Você está na página 1de 21

GEMOTERAPIA

O uso dos cristais e pedras preciosas na manutenção do equilíbrio da


energia

Lili
Mach
ado
Título original: Gemoterapia – O uso dos cristais e pedras preciosas na
manutenção do equilíbrio da energia, 2013 © Copyright: Lilia Cristina
Machado, 2008 Todos os direitos reservados. Direitos exclusivos de
propriedade literária Proibida reprodução total ou parcial sem a prévia
autorização da autora
Índice
1. INTRODUÇÃO
2. O QUARTZO BRANCO
2.1. Simples
2.2. Biterminado
2.3. Aglomerado
2.4. Arco-Íris
3. CUIDADOS
3.1. Limpeza
3.2. Energização
4. AVISOS
4.1. O que se quebra
4.2. O que se perde
4.3. O que cai
4.4. O que trinca
5. MANIPULAÇÃO DOS CRISTAIS
5.1. Uso pessoal
5.2. Como presente
5.3. Uso terapêutico
6. MEDITAÇÃO
Drusa de Ametistas
7. CANALIZAÇÃO ENERGÉTICA – EQUILÍBRIO DOS CHAKRAS
8. PROGRAMAÇÃO
8.1. Ativação da Espinha Dorsal Energética
8.1.1. pessoal
8.1.2. a distância
9. OS CHAKRAS
9.1. Pés
9.2. Mãos
9.3. Púbis
9.4. Umbigo
9.5. Plexo solar
9.6. Coração
9.7. Garganta
9.8. Terceiro olho
9.9. Coroa
10. OUTRAS PEDRAS
SUGESTÃO DE LEITURAS RELACIONADAS
Os Chakras

1.INTRODUÇÃO
Os cristais são agentes de energização. Agem eficaz e comprovadamente, como
equilibradores de qualquer campo energético.
Tudo no Universo é energia, é vibração. Os sons, as cores, a luz, os minerais, os
seres orgânicos, tudo vibra em frequências variadas.
Seu conhecimento foi largamente utilizado pelo povo da Atlântida, altamente evoluído na
alquimia. E, segundo Platão, seu uso abusivo, ou má utilização, foram os responsáveis
pela destruição do continente. Alguns cristais, porém, escaparam, para que tal
conhecimento não se perdesse por completo. Teriam sido levados, antes da inundação, à
área do Egito, à região dos Astecas e dos Incas.
Uma perseguição religiosa no Egito, fez com que novamente os conhecimentos
esotéricos fossem armazenados nos cristais. Ao longo dos séculos, foram utilizados com
o cunho de atividades secretas, para o comum dos mortais. Em todas as lendas das
antigas civilizações (Índia, Caldéia, Babilônia, Grécia, Escandinávia, China, Egito, México,
Peru, Hebreus e Celtas), encontramos indícios do uso de cristais e pedras, para os mais
diversos fins.
Os Egípcios usavam a malaquita para forrar a coroa dos faraós, para que eles
governassem com sabedoria; e usavam o lápis-lazuli, em seus olhos, para uma visão
ampliada. As joias tinham o intuito de evitar doenças e afastar os perigos.
Atualmente, o conhecimento dos cristais reaparece como elemento fundamental
para o desenvolvimento tecnológico, através dos relógios de quartzo e chips de
computadores. Mais recentemente, os cristais estão nos ensinando, gradativamente,
como equilibrar a energia do ser humano, alinhando-o com a Energia Cósmica Universal
e com a realidade cotidiana.
A energização é todo processo que nos permite encontrar e manter este ponto de
equilíbrio das energias que nos compõem. O principal instrumento para uma boa
energização é a nossa vontade consciente. Cada ser humano que trabalha para alcançar
seu equilíbrio, gerará um inevitável e crescente efeito de harmonia em torno de si. O que
só tende a ser um benefício para a nossa qualidade de vida.
Todos nós temos energias e todos nós podemos transmiti-las para os outros, ou
absorvê-las. Os cristais nos ajudam a isso, direcionando-as e ampliando-as. Basta
querermos!
Lembre-se: a mão esquerda recebe, e a mão direita doa; e para qualquer que seja o uso
do cristal, deve-se sempre estar com o pensamento elevado e positivo.
Ame e respeite o seu cristal. Ele gosta de carinho como nós. Mantenha-o em lugar
arejado e luminoso. Energize-o de vez em quando. Cerque-o de coisas agradáveis, como
aromas, sons e cores. Acredite que ele saberá responder ao seu carinho e confiança.
Alegria – fruto inalienável da consciência do ser;
Felicidade – aquilo que todos nós viemos conquistar neste mundo;
Paz – quando tudo está correndo harmoniosamente, e nos sentimos em comunhão com
o Universo.
2. O quartzo branco

O quartzo é composto de 1 átomo de silício, ligando 2 de oxigênio, através de um


triângulo equilátero perfeito, que forma uma pirâmide com uma base, e que sobe em
espiral pelo corpo do cristal, até sua ponta.
Esta estrutura molecular forma um sólido de seis lados, com ângulos de 120 graus entre
cada lado adjacente e lados opostos sempre paralelos uns aos outros.
Sua forma é a mesma, não importa o tamanho do cristal.
A simbologia que um cristal de quartzo traz é a do número 3, que diz da integração de três
forças que colocam o Universo em movimento, a Trindade Cristã, a Trinamurti Hinduísta a
Binah da Cabala, os Três Logos da Teosofia, entre outros.
A pirâmide representa o equilíbrio da vida, o cone de luz que segue a Terra e seus
movimentos pelo Cosmos.
A espiral simboliza a matriz da vida e segue a mesma proporção matemática encontrada
no DNA da célula.

2.1 O quartzo simples


É um cristal branco, transparente, com 1 ponta, de função
polivalente. Pode ser usado para qualquer finalidade. Seis facetas
naturais unem-se para formar o ápice. Esses cristais podem
mostrar-se nebulosos na base e límpidos no topo, ou apresentar-
se completamente puros.
Sua forma geométrica permite a concentração e a devida
distribuição da energia, para as pessoas que os manipulam. Eles
também intensificam e dirigem a energia, durante a sua
canalização. Seu tamanho pode variar de sessenta milímetros a
um metro.

2.2. O quartzo biterminado


Cristal branco, transparente, de 2 pontas. Funciona como
canalizador, fazendo circular energia positiva e negativa. Muito bom
para se usar entre dois chakras, ou para abrir a comunicação entre
duas pessoas. Atraem e emanam energia de quaisquer de suas
pontas.
Fortalecem o senso de unidade pessoal e são ideais para aplicação
em pessoas emocionalmente desequilibradas. Segurando,
simplesmente, um desses cristais na mão, o indivíduo irá acalmar-se e
passar a um estado de maior estabilidade mental e emocional.
Também revelam-se bons para aplicação nos pontos do rosto onde aparecem linhas de
tensão. Isso poder retardar o processo de envelhecimento, ao liberar a tensão que o gera
e rejuvenescer os tecidos sensíveis da face.

2.3. O quartzo aglomerado (drusa)


Funciona como energizador e protetor de
ambientes, já que se trata de vários cristais juntos, numa
única base, que vivem em harmonia e paz. Representa a
comunidade evoluída, onde cada membro é
individualmente perfeito e único, mas possui uma base
comum, com todos os outros. Pode ter centenas de
pontas terminais, ou apenas duas.
Deve-se deixar esses cristais em locais em que se queira
purificar a atmosfera, de energias e sentimentos
negativos. Devem ser colocados em mesinhas de
cabeceira de quartos ou mesas de trabalho no escritório.

Pode-se colocar fotografias de amigos ou


parentes, sob um aglomerado de quartzo, a fim de direcionar um raio de energia positiva.

2.4. O quartzo arco-íris


É um cristal dentro do qual se vê cores,
como se houvesse dentro dele, um arco-íris
aprisionado.
É bom para tudo, principalmente, para emitir
alegria e alto astral.
Constitui uma dádiva do Universo, para
a pessoa que está destinada a receber um.
É maravilhoso para pessoas que sofrem de
tristeza, mágoa ou depressão.
Ao segurá-los próximos ao chakra do
coração, as sensações se neutralizam e se
dissolvem, sendo substituídas por alegria,
entusiasmo, confiança e amor.

3. Cuidados
3.1. Limpeza
Ao comprar ou receber cristais, deve-se limpá-
los, a fim de retirar quaisquer vibrações negativas
porventura acumuladas em sua trajetória. Você poderá sentir necessidade de limpá-los de
tempos em tempo. Use a sua sensibilidade, ou os limpe sempre após alguma utilização. A
limpeza também reajusta sua vibração, para que se tornem receptivos ao novo lar e
proprietário.
Deixe os cristais num recipiente de vidro branco, transparente, em água com
bastante sal (de preferência sal grosso ou água do mar), por cerca de 24 horas. Em
seguida, lave com água corrente e energize.
Para os seus cristais montados em pendentes que se ressentem ao sal e à água, o
melhor é colocá-los sobre um aglomerado de quartzo já limpo e energizado.
Como qualquer outra coisa, cristais e pedras gostam de ser tratados de maneira
respeitosa e amorosa. Eles gostam de estar com um aspecto claro, que lhes permita
refletir sua luz e irradiar sua beleza.
Bolsinhas de cetim, seda, veludo ou algodão, de cores escuras, constituem
excelentes estojos para o transporte das pedras, protegidas para que não se lasquem,
nem sejam influenciadas por outras energias que não as suas.

3.2. Energização
Deixe que os cristais sequem em contato com a natureza (luz solar ou da lua)
durante 3 horas no mínimo. Pode-se também enterrá-los num jardim ou vaso de plantas.
Defume-os com incensos a base de sálvia, cedro e artemísia. Qualquer força da natureza
carrega o cristal, como se fosse uma bateria (tempestades, ventos).
Como já foi dito, no caso de pendentes engastados, coloca-se a pedra necessitada de
carga energética, sobre um aglomerado de quartzo.
Você sentirá, de vez em quando, a necessidade de recarregar seus cristais, energizando-
os. Quando os cristais são usados, tornam-se muito receptivos às vibrações das pessoas.
Podem assimilar e reter suas energias, por isso devem ser limpos e recarregados após
cada tratamento.

Exercício:
֎ após a limpeza e a energização, coloque o cristal na sua mão esquerda;
֎ eleve seu pensamento e imagine estar dentro dele, sentindo sua temperatura
e recebendo sua luz cromática (luz da mesma cor do cristal);
֎ fique um tempo banhando-se com essa luz;
֎ saia mentalmente do cristal, mas continue recebendo sua luz;
֎ passe o cristal para a sua mão direita e doe essa energia em forma de luz
colorida, para as pessoas que estão mais próximas, para as pessoas que lhe
vierem a mente, para quem você quiser, para todos, e traga-a de volta para
você.
Se fizer esse exercício diariamente, numa hora de repouso, renovará seu espírito,
equilibrará suas energias, deixará sua mente mais clara e melhorará seu raciocínio.

4. Avisos
4.1. O que se quebra
Quando um cristal se quebra, é porque absorveu energia negativa a você
destinada. Deve ser jogado fora, numa força da natureza (mar, rio, terra). Ele esperou
milhões de anos para cumprir sua função de proteger você, naquele momento.

4.2. O que se perde


Se você perder seu cristal, não fique triste. Os cristais são passageiros do tempo,
que nos ensinam a aprender a lidar com a perda, entendendo que tudo em nossa vida
tem uma função a cumprir, e deve permanecer apenas o tempo necessário para a troca
da energia correta, preenchendo o momento com sua plenitude, e seguindo em frente
para ceder espaço às coisas novas que necessitamos receber.

4.3. O que cai


Está geralmente dando um aviso de qualquer acontecimento relacionado com sua
cor ou tipo. A percepção do tipo de aviso que é, vai se depurando com o tempo.
Geralmente, no exato momento da queda, alguma coisa "bate" em nossa mente.

4.4. O que trinca


Se um cristal vai trincando, rachando por dentro, à medida que o usamos, significa
apenas que está trabalhando o equilíbrio de alguma questão do chakra a que
corresponde. Devemos continuar a usá-lo, energizando-o, eventualmente, até dar a
questão por resolvida.

5. Manipulação dos Cristais


5.1. Uso pessoal
A escolha de um cristal é uma questão de energia. A
pessoa deve sentir-se atraída pela pedra, por sua cor, sua luz,
sua forma. É uma sensação sutil e que cresce com o passar do
tempo. Normalmente, aquela pedra que precisamos num dado
momento de nossas vidas (seja em nível de crescimento espiritual
ou de cura física ou emocional), chegará às nossas mãos, de uma
forma ou de outra. Para adquirir uma pedra, deixe seu coração
falar, ouça a sua voz interior, siga sua intuição, tente ver no cristal
algo que o fascine. Segure-o na mão esquerda e sinta a sua
vibração. Sinta se esta vibração irá se harmonizar com a sua
energia.

5.2. Como presente


Se sentir ímpeto de dar um cristal de presente a alguém, não hesite. Aquela pessoa
pode estar precisando exatamente desta ajuda. Cristais constituem um dos presentes
mais especiais que se pode dar, quando ofertados com amor. Quando compramos uma
pedra para um amigo, devemos mentalizar a pessoa e tentar sintonizar com sua energia.

5.3. Uso terapêutico


As cores podem ser usadas de várias maneiras, desde mentalizar a cor, até usar a
pedra com a cor desejada. O efeito da cor se fará notar de qualquer modo. Os cristais
contém, na forma mais pura, as cores necessárias para o nosso equilíbrio físico e
espiritual. Quando usamos um cristal, uma lâmpada de cor ou uma ordem mental,
estamos aumentando a vibração da cor e, portanto, ajudando a ativar o seu efeito,
instalando-a em nosso circuito energético. Quando usamos a cor na roupa, o efeito será
mais suave. Uma forma simples de utilizar o efeito das cores é imaginar uma nuvem que
envolve a pessoa ou o ambiente, na cor intencionada. Deve-se jogar uma nuvem branca
ou rosa, num ambiente onde há desarmonia, ou envolver um doente numa nuvem verde
de cura. Pode-se, também, imprimir cor à água para beber ou passar no corpo, com fins
terapêuticos. Isto pode ser feito com a colocação de um cristal dentro do recipiente, que
deve ser de vidro branco, transparente. Pode-se jogar a cor na água, utilizando-se um
recipiente de vidro colorido, ou envolvendo o vidro com papel ou pano na cor desejada.
Em qualquer tipo de energização da água, deve-se colocar o recipiente no sol, por
algumas horas, para que a energia solar imprima a cor na água. Daí por diante, basta ir
acrescentando água, normalmente. Pode-se também colocar a pedra já energizada,
dentro do filtro. Um topázio e um citrino amarelo na água do filtro, ajudam bastante nos
problemas digestivos e intestinais. A água marinha azul é usada para problemas de
garganta e qualquer pedra verde, tal como a esmeralda, para cura física em geral. Você
também pode minimizar uma dor, sua ou de outros. Basta, com um quartzo verde na mão
direita, direcioná-lo para o local afetado e mentalizar a cura.

6. Meditação
É um estado de relaxamento, em que o pensamento abre espaço para as
respostas trazidas pela Energia Cósmica. O uso das pedras vai favorecer este processo,
facilitando o relaxamento, aumentando a percepção, retirando o que houver de negativo.
O quartzo branco é a pedra usada para meditação. É fundamental que a pessoa esteja
numa posição extremamente confortável, deitado ou sentado. O processo mais simples
de meditar é segurar o cristal na mão e deixar fluir. O processo mais direto é colocar o
cristal sobre o terceiro olho. Um terceiro método é colocar o cristal diante dos olhos e fixar
o olhar, viajando na pedra. A meditação pode ser dirigida, se você deseja uma resposta
específica. Coloque a questão para a qual deseja resposta, ao iniciar o relaxamento e
aguarde. Pode também ser em aberto, para que se receba indicações da Energia
Cósmica. Um bom momento para meditar é aquele em que estamos quase dormindo,
pois há um relaxamento natural. Fique atento às frases, palavras, imagens ou sensações
que surjam, pois aí estarão as respostas e soluções. 8 Você pode também utilizar os
sonhos, para obter respostas. Coloque o cristal no terceiro olho, ou sob o travesseiro,
antes de dormir e peça as respostas, que poderão vir imediatamente antes que você
durma, nos sonhos, ou na primeira coisa em que você pensar ao acordar. É sempre bom
manter um papel e um lápis à cabeceira, para escrever ou desenhar o que nos vier à
mente. As frases recebidas costumam surgir inteiramente formadas e as imagens passam
como um filme. Fique atento, pois toda resposta pedida virá, mesmo depois. Poderá estar
numa conversa que se ouve, numa frase de livro, etc.

7. Canalização
Energética
Somos atingidos por energias negativas,
quando nossa camada de proteção energética
(aura) se fragiliza, por alguma razão, e abre
buracos, como se fossem portas entreabertas. As
consequências podem ser várias, sentidas de
diversas maneiras em nossas vidas. É muito
comum que estas infiltrações de energias
estranhas, nos levem a estados de ansiedade,
insegurança, medos inexplicados, angústias sem
fundamento, sensações de incapacidade,
desânimo, etc.
A prática constante da Ativação da Espinha Dorsal Energética (Canalização), a
seguir apresentada, fortalece e fecha o campo áurico, mantendo-o equilibrado e
protegido.
Canalização é o processo de abertura dos canais que nos permitem entrar em
contato com energias de outros planos, responsáveis pela nossa proteção e orientação.
Os cristais captam, através de suas cores, as vibrações de energia que estas
representam, agindo sobre a faixa do chakra a cuja cor ele corresponde. Ao mesmo
tempo que nos alimentam com a energia cósmica renovada, também expulsam de nós, a
desgastada, exercendo assim um constante e ininterrupto papel de reciclagem, que nos
mantém sempre no melhor do nosso equilíbrio. Nosso corpo físico é envolvido por
camadas de energia, com funções diversas que, juntas, forma a Aura. A Aura é o
instrumento pelo qual nos integramos às energias cósmicas. Essa comunicação se dá
através dos chakras. Os 7 chakras principais e 4 auxiliares, formam a Espinha Dorsal
Energética, e através deles podemos detectar desequilíbrios de qualquer parte de nosso
circuito e reequilibrá-los, com a ajuda dos cristais e de suas cores. As pedras aqui
recomendadas (vide item 9) são as mais aprovadas, pela prática e experimentação
próprias e de terapeutas conhecidos.

8. Programação
A programação de um cristal, nada mais é, que a introdução de uma imagem
energética na sua estrutura, para que ele processe essas imagens e devolva ao seu
emissor. É necessário clareza e lógica nos dados enviados ao centro do cristal. Devemos
projetar nele uma situação desejada, para que ele nos devolva, fazendo com que
aconteça, concretamente, em nossa vida.
É bom salientar a necessidade de usar os cristais somente com o propósito de luz
e nunca para causar prejuízos ou danos físicos a alguém. A lei do retorno também
funciona com os cristais.
É preciso ter firmeza de propósito e humildade de coração, pois as revelações
podem ser amargas.
As programações específicas só devem ser feitas em casos extremos e sempre
com imenso cuidado de não emitirmos nenhuma energia negativa, nem pretendermos
controlar a vontade de alguém, a não ser a nossa.
Quanto mais pedimos, mais recebemos. Podemos e devemos pedir tudo aquilo que
quisermos. Porém, temos que cuidar do que pedimos. Muitas vezes vamos pedir algo que
nos parece o melhor, do nosso ponto de vista, mas que poderá nos desviar da harmonia a
nós destinada. Pode ser que as forças que nos protegem nos desviem daquilo que nos
faria mal, não atendendo, aparentemente, o pedido. Mais tarde percebemos que foi
melhor assim.
O cristal ideal para programação, é o quartzo branco.
Na verdade, a programação acontece normalmente, à medida que convivemos
com os cristais, já que eles são receptores e emissores de energia, atuando
automaticamente, recebendo nossos pedidos e intenções e emitindo o que há de melhor
para nós.
Cada cristal só suporta uma programação por vez. Se
quiser fazer programações simultâneas, utilize vários
cristais.
A limpeza dos cristais não apaga uma programação.
Para outro pedido, utilize outra pedra.

Exercício:
Pegue o cristal com sua mão direita e segure-o na
altura do terceiro olho (entre as sobrancelhas);
Feche os olhos e imagine, com a maior riqueza de detalhes, como se fosse um
filme, a situação que você deseja programar, já acontecendo, da melhor forma
possível para a pessoa interessada;
Quando a imagem estiver bem nítida, encoste o cristal na testa, na altura do
terceiro olho, e projete uma onda energética, como um raio, saindo do chakra,
refazendo o filme todo novamente e imprimindo as imagens dentro do cristal; 10
Você pode, também, falar em voz alta, enquanto imprime as imagens,
descrevendo-as. Desta forma você estará utilizando tanto a vibração mental quanto a
oral;
Coloque o cristal na altura de cada um dos chakras, pela ordem, pedindo:
No 1º chakra, do púbis, que o pedido feito se concretize;
No 2º chakra, do umbigo, que a pessoa lide bem com as emoções envolvidas no
assunto;
No 3º chakra, do plexo solar, que este pedido lhe traga realização, alegria e
sucesso;
No 4º chakra, do coração, peça que tudo aconteça de uma forma harmoniosa,
entre as pessoas envolvidas. Sinta em nível emocional profundo, a emoção que
você quer manter em seu cristal, transferindo-a para ele, do centro de seu peito;
No 5º chakra, da garganta, peça que a pessoa consiga expressar tudo que é
importante na situação pedida;
No 6º chakra, entre as sobrancelhas, peça para ter clareza em relação a todos os
aspectos do assunto;
No 7º chakra, no alto da cabeça, peça proteção espiritual e entregue seu pedido às
Forças Cósmicas, para o melhor encaminhamento.
Escreva num papel, o que você pediu, como se já estivesse acontecendo, usando
os verbos no tempo presente. Ao acabar de escrever, coloque sempre a seguinte
ressalva: "Isto, ou alguma coisa melhor do que isto, está acontecendo comigo, em
perfeita harmonia, e sem prejuízo de ninguém”. Caso o pedido atinja alguém, deve-
se incluir no pedido, uma situação melhor para ela;
Coloque este papel debaixo do cristal programado, em lugar arejado e seguro, livre
de influências negativas, e volta e meia, dê uma lida no que está escrito,
renovando seu pedido para o cristal, que o absorverá com mais força;
Quando você achar que a necessidade da programação cessou, pode queimar
este papel. A importância da ressalva final, na programação por escrito, é de que
nunca devemos fechar questão sobre alguma coisa que ainda está por acontecer,
pois podemos mudar de idéia e corremos o risco de atrair algo que não devemos
viver. É fundamental deixar em aberto o encaminhamento da energia, para que as
forças superiores nos tragam 11 aquilo que de fato seja o melhor para nós, embora
não possa ser exatamente o que corresponde ao nosso desejo na hora em que
emitimos a programação.

8.1 Ativação da Espinha Dorsal Energética


8.1.1. Pessoal
Pode-se ativar a canalização, usando-se qualquer elemento extra, como incenso,
música suave, luz bem
fraquinha, etc.
Exercício:
Deite-se;
Coloque um cristal fumê ou preto entre os pés e cada cristal no seu chakra
correspondente. A simples colocação dos cristais, acompanhada de uma
respiração ritmada, vai permitir a movimentação da energia através dos chakras e
entre eles;
Não se esqueça de respirar sem forçar. Acompanhe a respiração, simplesmente,
deixando-a fluir;
De olhos fechados, imagine uma faixa de luz que vai passando por cada cristal, em
cada chakra, emitindo uma vibração. Você pode imaginar uma luz que se detém
sobre cada chakra, durante o tempo que você quiser, puxando a energia negativa
para fora e logo depois colocando a positiva;
Cada vez que a luz colorida se detiver sobre um chakra, pense na afirmação a ele
correspondente (vide itens 9.1 a 9.9);
Imagine depois, uma nuvem branca envolvendo todo o corpo, enchendo de uma
vibração luminosa;
Abra os olhos e levante-se devagar, sem pressa e sem movimentos bruscos.

8.1.2. À distância
A canalização pode ser feita à distância, para atingir uma pessoa que esteja
precisando. Basta pensar na pessoa e usar os cristais sobre seu nome ou sua foto de
corpo inteiro.
Exercício:
Escreva o nome da pessoa ou pegue sua foto e coloque sobre eles os cristais, na
ordem, para ativar a Espinha Dorsal Energética, ou somente os cristais das cores
desejadas, para aquele problema do momento;
Se você não tem certeza do problema pelo qual passa a pessoa, coloque
simplesmente um quartzo branco;
Quando o problema cessar, o papel pode ser queimado ou jogado no mar ou
enterrado num jardim. A foto deve ser devolvida a pessoa.

9. Os Chakras
9.1 Pés
Localização: bem no meio da planta dos pés. Significado: os chakras de base nos
deixam pisando no chão, nos dão calço e apoio para caminhar.
Afirmação: “Eu tenho o pé no chão. Eu me entendo com as circunstâncias da vida que
levo”.
Cores: preto ou fumê.
Pedras:

Quartzo fumê – Faz com que a pessoa readquira segurança e tenha a


sensação de enraizamento, de que sabe onde está pisando.
Dá a sensação de apoio. Combate medos, pesadelos.
Aumenta a vontade de viver.
Turmalina Preta – Protege contra inveja, ciúmes, ressentimentos.
Limpa ambientes, capta a energia negativa e age como um
transformador, devolvendo-a ao ambiente, como energia positiva
reciclada.

Ônix – Traz concentração mental, para pessoas dispersas.


Indicada para trazer metas ou objetivos na vida, para aqueles
que estão sem rumo, ou sem realizações

9.2 Mãos
Localização: nas palmas das mãos.
Significado: estes chakras são as pontes através das quais entram e saem as energias
positivas e negativas, com as quais lidamos, e que se movimentam por nosso corpo.
Afirmação: “Eu sou um canal de energização positiva”.
Cor: branco.
Pedra:

Quartzo Branco - Equilibrador de energias. Estimula as funções


cerebrais, amplifica as formas de pensamento, ativa todos os
níveis de consciência. Dispersa a negatividade do campo
energético da pessoa e do ambiente. Recebe, ativa, guarda,
transmite e amplia energia.

9.3 Púbis
Localização: Na altura dos órgãos genitais. Órgãos: genitais, sangue, coluna, sistema
nervoso.
Significado: é o chakra que rege a nossa capacidade de realizar concretamente o que
desejamos. Rege também a energia física, a sexualidade e a agressividade (raiva e/ou
capacidade de ação).
Afirmação: “Eu realizo todos os meus desejos”.
Cor: vermelho.
Pedras:

Granada – Estimula a concretização. Combate a


depressão, anemia, fraquezas, medos, falta de energia,
pressão baixa, infertilidade, má circulação, impotência, falta
de iniciativa. Traz energia, vitalidade, ajuda uma pessoa
indecisa, a se impor.
Rubi – Ajuda a circulação, vitaliza o sangue. Fortalece a
imunidade. Ativa condições preguiçosas ou inertes, em níveis
físicos e espirituais. Refina paixões inferiores. Ajuda a banir o
senso de limitação. Traz coragem, integridade, desprendimento,
poder, liderança, vitalidade. Elimina a melancolia.

9.4 Umbigo
Localização: No Umbigo.
Órgãos: Ovários, pele, rins.
Significado: É o chakra da capacidade de fazer amigos, de estabelecer relações
emocionais, diante da situação da vida cotidiana.
Afirmação: “Eu permaneço bem, emocionalmente, em todas as situações da minha vida”.
Cor: laranja.

Calcita laranja – combate as cólicas renais, prisão de ventre, gases, espasmos


musculares na área, problemas menstruais e de ovários, alergias de fundo emocional,
repressão e inibição, timidez, sensibilidade excessiva, falta de amor próprio, emoções
engolidas, culpas não digeridas, falta de confiança em si.

9.5 Plexo Solar


Localização: na boca do estômago, logo abaixo do esôfago.
Órgãos: Pulmões, estômago, diafragma, veias, duodeno, pâncreas, fígado.
Significado: é o chakra da afirmação do ego em todos os níveis da vida concreta, do
poder pessoal, da prosperidade, das realizações materiais.
Afirmação: “Eu sou feliz e realizado materialmente”.
Cor: amarelo.
Pedra:
Citrino amarelo: Traz realização material, sucesso, segurança, confiança; Concede
alegrias; Atrai riquezas; Combate os problemas digestivos, alergias alimentares, diabetes,
hipoglicemia, espasmos musculares na área, depressão por frustração de desejos,
dificuldades respiratórias; Aumenta o discernimento para tratar de negócios; Nos dá
autoconfiança; Diminui tendências autodestrutivas.

O uso de um pingente de citrino amarelo, num cordão longo, na altura do plexo solar,
atrai, através de seu uso constante, as propriedades da pedra, com mais energia.

9.6 Coração
Localização: No meio do peito, entre os seios.
Órgãos: coração, gânglios linfáticos.
Significado: é o chakra da autoestima, do coração, nos sentidos físico e emocional. É o
chakra afetivo, das mágoas, das carências, nosso ponto mais vulnerável. Quando muito
machucado, tendemos a fechá-lo. É neste chakra que desenvolvemos a capacidade de
gostar de nós mesmos e dos outros.
Afirmação: “Eu me amo, amo a todos e todos me amam”.
Cores: verde e rosa.
Pedras:

Esmeralda – Combate problemas físicos relacionados ao


coração. Serve para cura física em geral, ótima para tratar
de pressão alta ou baixa. Aumenta os sonhos, traz maior
profundidade ao interior espiritual. Forte equilibrador
emocional.

Turmalina Verde – Combate problemas emocionais


relacionados ao coração, dor de cotovelo, mágoas,
ressentimentos. Tem o poder de acalmar e de curar muitas
doenças. Reprograma corações machucados, ensina a
perdoar, consolar, cura decepções e medo de viver. Acaba
com a autopiedade, a indecisão e o medo de ser
ferido. Nos deixa prontos para tentar outra vez. Nos deixa
com o coração aberto e disponível.

Malaquita – Traz à tona, tudo o que a pessoa desconhece ou que não


quer ver.
Amazonita – Acalma o sistema nervoso, fortalece o coração. Traz
alegria, elevação e expressão criativa. Liberta de tendências
autodestrutivas.

Turmalina melancia – reúne, numa só pedra, as propriedades


das turmalinas verde e rosa.

Turmalina rosa – Aumenta a criatividade e a fertilidade. Concede


alegria e vontade de viver, dissipando todos os dissabores do passado

Kunzita – Antidepressiva. Combate os vícios. Fortalece o sistema


cardiovascular. Pedra poderosa para abrir e curar o coração. Aumenta a
autoestima. Traz tolerância, aceitação. Liberta os medos, mágoas e
tristezas do passado, e elimina a ansiedade e a insegurança em relação
ao futuro. Concede incentivo para a vida. Ensina a pessoa a viver
intensamente cada momento, sem criar expectativas quanto ao futuro.

Rodocrosita– Abre os caminhos para novas experiências afetivas,


para novos encontros amorosos.

Quartzo Rosa – Transmite o amor incondicional, dá paz e


tranquilidade. Desenvolve o amor-próprio, acalma, traz paz interior,
para que aprendamos a gostar de nós mesmos e estejamos prontos
para enfrentar relações afetivas sadias. Sua carência afetiva vai
sendo sanada, na origem dos fatos que a causaram, até que um dia
você se perceberá como outra pessoa, gostando de si mesma o
suficiente para não receber migalhas afetivas, para aprender a dizer não a tudo que não
signifique um afeto verdadeiro. O uso de um pingente de quartzo rosa, num cordão que vá
até a altura dos seios, atrai, através de seu uso constante, as propriedades da pedra, com
mais energia.

Melhore a sua vida e melhore o seu relacionamento com os outros, usando o poder do
quartzo rosa, transmitindo sua própria energia, positivamente, e atraindo, assim, energias
positivas para si próprio. Se esteve brigando com alguém, ao invés de ficar remoendo o
acontecimento, tente transmitir para essa pessoa, através de seu coração, direcionando
para o coração dela, uma luz rósea, da cor do quartzo rosa. Você ficará mais tranquilo e
quebrará a energia negativa da situação.

9.7 Garganta
Localização: na garganta.
Órgãos: Garganta, tireóide, ouvidos.
Significado: é o chakra do que pomos para fora e dos sapos que engolimos. É através
dele que tratamos das dificuldades da comunicação em geral.
Afirmação: “Eu me expresso livremente e me comunico muito bem com todas as
pessoas com as quais me relaciono”.
Cor: Azul
Pedras:

Sodalita – Combate a dor de garganta, tosse, dor de ouvido,


tensão na nuca e nos ombros, hipertiroidismo, stress,
problemas de dentes e gengiva, azia. Alivia o medo. Acalma e
clareia a mente. Aumenta a comunicação e a expressão
criativa.

Safira– Ativa todo o sistema glandular. Estimula as habilidades


retóricas, a inspiração, a expressão criativa. Fortalece a vontade.
Dissipa confusões mentais.

Turquesa – Fortalece todo o corpo, regenera os tecidos, ajuda na


circulação, no sistema respiratório, no sistema nervoso, no sangue.
Aumenta a expressão criativa, paz e clareza mental, equilíbrio
emocional, comunicação, amizade, lealdade. O uso de uma
gargantilha de turquesas ou outra pedra azul, atrai, através de seu
uso constante, as propriedades da pedra, com mais energia.
Água marinha – Atua como calmante e desenvolve a sensibilidade. Aumenta a clareza
mental e a expressão criativa. Ajuda a banir medos, fobias. Traz inspiração e calma.

Cianita – Trabalha a clareza mental (ótima para usar na mesa


de trabalho). Ajuda a pôr os pensamentos em palavras,
desenvolve a expressão artística e a comunicação entre as
pessoas (pode ser segurada na mão, durante conversas
difíceis).

Lápis-lazuli – Ajuda no desenvolvimento espiritual. Pedra muito utilizada em


jóias egípcias.

9.8 Terceiro Olho


Localização: Na testa, entre as sombrancelhas.
Órgãos: Centros cerebrais superiores.
Significado: é o chakra da purificação do subconsciente, para canalização da intuição e
sintonia do ser humano com o Eu Superior.
Afirmação: “Eu vejo claramente”.
Cor: violeta.
Pedra:

Ametista – Tem o poder da transmutação, transformando as


energias negativas, em positivas; a angústia, em sensação de
paz, liberando o espírito das energias negativas, tendo também
poder antisséptico em ambientes e pessoas. Tem o poder de
relaxar e abrir a terceira visão, aumentando a comunicação
com outros planos astrais. Purifica a aura, concede intuição,
harmonia e humildade, além de sabedoria e compreensão.
Facilita a compreensão e a aceitação da morte. Por isso, é boa
para ser usada por pessoas que perderam entes queridos.
9.9 Coroa
Localização: No alto da cabeça.
Órgão: Cérebro.
Significado: É o chakra da realização total, em todos os níveis. É onde o indivíduo
alcança a sua verdade e seu próprio código de ética, seus valores internos, a consciência
total do que é, expandindo infinitamente seus limites de compreensão a respeito de seu
mundo físico. É o que chamamos de espiritualização.
Afirmação: “Eu sou uma pessoa realizada em todos os aspectos da minha vida”.
Cores: branco e dourado.

Pedras:

Quartzo branco – Amplifica todas as energias, aumentando


a capacidade mental, melhorando a memória. Serve nos
mais variados campos. Equilibrador de energias. Estimula as
funções cerebrais, amplifica as formas de pensamento, ativa
todos os níveis de consciência. Dispersa a negatividade do
campo energético da pessoa e do ambiente. Recebe, ativa,
guarda, transmite e amplia energia.

Diamante – Reduz o stress. Equilibra e purifica a energia


dentro do corpo e da mente. Aumenta o conhecimento dos sonhos.
Aumenta as funções cerebrais. Dissipa a negatividade. Purifica os
corpos físico e etérico. Induz à pureza e concede paz e felicidade.

Opalina ou Pedra da Lua– Expande todos os potenciais


mentais. Harmoniza as alterações de humor. Acalma
pessoas que tem mudanças de humor. Concede
estabilidade emocional, amplia a intuição, traz um sono
restaurador e auxilia na lembrança dos sonhos.

Pérola – Concede paz e clareza mental. Acalma e relaxa. Boa


para quem tem alterações de humor.
Pirita – Protege a pessoa, agindo como um espelho, refletindo e devolvendo as energias
ruins. Também conhecida como “ouro de tolo”.

Quartzo Rutilado – É um quartzo fumê, que contém pequenos


fios dourados, por dentro. É excelente para espiritualização e
clareza em geral, iluminação. Bons para regeneração dos
tecidos de todo o corpo. Fortalece o sistema imunológico.
Estimula as funções do cérebro. Aumenta a clarividência. Deve
ser colocado no ambiente, ou levado no bolso, abaixo da cintura

10. Outras Pedras


Ágata – Fortalece corpo e mente, dando sensação de força e coragem.
Facilita o discernimento das verdades e a aceitação das circunstâncias.
Afasta energias negativas, trazendo tudo de bom.

Hematita – Concede magnetismo pessoal e autoestima. Aumenta a


resistência física, protege contra o stress e depura o sangue.

Obsidiana – Absorve as energias negativas. Deve ser limpa


todas as semanas, porque não libera as energias negativas, de
forma positiva, como a turmalina preta. As energias
permanecem na pedra, emitindo as vibrações. Penetra no
interior da pessoa, alcançando suas dificuldades e defeitos,
ampliando-os, com a finalidade de trazer consciência a tudo o
que deve ser trabalhado.

Olho de Tigre – Expande a consciência, trazendo


sabedoria. Revela as necessidades reais das pessoas,
libertando-as de falsos desejos. Diminui a teimosia e
concede coragem para mudar.
“Cristais, pedras e outros minerais, são instrumentos maravilhosos. São amigos sólidos e
objetos belos que podem nos ajudar no caminho de nossos objetivos. Temos, no entanto,
que nos lembrar que eles são apenas um reflexo sólido do que está sempre disponível
entre nós, e que o amor é o único objetivo. Mantenhamos tudo na perspectiva correta,
não jogando fora nosso poder, enquanto gozamos todos os benefícios que a natureza nos
dá. O amor é tudo o que importa.”
Cristóvão Brilho

Sugestão de Leituras Relacionadas


► As Propriedades Curativas dos Cristais e das Pedras Preciosas – Katrina Raphaell
► O Poder dos Cristais – José Alberto Rosa
► Como utilizar os cristais e a energização para abrir os canais de contato com as
energias cósmicas que nos protegem – Virgínia Cavalcanti
► Conheça os Cristais – Cristóvão Brilho
► Quirologia – Regina Ferrari

Interesses relacionados