Você está na página 1de 2

See discussions, stats, and author profiles for this publication at: https://www.researchgate.

net/publication/315829558

Migrações imperfeitas: experiências de tráfico de cidadãos portugueses

Conference Paper · January 2017

CITATIONS READS

0 2

1 author:

Mara Clemente
ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa
34 PUBLICATIONS   5 CITATIONS   

SEE PROFILE

Some of the authors of this publication are also working on these related projects:

Trafficking of women for sexual exploitation in Portugal. A qualitative study of trafficked women, trafficking experiences and measures
of assistance View project

Os Desafios da Investigação: Questões de método, dilemas éticos e problemas políticos View project

All content following this page was uploaded by Mara Clemente on 09 April 2017.

The user has requested enhancement of the downloaded file.


Migrações imperfeitas: experiências de tráfico de cidadãos portugueses
Mara Clemente
!
!
Nos primeiros anos deste século, a reação de algumas mulheres portuguesas organizadas no movi-
mento das “mães de Bragança” contra a “invasão” da região norte do país por parte de trabalhado-
ras do sexo brasileiras e, especialmente, a necessidade de adaptação do país às políticas europeias
de combate ao tráfico de seres humanos (TSH), atraíram a atenção mediática e política sobre a pro-
stituição e o TSH em Portugal.
Durante a última década, iniciou-se portanto a construção de um sistema de prevenção e combate ao
TSH e de assistência às pessoas traficadas.
De acordo com as estimativas, entre 2008 e 2014, foram sinalizadas 1.110 pessoas traficadas em
Portugal (fonte: OTSH/MAI). Quase 75% das “vítimas sinalizadas” com origem conhecida são ho-
mens, mulheres e menores de origem estrangeira. Cerca de um quarto delas são cidadãos de origem
portuguesa: trata-se principalmente de homens, explorados no trabalho, dentro ou fora do país.

O estudo do TSH tem negligenciado uma maior atenção às experiências destes cidadãos portugue-
ses e atualmente o conhecimento do problema é largamente confinado às estimativas produzidas
anualmente a nível ministerial. O interesse mediático, em alguns casos, é maior do que o académi-
co.
O workshop propõe uma reflexão sobre o problema do tráfico em Portugal, com um foco nas expe-
riências de TSH e nas respostas de assistência que envolvem cidadãos portugueses de modo a me-
lhor investigar e intervir no futuro.

View publication stats

Interesses relacionados