITO: ERRADO.

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

13. (Caixa – 2014 – Nível superior – CESPE) No que se refere aos


aspectos linguísticos, à classificação tipológica do texto acima e às ideias nele
expressas, julgue os itens a seguir.
Sem prejuízo da correção gramatical e do sentido original do texto, a
expressão “com o passar dos séculos” (l.11) poderia ser deslocado para
imediatamente após “moedas” (l.13), suprimindo-se do texto as vírgulas que a
isolam.
( ) CERTO
( ) ERRADO

Comentário: o termo "com o passar dos séculos" é sintaticamente um


adjunto adverbial. Todo Adjunto Adverbial extenso deslocado deve

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

obrigatoriamente vir entre vírgulas. Geralmente quando o CESPE sugere


uma supressão de vírgulas, é indicativo de erro.
GABARITO: ERRADO

14. (Caixa – 2014 – Nível superior – CESPE) Em relação às ideias e


aos aspectos linguísticos do texto acima, julgue o próximo item.
Sem prejuízo da correção gramatical e do sentido original do texto, o
trecho “quando os valores eram contados em bois ou imóveis” (l.10-11)
poderia ser deslocado para o início do período (l.8)
( ) CERTO
( ) ERRADO

Comentário: há alteração de sentido com a mudança proposta pela


questão, aliás, o período perde o sentido, veja:

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

Original: “Ela facilitou o acesso das camadas mais pobres às riquezas, o


acúmulo de dinheiro e a coleta de impostos - coisas muito difíceis de fazer
QUANDO OS VALORES ERAM CONTADOS EM BOIS OU IMÓVEIS".
Com a alteração: “QUANDO OS VALORES ERAM CONTADOS EM BOIS OU
IMÓVEIS, (deveria vir uma vírgula aqui) ela facilitou o acesso das camadas
mais pobres às riquezas, o acúmulo de dinheiro e a coleta de impostos - coisas
muito difíceis de fazer”.
Sem contar a necessidade da interposição de vírgula após a oração
adverbial deslocada!
GABARITO: ERRADO.

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

15. (Caixa – 2014 – Nível superior – CESPE) Em relação a aspectos


linguísticos e aos sentidos do texto acima, julgue o item subsequente.
O emprego das vírgulas para isolar as expressões “símbolo universal do
dinheiro” (l.4) e “em moedas comemorativas” (l.15-16) justifica-se pelo fato
de que essas expressões exercem, nos períodos em que ocorrem, a mesma
função sintática.
( ) CERTO
( ) ERRADO

Comentário: a função sintática de cada termo citado no enunciado é


diferente. No primeiro caso, “símbolo universal do dinheiro” é aposto
explicativo, e, no segundo, “em moedas comemorativas” é um adjunto
adverbial de lugar.
GABARITO: ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

16. (Caixa – 2014 – Médico do Trabalho – CESPE) Em relação às


ideias e a aspectos linguísticos do texto acima, julgue o item seguinte.
A correção gramatical do trecho “Entre as bebidas alcoólicas, cervejas e
vinhos são as mais comuns em todo o mundo” (l.21-23) seria prejudicada,
caso se inserisse uma vírgula logo após a palavra “vinhos”.
( ) CERTO
( ) ERRADO

Comentário: não se pode introduzir vírgula logo após “vinhos” no período


do enunciado, pois não podemos separar sujeito do verbo:
“Vinhos” – sujeito.
“São” – verbo.
Sendo assim, a correção gramatical seria prejudicada.
GABARITO: CERTO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

17. (MTE – 2014 – Contador – CESPE) No que se refere aos aspectos


linguísticos e às ideias do texto acima, julgue o próximo item.
O vocábulo “finalmente” (l.1) poderia ser corretamente empregado entre
vírgulas.
( ) CERTO
( ) ERRADO

Comentário: O vocábulo “finalmente” poderia realmente ser corretamente


empregado entre vírgulas, pois trata-se de um adjunto adverbial curto e o uso
de vírgulas nesse tipo de adjunto é facultativo.
GABARITO: CORRETO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

18. (FUB – 2014 – Todos os cargos - CESPE) Julgue o item que se


segue, relativo às estruturas linguísticas do texto.
A vírgula imediatamente após “aberta” (l. 20) foi empregada para separar
dois termos de mesma função sintática, uma vez que tanto “aberta” quanto
“principal veículo condutor de conteúdos culturais” (l. 20-21) exercem a função
de adjunto adnominal do nome “televisão” (l. 20).
( ) CERTO
( ) ERRADO

Comentário: "Aberta" morfologicamente é um adjetivo, qualificando o


substantivo televisão, e sintaticamente é um adjunto adnominal. Já "principal
veículo condutor de conteúdos culturais" é um aposto explicativo, não
possuindo o valor de adjunto adnominal, sendo assim, a função sintática dos
dois termos é diferente.
GABARITO: ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

19. (Polícia Federal – 2014 – Nível Superior – CESPE) Considerando


as ideias e as estruturas linguísticas do texto acima, julgue o seguinte item.
Sem prejuízo para o sentido original e a correção gramatical do texto, o
último período poderia ser reescrito da seguinte forma: Segundo registros
históricos, a polícia brasileira iniciou suas atividades em 20 de novembro de
1530, promovendo justiça e organizando os serviços de ordem pública.
( ) CERTO
( ) ERRADO

Comentário: Observe que foi deslocado a adjunto adverbial de tempo pra


ordem direta. A vírgula que serviu, na frase de origem, para deslocar adjunto
adverbial (em 20 de novembro de 1530) dentro da estrutura pode ser
suprimida, mas a vírgula que separa orações reduzidas de gerúndio (...de
1530, promovendo...) não pode ser suprimida e permanece! O sentido não foi
alterado.
GABARITO: CERTO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

20. (TCE-PB – 2014 – procurador – CESPE) Assinale a opção correta


no que se refere a aspectos linguísticos do texto.
a) Em “Uma astuta análise, com os mais modernos métodos, é feita sem
sucesso” (l.7-8), verifica-se o emprego da voz ativa.
b) No trecho “Muitas vezes, eles parecem se deleitar em procurar as mais
finas explicações” (l.13-15), o pronome “eles” retoma, por coesão, “Edgar
Allan Poe” (l.12) e “responsáveis pela educação” (l.13).
c) O termo “descaso” (l.22) retoma, no texto, as informações prestadas
sobre o conto de Edgar Allan Poe.
d) No último parágrafo do texto, o emprego das aspas evidencia ironia em
apenas uma das expressões destacadas
e) No trecho “o escritor norte-americano conta a história de um ministro
que resolve chantagear a rainha roubando a carta que lhe fora endereçada por
um amante” (l.2-4), o vocábulo “que” exerce, em cada ocorrência, função
sintática distinta.

Comentário: Analisando as alternativas:


A) Errada. Voz Passiva Analítica.
B) Errada. Retoma apenas "responsáveis pela educação".
C) Errada. Refere-se às informações divulgadas pelo Censo Escolar 2011.
D) Certo. A ironia está na expressão "revoluções na educação".
E) Errada. O pronome relativo "que" exerce a mesma função sintática nas
duas ocorrências, sendo sujeito das orações adjetivas restritivas.
GABARITO: D

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

QUESTÕES COMENTADAS NESTA AULA

01. (CGE/PI – 2015 – Auditor Governamental – CESPE) Julgue o


item que se segue, relativo à estrutura linguística e ao sentido do texto acima.

O emprego de dois-pontos em substituição à vírgula logo após a


expressão “suas relíquias” (l.1) não geraria erro gramatical.
( ) CERTO
( ) ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

Texto I

02. (TRE-GO – 2015 – Analista Judiciário – CESPE) Julgue o item que


se segue, acerca das estruturas linguísticas do texto I.

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

Caso as vírgulas que isolam o trecho “representados (...) do Sul —" (L. de
6 a 8) fossem suprimidas, a correção gramatical do texto seria mantida, mas o
seu sentido original seria alterado.
( ) CERTO
( ) ERRADO

03. (Polícia Federal – 2014 – Agente – CESPE) No que se refere aos


aspectos linguísticos do fragmento de texto acima, julgue o próximo item.
Caso o termo “na atualidade" (L.1) fosse deslocado para imediatamente
após “drogas" (L.1), e fossem feitos os devidos ajustes na pontuação do texto,
a correção gramatical do texto seria mantida, mas haveria prejuízo para seu
sentido original.
( ) CERTO
( ) ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

04. (Polícia Federal – 2014 – Agente – CESPE) (Ainda sobre o texto


anterior) No que se refere aos aspectos linguísticos do fragmento de texto
acima, julgue o próximo item.
Na linha 6, dados os sentidos do trecho introduzido por dois-pontos, o
vocábulo “fronteiras” deve ser interpretado em sentido amplo, não estando
restrito ao seu sentido denotativo.
( ) CERTO
( ) ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

05. (ANTAQ – 2014 – Conhecimentos básicos / cargos 5 e 6 –


CESPE) A respeito das ideias e de aspectos gramaticais do texto acima, julgue
o item:
As vírgulas que isolam a oração “que muito raramente tratam o mundo
feminino” (l.7) poderiam ser suprimidas, sem prejuízo do sentido original e da
correção gramatical do texto.
( ) CERTO
( ) ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

06. (ANTAQ – 2014 – Conhecimentos básicos / cargos 5 e 6 –


CESPE) Em relação às ideias e às estruturas linguísticas do texto acima,
julgue o item a seguir:
O emprego das vírgulas que isolam “de 1940” (l. 19) é facultativo, de
modo que a supressão dessas vírgulas não prejudicaria o sentido original ou a
correção gramatical do texto.
( ) CERTO
( ) ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

07. (ICMBIO – 2014 – Nível Superior – CESPE) Julgue os itens


seguintes, relativos às ideias e aos aspectos estruturais do texto acima.
A inserção de vírgula logo após o vocábulo “encontrada” (l.21), além de
preservar a correção gramatical do texto, daria ênfase à informação contida no
trecho “as duas únicas localidades onde a espécie pode ser encontrada” (l.20-
21).
( ) CERTO
( ) ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

08. (MEC – 2014 Conhecimentos básicos – Todos os cargos –


CESPE) Julgue os itens seguintes, referentes às ideias e a aspectos linguísticos
do texto acima.
No primeiro parágrafo, a substituição dos travessões por parênteses (l.7 e
9) manteria a correção gramatical e o sentido original do texto.
( ) CERTO
( ) ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

09. (Câmara dos Deputados – 2014 – Analista Legislativo – CESPE)


Julgue o próximo item, relativos aos sentidos e aspectos gramaticais do texto
acima.
As orações “onde é muito frio” (L.4) e “que banha o litoral” (L.10) têm
natureza explicativa, o que justifica o fato de estarem isoladas por vírgulas.
( ) CERTO
( ) ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

10. (Instituto Rio Branco – 2014 – Diplomata – CESPE) Com


referência a aspectos linguísticos do texto acima, julgue (C ou E) os itens
subsecutivos.
No trecho “Se a gente não cuida (...) de altos e baixos” (l.5-8), o emprego
de um ponto e vírgula após o vocábulo “apenas”, no lugar da vírgula, marcaria

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

o final do primeiro período e o início da oração que se segue, mantendo-se a


correção gramatical e favorecendo-se a compreensão do trecho.
( ) CERTO
( ) ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

11. (Instituto Rio Branco – 2014 – Diplomata – CESPE) Com relação


aos aspectos morfossintáticos do texto, julgue (C ou E) os seguintes itens.
Na linha 3, as vírgulas que isolam o termo “patética” foram empregadas
para enfatizar o atributo de “exclamação”, mas a supressão dessa pontuação
manteria a correção gramatical do trecho.
( ) CERTO
( ) ERRADO

12. (Instituto Rio Branco – 2014 – Diplomata – CESPE) (Texto


anterior) Com relação aos aspectos morfossintáticos do texto, julgue (C ou E)
o seguinte item.
Em “Meu Deus, o que fizeram do meu livro?” (l.1-2), a expressão “Meu
Deus” tem função apelativa na estrutura oracional em que ocorre e, por estar

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

subordinada a essa estrutura, não poderia ser seguida de ponto de exclamação


em lugar da vírgula, ainda que se fizesse a alteração gráfica necessária no
restante desse texto.
( ) CERTO
( ) ERRADO

13. (Caixa – 2014 – Nível superior – CESPE) No que se refere aos


aspectos linguísticos, à classificação tipológica do texto acima e às ideias nele
expressas, julgue os itens a seguir.
Sem prejuízo da correção gramatical e do sentido original do texto, a
expressão “com o passar dos séculos” (l.11) poderia ser deslocado para
imediatamente após “moedas” (l.13), suprimindo-se do texto as vírgulas que a
isolam.
( ) CERTO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

( ) ERRADO

14. (Caixa – 2014 – Nível superior – CESPE) Em relação às ideias e


aos aspectos linguísticos do texto acima, julgue o próximo item.
Sem prejuízo da correção gramatical e do sentido original do texto, o
trecho “quando os valores eram contados em bois ou imóveis” (l.10-11)
poderia ser deslocado para o início do período (l.8)
( ) CERTO
( ) ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

15. (Caixa – 2014 – Nível superior – CESPE) Em relação a aspectos


linguísticos e aos sentidos do texto acima, julgue o item subsequente.
O emprego das vírgulas para isolar as expressões “símbolo universal do
dinheiro” (l.4) e “em moedas comemorativas” (l.15-16) justifica-se pelo fato
de que essas expressões exercem, nos períodos em que ocorrem, a mesma
função sintática.
( ) CERTO
( ) ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

16. (Caixa – 2014 – Médico do Trabalho – CESPE) Em relação às


ideias e a aspectos linguísticos do texto acima, julgue o item seguinte.
A correção gramatical do trecho “Entre as bebidas alcoólicas, cervejas e
vinhos são as mais comuns em todo o mundo” (l.21-23) seria prejudicada,
caso se inserisse uma vírgula logo após a palavra “vinhos”.
( ) CERTO
( ) ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

17. (MTE – 2014 – Contador – CESPE) No que se refere aos aspectos


linguísticos e às ideias do texto acima, julgue o próximo item.
O vocábulo “finalmente” (l.1) poderia ser corretamente empregado entre
vírgulas.
( ) CERTO
( ) ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

18. (FUB – 2014 – Todos os cargos - CESPE) Julgue o item que se


segue, relativo às estruturas linguísticas do texto.
A vírgula imediatamente após “aberta” (l. 20) foi empregada para separar
dois termos de mesma função sintática, uma vez que tanto “aberta” quanto
“principal veículo condutor de conteúdos culturais” (l. 20-21) exercem a função
de adjunto adnominal do nome “televisão” (l. 20).

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

( ) CERTO
( ) ERRADO

19. (Polícia Federal – 2014 – Nível Superior – CESPE) Considerando


as ideias e as estruturas linguísticas do texto acima, julgue o seguinte item.
Sem prejuízo para o sentido original e a correção gramatical do texto, o
último período poderia ser reescrito da seguinte forma: Segundo registros
históricos, a polícia brasileira iniciou suas atividades em 20 de novembro de
1530, promovendo justiça e organizando os serviços de ordem pública.
( ) CERTO
( ) ERRADO

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

20. (TCE-PB – 2014 – procurador – CESPE) Assinale a opção correta


no que se refere a aspectos linguísticos do texto.
a) Em “Uma astuta análise, com os mais modernos métodos, é feita sem
sucesso” (l.7-8), verifica-se o emprego da voz ativa.
b) No trecho “Muitas vezes, eles parecem se deleitar em procurar as mais
finas explicações” (l.13-15), o pronome “eles” retoma, por coesão, “Edgar
Allan Poe” (l.12) e “responsáveis pela educação” (l.13).
c) O termo “descaso” (l.22) retoma, no texto, as informações prestadas
sobre o conto de Edgar Allan Poe.
d) No último parágrafo do texto, o emprego das aspas evidencia ironia em
apenas uma das expressões destacadas
e) No trecho “o escritor norte-americano conta a história de um ministro
que resolve chantagear a rainha roubando a carta que lhe fora endereçada por
um amante” (l.2-4), o vocábulo “que” exerce, em cada ocorrência, função
sintática distinta.

i b
Língua Portuguesa p/ PRF
Policial Rodoviário
Teoria e Questões Comentadas
Profª Rafaela Freitas Aula 06

01. CERTO 11. CERTO


02. CERTO 12. ERRADO
03. CERTO 13. ERRADO
04. CERTO 14. ERRADO
05. ERRADO 15. ERRADO
06. ERRADO 16. CERTO
07. ERRADO 17. CORRETO
08. CERTO 18. ERRADO
09. CERTO 19. CERTO
10. ERRADO 20. D

Chegamos ao final de mais uma aula! Estamos caminhando para a


reta final! Não desenimem!!

Dúvidas? Entre em contato comigo pelo e-mail


professoraraelafreitas@gmail.com ou pelo fórum de dúvidas!

Grande abraço e até a próxima aula!

Rafaela Freitas

i b