Você está na página 1de 7

DOUTRINA

ARTIGOS

Processo administrativo digital: maior celeridade e transparência?


Alice Santos Veloso Neves
Advogada.

Muryel Hey
Auditora.

Resumo: O trabalho objetiva discutir a inserção do processo A palavra “Automação” advém do latim
digital no âmbito administrativo e as repercussões no processo
administrativo advindas do realce trazido pela Lei federal nº
automatus1 que significa mover-se por si e pode
13.105, de 16 de março de 2015, principalmente em relação ser considerada como “um sistema automático
aos princípios da celeridade e da efetiva transparência. Visa, de controle pelo qual os mecanismos verificam
ainda, abordar normativos a respeito da necessidade de se
garantir o amplo acesso às informações e a constante melhoria seu próprio funcionamento, efetuando medições
do processo administrativo. A proposta pautou-se em uma e introduzindo correções, sem a necessidade da
análise dogmática, admitindo como ponto de partida o uso de interferência do homem”,2 sendo o mesmo que
tecnologia para se efetivar os princípios da transparência dos
atos da celeridade processual. Discute-se o uso da tecnologia “mecanização ou robotização”.3
e se esse uso representa um substituto do trabalho humano Aparece ainda como mecanismo ou aplicação
ou um mero facilitador de atividades a serem desempenhadas. de técnicas computadorizadas ou “mecânicas
Comparando-se os institutos apresentados no novo Código de
Processo Civil com os existentes no Processo Administrativo, para diminuir o uso de mão-de-obra em qualquer
expõe-se a busca por maior dinamismo, clareza, coerência, processo, especialmente o uso de robôs nas linhas
economicidade e soluções que possam aperfeiçoar os atos,
de produção, diminuindo os custos e aumentando a
procedimentos e processos administrativos, em seus diversos
âmbitos, mediante a utilização de sistemas de gestão eletrônica velocidade da produção”.4
de processos. Apesar da multidisciplinariedade necessária no
Palavras-chave: Tecnologia. Processo digital. Celeridade. âmbito jurídico atual, não se pretende aqui indicar
Transparência. Novo Código de Processo Civil. Processo um aprofundamento em tecnologia da informação.
Administrativo.
O que resta claro é a alteração na forma
Sumário: 1 Introdução – 2 Referencial teórico a indicar uma de tramitação processual e que esta adveio
metodologia – 3 Aplicação do Código de Processo Civil – 4
Processo administrativo – 5 Conclusão – Referências de uma mudança de concepção, visando não
só à economicidade de tempo, celeridade e
transparência, mas à tentativa de alcançar o
1 Introdução objetivo final do processo, sua concretude, sem
apego exacerbado em relação à forma.
A partir da automação dos processos, tanto no Há hoje uma transição dos processos e
âmbito do judiciário quanto no Poder Executivo, das procedimentos administrativos físicos para os
diferentes esferas, despertou-se certa preocupação eletrônicos, reduzindo o uso de recursos, como
quanto à alteração do trabalho de um modo geral:
seremos substituídos pelas máquinas?
1
MAHONEY, Kevin D. Latdict: Latim Dictionary and Grammar
A constante busca por modernização da gestão Resources. Consultado em 10 de novembro de 2017.
pública e o mundo tecnológico em que vivemos 2
DORF, Richard C; BISHOP, Robert H. Sistemas de controle
modernos. 8. ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos,
direciona para a utilização de mecanismos que
2001.
gerem ganhos de eficiência e, consequentemente, 3
GERALDO, Duarte. Dicionário de administração e negócios.
que haja célere tramitação dos processos Editora Digital, Kindle BookBR, 2011.
4
LACOMBE, Francisco. Dicionário de Administração. São Paulo:
administrativos. Saraiva, 2004.

Fórum Administrativo – FA, Belo Horizonte, ano 18, n. 203, p. 9-15, jan. 2018 ARTIGOS 9
Alice Santos Veloso Neves, Muryel Hey

papel, pessoas e tempo a quem os utiliza, inclusive contraditório, segurança jurídica, interesse público
para a Administração Pública. e eficiência, nos termos do art. 2º da Lei federal nº
A utilização de um Sistema de Gestão 9.784, de 29 de janeiro de 1999 (REIS, 2016).
Processual Eletrônico geralmente compreende não A tramitação eletrônica de documentos nos
só o controle da tramitação do processo, mas almeja órgãos e entidades da administração pública
a padronização de dados e informações, a produção, federal direta, autárquica e fundacional tornou-se
registro e publicidade dos atos processuais, o obrigatória via Decreto Federal nº 8.539, de 8 de
fornecimento de dados ao funcionamento regular de outubro de 2015.
cada órgão e ente, dos diferentes poderes. O exercício do poder estatal, no Estado
No aspecto normativo, em relação ao Democrático de Direito, só se legitima se os atos
processo administrativo, temos que a influência da de poder (provimentos ou pronunciamentos) forem
digitalização processual representativa adveio da construídos através de procedimentos, logicamente
Lei federal nº 11.419, de 19 de dezembro de 2006, encadeados para produzirem um resultado final,
que dispõe sobre a informatização do processo desenvolvidos em contraditório (CÂMARA, 2017).
judicial, direcionando o uso de meio eletrônico para Assim, temos que a tramitação do processo
a tramitação de processos judiciais, comunicação administrativo via eletrônica se materializa em
de atos e transmissão de peças processuais. verdadeira quebra de paradigma, principalmente por
A partir da substituição do uso do meio sua redução de formalidades.
“papel”, para a utilização de máquinas e sistemas A implantação do processo eletrônico ainda traz
que fazem toda a gestão dos documentos, inicia- agilidade e produtividade, com maior celeridade na
se essencial preocupação com a segurança desses análise e deferimento dos processos, eliminando-se
documentos. diversos procedimentos burocráticos, tornando-os,
Nesse contexto, observa-se que a Medida inclusive, mais transparentes. A redução de custos
Provisória nº 2.200-2, de 24 de agosto de 2001, com papel, impressão, transporte e principalmente
que instituiu a Infraestrutura de Chaves Públicas espaço físico para armazenamento de documentos
Brasileiras (ICP-Brasil), trouxe maior segurança ao traz vantagem econômica e ambiental, além de
garantir a autenticidade, a integridade e a validade propiciar melhor ambiente de trabalho (FAUSTO,
jurídica de documentos em forma eletrônica. 2016).
Em relação à inserção no âmbito administrativo, A alternativa de digitalização dos atos e
a Lei federal nº 13.105, de 16 de março de 2015, processos administrativos insere-se na Política
que instituiu o atual Código de Processo Civil Pública de Simplificação de Documentos. Políticas
e entrou em vigor um ano após sua publicação,5 públicas são “metas coletivas conscientes” e
trouxe consideráveis alterações que podem ser indicam programas de ação governamental que
estendidas pela aplicação supletiva e subsidiária organizam as atividades de relevância social, que
ao processo administrativo, conforme disposto em devem ser feitas pelo Estado e aquelas realizadas
seu artigo 15. pelas atividades privadas (BUCCI, 2002).
Assim, surge uma nova sistemática de No âmbito do poder executivo federal, há
processo civil, com inserção normativa de uma série recente normatização via Decreto nº 9.094, de 17
de princípios que moldam esse processo civil atual, o de julho de 2017, que dispõe sobre a simplificação
qual almeja sua efetividade, concretude processual, do atendimento aos usuários dos serviços públicos,
primando pela celeridade, transparência e outros além de ratificar a dispensa do reconhecimento de
princípios basilares que podem muito contribuir na firma e da autenticação em documentos produzidos
formação e deslinde dos atos, inclusive no âmbito no país e instituiu a carta de Serviços ao Usuário.
administrativo. Referido decreto federal determina a utilização
O processo administrativo é o meio democrático de um sistema de Ouvidorias do Poder Executivo
de construção da atividade administrativa e Federal (e-Ouv), chamado de “Simplifique!”, a ser
já assegura, em sua base principiológica, a implementado e de uso obrigatório para toda a
legalidade, finalidade, motivação, razoabilidade, Administração Pública federal. Segundo noticia o
proporcionalidade, moralidade, ampla defesa, Ministério da Transparência e Controladoria Geral
da União,6 o normativo possibilitará melhor diálogo
entre a sociedade e o Estado. Indica como importante
O Pleno do Superior Tribunal de Justiça, em sessão administrativa
5

realizada no dia 02.03.2016, decidiu, de forma unânime, que


adotará a data de 18.03.2016 como início da vigência da Lei nº 6
BRASIL. Governo publica decreto para simplificar atendimento
13.256/2015, após dúvida sobre o período de vacation legisdo a usuários de serviços públicos. Disponível em: <http://www.
NCPC, fixado em 01 ano pelo art. 1.045 do CPC e consequente cgu.gov.br/noticias/2017/07/governo-publica-decreto-para-
dia de entrada em vigor do novo regramento processual civil simplificar-atendimento-a-usuarios-de-servicos-publicos>. Acesso
brasileiro. em: 11 nov. 2017.

10 ARTIGOS Fórum Administrativo – FA, Belo Horizonte, ano 18, n. 203, p. 9-15, jan. 2018
Processo administrativo digital: maior celeridade e transparência?

instrumento a fornecer melhores subsídios de A zetética acaba por acentuar o aspecto de


monitoramento, avaliação e aperfeiçoamento da pergunta do problema, mantendo suas premissas
gestão e ajustes na prestação de serviços públicos abertas à dúvida, sendo que a dogmática incita
via sistema informatizado de controle das denúncias a resposta, estabelecendo pontos de partida e
e reclamações realizadas nas ouvidorias. buscando um curso de ação.
Apesar de existirem recentes normatizações O que se pretende demonstrar é a existência
a respeito da necessidade de cumprir o preceito de uma verdadeira mudança no paradigma, que
constitucional, de ampliar a celeridade e propagar caminha da centralidade da lei, da cultura do
a simplificação dos documentos, encontramos leis código, para a centralidade na jurisprudência em
de quase quatro décadas que já tratavam sobre outra cultura que busca a solução, preservando o
semelhante assunto, como é o caso da Lei do ordenamento jurídico com regras de calibração para
Estado de Goiás nº 8.728, de 14 de novembro de a aplicação do direito (FERRAZ JR, 2011).
1979. Assim, a partir de uma observação da realidade,
Uma das premissas constitucionais é o amplo do desenvolvimento normativo a respeito do
e efetivo acesso à informação pública, nos termos alcance da celeridade, transparência e concretude
do art. 5º, inciso XXXIII, da Constituição Federal, do processo, inclusive do processo administrativo,
sendo regulamentado pela Lei Federal nº 12.527, entende-se interessante a combinação da visão
de 18 de novembro de 2011 (LAI). normativa com a teoria analítica ou empírica, como
O que se observa é uma adequação para o defendem os doutrinadores Tércio Sampaio Júnior e
cumprimento da legislação, com maior proximidade João Maurício Adeodato.
aos usuários e partes envolvidas nos atos e Surgem, inclusive, críticas ao ensino jurídico,
processos, dos diversos âmbitos e poderes políticos que se tornou um ensino da norma positivada,
brasileiros, a partir da inserção de tecnologia, de esquecendo-se do seu papel de se materializar
gestão eletrônica de informações, atos e processos como decodificador da realidade dos fatos em face
na forma eletrônica, o que certamente possibilitará da abstração da norma, adequando os significantes
maior celeridade e transparência processual.
aos significados, mediante o uso de processo
hermenêutico (ADEOTADO, 2011).
Nesse sentido, entende-se necessária a
2 Referencial teórico a indicar uma análise dogmática-analítica, de compreensão da
metodologia norma processual, comparando-se os princípios
O presente trabalho parte de uma concepção constitucionais, reforçados no novo Código de
dogmática que oportunize uma posição analítica Processo Civil a tornar mais eficaz, com soluções
e crítica da norma a respeito da possibilidade concretas da realidade social via melhorias diretas
de celeridade e transparência processual a ao Processo Administrativo.
partir da digitalização de atos e dos processos
administrativos. 3 Aplicação do Código de Processo Civil
A Ciência do Direito visa à decidibilidade,
O Código de Processo Civil atual impõe, em
ocupando-se com a oportunidade de certas
seu art. 15, a sua aplicação supletiva e subsidiária
decisões, tendo em vista aquilo que deve ser
ao processo administrativo. Essa possibilidade de
direito (relação de imputação), sendo diferente das
aplicação subsidiária é considerada mais ampla
ciências naturais, eis que não são refutáveis com os
e já havia sido reconhecida pelo Superior Tribunal
enunciados científicos, mas possuem pensamento
de Justiça, em relação ao processo penal, sendo
tecnológico, têm sua validade dependente da sua
aplicável a outras leis processuais, como a Lei
relevância prática (FERRAZ JR, 1980).
de Locações ou na Lei do Mandado de Segurança
O modelo jurídico a nós proposto é norteado
(CÂMARA, 2017).
pelo problema de decidibilidade, que resulta da
A aplicação supletiva ocorre quando há uma
incidência contínua do direito na convivência,
complementação das legislações, uma interação
sistema de conflitos intermitentes (FERRAZ JR,
entre a lei específica e a lei geral, que é o próprio
2011).
O objeto de investigação do direito compreende Código de Processo Civil, devendo-se interpretar
a função dogmática, tipicamente tecnológica, na a lei específica sempre se levando em conta a
medida em que tem função diretiva explícita (dever- lei geral. Não será, portanto, possível interpretar
ser) e a função zetética que revela questão atinente as disposições processuais da legislação de
ao ser, voltada a processo de questionamento processo administrativo sem serem consideradas
destinado a facilitar a orientação da ação (FERRAZ as previsões do Código de Processo Civil (CÂMARA,
JR, 1980). 2017).

Fórum Administrativo – FA, Belo Horizonte, ano 18, n. 203, p. 9-15, jan. 2018 ARTIGOS 11
Alice Santos Veloso Neves, Muryel Hey

Nesse sentido dispõe o parágrafo segundo do CONSTITUCIONAL E PROCESSO CIVIL. AÇÃO


artigo 1.046 do CPC, ao dispor que “permanecem em DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE. ARTS. 9o,
vigor as disposições especiais dos procedimentos PARÁGRAFO ÚNICO, II; 15; 46, §5o; 52, PARÁGRAFO
ÚNICO; 242, §3o; 311, PARÁGRAFO ÚNICO; 535,
regulados em outras leis, aos quais se aplicará
§3o, II; 840, I; 985, §2o; 1.035, §3o, III, e 1.040,
supletivamente este Código”.
IV, DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. CONCESSÃO
A aplicação supletiva significa que o emprego DE TUTELA DE EVIDÊNCIA SEM OITIVA DO RÉU.
de uma determinada lei se dará de forma APLICAÇÃO SUBSIDIÁRIA DAS NORMAS DO CPC
complementar para possibilitar o aperfeiçoamento AOS PROCESSOS ADMINISTRATIVOS. CITAÇÃO
da lei existente, trazendo maior efetividade e justiça DA UNIÃO, DE ESTADOS, DO DISTRITO FEDERAL
ao processo (LIMA, 2017). E DE MUNÍCIOS PERANTE ÓRGÃO DE ADVOCACIA
O sistema jurídico, assim como o de direito PÚBLICA. DEPÓSITOS JUDICIAIS EM BANCOS OFICIAIS.
administrativo encontram soluções aos deslindes RECURSO EXTRAORDINÁRIA COM REPERCUSSÃO
GERAL PRESUMIDA EM CASO DE LEI FEDERAL
das ações. Nesse sentido, refere-se o trecho
DECLARADA INCONSTITUCIONAL. COMUNICAÇÃO AO
extraído do Acórdão nº 9303-01.179, emanado no
ÓRGÃO PÚBLICO RESPONSÁVEL POR FISCALIZAÇÃO
julgamento do recurso especial pertinente aos autos DE SERVIÇO PÚBLICO OBJETO DE DECISÃO EM
do Processo nº 13804.008106/2002-18, Conselho CASOS REPETITIVOS. CONSTITUCIONALIDADE.
Administrativo de Recursos Fiscais (CARF), a seguir COMPETÊNCIA DO FORO DO DOMICÍLIO DO AUTOR
colacionado:7 QUANDO DEMANDADO FOR ESTADO OU DISTRITO
FEDERAL. INCONSTITUCIONALIDADE. INTERPRETAÇÃO
Aqueles que navegam no direito subjetivo sabem CONFORME. LIMITAÇÃO TERRITORIAL.
ou deveriam saber que o mar processual é bravio e 1. Não afronta autonomia dos estados previsão le-
desafiador, quase sempre revolto e cheio de ondas gal de aplicação supletiva e subsidiária das normas
e marolas que fazem, muitas vezes o barco perder do Código de Processo Civil a processos administra-
o rumo. Isso faz com que muitos se percam e não tivos.
consigam completar a travessia. Mas nem tudo está 2. Deve ser conferida interpretação conforme a
perdido, os instrumentos de navegação vem, a cada Constituição aos arts. 46, §5º, e 52, parágrafo úni-
dia, se aperfeiçoando, de tal sorte, que o barqueiro co, a fim de que a competência seja definida nos li-
que os utilizar corretamente, nunca perderá o norte mites territoriais do respectivo estado ou do Distrito
e, facilmente, chegará a um porto seguro. Saindo Federal, nos casos de promoção de execução fiscal
da linguagem figurada para a real, os instrumentos e de ajuizamento de ação em que seja demandado
são os princípios gerais e específicos que norteiam estado ou Distrito Federal.
a atividade jurisdicional e, por empréstimo, a ‘judi-
3. Não ofende a capacidade de autoadministração
cante’ administrativo.
dos entes federados determinação legal de que a
citação da União, estados, Distrito Federal e municí-
Por outro lado, é importante apresentar que pios seja feita perante órgão de Advocacia Pública.
a aplicação do art. 15 do Código de Processo 4. É constitucional norma legal que, sem prévia
Civil em esferas administrativas diversas do ente citação do réu, admite concessão de tutela de
federal está sendo questionada via Ação Direita evidência, quando os fatos alegados possam ser
de Inconstitucionalidade nº 5.492, proposta demonstrados documentalmente e a tese jurídica
pelo Distrito Federal, como um de seus pedidos, estiver consolidada em julgamento de casos repe-
alegando afronta à autonomia federativa, sob o titivos ou em súmula vinculante. Ocorre, na hipóte-
fundamento de que invadiu o campo de atuação dos se, postergação do contraditório a fim de assegurar
acesso à justiça em consonância com os preceitos
demais entes políticos.
constitucionais da duração razoável do processo e
Após distribuição da ação, o Ministro relator
do devido processo legal.
Dias Toffoli manifestou em 28.04.2016 no
5. Normas que disponham sobre depósitos judi-
sentido de que a decisão fosse tomada em caráter ciais consubstanciam normas processuais, cuja
definitivo, ante a relevância da matéria, nos termos competência legislativa é privativa da União (CR,
do art. 12 da Lei nº 9.868/99. A Procuradoria- art. 22, I).
Geral da República apresentou manifestação nº 6. Determinação de que os órgãos públicos e agên-
190.084/2017-AsJConst/SAJ/PGR com a seguinte cias reguladoras responsáveis por fiscalização de
ementa: serviço público sejam comunicados acerca de de-
cisão proferida em casos repetitivos não afronta
a Constituição. Previsão desse teor amplia os di-
álogos institucionais entre as entidades públicas
LIMA, C. S. M. S. Aplicação supletiva e subsidiária do novo CPC
7
e assegura maior efetividade no cumprimento de
ao Processo Administrativo Fiscal, recepção dos julgados dos
Tribunais na esfera administrativa. Disponível em: <http://www. decisão judicial.
migalhas.com.br/dePeso/16,MI250575,41046-Aplicacao+suplet 7. É constitucional presunção de repercussão geral
iva+e+subsidiaria+do+novo+CPC+ao+Processo>. Acesso em: 20 a recurso extraordinário que impugna acórdão que
ago. 2017.

12 ARTIGOS Fórum Administrativo – FA, Belo Horizonte, ano 18, n. 203, p. 9-15, jan. 2018
Processo administrativo digital: maior celeridade e transparência?

tenha declarado inconstitucionalidade de tratado ou Instituições públicas já implementaram o


lei federal, pois fundamenta-se na necessidade de processo administrativo eletrônico, trazendo a
uniformização de aplicação de lei federal em todo diminuição do tempo de tramitação dos processos
território nacional.
a partir da utilização do meio eletrônico (MORAES,
8. Parecer por procedência parcial do pedido.
2016).
Dissertação apresentada no Programa de
Apesar desse questionamento, se pode
Mestrado de Administração Pública (PROFIAP)
haver aplicação supletiva e subsidiária do Código
(MORAES, 2016) cita tabela demonstrando um
de Processo Civil nos processos administrativos
ganho de tempo de tramitação dos processos
dos Estados e dos Municípios, o que se sugere é
em uma média de 52%, a partir da utilização do
que se trata de um caminho sem volta à utilização
meio eletrônico para a tramitação dos processos,
dogmática do direito, reafirmado com a positivação
conforme se verifica a seguir.
de princípios.
Redução nos tempos de tramitação
Essa perspectiva, de dar ênfase aos princípios
constitucionais para aferir maior eficácia e
efetividade à norma, destacando-se princípios via Órgão Redução
sua positivação, já havia sido apresentada com o Receita Federal 40%
Código Civil de 2002, o qual inseriu em seu texto Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul 52%
os princípios da eticidade, da socialidade e da
Tribunal de Justiça São Paulo 38%
operabilidade.8
Nesse viés, entende-se que a intenção do Tribunal de Justiça de Alagoas 52%
enfoque dogmático é justamente de direcionar o olhar Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas 53%
para uma otimização legislativa, com foco em maior Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte 75%
celeridade dos atos e a realização da finalidade de Fonte: UCHOA, 2013; ROTTA, 2013.
qualquer processo. Os princípios inseridos no atual
Código de Processo Civil apresentam-se, assim, O direcionamento para que seja utilizado o
como instrumento para aprimoramento dos atos e meio digital nos processos é antigo e está sendo
processos administrativos. constantemente enfatizado, o que demonstra
que a inserção de meios tecnológicos de gestão
4 Processo administrativo digital processual é um caminho sem volta.
A Receita Federal, por exemplo, iniciou seu
Diferentes institutos do novo Código de Processo
projeto de implantação do processo eletrônico em
Civil possibilitam a aplicação de forma supletiva e
2009, chamado de “e-processo” e apresentou
subsidiária nos Processos Administrativos, o que
redução do tempo de trâmite do processo em
enseja uma maior transparência e melhoria no
até 40%, conforme tabela anterior, aumento
poder de fundamentação e argumentação daqueles
de produtividade dos servidores, melhoria no
que produzem os atos da Administração Pública,
atendimento ao cidadão, redução de 2/3 da
principalmente na condução de seus processos
quantidade de papel impresso e redução de 70% do
administrativos.
espaço de armazenagem (MORAES, 2016).
Encarregados de elaborar o Anteprojeto do
Grande parte da Administração Pública utiliza
Novo Código de Processo Civil, pelo Ato nº 379 de
um sistema de gestão de informações, processos
2009, indicaram como uma das principais razões
administrativos e documentos eletrônicos que
de alteração do código a morosidade. Essa demora
possibilita a produção, edição, assinatura, trâmite
da prestação jurisdicional direciona para um falso
(andamento) e armazenamento de documentos
garantismo, que pressupõe um processo com forma
denominado SEI! e direciona para a obtenção de
rígida, com etapas que desencadeiam altíssima
desburocratização, eficiência e celeridade.
insatisfação popular e consequente descrédito do
Outros sistemas que estabelecem a
Poder Judiciário (FUX, 2014).
digitalização dos processos e atos coexistem
A possibilidade de tramitação do processo
com o Sistema Eletrônico de Informações (SEI!),
administrativo via virtual certamente possibilita maior
disponibilizado como Software de Governo
acesso, economicidade, organização, com maior
mediante celebração de acordo de cooperação com
controle na contagem de prazos, do quantitativo de
o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e
processos, sendo excelente mecanismo de gestão.
Gestão,9 o que demonstra mudança da visão do

TARTUCE, Flávio. O novo CPC e o Direito Civil, impactos, diálogos


8

9
Disponível em: <https://softwarepublico.gov.br/social/sei>
e interações. [s. l.]: Método, 2015, p. 4-5. Acesso em: 08 dez. 2017.

Fórum Administrativo – FA, Belo Horizonte, ano 18, n. 203, p. 9-15, jan. 2018 ARTIGOS 13
Alice Santos Veloso Neves, Muryel Hey

processo administrativo e judicial, a iniciar pelo seu humano, que certamente se tornará cada vez mais
meio, que agora é digital. pensante, de análise das situações existentes,
confronto dos dados, deixando às máquinas
5 Conclusão trabalhos repetitivos e necessários, em todas as
áreas.
Em relação ao inicial questionamento, se
Nesse contexto interdisciplinar, melhor que as
vamos ser substituídos por máquinas, trata-se
máquinas sejam vistas como meio que possibilita
realmente de um tópico assombroso, pois remete
não só maior celeridade e transparência, mas
à lembrança de filmes como Inteligência Artificial10
também o aumento da organização, controle,
ou Matrix.11
Atualmente cientistas da computação se economicidade de toda ordem, além dos benefícios
preocupam em como as crianças podem aprender de um processo mais democrático. Tudo isso
tão rápido, havendo estudos sobre o poder de depende de nós.
raciocínio mental das crianças em idade pré-escolar
para desenvolver formas de ensinar máquinas
Digital administrative process: greater speed and transparency?
sobre o mundo (GOPNIK, 2017). Tudo isso torna
assustador pensar na existência e evolução da Abstract: The paper aims to discuss the insertion of the digital
process in the administrative scope and the repercussions in
inteligência artificial e do aprendizado das máquinas.
the administrative process arising from the emphasis brought by
Em outro paralelo, há a necessidade de Federal Law 13,105, of March 16, 2015, mainly in relation to the
aperfeiçoar o trabalho humano, buscar melhores principles of celerity and effective transparency. It also aims to
soluções e instrumentos. E assim temos que o address regulations regarding the need to ensure broad access to
information and the constant improvement of the administrative
uso da tecnologia realmente leva a um substituto process. The proposal was based on a dogmatic analysis,
das atividades repetitivas, como já nos mostrou a admitting as a starting point the use of technology to implement
mecanização agrícola, por exemplo, em que diversas the principles of transparency of acts of procedural celerity. The
use of technology is discussed and whether this use represents
tarefas podem ser executadas com facilidade e a substitute for human labor or a mere facilitator of activities
eficiência por meio do uso de máquinas. to be performed. Comparing the institutes presented in the new
No caso específico do uso do processo Code of Civil Procedure with those existing in the Administrative
Process, the search for greater dynamism, clarity, coherence,
digital, logo já nos deparamos com facilitadores
economics and solutions that can improve the administrative
apresentados pelo próprio sistema digital acts, procedures and processes, in their different spheres ,
escolhido em específico, havendo considerável through the use of electronic process management systems.
desburocratização, não sendo necessário que Keywords: Technology. Digital process. Celerity. Transparency.
pessoas se mobilizem para autuar, etiquetar, New Code of Civil Procedure. Administrative process.
perfurar, bater carimbos de página e em folhas
“em branco” ou “parte em branco” e o melhor,
evita-se grande perca de tempo com infindáveis Referências
buscas processuais, aumentando o controle de ADEODATO, João Maurício. Uma teoria retórica da norma jurídica
toda a ordem, citando-se, assim, simples e visíveis e do direito subjetivo. São Paulo: Noeses, 2011.
progressos alcançados ao se utilizar um sistema de BRASIL. Decreto 8.539, de 8 de outubro de 2015. Dispõe
processo digital. sobre o uso do meio eletrônico para a realização do processo
O novo Código de Processo Civil e legislações administrativo no âmbito dos órgãos e das entidades da
administração pública federal direta, autárquica e fundacional.
anteriores, como a Lei de Acesso à Informação e da Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_
utilização do Processo Judicial Eletrônico, reforçam Ato2015-2018/2015/Decreto/D8539.htm>. Acesso em: 06
o uso do meio digital e de sistemas de gestão Jul. 2017.
eletrônica nos processos administrativos. BRASIL. Decreto Federal nº 8.789 de 29 de junho de 2016. Dispõe
Assim, podemos entender que a evolução sobre o compartilhamento de bases de dados na administração
pública federal. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/
tecnológica permite um aperfeiçoamento do trabalho ccivil_03/_ato2015-2018/2016/decreto/d8789.htm>. Acesso
em: 06 Jul. 2017.
10
A. I. Artificial Intelligence é o título original do filme, lançado BRASIL. Decreto Federal nº 9.094, de 17 de julho de 2017. Dispõe
em 2001. Com gênero de ficção científica aborda o sentido sobre a simplificação do atendimento prestado aos usuários dos
da humanidade em um futuro distante em que há máquinas serviços públicos, ratifica a dispensa do reconhecimento de
inteligentes coexistindo entre os homens e foca em um menino
firma e da autenticação em documentos produzidos no País e
androide que foi programado inclusive para amar e coexiste como
membro de uma família. institui a Carta de Serviços ao Usuário. Disponível em: <http://
11
Complexa trilogia de filme de gênero de ação e ficção científica em www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/decreto/
que as máquinas com inteligência artificial escravizam os homens, D9094.htm>. Acesso em: 06 jul. 2017.
para transformá-los em energia. Passa-se em dois planos espaço-
temporais, sendo permeado de insinuações mitológicas, literárias
BRASIL. Lei 13.105, de 16 de Março de 2015. Código de
e religiosas, além de ser objeto de densa reflexão para os Processo Civil. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/
entusiastas das ciências cognitivas, filosofias da mente e aqueles ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13105.htm>. Acesso em:
que tratam da relação Homem x Máquina (Inteligência artificial). 06 jul. 2017.

14 ARTIGOS Fórum Administrativo – FA, Belo Horizonte, ano 18, n. 203, p. 9-15, jan. 2018
Processo administrativo digital: maior celeridade e transparência?

BRASIL. Lei 9.784, de 29 de Janeiro de 1999. Regula o processo GOPNIK, Alison. Por uma IA mais humana. Scientific American
administrativo no âmbito da Administração Pública Federal. Brasil, p. 40-45, ago. 2017.
Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/
L9784.htm>. Acesso em: 06 jul. 2017. JUSTEN FILHO, Marçal. O direito das agências reguladoras
independentes. São Paulo: Dialética, 2002.
BRASIL. Lei Federal nº 11.419, de 19 de dezembro de 2006.
Dispõe sobre a informatização do processo judicial. Disponível em LIMA, Clairen Saana Moura Santos. Aplicação supletiva
<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/ e subsidiária do novo CPC ao Processo Administrativo
lei/l11419.htm> Acesso em: 20 jul. 2017. Fiscal, recepção dos julgados dos Tribunais na esfera
administrativa. Disponível em: <http://www.migalhas.com.br/
BUCCI, Maria Paula Dallari. Direito Administrativo e Políticas
dePeso/16,MI250575,41046-Aplicacao+supletiva+e+subsidiari
Públicas. São Paulo: Saraiva, 2002.
a+do+novo+CPC+ao+Processo>. Acesso em: 20 ago. 2017.
CANOTILHO, J.J. Gomes. Direito constitucional e teoria da
MENDES, Flavine Meghy Metne. Processo normativo das agências
Constituição. 3. ed. Coimbra: Almedina,1999, p. 1043-1044.
reguladoras: atributos específicos à governança regulatória. São
DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella (Org.). Direito regulatório: temas Paulo: Giz Editorial, 2014.
polêmicos. Belo Horizonte: Fórum, 2009.
MORAES, Fausto Cruzeiro de. Processo administrativo eletrônico:–
DIDIER JÚNIOR, Fredie. Curso de Direito Processual Civil: plano de implantação na Controladoria Geral do Estado de Goiás
introdução ao direito processual civil, parte geral e processo de [manuscrito] / Fausto Cruzeiro de Moraes. - 2016. 127 f.
conhecimento. Salvador: Jus PODIVM, 2015. v. I.
NEVES, Daniel Amorim Assumpção. Novo Código de Processo
FERRAZ JR, Tércio Sampaio. A ciência do direito. 2. ed. São Civil comentado artigo por artigo. Salvador: JusPodivm, 2016.
Paulo: Atlas, 1980, p. 9-49.
REIS, Clóvis Mendes Leite Reimão dos. A aplicação supletiva
FERRAZ JR, Tércio Sampaio. Teoria dogmática da decisão ou e subsidiária do CPC/2015 aos processos administrativos
teoria dogmática da argumentação jurídica. In: FERRAZ JR, Tércio
estaduais, municipais e distritais: uma análise crítica da ADI
Sampaio. Introdução ao estudo do Direito: técnica, decisão,
5492/DF. Âmbito Jurídico, Rio Grande, XIX, n. 154, nov. 2016.
dominação. 6. ed. 3 reimpr. São Paulo: Atlas, 2011, cap. 6, p.
285-323. [38 p]. Disponível em: <http://www.ambito-juridico.com.br/site/index.
php?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=18158&revista_
FLEXA, Alexandre; MACEDO, Daniel; BASTOS, Fabrício. Novo caderno=4>. Acesso em: ago. 2017.
Código de Processo Civil: temas inéditos, mudanças e
supressões. Salvador: JusPodivm, 2016. THEODORO JÚNIOR, Humberto. Curso de Direito Processual Civil:
teoria geral do direito processual civil, processo de conhecimento
FUX, Luiz. O novo processo civil. Rev. TST, Brasília, v. 80, n. 4, e procedimento comum. Rio de Janeiro: Forense, 2015. v. I.
out./dez. 2014.
GOIÁS. Lei nº 13.800 de 18 de janeiro de 2001. Regula o
processo administrativo no âmbito da Administração Pública
do Estado de Goiás. Disponível em: <http://www.gabinetecivil. Informação bibliográfica deste texto, conforme a NBR 6023:2002
go.gov.br/pagina_leis.php?id=1907>. Acesso em: 06 jul. 2017.
da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT):
GOIÁS. Lei nº 17.039, de 22 de junho de 2010. Dispõe sobre
a informatização e a digitalização dos processos e atos da NEVES, Alice Santos Veloso; HEY, Muryel. Processo administrativo
Administração Pública Estadual. Disponível em: <http://www. digital: maior celeridade e transparência?. Fórum Administrativo
gabinetecivil.goias.gov.br/leis_ordinarias/2010/lei_17039. – FA, Belo Horizonte, ano 18, n. 203, p. 9-15, jan. 2018.
htm>. Acesso em: 06 jul. 2017.

Fórum Administrativo – FA, Belo Horizonte, ano 18, n. 203, p. 9-15, jan. 2018 ARTIGOS 15