Você está na página 1de 5

(Hb 9: 27) E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma

(Rm 10: 9-10) Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor só vez, vindo, depois disto, o juízo,
e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos,
serás salvo. Porque com o coração se crê para justiça e com a boca (Rm 5: 8) Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo
se confessa a respeito da salvação. fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores.
(Mt 16: 16) Respondendo Simão Pedro, disse: Tu és o Cristo, o Filho (Gl 3: 13) Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se ele
do Deus vivo. próprio maldição em nosso lugar (porque está escrito: Maldito todo
aquele que for pendurado em madeiro),
(Hb 4: 16) Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono
da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para (Rm 4: 25) o qual foi entregue por causa das nossas transgressões e
socorro em ocasião oportuna. ressuscitou por causa da nossa justificação.
(Lm 3: 22-23) As misericórdias do SENHOR são a causa de não (Gl 2: 20) logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim;
sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de
renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade. Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim.
(Sl 119: 105) Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e, luz para (At 2: 38) Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós
os meus caminhos. seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos
pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo.
(Sl 1: 1-2) Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos
ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na (1Co 12: 13) Pois, em um só Espírito, todos nós fomos batizados em
roda dos escarnecedores. Antes, o seu prazer está na lei do um corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. E a
SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. todos nós foi dado beber de um só Espírito.
(Rm 1: 16) Pois não me envergonho do evangelho, porque é o poder (Tt 3: 5) não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo
de Deus para a salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e sua misericórdia, ele nos salvou mediante o lavar regenerador e
também do grego; renovador do Espírito Santo,
(2Tm 3: 16) Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o (1Ts 1: 3-4) recordando-nos, diante do nosso Deus e Pai, da
ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na operosidade da vossa fé, da abnegação do vosso amor e da firmeza
justiça, da vossaa esperança em nosso Senhor Jesus Cristo, reconhecendo,
irmãos, amados de Deus, a vossa eleição,
(Fp 4: 6-7) Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém,
sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e (Ef 2: 8-9) Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não
pela súplica, com ações de graças. E a paz de Deus, que excede todo vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se
o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo glorie.
Jesus.
(Rm 4: 18) Abraão, esperando contra a esperança, creu, para vir a
(Mt 6: 6) Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a ser pai de muitas nações, segundo lhe fora dito: Assim será a tua
porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em descendência.
secreto, te recompensará.
(Rm 3: 21-23) Mas agora, sem lei, se manifestou a justiça de Deus
(Jo 15: 7) Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras testemunhada pela lei e pelos profetas; justiça de Deus mediante a fé
permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito. em Jesus Cristo, para todos e sobre todos os que crêem; porque não
há distinção, pois todos pecaram e carecem da glória de Deus,
(Mt 7: 11) Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos
vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará boas (Rm 8: 32) Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por
coisas aos que lhe pedirem? todos nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com
ele todas as coisas?
(2Pe 1: 21) porque nunca jamais qualquer profecia foi dada por
vontade humana; entretanto, homens santos falaram da parte de (Rm 8: 26) Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em
Deus, movidos pelo Espírito Santo. nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o
mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos
(Js 1: 8) Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele inexprimíveis.
dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto
nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem- (Gl 5: 21-26) Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz,
sucedido. longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão,
domínio próprio. Contra estas coisas não há lei. E os que são de
(Rm 11: 36) Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e
coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém! concupiscências. Se vivemos no Espírito, andemos também no
(Jr 31: 3) De longe se me deixou ver o SENHOR, dizendo: Com Espírito. Não nos deixemos possuir de vanglória, provocando uns
amor eterno eu te amei; por isso, com benignidade te atraí. aos outros, tendo inveja uns dos outros.

(Hb 4: 15) Porque não temos sumo sacerdote que não possa (2Co 7: 1) Tendo, pois, ó amados, tais promessas, purifiquemo-nos
compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado em todas de toda impureza, tanto da carne como do espírito, aperfeiçoando a
as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado. nossa santidade no temor de Deus.

(Jo 14: 6) Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a (1Jo 3: 3) E a si mesmo se purifica todo o que nele tem esta
vida; ninguém vem ao Pai senão por mim. esperança, assim como ele é puro.

(Jo 1: 1) No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o (Ap 22: 7) Eis que venho sem demora. Bem-aventurado aquele que
Verbo era Deus. guarda as palavras da profecia deste livro.

(2Co 13: 14) A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a (1Ts 4: 16-17) Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de
comunhão do Espírito Santo sejam com todos vós. ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus,
descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro;
(Rm 5: 12) Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados
no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos
todos os homens, porque todos pecaram. ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor.
(Mt 7: 24) Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as (1Tm 6: 17) Exorta aos ricos do presente século que não sejam
pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua orgulhosos, nem depositem a sua esperança na instabilidade da
casa sobre a rocha; riqueza, mas em Deus, que tudo nos proporciona ricamente para
nosso aprazimento;
(Jo 14: 21) Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse
é o que me ama; e aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu (1Pe 5: 8) Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda
também o amarei e me manifestarei a ele. em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar;
(Fp 2: 3-4) Nada façais por partidarismo ou vanglória, mas por (Ef 6: 10-11) Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força
humildade, considerando cada um os outros superiores a si mesmo. do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para
Não tenha cada um em vista o que é propriamente seu, senão também poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo;
cada qual o que é dos outros.
(Jo 13: 34-35) Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos
(1Pe 4: 11) Se alguém fala, fale de acordo com os oráculos de Deus; outros; assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos
se alguém serve, faça-o na força que Deus supre, para que, em todas outros. Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se tiverdes
as coisas, seja Deus glorificado, por meio de Jesus Cristo, a quem amor uns aos outros.
pertence a glória e o domínio pelos séculos dos séculos. Amém!
(1Jo 3: 18) Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas
(Mt 28: 19-20) Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a de fato e de verdade.
autoridade me foi dada no céu e na terra.
(Rm 8:1-39) (8:1) Agora, pois, já nenhuma condenação há para os
19 Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os que estão em Cristo Jesus. (8:2) Porque a lei do Espírito da vida, em
em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte. (8:3) Porquanto
o que fora impossível à lei, no que estava enferma pela carne, isso
(Mt 5: 16) Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para fez Deus enviando o seu próprio Filho em semelhança de carne
que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está pecaminosa e no tocante ao pecado; e, com efeito, condenou Deus,
nos céus. na carne, o pecado, (8:4) a fim de que o preceito da lei se cumprisse
(Lc 6: 45) O homem bom do bom tesouro do coração tira o bem, e o em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.
mau do mau tesouro tira o mal; porque a boca fala do que está cheio (8:5) Porque os que se inclinam para a carne cogitam das coisas da
o coração. carne; mas os que se inclinam para o Espírito, das coisas do Espírito.
(8:6) Porque o pendor da carne dá para a morte, mas o do Espírito,
(Pv 15: 23) O homem se alegra em dar resposta adequada, e a para a vida e paz. (8:7) Por isso, o pendor da carne é inimizade contra
palavra, a seu tempo, quão boa é! Deus, pois não está sujeito à lei de Deus, nem mesmo pode estar.
(Ef 4: 13) Até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno (8:8) Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus.
conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida (8:9) Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se, de fato, o
da estatura da plenitude de Cristo, Espírito de Deus habita em vós. E, se alguém não tem o Espírito de
Cristo, esse tal não é dele. (8:10) Se, porém, Cristo está em vós, o
(Fp 3: 12) Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito é
perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo para o que também vida, por causa da justiça. (8:11) Se habita em vós o Espírito daquele
fui conquistado por Cristo Jesus. que ressuscitou a Jesus dentre os mortos, esse mesmo que
ressuscitou a Cristo Jesus dentre os mortos vivificará também o
(1Co 6: 19-20) Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do
vosso corpo mortal, por meio do seu Espírito, que em vós habita.
Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e
(8:12) Assim, pois, irmãos, somos devedores, não à carne como se
que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço.
constrangidos a viver segundo a carne. (8:13) Porque, se viverdes
Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo.
segundo a carne, caminhais para a morte; mas, se, pelo Espírito,
(2Tm 2: 22) Foge, outrossim, das paixões da mocidade. Segue a mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis. (8:14) Pois
justiça, a fé, o amor e a paz com os que, de coração puro, invocam o todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.
Senhor. (8:15) Porque não recebestes o espírito de escravidão, para viverdes,
outra vez, atemorizados, mas recebestes o espírito de adoção,
(Ef 6: 1-3) Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. baseados no qual clamamos: Aba, Pai. (8:16) O próprio Espírito
Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. (8:17) Ora,
promessa, para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra. se somos filhos, somos também herdeiros, herdeiros de Deus e co-
(Dt 6: 4-7) Ouve, Israel, o SENHOR, nosso Deus, é o único herdeiros com Cristo; se com ele sofremos, também com ele seremos
SENHOR. Amarás, pois, o SENHOR, teu Deus, de todo o teu glorificados. (8:18) Porque para mim tenho por certo que os
coração, de toda a tua alma e de toda a tua força. ?Estas palavras sofrimentos do tempo presente não podem ser comparados com a
que, hoje, te ordeno estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus glória a ser revelada em nós. (8:19) A ardente expectativa da criação
filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo aguarda a revelação dos filhos de Deus. (8:20) Pois a criação está
caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te. sujeita à vaidade, não voluntariamente, mas por causa daquele que a
sujeitou, (8:21) na esperança de que a própria criação será redimida
(Sl 119: 71) Foi-me bom ter eu passado pela aflição, para que do cativeiro da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de
aprendesse os teus decretos. Deus. (8:22) Porque sabemos que toda a criação, a um só tempo,
(Rm 8: 28) Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem geme e suporta angústias até agora. (8:23) E não somente ela, mas
daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o também nós, que temos as primícias do Espírito, igualmente
seu propósito. gememos em nosso íntimo, aguardando a adoção de filhos, a
redenção do nosso corpo. (8:24) Porque, na esperança, fomos salvos.
(Rm 14: 7-8) Porque nenhum de nós vive para si mesmo, nem morre Ora, esperança que se vê não é esperança; pois o que alguém vê,
para si. Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, como o espera? (8:25) Mas, se esperamos o que não vemos, com
para o Senhor morremos. Quer, pois, vivamos ou morramos, somos paciência o aguardamos. (8:26) Também o Espírito,
do Senhor. semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não
sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por
(Ap 3: 20) Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz
nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis. (8:27) E aquele que
e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo.
sonda os corações sabe qual é a mente do Espírito, porque segundo
(Ef 5: 15-16) Portanto, vede prudentemente como andais, não como a vontade de Deus é que ele intercede pelos santos. (8:28) Sabemos
néscios, e sim como sábios, remindo o tempo, porque os dias são que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus,
maus. daqueles que são chamados segundo o seu propósito. (8:29)
Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou
para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja ocultas das trevas, mas também manifestará os desígnios dos
o primogênito entre muitos irmãos. (8:30) E aos que predestinou, a corações; e, então, cada um receberá o seu louvor da parte de Deus.
esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou;
e aos que justificou, a esses também glorificou. (8:31) Que diremos, (Cl 3.16-17) (3:16) Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo;
pois, à vista destas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria,
(8:32) Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com
nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele gratidão, em vosso coração. (3:17) E tudo o que fizerdes, seja em
todas as coisas? (8:33) Quem intentará acusação contra os eleitos de palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por
Deus? É Deus quem os justifica. (8:34) Quem os condenará? É ele graças a Deus Pai.
Cristo Jesus quem morreu ou, antes, quem ressuscitou, o qual está à
direita de Deus e também intercede por nós. (8:35) Quem nos
separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou (1Pe 2.9) (2:9) Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação
perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada? (8:36) Como santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de
está escrito: Por amor de ti, somos entregues à morte o dia todo, proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a
fomos considerados como ovelhas para o matadouro. (8:37) Em sua maravilhosa luz;
todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio
daquele que nos amou. (8:38) Porque eu estou bem certo de que nem (Hb 10.24-39) (10:24) Consideremo-nos também uns aos outros,
a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas para nos estimularmos ao amor e às boas obras. (10:25) Não
do presente, nem do porvir, nem os poderes, (8:39) nem a altura, deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes,
nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se
do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor. aproxima.
(Ef 2.19-20) (2:19) Assim, já não sois estrangeiros e peregrinos,
mas concidadãos dos santos, e sois da família de Deus, (2:20) (1Ts 2.7-8) (2:7) Embora pudéssemos, como enviados de Cristo,
edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, sendo ele exigir de vós a nossa manutenção, todavia, nos tornamos carinhosos
mesmo, Cristo Jesus, a pedra angular; entre vós, qual ama que acaricia os próprios filhos; (2:8) assim,
querendo-vos muito, estávamos prontos a oferecer-vos não somente
o evangelho de Deus, mas, igualmente, a própria vida; por isso que
(Jo 4.23-24) (4:23) Mas vem a hora e já chegou, em que os vos tornastes muito amados de nós.
verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade;
porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. (4:24)
Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em (Sl 1.1-2) (1:1) Bem-aventurado o homem que não anda no
espírito e em verdade. conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem
se assenta na roda dos escarnecedores. (1:2) Antes, o seu prazer está
na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.
(Ef 4.11-13) (4:11) Digo isto, não por causa da pobreza, porque
aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. (4:12) Tanto
sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas (Is 34.16) (34:16) Buscai no livro do SENHOR e lede: Nenhuma
as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de destas criaturas falhará, nem uma nem outra faltará; porque a boca
fome; assim de abundância como de escassez; (4:13) tudo posso do SENHOR o ordenou, e o seu Espírito mesmo as ajuntará.
naquele que me fortalece.
(Tg 1.5) (1:5) Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-
a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-
(1Pe 2.11-12) (2:11) Amados, exorto-vos, como peregrinos e
lhe-á concedida.
forasteiros que sois, a vos absterdes das paixões carnais, que fazem
guerra contra a alma, (2:12) mantendo exemplar o vosso
procedimento no meio dos gentios, para que, naquilo que falam
contra vós outros como de malfeitores, observando-vos em vossas (Hb 3.13) (3:13) pelo contrário, exortai-vos mutuamente cada dia,
boas obras, glorifiquem a Deus no dia da visitação. durante o tempo que se chama Hoje, a fim de que nenhum de vós
seja endurecido pelo engano do pecado.
(Lc 24.26-33) (14:26) Se alguém vem a mim e não aborrece a seu
pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs e ainda a sua própria
(1Tm 4.12) (4:12) Ninguém despreze a tua mocidade; pelo
vida, não pode ser meu discípulo. (14:27) E qualquer que não tomar
contrário, torna-te padrão dos fiéis, na palavra, no procedimento, no
a sua cruz e vier após mim não pode ser meu discípulo. (14:28) Pois
amor, na fé, na pureza.
qual de vós, pretendendo construir uma torre, não se assenta
primeiro para calcular a despesa e verificar se tem os meios para a
concluir? (14:29) Para não suceder que, tendo lançado os alicerces
e não a podendo acabar, todos os que a virem zombem dele, (14:30) (Hb 13.7) (13:7) Lembrai-vos dos vossos guias, os quais vos
dizendo: Este homem começou a construir e não pôde acabar. pregaram a palavra de Deus; e, considerando atentamente o fim da
(14:31) Ou qual é o rei que, indo para combater outro rei, não se sua vida, imitai a fé que tiveram.
assenta primeiro para calcular se com dez mil homens poderá
enfrentar o que vem contra ele com vinte mil? (14:32) Caso (2Tm 2.2)
contrário, estando o outro ainda longe, envia-lhe uma embaixada, (2:2) E o que de minha parte ouviste através de muitas testemunhas,
pedindo condições de paz. (14:33) Assim, pois, todo aquele que isso mesmo transmite a homens fiéis e também idôneos para instruir
dentre vós não renuncia a tudo quanto tem não pode ser meu a outros.
discípulo.
(Sl 1.1-6) (1:1) Bem-aventurado o homem que não anda no
(Lc 24.46-48) (24:46) e lhes disse: Assim está escrito que o Cristo conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem
havia de padecer e ressuscitar dentre os mortos no terceiro dia se assenta na roda dos escarnecedores. (1:2) Antes, o seu prazer está
(24:47) e que em seu nome se pregasse arrependimento para na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. (1:3) Ele
remissão de pecados a todas as nações, começando de Jerusalém. é como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido
(24:48) Vós sois testemunhas destas coisas. tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto
ele faz será bem sucedido. (1:4) Os ímpios não são assim; são,
(1Co 4.5) (4:5) Portanto, nada julgueis antes do tempo, até que porém, como a palha que o vento dispersa. (1:5) Por isso, os
venha o Senhor, o qual não somente trará à plena luz as coisas perversos não prevalecerão no juízo, nem os pecadores, na
congregação dos justos. (1:6) Pois o SENHOR conhece o caminho nem me castigues no teu furor. (6:2) Tem compaixão de mim,
dos justos, mas o caminho dos ímpios perecerá. SENHOR, porque eu me sinto debilitado; sara-me, SENHOR,
porque os meus ossos estão abalados. (6:3) Também a minha alma
(Sl 2.1-12) (2:1) Por que se enfurecem os gentios e os povos está profundamente perturbada; mas tu, SENHOR, até quando?
imaginam coisas vãs? (2:2) Os reis da terra se levantam, e os (6:4) Volta-te, SENHOR, e livra a minha alma; salva-me por tua
príncipes conspiram contra o SENHOR e contra o seu Ungido, graça. (6:5) Pois, na morte, não há recordação de ti; no sepulcro,
dizendo: (2:3) Rompamos os seus laços e sacudamos de nós as suas quem te dará louvor? (6:6) Estou cansado de tanto gemer; todas as
algemas. (2:4) Ri-se aquele que habita nos céus; o Senhor zomba noites faço nadar o meu leito, de minhas lágrimas o alago. (6:7)
deles. (2:5) Na sua ira, a seu tempo, lhes há de falar e no seu furor Meus olhos, de mágoa, se acham amortecidos, envelhecem por
os confundirá. (2:6) Eu, porém, constituí o meu Rei sobre o meu causa de todos os meus adversários. (6:8) Apartai-vos de mim,
santo monte Sião. (2:7) Proclamarei o decreto do SENHOR: Ele me todos os que praticais a iniquidade, porque o SENHOR ouviu a voz
disse: Tu és meu Filho, eu, hoje, te gerei. (2:8) Pede-me, e eu te do meu lamento; (6:9) o SENHOR ouviu a minha súplica; o
darei as nações por herança e as extremidades da terra por tua SENHOR acolhe a minha oração. (6:10) Envergonhem-se e sejam
possessão. (2:9) Com vara de ferro as regerás e as despedaçarás sobremodo perturbados todos os meus inimigos; retirem-se, de
como um vaso de oleiro. (2:10) Agora, pois, ó reis, sede prudentes; súbito, cobertos de vexame.
deixai-vos advertir, juízes da terra. (2:11) Servi ao SENHOR com
temor e alegrai-vos nele com tremor. (2:12) Beijai o Filho para que (Sl 7.1-17) (7:1) « Canto de Davi. Entoado ao SENHOR, com
se não irrite, e não pereçais no caminho; porque dentro em pouco se respeito às palavras de Cuxe, benjamita » SENHOR, Deus meu, em
lhe inflamará a ira. Bem-aventurados todos os que nele se refugiam. ti me refugio; salva-me de todos os que me perseguem e livra-me;
(7:2) para que ninguém, como leão, me arrebate, despedaçando-me,
(Sl 3.1-8) (3:1) « Salmo de Davi quando fugia de Absalão, seu filho não havendo quem me livre. (7:3) SENHOR, meu Deus, se eu fiz o
» SENHOR, como tem crescido o número dos meus adversários! de que me culpam, se nas minhas mãos há iniquidade, (7:4) se
São numerosos os que se levantam contra mim. (3:2) São muitos os paguei com o mal a quem estava em paz comigo, eu, que poupei
que dizem de mim: Não há em Deus salvação para ele. (3:3) Porém aquele que sem razão me oprimia, (7:5) persiga o inimigo a minha
tu, SENHOR, és o meu escudo, és a minha glória e o que exaltas a alma e alcance-a, espezinhe no chão a minha vida e arraste no pó a
minha cabeça. (3:4) Com a minha voz clamo ao SENHOR, e ele do minha glória. (7:6) Levanta-te, SENHOR, na tua indignação, mostra
seu santo monte me responde. (3:5) Deito-me e pego no sono; a tua grandeza contra a fúria dos meus adversários e desperta-te em
acordo, porque o SENHOR me sustenta. (3:6) Não tenho medo de meu favor, segundo o juízo que designaste. (7:7) Reúnam-se ao
milhares do povo que tomam posição contra mim de todos os lados. redor de ti os povos, e por sobre eles remonta-te às alturas. (7:8) O
(3:7) Levanta-te, SENHOR! Salva-me, Deus meu, pois feres nos SENHOR julga os povos; julga-me, SENHOR, segundo a minha
queixos a todos os meus inimigos e aos ímpios quebras os dentes. retidão e segundo a integridade que há em mim. (7:9) Cesse a
(3:8) Do SENHOR é a salvação, e sobre o teu povo, a tua bênção. malícia dos ímpios, mas estabelece tu o justo; pois sondas a mente
e o coração, ó justo Deus. (7:10) Deus é o meu escudo; ele salva os
retos de coração. (7:11) Deus é justo juiz, Deus que sente
(Sl 4.1-8) (4:1) « Salmo de Davi ao mestre de canto, com indignação todos os dias. (7:12) Se o homem não se converter,
instrumentos de cordas » Responde-me quando clamo, ó Deus da afiará Deus a sua espada; já armou o arco, tem-no pronto; (7:13)
minha justiça; na angústia, me tens aliviado; tem misericórdia de para ele preparou já instrumentos de morte, preparou suas setas
mim e ouve a minha oração. (4:2) Ó homens, até quando tornareis inflamadas. (7:14) Eis que o ímpio está com dores de iniquidade;
a minha glória em vexame, e amareis a vaidade, e buscareis a concebeu a malícia e dá à luz a mentira. (7:15) Abre, e aprofunda
mentira? (4:3) Sabei, porém, que o SENHOR distingue para si o uma cova, e cai nesse mesmo poço que faz. (7:16) A sua malícia lhe
piedoso; o SENHOR me ouve quando eu clamo por ele. (4:4) Irai- recai sobre a cabeça, e sobre a própria mioleira desce a sua
vos e não pequeis; consultai no travesseiro o coração e sossegai. violência. (7:17) Eu, porém, renderei graças ao SENHOR, segundo
(4:5) Oferecei sacrifícios de justiça e confiai no SENHOR. (4:6) Há a sua justiça, e cantarei louvores ao nome do SENHOR Altíssimo.
muitos que dizem: Quem nos dará a conhecer o bem? SENHOR,
levanta sobre nós a luz do teu rosto. (4:7) Mais alegria me puseste
no coração do que a alegria deles, quando lhes há fartura de cereal (Sl 8.1-9) (8:1) « Ao mestre de canto, segundo a melodia “Os
e de vinho. (4:8) Em paz me deito e logo pego no sono, porque, lagares”. Salmo de Davi » Ó SENHOR, Senhor nosso, quão
SENHOR, só tu me fazes repousar seguro. magnífico em toda a terra é o teu nome! Pois expuseste nos céus a
tua majestade. (8:2) Da boca de pequeninos e crianças de peito
suscitaste força, por causa dos teus adversários, para fazeres
(Sl 5.1-12) (5:1) « Ao mestre de canto, para flautas. Salmo de Davi emudecer o inimigo e o vingador. (8:3) Quando contemplo os teus
» Dá ouvidos, SENHOR, às minhas palavras e acode ao meu céus, obra dos teus dedos, e a lua e as estrelas que estabeleceste,
gemido. (5:2) Escuta, Rei meu e Deus meu, a minha voz que clama, (8:4) que é o homem, que dele te lembres E o filho do homem, que
pois a ti é que imploro. (5:3) De manhã, SENHOR, ouves a minha o visites? (8:5) Fizeste-o, no entanto, por um pouco, menor do que
voz; de manhã te apresento a minha oração e fico esperando. (5:4) Deus e de glória e de honra o coroaste. (8:6) Deste-lhe domínio
Pois tu não és Deus que se agrade com a iniquidade, e contigo não sobre as obras da tua mão e sob seus pés tudo lhe puseste: (8:7)
subsiste o mal. (5:5) Os arrogantes não permanecerão à tua vista; ovelhas e bois, todos, e também os animais do campo; (8:8) as aves
aborreces a todos os que praticam a iniquidade. (5:6) Tu destróis os do céu, e os peixes do mar, e tudo o que percorre as sendas dos
que proferem mentira; o SENHOR abomina ao sanguinário e ao mares. (8:9) Ó SENHOR, Senhor nosso, quão magnífico em toda a
fraudulento; (5:7) porém eu, pela riqueza da tua misericórdia, terra é o teu nome!
entrarei na tua casa e me prostrarei diante do teu santo templo, no
teu temor. (5:8) SENHOR, guia-me na tua justiça, por causa dos
meus adversários; endireita diante de mim o teu caminho; (5:9) pois (Sl 46.1-11) (46:1) « Ao mestre de canto. Dos filhos de Corá. Em
não têm eles sinceridade nos seus lábios; o seu íntimo é todo crimes; voz de soprano. Cântico » Deus é o nosso refúgio e fortaleza,
a sua garganta é sepulcro aberto, e com a língua lisonjeiam. (5:10) socorro bem presente nas tribulações. (46:2) Portanto, não
Declara-os culpados, ó Deus; caiam por seus próprios planos. temeremos ainda que a terra se transtorne e os montes se abalem no
Rejeita-os por causa de suas muitas transgressões, pois se rebelaram seio dos mares; (46:3) ainda que as águas tumultuem e espumejem
contra ti. (5:11) Mas regozijem-se todos os que confiam em ti; e na sua fúria os montes se estremeçam. (46:4) Há um rio, cujas
folguem de júbilo para sempre, porque tu os defendes; e em ti se correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do
gloriem os que amam o teu nome. (5:12) Pois tu, SENHOR, Altíssimo. (46:5) Deus está no meio dela; jamais será abalada; Deus
abençoas o justo e, como escudo, o cercas da tua benevolência. a ajudará desde antemanhã. (46:6) Bramam nações, reinos se
abalam; ele faz ouvir a sua voz, e a terra se dissolve. (46:7) O
SENHOR dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso
(Sl 6.1-10) (6:1) « Ao mestre de canto, com instrumentos de oito refúgio. (46:8) Vinde, contemplai as obras do SENHOR, que
cordas. Salmo de Davi » SENHOR, não me repreendas na tua ira, assolações efetuou na terra. (46:9) Ele põe termo à guerra até aos
confins do mundo, quebra o arco e despedaça a lança; queima os
carros no fogo. (46:10) Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus; sou
exaltado entre as nações, sou exaltado na terra. (46:11) O SENHOR
dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.

(Sl 91-1-16) (91:1) O que habita no esconderijo do Altíssimo e


descansa à sombra do Onipotente (91:2) diz ao SENHOR: Meu
refúgio e meu baluarte, Deus meu, em quem confio. (91:3) Pois ele
te livrará do laço do passarinheiro e da peste perniciosa. (91:4)
Cobrir-te-á com as suas penas, e, sob suas asas, estarás seguro; a sua
verdade é pavês e escudo. (91:5) Não te assustarás do terror noturno,
nem da seta que voa de dia, (91:6) nem da peste que se propaga nas
trevas, nem da mortandade que assola ao meio-dia. (91:7) Caiam
mil ao teu lado, e dez mil, à tua direita; tu não serás atingido. (91:8)
Somente com os teus olhos contemplarás e verás o castigo dos
ímpios. (91:9) Pois disseste: O SENHOR é o meu refúgio. Fizeste
do Altíssimo a tua morada. (91:10) Nenhum mal te sucederá, praga
nenhuma chegará à tua tenda. (91:11) Porque aos seus anjos dará
ordens a teu respeito, para que te guardem em todos os teus
caminhos. (91:12) Eles te sustentarão nas suas mãos, para não
tropeçares nalguma pedra. (91:13) Pisarás o leão e a áspide, calcarás
aos pés o leãozinho e a serpente. (91:14) Porque a mim se apegou
com amor, eu o livrarei; pô-lo-ei a salvo, porque conhece o meu
nome. (91:15) Ele me invocará, e eu lhe responderei; na sua
angústia eu estarei com ele, livrá-lo-ei e o glorificarei. (91:16)
Saciá-lo-ei com longevidade e lhe mostrarei a minha salvação.

(Sl 131.1-3) (131:1) « Cântico de romagem. De Davi » SENHOR,


não é soberbo o meu coração, nem altivo o meu olhar; não ando à
procura de grandes coisas, nem de coisas maravilhosas demais para
mim. (131:2) Pelo contrário, fiz calar e sossegar a minha alma;
como a criança desmamada se aquieta nos braços de sua mãe, como
essa criança é a minha alma para comigo. (131:3) Espera, ó Israel,
no SENHOR, desde agora e para sempre.