Você está na página 1de 1

EEUFMG - ESCOLA DE ENGENHARIA DA UFMG

DEE -Departamento de Engenharia Elétrica- Curso de Engenharia Elétrica

ELE 031 - Laboratório de Circuitos Elétricos II


Prof. Carlos Andrey Maia
Trabalho Prático I
Simulação de circuitos em regime permanente
Objetivo: Analisar, a partir de simulações no P-Spice, alguns aspectos do funcionamento de
circuitos elétricos em regime permanente abordados nas práticas 1 a 4.

Data de apresentação e de entrega do relatório: vide cronograma.

Importante: Deve-se entregar um trabalho por grupo, obdecendo as instruções do guia de


confecção de relatórios.
Metodologia: Investigar, a partir de simulações computacionais, alguns dos resultados das
medições realizadas nas práticas 1 a 4.
1ª parte: Circuitos trifásicos
 Obter relações de módulo e fase para grandezas de fase e de linha. Considerar:
o Fonte de tensão trifásica equilibrada ligada em Y com seqüências de fase
positiva e negativa;
o Carga trifásica equilibrada ligada em  e Y.
 Simular o circuito alimentando uma carga desequilibrada ligada em Y, sem condutor de
neutro, considerando sequências de fase positiva e negativa. Avaliar o efeito do
desequilíbrio e das sequências de fase na diferença de potencial entre o neutro da carga
e da fonte.
Valores: fase a, R = 90 ; fase b, L = 180 mH; fase c, C = 45 F.
2ª parte: Correção de fator de potência
 Simular inicialmente a carga indutiva utilizada nas práticas (R=11,5 , L=200 mH) e um
capacitor ligado em paralelo com a carga para correção de fator de potência. Fazer uma
análise de sensibilidade do valor do capacitor no fator de potência resultante.
 Avaliar o efeito da conexão de um capacitor em série com a carga. Comparar as tensões
e correntes sobre os elementos do circuito quando a correção do fator de potência é
feita com o capacitor em série com aquelas obtidas com o capacitor em paralelo.
 Quais as conseqüências da compensação série nas correntes e tensões no circuito?
Que limitações ou cuidados são impostos por esta técnica de compensação do fator de
potência? Justificar.
Para a simulação, considerar duas situações distintas:
1. Fonte de alimentação senoidal: v(t) = Vmsen(t) ;
2. Fonte de alimentação com distorção harmônica: v(t) = Vmsen(t) + 0,05Vmsen(3t)+
0,05Vmsen(5t).
Elaborar relatório do trabalho, contendo:
 Diagramas de simulação de todos os circuitos analisados.
 Resultados das simulações realizadas, indicando nos gráficos as amplitudes e ângulos
de fase das grandezas em estudo.
 Análise e discussão de resultados e conclusões (individuais).

1 de 1