Você está na página 1de 15

Marcos Antonio da Silva | Engenheiro Civil

CREA/SP 5069546477 | engenheiro_marcos@outlook.com

LAUDO PERICIAL
DANOS ESTRUTURAIS EM RESIDÊNCIA

SOLICITANTE

Cartório da 5ª Vara Cível


Sorocaba - SP
Ref.: Autos nº 1536787.52014
Autos da Ação: Obrigação de fazer c/c indenização por danos materiais e morais

REQUERENTE

Arlindo Camargo de Oliveira

REQUERIDO

Celso Antunes da Silva

RESPONSÁVEL TÉCNICO

Marcos Antonio da Silva


Engenheiro Civil
CREA/SP 5069546477
Sorocaba - SP

ART nº 28027230172835420

Data de Entrega do laudo: 12 de abril de 2016


1
Marcos Antonio da Silva | Engenheiro Civil
CREA/SP 5069546477 | engenheiro_marcos@outlook.com

ÍNDICE

1. INTRODUÇÃO........................................................................................................3
1.1. ÂMBITO DO TRABALHO..................................................................................3
1.2. PROCEDIMENTO TÉCNICO..............................................................................3
2. ALEGAÇÕES...........................................................................................................3
2.1. DO AUTOR......................................................................................................3
2.2. DO RÉU...........................................................................................................3
3. MATERIAL DOCUMENTAL UTILIZADO..................................................................4
4. VISTORIA...............................................................................................................4
4.1. ACOMPANHAMENTO DOS TRABALHOS.........................................................4
4.2. CARACTERÍSTICA DO IMÓVEL ANALISADO.....................................................4
5. ANÁLISE CONTEXTUAL DA OCORRÊNCIA.............................................................5
6. QUESITOS..............................................................................................................13
7. CONCLUSÃO..........................................................................................................15
8. ENCERRAMENTO..................................................................................................15

2
Marcos Antonio da Silva | Engenheiro Civil
CREA/SP 5069546477 | engenheiro_marcos@outlook.com

1. INTRODUÇÃO

1.1. ÂMBITO DO TRABALHO

Neste laudo pericial iremos verificar as condições estruturais da residência em


questão, possíveis patologias existentes e condições de uso atuais, e por meio deste
responder aos quesitos, para dirimir os conflitos e dúvidas que possam haver entre as
partes e auxiliar na tomada de decisão, na forma de Laudo Pericial, em conformidade
com as normas aplicáveis e a legislação específica pertinente.

1.2. PROCEDIMENTO TÉCNICO

O presente laudo será redigido através do estudo prévio do processo, tomada de


ciência do conteúdo e das abordagens dadas pelos quesitos das partes, será realizada
vistoria técnica utilizando registros fotográficos de todos os ambientes da referida
residência e através destes registros responder os quesitos.

2. ALEGAÇÕES

2.1. DO AUTOR

O requerente alega a existência de diversos problemas construtivos desde a sua


mudança, que vão desde a portas emperrando no momento de abrir e fechar,
descolamento de parte do revestimento interno no interior da residência e em alguns
casos a existência de trincas. Segundo o autor a residência também apresenta patologias
no sistema de captação de águas pluviais, telhado e instalações elétricas. Segundo o
mesmo em determinado período a tubulação de esgoto entupiu fazendo todo o esgoto
transbordar na área externa onde se localiza o corredor de passagem da residência, para
que fossem realizados os devidos reparos os moradores foram obrigados a se mudar
temporariamente para a residência da sogra do autor, o que provocou inúmeros
desconforto para os envolvidos e diversos gastos financeiros com a manutenção.

2.2. DO RÉU

O Réu alega que entregou a residência em condições de primeiro uso, ou seja,


“nova”, e as patologias presentes são resultado da má utilização da residência pelos

3
Marcos Antonio da Silva | Engenheiro Civil
CREA/SP 5069546477 | engenheiro_marcos@outlook.com

moradores. O presente réu alega que utilizou materiais de primeira linha em toda a obra
e seguiu todas as recomendações que norteiam o mercado da construção civil e informa
também que toda a construção foi acompanhada por um engenheiro civil para garantir
a qualidade e segurança na entrega do imóvel.

3. MATERIAL DOCUMENTAL UTILIZADO

Para a composição do referido laudo pericial se utilizou dos autos do processo


para se ter ciência de toda a situação, se utilizou também da consulta em cartório de
imóveis para se verificar a conformidade com a legislação municipal e o correto registro
do mesmo, além de consulta da prefeitura do município de Sorocaba.

4. VISTORIA

4.1. ACOMPANHAMENTO DOS TRABALHOS

Participaram da vistoria o Engenheiro Perito Marcos Antonio da Silva, registrado


CREA/SP 5069546477; O advogado do autor do processo Leonardo Guimaraes Rosa
registrado no respectivo conselho de classe sob o número OAB/SP 8020437.

4.2. CARACTERÍSTICA DO IMÓVEL ANALISADO

O presente imóvel localiza-se na Zona Norte da cidade de Sorocaba, na Avenida


Jorge Guilherme Senger, 102 – Jardim São Guilherme, segundo o plano diretor da cidade
de Sorocaba o imóvel está localizado em Zona Residencial 2 (ZR2), com taxa de ocupação
máxima (T.O.) de 80% e coeficiente de aproveitamento máximo (C.A.) de 1,5.
O imóvel em questão se encontra em um terreno com as dimensões de 10x20m
e trata-se de uma residência térrea com área construída de 160 m² que possui uma sala
de estar, uma cozinha, um banheiro, dois quartos, quintal ao fundo e área de garagem
a frente.

4
Marcos Antonio da Silva | Engenheiro Civil
CREA/SP 5069546477 | engenheiro_marcos@outlook.com

5. ANÁLISE CONTEXTUAL DA OCORRÊNCIA

Foto 01 (): Perspectiva oblíqua da edificação estudada mostrando detalhas da frente


que é fechada por muro de alvenaria e portão.

Foto 02 (): A imagem mostra a situação encontrada pela perícia no


imóvel, já com as alterações realizadas pelo demandante.

Foto 03 (): Porta de acesso a sala

5
Marcos Antonio da Silva | Engenheiro Civil
CREA/SP 5069546477 | engenheiro_marcos@outlook.com

Foto 04 (): Detalhe do Foto 05 (): Detalhe das instalações


elétricas de Poste-Padrão

Foto 06 (): Telhado frontal.

6
Marcos Antonio da Silva | Engenheiro Civil
CREA/SP 5069546477 | engenheiro_marcos@outlook.com

Foto 04 (): Detalhe do telhado

Foto 05 (): Detalhe de acabamento do telhado.

Foto 06 (): Vista do


acesso ao corredor.

Foto 07 (): Caixa de gordura e grelhas coletoras


de água do corredor também foram instaladas.

7
Marcos Antonio da Silva | Engenheiro Civil
CREA/SP 5069546477 | engenheiro_marcos@outlook.com

Foto 05 (): Rodapé e parede da sala Foto 06 (): Porta empenada

Foto 07 (): Destacamento do revestimento de parede do


corredor externo

Foto 08 (): Deterioração do rodapé.

Foto 09 (): Muro de divisa da direita

Foto 10 (): Destacamento de revestimento de


parede do corredor externo.

8
Marcos Antonio da Silva | Engenheiro Civil
CREA/SP 5069546477 | engenheiro_marcos@outlook.com

Foto 11 (): Detalhe de beiral

Foto 12 (): Parede ao fundo (Quintal)

Foto 13 (): Destacamento de pintura do quintal

9
Marcos Antonio da Silva | Engenheiro Civil
CREA/SP 5069546477 | engenheiro_marcos@outlook.com

Foto 14 (): Muro de divisa de fundo

Foto 15 (): Deslocamento de muro do quintal


ao fundo

Foto 16 (): Quintal vizinho

10
Marcos Antonio da Silva | Engenheiro Civil
CREA/SP 5069546477 | engenheiro_marcos@outlook.com

Foto 17 (): Estrutura do telhado

Foto 18 (): Instalações Hidráulicas e reservatório

Foto 19 (): Estrutura do telhado

11
Marcos Antonio da Silva | Engenheiro Civil
CREA/SP 5069546477 | engenheiro_marcos@outlook.com

Foto 20 (): Instalações Elétricas da cozinha Foto 21 (): Desplacamento de azulejos

Foto 22 (): Recalque no piso do banheiro

Foto 23 (): Recalque no piso do banheiro

12
Marcos Antonio da Silva | Engenheiro Civil
CREA/SP 5069546477 | engenheiro_marcos@outlook.com

6. QUESITOS

Quesito 1º:
A umidade da fachada do imóvel e dos cômodos internos, bem como as manchas de
bolor decorrentes de penetração de água, estão relacionadas as não observância das
normas técnicas e inadequadas da construção?
Resposta: Ao tempo em que realizamos a vistoria para esta prova técnica não foi
apurada qualquer ocorrência dessa natureza, o que não afasta a possibilidade de que
eles tenham ocorrido e tenham sido reparados pelas partes.

Quesito 2º:
Em caso positivo do quesito anterior, mencionar em quais cômodos do imóvel
APRESENTAM umidade e bolor.
Resposta: Vide resposta ao quesito anterior.

Quesito 3º:
Pode-se afirmar que o piso do imóvel todo está todo manchado e CEDENDOO o alicerce
devido a quase inexistência do contra piso e umidade?
Resposta: Vide respostas aos quesitos anteriores.

Quesito 4º:

Há coluna estrutural na sala e cozinha?


Resposta: Vide respostas aos quesitos anteriores.

Quesito 5º:
Há rachaduras na altura da laje na parte externa do imóvel?
Resposta: Não apuramos qualquer ocorrência irregular quanto ao funcionamento das
instalações elétricas quando ali estivemos em vistoria, o que não afasta a possibilidade
de que eles tenham ocorrido anteriormente e tenham sido reparados pelas partes.
Anotamos, entretanto, que as instalações não obedeceram aos requisitos das normas
13
Marcos Antonio da Silva | Engenheiro Civil
CREA/SP 5069546477 | engenheiro_marcos@outlook.com

técnicas, especialmente quanto à identificação (cor) dos fios, dotação de aterramento e


tomadas em números suficientes para o uso moderno e confortável.

Quesito 6º:
O imóvel é cercado corretamente por muros de arrimo?
Resposta: Vide respostas ao quesito anterior.

Quesito 7º:
Informe o sr. perito se o imóvel se encontra com vazamento de água.
Resposta: Vide respostas aos quesitos anteriores.

Quesito 8º:

Informe o sr. perito se o telhado do imóvel atende as normas técnicas exigidas


Resposta: Vide respostas aos quesitos anteriores.

Quesito 9º:
Há necessidade de calha para evitar umidade?
Resposta: Sim, as ilustrações comentadas e mesmo o relato que procedemos nos
capítulos anteriores são enfáticos em demonstrar que o imóvel padece de tais
anomalias.

Quesito 10º:
As fotos anexadas referem-se ao imóvel vistoriado?
Resposta: Queira reportar-se ao capítulo no qual discorremos sobre as condições que
encontramos no imóvel, onde citamos os locais onde foram detectamos irregularidades.

Quesito 11º:
Diante da vistoria realizada, pode-se dizer que a qualidade dos materiais utilizados pela
ré na construção do imóvel, bem como a mão de obra utilizada na execução dos serviços
contratados atende a normas técnicas?

14
Marcos Antonio da Silva | Engenheiro Civil
CREA/SP 5069546477 | engenheiro_marcos@outlook.com

Resposta: Dadas as intervenções de reparo que nelas foram realizadas há como apurar
desde quando elas passaram a afetar o imóvel.

Quesito 12º:
Existe necessidade de reparos na parte hidráulica do imóvel?
Resposta: Os serviços de reparos já foram iniciados e a apuração de custos foi
prejudicada.

Quesito 13º:
O alicerce do piso, principalmente o do corredor externo está cedendo?
Resposta: Sim.

7. CONCLUSÃO

Os valores já dispendidos para as intervenções feitas pelo autor no imóvel se


acham declinados na inicial, nos parecendo razoáveis por se tratar de mercado informal
da construção civil.

8. ENCERRAMENTO

O presente LAUDO PERICIAL conta de 15 páginas digitadas no anverso, todas


numeradas e rubricadas, sendo está última assinada, uma folha de capa e um anexo
contento ART – ANOTAÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA DE OBRAS E SERVIÇOS.

Sorocaba, 15 de junho de 2017

Marcos Antonio da Silva


Engenheiro Civil
CREA/SP 5069546477

15