Você está na página 1de 3

2ª Avaliação mensal de História – 8º ano / TARDE

1. A razão era, para os iluministas, o valor supremo. Só por meio da razão e da sua aplicação,
isto é, do ato de pensar, a humanidade alcançaria a luz, o esclarecimento. Para os iluministas,
a maioria das pessoas estava mergulhada na ignorância, no fanatismo religioso; só a razão as
esclareceria. Observe a imagem abaixo e identifique nos espaços em branco quem são as
respectivas personagens e o objeto na mão de uma delas. (1,0)

2. Igualdade social, liberdade de pensamento, ação e soberania popular são manifestações do


Iluminismo, que basicamente se caracterizou como: (1,0)
a) ( ) Um movimento de retorno aos valores místicos e transcendentes, anteriores ao Renascimento.
b) ( ) Uma substituição da religião, da tradição e da ordem absolutista, pelo pensamento racional em
prol dos liberalismos político e econômico.
c) ( ) Uma ilusão social fundada na ideologia cristã, base das correntes humanistas do Ocidente
d) ( ) Uma reação contrária à sistematização do saber e à soberania popular.

3. “Constituída de 35 volumes, contou com o trabalho de 130 colaboradores: Montesquieu


contribuiu com um artigo sobre estética; Quesnay e Turgot versaram sobre economia;
Rousseau discorreu sobre música e Voltaire e Hans Holbach sobre filosofia, religião e
literatura.
Embora pretendesse mostrar a unidade íntima entre a cultura e o pensamento humano, as
opiniões de seus autores divergiam muito. “Sobre religião, por exemplo, era difícil chegar-se
a um consenso, já que havia deístas e ateístas”

VICENTINO, C. História Geral. Ensino médio. São Paulo: Scipione, 2000. p. 239.

As características acima expostas referem-se à obra conhecida como: (1,0)

a) ( ) Contrato Social.
b) ( ) Enciclopédia.
c) ( ) Cartas inglesas.
d) ( ) Cartas persas.
4. O Despotismo Esclarecido marcou a atuação de alguns monarcas europeus no século XVIII,
promovendo o progresso de seus povos. A fórmula política associava: (1,0)
a) ( ) feudalismo – filosofia iluminista.
b) ( ) absolutismo real – filosofia iluminista.
c) ( ) absolutismo real – democracia.
d) ( ) democracia – socialismo.
5. Leia abaixo o trecho da Declaração de Independência dos Estados Unidos e em seguida
responda o que se pede: (1,0)
“Nós, os representantes dos Estados Unidos da
América, reunidos em Congresso plenário,
tomando o Juiz supremo do mundo como
testemunha da retidão de nossas intenções em
nome e por delegação do bom povo destas
Colônias, afirmamos e declaramos solenemente:
Que estas Colônias Unidas são, e devem ser de
direito, Estados Independentes, que elas estão
dispensadas de fidelidade à Coroa Britânica, e
que todo o vínculo político entre elas e o Estado
da Grã-Bretanha está, e deve ser inteiramente
desfeito.”
Declaração Unânime dos Treze Estados
Unidos da América. in: APTHEKER, Herbert. Uma nova história dos Estados Unidos: A
Revolução Americana. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1969.
Essa Declaração unânime representou a independência das 13 colônias em relação à Coroa
britânica, a partir das informações escreva a seguir o nome do evento que culminou com a
elaboração do referido documento.
___________________________________________________________________________
6. A sociedade francesa, na época do Antigo Regime era oficialmente dividida em três
segmentos chamados de “Estados”. Esses segmentos representavam as seguintes partes da
sociedade. (0,5)
(a) 1º Estado:. _______, (b) 2º Estado:. _________ , (c) 3º Estado:. __________
7. Na monarquia tanto na França até à Revolução Francesa como no restante Europa,
nomeadamente no Reino de Portugal, o termo Terceiro Estado indicava as pessoas que não
faziam parte do clero nem da nobreza. Qual era o lema dos revolucionários francês, que
resumia muito bem os anseios do Terceiro Estado? (0,5)
___________________________________________________________________________
8. A luta pela liberdade na Revolução Francesa de 1789 possibilitou a conquista de direitos
essenciais que até hoje formam alguns dos pilares do mundo contemporâneo.
Entre esses direitos assegurados na Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão de
1789, podem-se destacar: (1,0)
a) ( ) Liberdade, propriedade e resistência à opressão, como direitos naturais do
homem.
b) ( ) Soberania, igualdade civil e autoridade, como direitos inerentes aos corpos
privilegiados da sociedade.
c) ( ) Distinção de nascimento, privilégio fiscal e hereditariedade do poder, como
direitos sagradosdo cidadão.
d) ( ) Inssurreição para o povo, direito à cidadania e igualdade social, como os mais
elevados dos direitos do homem.
9. A expressão “Fulano é da esquerda” tão usada nos dias atuais tem uma razão histórica de
ser. Em qual fato histórico, a origem dessa expressão melhor explicada? (1,0)
a) ( ) Na Revolução Francesa, onde à “esquerda” nas Assembleias sentavam os
girondinos defensores da ordem republicana adotada na fase da Convenção.
b) ( ) Na Guerra das duas Rosas, que identificava aqueles que se colocavam a favor dos
York, dinastia que defendia a Monarquia Constitucional
c) ( ) Na Revolução Americana, na Independência das colônias inglesas na América,
onde ao lado esquerdo sentavam aqueles que defendiam a manutenção dos laços
coloniais com a Inglaterra.
d) ( ) Na Revolução Francesa, quando os Jacobinos ocupavam, no salão, o lado
esquerdo, o que significava que eram contrários à ordem vigente ou liberal dos
girondinos.
10. A Revolução Francesa foi um movimento
social e político que ocorreu na França em
1789 e derrubou o Antigo Regime, abrindo o
caminho para uma sociedade moderna com a
criação do Estado democrático. Dois fatos
históricos teriam marcado o início e o fim da
referida revolução, aponte-os: (1,0)
 Fato histórico que teria marcado o início
da Revolução
Francesa:__________________________________________________________________
 Fato histórico que teria marcado o fim da Revolução
Francesa:__________________________________________________________________

DESAFIO: (1,0)

A Estátua da Liberdade é um dos símbolos mais famosos de Nova York. Ela simboliza
liberdade política e democracia. Localizada no porto de Nova York, é vista como a
entrada (não oficial) de Nova York e ela dá as boas vindas aos visitantes de todo o mundo. A
mesma foi erguida em comemoração ao centenário da Independência das ex-colônias
inglesas (EUA), a Estátua da Liberdade abriu para o público em 1886. A referida estátua é
uma obra de origem:

a) ( ) Inglesa

b) ( ) Americana

c) ( ) Europeia

d) ( ) Francesa