Você está na página 1de 7

AS QUATRO DECISÕES DE LÓ

TEMA: Sabedoria Ao Tomar Decisões


PROPÓSITO: Levar as pessoas a tomarem decisões corretas
e abandonar tudo por Cristo.
TEXTO: Gn 12-19.
Hino Inicial: 11

Estou muito feliz de estar aqui com os irmãos, apesar de eu


querer estar sentado e não aqui em cima, então deixem que
eu comece logo para ficar menos nervoso.

INTRODUÇÃO:

Saber tomar decisões é o segredo da vida cristã produtiva,


por que através delas nós determinamos nossa vida, não
importando se essas sejam sobre coisas relevantes, ou assuntos
corriqueiros. Existem as decisões do dia a dia como, comer,
dormir, estudar, brincar, amar, etc., porém há outras que
decidem para sempre nosso destino, contribuindo para nossa
tristeza ou felicidade, como decidir com quem se casar, qual
curso fazer, e a que tipo de deus serviremos. Vamos falar hoje
sobre alguém que teve que tomar algumas decisões importantes
em sua vida, e veremos as consequências de cada uma.
Estaremos falando sobre Ló, por que? Por vemos que o
caminho percorrido por este personagem e as decisões por ele
tomadas, se parece em muito com as decisões principais que
todo cristão deve tomar. Ló ficou órfão aparentemente quando
ainda muito jovem, pois a Bíblia cita que seu avô era ainda vivo
quando seu pai faleceu, foi então criado pelo avô e os tios. Era
oportunista, curioso, buscava facilidades e aventuras.

Genesis 12:1
1 ¶ Certo dia o Deus Eterno disse a Abrão: -Saia da sua
terra, do meio dos seus parentes e da casa do seu pai e vá
para uma terra que eu lhe mostrarei.
2 Os seus descendentes vão formar uma grande nação. Eu
o abençoarei, o seu nome será famoso, e você será uma
bênção para os outros.
3 Abençoarei os que o abençoarem e amaldiçoarei os que o
amaldiçoarem. E por meio de você eu abençoarei todos os
povos do mundo.
4 ¶ Abrão tinha setenta e cinco anos quando partiu de
Harã, como o Deus
Eterno havia ordenado. E Ló foi com ele.

I - A 1o DECISÃO: FAZER OU NÃO PARTE DO POVO DE


DEUS: Gn 12.4
Deus chamou Abraão com o intuito de estabelecer um povo
especial, proporcionando-lhes bênçãos. O desejo de Ló de
obedecer a Deus, como o havia feito seu tio, fez com que ele
estivesse disposto para compartilhar, no mínimo naquele
momento, as penalidades da viagem e as incertezas de um
futuro arriscado. Ló decidiu seguir o tio, a Bíblia diz que “Ló foi
com ele”, decidindo assim fazer parte do povo de Deus.
Genesis 13:1
1 ¶ Abrão saiu do Egito com a sua mulher e com tudo o
que tinha e foi para o Sul de Canaã. E Ló, o seu sobrinho,
foi com ele.
2 Abrão era muito rico; tinha gado, prata e ouro.
5 ¶ Ló, que ia com Abrão, também levava ovelhas, cabras,
gado, empregados e a sua família.
6 Não havia pastos que dessem para os dois ficarem juntos,
pois eles tinham muitos animais.
7 Por isso os homens que cuidavam dos animais de Abrão
brigavam com os que tomavam conta dos animais de Ló.
8 Um dia Abrão disse a Ló: -Nós somos parentes
chegados, e não é bom que a gente fique brigando nem que
os meus empregados briguem com os seus.
9 Vamos nos separar. Escolha: a terra está aí, toda ela. Se
você for para a esquerda, eu irei para a direita; se você for
para a direita, eu irei para a esquerda.
10 ¶ Ló olhou em volta e viu que o vale do Jordão, até
chegar à cidade de Zoar, tinha bastante água. Era como o
Jardim do Deus Eterno ou como a terra do Egito. O vale
era assim antes de o Eterno haver destruído as cidades de
Sodoma e de Gomorra.
11 Ló escolheu todo o vale do Jordão e foi na direção leste.
E assim os dois se separaram.
II - A 2O DECISÃO: ESCOLHER ENTRE AS FACILIDADES
LONGE DE DEUS OU AS DIFICULDADES DE SEU LADO: Gn
13.9,10
Uma crise fez os peregrinos descerem ao Egito, e ao
retornarem de lá tanto Abraão quando Ló estavam ricos. A terra
não podia suportar tanto gado e rebanhos pastando. Por isso os
empregados de Abraão e de Ló brigavam por espaço. Ao Abraão
ver esta situação procurou logo a Ló e disse para que
separassem para evitar mais confusões. Abraão deixou que ló
escolhesse para onde ir. Ló podia escolher entre um monte
áspero e as planícies. Ir para as planícies, um lugar fácil e bonito,
ou para o monte, um lugar difícil e feio. Montes na Bíblia quase
sempre simbolizam a morada de Deus ou de deuses, e sobre
eles aconteceram grandes fatos relacionados a Deus, como os
seguintes:

 Os 10 mandamentos foram revelados sobre um monte (Ex


19 );
 A vida de Jesus teve grandes acontecimentos sobre os
montes, como a tentação, o sermão do monte, a
transfiguração, a mortee a ascensão;
 Apocalipse revela que a cidade Santa descerá sobre o
monte das Oliveiras.

Quando decidiu pelas facilidades das Campinas, Ló decidiu


pelas facilidades do mundo, pois é nas Campinas que estavam
instaladas Sodoma e Gomorra, o símbolo do pecado;
Certo engenheiro ao visitar um hospício encontrou um
paciente serrando um toco de madeira no jardim. Depois de
observa-lo por alguns minutos notou que o doente não estava
avançando no trabalho. Aproximando-se, descobriu que o
homem usava a serra com os dentes para cima. Ao perguntar o
porque de usar a serra daquele jeito, recebeu a seguinte
resposta: - É simples, Tentei do outro modo também, mas é
muito mais fácil empurrar com os dentes para cima!
Nem tudo o que é mais fácil é melhor.

Genesis 19:17
17 Então um dos anjos disse a Ló: -Agora corra e salve a
sua vida! Não olhe para trás, nem pare neste vale. Fuja
para a montanha; se não, você vai morrer.
18 Mas Ló respondeu: -Senhor, não me obrigue a fazer
isso, por favor!
19 O senhor me fez um grande favor e teve pena de mim,
salvando a minha vida. Mas a montanha fica muito longe
daqui, e a destruição vai me alcançar e acabar comigo
antes que eu chegue lá.
20 Está vendo aquela cidadezinha ali? Ela fica perto. Deixe
que eu fuja para lá a fim de salvar a minha vida. Veja que é
uma cidade bem pequena.

III - 3o DECISÃO: ASSIM NÃO SENHOR: Gn 19.17-20:


Ló chega a cidade de Sodoma e começa instalar seu
comércio lá e pouco a pouco ele se estabelece naquela cidade.
Deus envia anjos a Sodoma para retirar a Ló e sua família. Ló
vivia no meio de uma cidade totalmente corrompida. Se
voltarmos um pouco na bíblia vamos ver que Abraão intercedeu
por Ló. Abraão sabia que Sodoma era uma cidade pecadora e
podemos dizer que Ló ao decidir ir para Sodoma sabia o tipo de
lugar para onde ia morar. Mesmo sendo avisado pessoalmente
por Deus, Ló parecia não acreditar que aconteceria algo, sua
relutância em deixar a cidade nos mostra o quanto o ser humano
se apega ao pecado; Deus disse era para Ló subir o monte, mas
Ló quis fazer do seu jeito. “Assim não senhor”. Mesmo sabendo
que a única saída para se salvar eram os montes (enfatizar que
só existiria salvação para Ló sobre os montes), ele argumenta
com Deus, e pede para continuar no erro (19.18-20); Em vez de
cooperar com o plano de Deus para a preservação de sua
vida, Ló abusou da grande misericórdia de Deus.I) Assim
somos nós, muitas vezes sabemos que erramos, mas queremos
justificá-los por que estamos amarrados com o erro. Ló tomou
uma decisão errada argumentando estar certo.

Genesis 19:30
30 ¶ Ló teve medo de ficar morando em Zoar e por isso foi
para as montanhas, junto com as duas filhas. Ali os três
viviam numa caverna.

IV- A 4o DECISÃO: A HUMILDADE PARA SUBIR O MONTE:


Gn 19. 30
Certa vez um caminhão enorme ficou preso debaixo de uma
ponte de pouca altura. Todo o tráfego ficou paralisado enquanto
ele tentava desvencilhar-se dali, dando marcha ré ou forçando
para a frente. Guardas de Trânsito e homens experientes
também queriam resolver o problema. Porém, Quanto mais
tentavam Mover o veículo, mais preso ele ficava. Finalmente,
todos decidiram que a única solução seria cortar a parte superior
da carroceria, e foram buscar as ferramentas necessárias.
Enquanto isso tudo acontecia, um garoto estava ali
observando e tentando dizer algo para os homens. Eles apenas
o empurravam para fora do caminho e até lhe disseram que
fosse para casa e não atrapalhasse. Mas, numa última e
desesperada tentativa, ele gritou: “Ei,, por que vocês não
murcham os pneus?”
Os Homens pararam e olharam para o alto da carroceria e
depois para baixo, para os enormes pneus. “Essa pode ser a
solução!”, pensaram. E era! Poucos minutos depois, o caminhão
estava livre e o trânsito também. Quem solucionou o problema
foi o garoto e os guardas e homens experientes tiveram que ter
humildade para reconhecer que uma criança já tinha a solução
há tempos e eles não o escutaram.

Velho, cansado, sem riquezas, Ló que como os guardas de


trânsito de nossa história rejeitou reconhecer que estava errado
por tanto tempo, agora resolve reconhece-lo, porém agora se vê
um Ló humilde, simples, que se preocupa antes com sua
salvação eterna do que com os prazeres do mundo; porem as
decisões tardias tem suas conseqüências, Ló perdeu esposa,
casa, rebanhos, e quase a própria vida.
Ló morou pouco tempo em Zoar, a iniquidade prevalecia ali
como em Sodoma e Ló Temeu que ela também fosse destruída.
Ló encaminhou-se para as montanhas para morar em uma
caverna, longe de tudo aquilo por cujo amor ousara sujeitar sua
família às influências de uma cidade ímpia. A conduta
pecaminosa de suas Filhas foi o resultado das más associações
naquele vil lugar. Quando ló entrou em Sodoma, ele se propunha
a conservar-se livre da iniquidade, e ordenar sua casa depois
dele.

“Muitos ainda estão cometendo erro semelhante.


Escolhendo um lar, olham mais para as vantagens
temporais que podem adquirir do que para as influências
morais e sociais que cercarão a eles e suas famílias.
Escolhem um território belo e fértil, ou mudam-se para
alguma cidade florescente, na esperança de conseguir
maior prosperidade; mas seus filhos se acham
rodeados de tentações, e muitas vezes formam
camaradagens que são desfavoráveis ao
desenvolvimento da piedade e à formação de um
caráter reto. ” (Patriarcas e Profetas, pag. 168,169).
Escolher o caminho estreito para o monte e não a vida da
planície não é fácil, porém é a decisão correta.
Que Deus nos ajude a escolher o certo.
Hino Final 180

Você também pode gostar