Você está na página 1de 23

SOLUÇÕES PRÁTICAS PARA ENSINO E PESQUISA

“SOLUÇÕES PRÁTICAS PARA ENSINO E PESQUISA”

NCD Indústria e Comércio de Equipamentos Didáticos Ltda.


CNPJ: 07.548.695/0001-90 – IE: 255.045.239
atendimento@ecoeducacional.com.br – www.ecoeducacional.com.br

ROTEIRO DIDÁTICO

MD034 – BANCADA DE REFRIGERAÇÃO


Ciclo por Compressão de Vapor

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA

Bagé

Engenharia de Energia

Abril, 2018

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS DIDÁTICOS Indústria Brasileira


(ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, de 19 de fevereiro
de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

SUMÁRIO
Índice de Figuras ...................................................................................................................................... ii
1 – OBJETIVO ........................................................................................................................................ 1
2 – EQUIPAMENTOS E MATERIAIS .................................................................................................. 2
3 – PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL ............................................................................................ 5
3.1 – Preparação e Selagem do Circuito ............................................................................................. 5
3.1.1 - Selagem do Circuito Hidráulico:.......................................................................................... 6
3.1.2 - Selagem do Circuito de Refrigeração: ................................................................................. 7
3.1.3 - Carregamento do Reservatório de Líquido .......................................................................... 9
3.2 - Operação em Condições Padrões do Circuito de Refrigeração ................................................ 11
3.2.1. Operação com trocas de Elementos de Expansão – Circuito Independente ........................ 11
3.2.2. Operação com trocas de Elementos de Expansão – Circuito Integrado .............................. 13
3.2.3. Operação com Excesso de Líquido ..................................................................................... 15
3.2.4. Operação com Falta de Líquido .......................................................................................... 17
4 – CÁLCULOS E ANÁLISES DE RESULTADOS ........................................................................... 19
Sobre o Autor ........................................................................................................................................ 20

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | i
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

Índice de Figuras

Figura 1 - Bancada de Refrigeração: Ciclo por Compressão de vapor ................................................... 2


Figura 2 - Disposição das Válvulas na Bancada ..................................................................................... 4
Figura 3 - Procedimento para Recarga de Gás R-22 ............................................................................... 7
Figura 4 - Reservatório de Líquido com Visor de Nível Graduado em Gramas ..................................... 9
Figura 5 - Regulagem do Pressostato .................................................................................................... 11

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | ii
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

1 – OBJETIVO

Este Módulo Didático foi concebido e projetado para estudos de Refrigeração por ciclo de
compressão de vapor, com a finalidade de praticar e entender os fenômenos envolvidos em
ciclos de refrigeração em vários diferenciais de pressão entre a compressão e a evaporação
utilizando-se dois tipos diferentes de dispositivos de expansão: tubos capilares e válvula
termostática. Além de poder comparar o desempenho dos dois tipos de dispositivos de
expansão, e realizar balanços de energia (cargas térmicas) de compressão e evaporação e
determinar capacidades de refrigeração ou frigoríficas, em função de várias possibilidades
operacionais deste equipamento didático.
Os objetivos didáticos desta bancada são:
➢ Realização da dinâmica e desempenho do ciclo de refrigeração utilizando três tipos de
elementos de expansão: tubos capilares e válvula termostática;
➢ Trocas de tubos capilares, a fim de estudar e verificar o comportamento frigorífico do
sistema em função do diâmetro e comprimento dos tubos capilares;
➢ Trocas de orifícios da válvula termostática, a fim de estudar e verificar o comportamento
frigorífico do sistema;
➢ Variar a pressão de trabalho no compressor a fim de estudar e verificar o comportamento
frigorífico do sistema;
➢ Realizar balanços energéticos em sistema fechado, relacionando o calor gerado (rejeitado)
no condensador com o calor retirado (capacidade frigorífica) no evaporador, tendo em vista
a ligação hidráulica entre os respectivos calorímetros dos mesmos;
➢ Realizar balanços energéticos em sistema fechado, relacionando o calor gerado (rejeitado)
no condensador com o calor retirado (capacidade frigorífica) no evaporador, tendo em vista
a ligação hidráulica entre os respectivos Calorímetros do Condensador e Evaporador,
através de medidas de vazão de agua e temperaturas;
➢ Realizar balanços energéticos em sistema aberto, relacionando o calor gerado (rejeitado)
no condensador com o meio externo, tendo em vista a ligação hidráulica entre o respectivo
calorímetro e a água de rede.
➢ Realizar balanços energéticos em sistema aberto, relacionando o calor retirado (capacidade
frigorífica) no Evaporador, tendo em vista a ligação hidráulica entre o respectivo
calorímetro e água de um banho termostático.

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 1
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

2 – EQUIPAMENTOS E MATERIAIS
O equipamento utilizado está apresentado na Figura 1.
Figura 1 - Bancada de Refrigeração: Ciclo por Compressão de vapor

Este módulo didático possui os seguintes itens e particularidades:


➢ Circuito de refrigeração construído em tubos de cobre e conexões em latão;
➢ Compressor recíproco, de potência devidamente dimensionada para este experimento,
utilizando fluido refrigerante R-22;
➢ Tanque separador de óleo;
➢ Válvula solenoide conectada a um pressostato;
➢ Pressostato combinado de alta, baixa e diferencial;
➢ Condensador incluso em um banho calorimétrico;
➢ Banho calorimétrico, de volume útil 5 litros, onde está incluso o condensador;
➢ Filtro secador de óleo;
➢ Medidor de vazão especial para fluido refrigerante de alta pressão;
➢ 03 Tubos capilares:
✓ Diâmetro nominal = 0,050 pol. (1,27 mm) e comprimento = 2,8 m
✓ Diâmetro nominal = 0,064 pol. (1,63 mm) e comprimento = 2,8 m
✓ Diâmetro nominal = 0,080 pol. (2,03 mm) e comprimento = 1,5 m
➢ 01 Válvula termostática, acompanhando 03 Orifícios:

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 2
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

✓ Orifício nominal = 00
✓ Orifício nominal = 01
✓ Orifício nominal = 02
➢ Evaporador incluso em um banho calorimétrico;
➢ Banho calorimétrico, de volume útil 5 litros, onde está incluso o evaporador;
➢ Acumulador de sução ou separador de líquido de retorno;
➢ Banho termostático de aquecimento interligado ao banho calorimétrico do evaporador;
➢ Painel elétrico de comandos, controles e indicadores, construído conforme NBR 5410;
➢ Acessórios auxiliares de medidas, visualizações e outros:
✓ 03 Manômetros Bourdon de alta pressão;
✓ 02 Manômetros Bourdon de baixa pressão;
✓ 04 Visores de fluxos para as linhas do condensado e evaporado;
✓ 04 Sensores de temperatura (pt-100), conectados nas entradas e saídas do
condensador e evaporador;
✓ 04 Sensores de temperatura (pt-100), conectados nas entradas e saídas dos banhos
calorimétricos do condensador e do evaporador;
✓ 02 Medidores de vazão tipo rotâmetro, para água de passagem nos banhos
calorimétricos;
✓ Bomba centrífuga;
✓ Conjunto Manifold;
➢ Válvulas: A Figura 2 apresenta a disposição das válvulas na Bancada experimental:
✓ De regulagem de vazão: VRVC (do condensador) e VRVE (do evaporador);
✓ De bloqueio do circuito de água: VB1; VB2; VB3; VB4; VB5 e VB6.
✓ Direcionadora do circuito de gás R22: VD1; VD2; VD3; VD4; VD5; VD6; VD7 e
VD8.

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 3
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

Figura 2 - Disposição das Válvulas na Bancada

VD7

VD8

VD1 VD4
VD2 VB4

VB2

VRVC

VB1
VRVE

VB3

VS VD3 VD5 VD6 VB6 VB5

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 4
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

3 – PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL
O equipamento permite:
➢ A realização dinâmica do ciclo de refrigeração utilizando dois tipos de elementos de
expansão: Tubos capilares (com três diâmetros) e Válvula termostática (com três orifícios
distintos);
➢ A troca de Tubos capilares, afim de estudar e verificar a Capacidade de Refrigeração ou
Frigorífica do sistema em função do diâmetro e comprimento de tubos capilares;

➢ A troca de orifícios da Válvula termostática, com a finalidade de estudar e verificar a


Capacidade de Refrigeração ou Frigorífica do sistema;

➢ A variação da pressão de trabalho no Compressor com a finalidade de estudar e verificar o


comportamento frigorífico do sistema;

➢ A realização de balanços energéticos em sistema fechado, relacionando-se o calor gerado


(rejeitado) no Condensador com o calor retirado (capacidade frigorífica) no Evaporador,
tendo em vista a ligação hidráulica entre os respectivos Calorímetros dos elementos de
expansão (capilares ou válvula termostática);
➢ A realização de balanços energéticos em sistema fechado, relacionando-se o calor gerado
(rejeitado) no Condensador com o calor retirado (capacidade frigorífica) no Evaporador,
tendo em vista a ligação hidráulica entre os respectivos Calorímetros do Condensador e
Evaporador, através de medidas de vazão de agua e temperaturas;

➢ A realização de balanços energéticos em sistema aberto, relacionando-se o calor gerado


(rejeitado) no Condensador com o meio externo, tendo em vista a ligação hidráulica entre
o respectivo Calorímetro e água de rede. Além de relacionar calor retirado (capacidade
frigorífica) no Evaporador, tendo em vista a ligação hidráulica entre o respectivo
Calorímetro e água de um banho termostático;

3.1 – Preparação e Selagem do Circuito


Para um bom funcionamento do equipamento é necessário a preparação dos gases, e
selagem hidráulica e dos gases. Estes procedimentos são detalhados nos itens abaixo:

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 5
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

3.1.1 - Selagem do Circuito Hidráulico:


Eliminar bolhas de ar na linha de água que compreende os seguintes itens /volumes: os
dois banhos calorimétricos, a bomba centrifuga, os rotâmetros e a própria tubulação da água.
Importante: Seguir corretamente esta sequência do procedimento para evitar aumento de
pressão excessiva e vazamentos de água nos Banhos calorimétricos do Condensador e do
Evaporador.
3.1.1.1 - Selando Banho calorimétrico do Condensador e Rotâmetro do Condensador:
a) Com as válvulas (VB1) e (VB2) abertas e (VB5); (VB6) e (VRVC) fechadas, abrir a
água da rede;
b) Abrir lentamente a válvula (VRVC) até vazão máxima no rotâmetro e deixar purgar
todo o ar deste circuito;
c) Assim que terminar a purga, fechar completamente a válvula (VRVC);

3.1.1.2 - Selando as tubulações ente o Banho calorimétrico do Condensador e do Evaporador:


a) Na sequência acima, e estando a cuba do Banho termostático (inferior) do
Evaporador ainda vazio, fechar a válvula (VB2); a (VB3) e abrir a válvula (VB4).
b) Abrir o suficiente a válvula (VB6) para purgar o ar desta tubulação, tendo como
reservatório a própria cuba do Banho termostático (inferior) do Evaporador;
c) Assim que terminar a purga, fechar a válvula (VB6);
d) Selar a tubulação inferior (onde se encontra a bomba centrífuga); para tanto, abrir a
(VB3) e completamente a (VRVE) do Rotâmetro do Evaporador.;
e) Abrir a válvula (VB5) e deixar purgar a tubulação inferior tendo como reservatório
a própria cuba do Banho termostático (inferior) do Evaporador;
f) Assim que terminar a purga, fechar a válvula (VB3) e, imediatamente a (VB5). E por
segurança, fechar também a válvula (VB1).
Nota: Com estas operações anteriores, a cuba do Banho termostático (inferior) do Evaporador
já deve estar praticamente cheio; caso ainda não esteja, encher até uns 10 cm do topo, com
auxílio de outro recipiente.

3.1.1.3 - Selando Banho calorimétrico do Evaporador e Rotâmetro do Evaporador:


a) Ligar o Painel elétrico da Bancada para habilitar o Banho termostático (inferior).
b) Na sequência acima, já tendo água na cuba deste Banho termostático e já estando
com a válvula (VRVE) aberta, ligar este Banho termostático (chave geral localizada
nele mesmo) e ligar a Bomba de circulação de água, também neste banho;

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 6
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

c) Em seguida abrir lentamente a válvula (VB3) até vazão máxima no Rotâmetro e deixar
purgar todo o ar deste circuito;
d) Assim que terminar a purga, fechar completamente a válvula (VRVE), a (VB3) e
imediatamente desligar a Bomba de circulação de água.
Nota: Com estes procedimentos teremos todo o circuito hidráulico selado (sem bolhas de ar).

3.1.2 - Selagem do Circuito de Refrigeração:


Procedimento padrão para carga de fluido refrigerante em um circuito de refrigeração.
Importante: A sequência completa do procedimento, a seguir, é para o caso do circuito estar
completamente sem pressão e com a suspeita que possa ter ar atmosférico em seu interior.
Portanto, tem-se que fazer vácuo no circuito antes de recarregar o gás R-22.
3.1.2.1 - Conectar a mangueira azul do Manifold na biqueira de recarga (de serviço) do
Compressor, vide Figura 3; conectar a mangueira amarela no Botijão do fluido
refrigerante R-22, e a mangueira vermelha em uma bomba de vácuo de boa potência
(-730 a 750 mmHg).
Figura 3 - Procedimento para Recarga de Gás R-22

3.1.2.2. - Com a válvula do botijão R-22 fechada, e as duas válvulas do Manifold abertas, ligar
a bomba de vácuo e deixar operar até vácuo máximo da bomba; (sugestão técnica:
deixando ainda por até 30 minutos, para primeira vez, para evacuação completa de
eventuais vapores de água dos bolsões de ar no interior do circuito).
Desligar a bomba de vácuo e esperar por uns 20 a 30 minutos para averiguação de
eventuais vazamentos no circuito.

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 7
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

3.1.2.3 - Não havendo vazamentos, proceder a carga do fluido R-22.


NOTA: A carga pode ser realizada, tomando-se como parâmetros apenas as pressões de alta e baixa
(do sistema em funcionamento,) ou a de equilíbrio/equalização (do sistema em repouso), ou utilizando
uma balança (da infraestrutura da universidade) para medir a massa exata de fluido adicionado no
circuito, ou ainda é possível utilizar um fluxômetro de massa específico para este caso.
Para tanto:
a) Fechar a válvula do Manifold da mangueira vermelha (a do vácuo), e também fechar
a válvula da mangueira azul;
b) Virar o botijão (R-22), ou seja, inverter verticalmente, de modo a carregar,
inicialmente, o circuito com o fluido condensado; Obs.: se estiver utilizando uma
balança, colocar este botijão sobre a mesma e monitorar a quantidade exata de fluido a ser
adicionado, conforme nominal de fábrica tendo em vista o modelo do Compressor.
c) Abrir a válvula do botijão e abrir, lentamente, a válvula do Manifold da mangueira
azul de modo a ir carregando o circuito; Obs.: A carga vai ocorrendo até que todo o
vácuo seja eliminado e terminar o carregamento quando a pressão for positiva em 5
psi, (ou pela massa necessária adicionada)
d) Fechar a válvula do Manifold da mangueira azul, quando atingir 5 psi ou a massa
desejada;
e) Virar o botijão R-22 para a posição normal.
f) Posicionar as válvulas direcionadoras do circuito de refrigeração, da seguinte
maneira: Abrir totalmente as válvulas (VD1); (VD4 ou VD5); (VD7) e (VD8); deixar
fechadas a (VD2); (VD3) e (VD6).
g) Se estivermos utilizando as pressões como parâmetro para este carregamento, ligar o
Painel elétrico e acionar o Compressor; com isto a pressão na sucção do compressor
vai tender a diminuir de 5 psi, neste instante abrir lentamente a válvula do Manifold
da mangueira azul de modo a ir carregando mais um pouco de gás até que a pressão
(que é igual a pressão de baixa ou de retorno) estabilize entre 10 e 15 psi; Então,
fechar a válvula do Manifold da mangueira azul; desligar o Compressor e deixar a
pressão de alta e baixa do circuito se equalizarem.
Obs.: Quando o circuito estiver em repouso, a pressão padrão deve ficar na faixa de 90 a 110
psi.
h) Estando a pressão equalizada neste intervalo, desconectar a mangueira azul da
biqueira de serviço do Compressor.

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 8
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

Nota: Por questão de segurança e para evitar vazamentos, fechar a válvula do Botijão e
desconectar a mangueira do Manifold.

3.1.3 - Carregamento do Reservatório de Líquido


Nota: Este Reservatório de Líquido, vide Figura 4 já graduado em gramas, tem o objetivo de
injetar ou recolher fluido refrigerante durante a operação do circuito para que se possa realizar
ensaios com pressão mais alta ou mais baixa do que a nominal do Compressor e, assim, analisar
eventuais problemas de eficiência energética e frigorífica que irão acontecer.
Figura 4 - Reservatório de Líquido com Visor de Nível Graduado em Gramas

3.1.3.1 - Para encher o Reservatório de líquido, a fim de ter uma reserva de fluido refrigerante,
procede-se da seguinte maneira:
Nota: A sequência completa do procedimento, a seguir, é para o caso do reservatório estar
completamente sem pressão e com a suspeita que possa ter ar atmosférico em seu interior. Portanto,
tem-se que fazer vácuo antes de recarregar o gás R-22.
a) Com as válvulas (VD2) e (VD3) fechadas das operações anteriores, conectar a
mangueira azul do Manifold na biqueira de recarga (de serviço), vide Figura 4;
Conectar a mangueira amarela no Botijão do fluido refrigerante R-22, e a mangueira
vermelha em uma bomba de vácuo de boa potência (-730 a 750 mmHg).
b) Com a válvula do botijão R-22 fechada, e as duas válvulas do Manifold abertas, ligar
a bomba de vácuo e deixar operar até vácuo máximo da bomba; (sugestão técnica:
deixando ainda por uns 10 a 15 minutos para evacuação completa de eventuais vapores
de água dos bolsões de ar no interior do Reservatório).

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 9
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

c) Desligar a bomba de vácuo e esperar por uns 5 a 10 minutos para averiguação de


eventuais vazamentos no Reservatório.
d) Não havendo vazamentos, proceder a carga do fluido R-22. Para tanto:
➢ Fechar a válvula do Manifold da mangueira vermelha (a do vácuo), e também fechar
a válvula da mangueira azul;
➢ Virar o botijão (R-22), ou seja, inverter verticalmente, e colocar o botijão um pouco
acima do Reservatório de modo a facilitar e carregar somente com o fluido
condensado;
➢ Em seguida abrir a válvula do botijão e abrir, lentamente, a válvula do Manifold
da mangueira azul de modo a ir carregando o Reservatório; Obs.: A carga vai
ocorrendo até que todo o vácuo seja eliminado e terminar o carregamento quando
a pressão for positiva em 150 psi, que é, aproximadamente, a pressão interna do
Botijão. Durante o carregamento, pode-se observar o aumento do nível do
condensado no interior do reservatório através de visor de nível.
➢ Assim que o nível desejado for atingido (sugestão: carregar o Reservatório com
aproximadamente, 700 a 1000 gramas de fluido.
Então fechar a válvula do Manifold da mangueira azul e desconecta-la do
Reservatório.
Nota: Por questão de segurança e para evitar vazamentos, colocar o botijão na posição
normal, fechar a válvula e desconectar a mangueira do Manifold.
Desta forma o circuito estará completo e pronto para operação.

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 10
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

3.2 - Operação em Condições Padrões do Circuito de Refrigeração


NOTA: Em termos de pressão de trabalho, a condição operacional padrão de trabalho, fará com
que o Compressor funcione dentro da “amperagem” correta e, para este fluido refrigerante,
dependendo da aplicação que se deseja em termos de temperatura após elemento de expansão,
temos, em operação:
✓ Pressão de alta: entre 140 a 180 psi;
✓ Pressão de baixa (retorno): entre 3,8 psi (-35ºC) a uma pressão dependente da
temperatura que se deseja. (Vide Apostila de apoio Didático: MD034 - BANCADA DE
REFRIGERAÇÃO - Ciclo por Compressão de Vapor) ou na literatura técnica.
Obs.: O Pressostato deverá ser regulado para:
✓ Desligar o Compressor se a pressão de retorno baixar de 5 psi.
✓ A retomada do funcionamento do Compressor deve ocorrer quando a pressão de baixa
atingir 30 psi.
✓ Este intervalo de pressão pode ser modificado, pelo professor, tendo em vista as
variações das condições de operação desejadas; Vide Figura 5.
Figura 5 - Regulagem do Pressostato
Regulagem do diferencial
para desligar o compressor
Regulagem da baixa abaixo de 5 psi
para religar o
compressor
Normal em 30 psi

Regulagem da alta
Segurança em 250 psi

Importante: Porém, a pressão de alta (segurança) está regulada para 250 psi (não deve ser
alterada).
3.2.1. Operação com trocas de Elementos de Expansão – Circuito Independente
NOTA:
1) Nestes ensaios a troca térmica dos elementos (Condensador e Evaporador) será em
circuito independente, ou seja, o resfriamento do Condensador, no seu respectivo
calorímetro, será feito utilizando água da rede em circuito aberto e o aquecimento
do Evaporador, no seu respectivo calorímetro, será feito utilizando água quente
advinda do Banho termostático (inferior) em circuito fechado.

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 11
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

2) Preparar o circuito de refrigeração com os seguintes elementos de expansão:


(CONFORME ORIENTAÇÕES DURANTE OS TREINAMENTOS PRESENCIAIS)
✓ Após a válvula (VD4) adaptar o capilar de diâmetro nominal = 0,050 pol. (1,27
mm) e comprimento = 2,8 m;
✓ Após a válvula (VD5) adaptar o capilar de diâmetro nominal = 0,080 pol. (2,03
mm) e comprimento = 1,5 m
✓ Após a válvula (VD6) adaptar na válvula termostática o Orifício nominal = 00
3.2.1.1 - Com as válvulas (VB1) e (VB2) abertas e (VB5); (VB6) e (VRVC) fechadas, abrir a
água da rede;
3.2.1.2 - Em seguida, abrir lentamente a válvula (VRVC) e regular a vazão para 1 litro/minuto,
no Rotâmetro;
3.2.1.3 - Com as válvulas (VB3) e (VB4) abertas e (VB5); (VB6) e (VRVE) fechadas, ligar o
Painel elétrico para habilitar a operação do Banho termostático; Ligar a chave geral
e ligar a bomba de recirculação de água neste banho e regular a temperatura para
35ºC;
3.2.1.4 - Em seguida, abrir lentamente a válvula (VRVE) e regular a vazão para 1 litro/minuto,
no Rotâmetro;
3.2.1.5 - Operar por uns 5 minutos e fazer as leituras das respectivas temperaturas de entrada
e saída dos Banhos calorimétricos do Condensador e do Evaporador;
3.2.1.6 - Quanto ao circuito de refrigeração, observar inicialmente as pressões de repouso
estando com as válvulas direcionadoras: (VD1); (VD4 do capilar); (VD7) e (VD8)
abertas e deixar fechadas a (VD2); (VD3); (VD5) e (VD6).
3.2.1.7 - Em seguida acionar o Compressor e deixar o sistema operar e entrar em regime
estacionário e quando estiver, observar:
✓ No Amperímetro, do Painel, a intensidade da corrente elétrica para cálculos de
Potência total requerida pelo sistema, quando em operação normal;
✓ As pressões de alta e de baixa;
✓ Os visores de líquido, na linha de alta pressão e o de gás na linha de baixa;
✓ Observe, nestes visores, se o fluido está realmente sem umidades;
✓ A vazão mássica que se desenvolveu no Rotâmetro do Fluido R-22 e
✓ As temperaturas de entrada e saída do Condensador e do Evaporador, bem como as
respectivas temperaturas de entrada e saída das águas de resfriamento no
Condensador e de aquecimento no Evaporador.

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 12
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

3.2.1.8 - Após todas as observações realizadas e os dados anotados para os devidos cálculos
energéticos e cargas térmicas, utilizando o capilar de diâmetro nominal = 0,050 pol.
e 2,8 m , preparar para trocar para o capilar de diâmetro nominal = 0,080 pol. e 1,5
m.
Para tanto, abrir lentamente a válvula (VD5) enquanto vai fechando lentamente a
válvula (VD4).
3.2.1.9 - Em seguida deixar o Compressor e o sistema operar e entrar em regime estacionário
e quando estiver, observar, também, todas as variáveis do item 3.2.1.7.;
3.2.1.10 - Após todas as observações realizadas e os dados anotados para os devidos cálculos
energéticos e cargas térmicas, preparar para trocar para a Válvula termostática, com
orifício nominal = 00.
Para tanto, abrir lentamente a válvula (VD6) enquanto vai fechando lentamente a
válvula (VD5).
NOTA: A válvula termostática pode trabalhar equalizada ou não. Para tanto, basta deixar
fechada ou aberta a válvula agulha que interliga a mesma na linha de baixa.
3.2.1.11 - Em seguida deixar o Compressor e o sistema operar e entrar em regime estacionário
e quando estiver, observar, também, todas as variáveis do item 3.2.1.7.;
Nota:
✓ Para finalizar o ensaio, retornar ao primeiro capilar abrindo lentamente a válvula (VD4)
enquanto vai fechando lentamente a válvula (VD6) e desligar o Compressor.
✓ Fica ao critério do professor fazer eventuais mudanças de capilares ou de orifícios da
válvula termostática.
3.2.2. Operação com trocas de Elementos de Expansão – Circuito Integrado
NOTA:
1) Nestes ensaios a troca térmica dos elementos (Condensador e Evaporador) será
feita de forma interligada (circuito dependente), ou seja, o resfriamento do
Condensador, no seu respectivo Banho calorimétrico, será feito utilizando água
que esfriou advinda do banho do Evaporador, em circuito fechado.
2) Preparar o circuito de refrigeração com os seguintes elementos de expansão:
(CONFORME ORIENTAÇÕES DURANTE OS TREINAMENTOS PRESENCIAIS)
✓ Após a válvula (VD4) adaptar o capilar de diâmetro nominal = 0,050 pol. (1,27
mm) e comprimento = 2,8 m;
✓ Após a válvula (VD5) adaptar o capilar de diâmetro nominal = 0,080 pol. (2,03
mm) e comprimento = 1,5 m

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 13
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

✓ Após a válvula (VD6) adaptar na válvula termostática o Orifício nominal = 00


3.2.2.1 - Com as válvulas (VB1); (VB2); (VB3); (VB4) e (VRVE) fechadas e (VB5); (VB6)
e (VRVC) abertas, ligar a Bomba centrífuga no Painel elétrico;
3.2.2.2 - Em seguida, abrir lentamente a válvula (VRVE) e regular a vazão para 1 litro/minuto,
no respectivo Rotâmetro; Obs.: Toda variação de vazão da água, que se desejar,
deverá ser feita somente pela válvula (VRVE); a válvula (VRVC) deverá ficar
completamente aberta. Obviamente que os valores da vazão nos dois Rotâmetros
devem ser iguais. Caso não sejam, procede-se a uma calibração para ver qual será
o de referência.
3.2.2.3 - Operar por uns 5 minutos e fazer as leituras das respectivas temperaturas de entrada
e saída dos Banhos calorimétricos do Condensador e do Evaporador;
3.2.2.4 - Quanto ao circuito de refrigeração, observar inicialmente as pressões de repouso
estando com as válvulas direcionadoras: (VD1); (VD4 do capilar); (VD7) e (VD8)
abertas e deixar fechadas a (VD2); (VD3); (VD5) e (VD6).
3.2.2.5 - Em seguida acionar o Compressor e deixar o sistema operar e entrar em regime
estacionário e quando estiver, observar:
✓ No Amperímetro, do Painel, a intensidade da corrente elétrica para cálculos de
Potência total requerida pelo sistema, quando em operação normal;
✓ As pressões de alta e de baixa;
✓ Os visores de líquido, na linha de alta pressão e o visor de gás na linha de baixa
pressão.
✓ Observe, nestes visores, se o fluido está realmente sem umidades;
✓ A vazão mássica que se desenvolveu no Rotâmetro do Fluido R-22; e
✓ As temperaturas de entrada e saída do Condensador e do Evaporador, bem como
as respectivas temperaturas de entrada e saída das águas de resfriamento no
Condensador e de aquecimento no Evaporador.
Nota: O objetivo é, além das observações realizadas no item 3.2.2.5, verificar se todo o calor
cedido pelo Condensador é recebido pelo Evaporador, nos seus respectivos Banhos
calorimétricos.
3.2.2.6 - Após todas as observações realizadas e os dados anotados para os devidos cálculos
energéticos e cargas térmicas, utilizando o capilar de diâmetro nominal = 0,050 pol.
e 2,8 m, fica ao critério do professor continuar ou não o experimento utilizando os
demais elementos de expansão.
Obs.: Para finalizar, basta e desligar o Compressor.

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 14
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

3.2.3. Operação com Excesso de Líquido


Esta operação visa estudos de problemas no sistema de refrigeração com sobrecarga de
pressão.
NOTA:
1) Nestes ensaios a troca térmica dos elementos (Condensador e Evaporador) será
feita de forma interligada (circuito dependente), ou seja, o resfriamento do
Condensador, no seu respectivo Banho calorimétrico, será feito utilizando água
que esfriou advinda do banho do Evaporador, em circuito fechado.
Obs.: Fica ao critério do professor fazer com o circuito aberto de água de resfriamento,
conforme descrito o item 3.2.1.
2) Preparar o circuito de refrigeração com os seguintes elementos de expansão (ou ao
critério do professor): (CONFORME ORIENTAÇÕES DURANTE OS TREINAMENTOS
PRESENCIAIS)
✓ Após a válvula (VD4) adaptar o capilar de diâmetro nominal = 0,050 pol. (1,27
mm) e comprimento = 2,8 m;
✓ Após a válvula (VD5) adaptar o capilar de diâmetro nominal = 0,080 pol. (2,03
mm) e comprimento = 1,5 m
✓ Após a válvula (VD6) adaptar na válvula termostática o Orifício nominal = 00
3.2.3.1 - Iniciar a operação do circuito em condições normais de pressão. Para tanto, proceder
tal como os itens: 3.2.2.1 a 3.2.2.5.
3.2.3.2 - Em seguida injetar mais líquido no circuito em funcionamento e aumentando a
pressão de trabalho no Compressor. Para tanto:
➢ Anotar a massa de fluido R22 que tem no interior do Reservatório de líquido;
➢ Abrir lentamente a válvula (VD3) e, se necessário dar uma leve fechada na válvula
(VD1) para que parte do líquido do reservatório seja succionado para o circuito;
➢ Fechar a válvula (VD3) e abrir completamente a (VD1), e anotar a massa que foi
transferida;
Importante: por questões de segurança, não trabalhar com pressões acima de 250 psi
3.2.3.3 - Em seguida, deixar o sistema operar e entrar em regime estacionário e quando estiver,
observar:
✓ No Amperímetro, do Painel, a intensidade da corrente elétrica para cálculos de
Potência total requerida pelo sistema, quando em operação normal;
✓ As pressões de alta e de baixa;

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 15
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

✓ Os visores de líquido, na linha de alta pressão e o visor de gás na linha de baixa


pressão.
✓ Observe, nestes visores, se o fluido está realmente sem umidades;
✓ A vazão mássica que se desenvolveu no Rotâmetro do Fluido R-22 e
✓ As temperaturas de entrada e saída do Condensador e do Evaporador, bem como as
respectivas temperaturas de entrada e saída das águas de resfriamento no
Condensador e de aquecimento no Evaporador.
Nota: O objetivo é, além das observações realizadas no item 3.2.2.5, verificar ineficiências
energéticas e eventuais superaquecimentos do circuito e no Compressor além do aumento
de “amperagens”.
3.2.3.4 - Para finalizar, retornar ao estado normal de pressões, recolhendo o líquido do circuito
novamente para o reservatório. Para tanto, com o circuito em funcionamento e
aproveitando que a pressão no circuito está maior do que dentro do reservatório:
➢ Abrir a válvula (VD2) e fechar levemente a válvula (VD1);
➢ Observar e anotar o volume de líquido que retorna ao reservatório;
➢ No instante em que a massa retornada for a mesma (e isto pode-se inclusive
observar pelas restaurações das pressões de alta e baixa), fechar a válvula (VD2)
e abrir completamente a (VD1).
Nota: Após todas as observações realizadas e os dados anotados para os devidos cálculos fica
ao critério do professor continuar ou não o experimento utilizando os demais elementos
de expansão.
Obs.: Para finalizar, basta e desligar o Compressor.

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 16
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

3.2.4. Operação com Falta de Líquido


Esta operação visa estudos de problemas no sistema de refrigeração com subcarga de
pressão.
NOTA:
1) Ao retirar líquido, ocorrerá um abaixamento proporcional das pressões de alta e de
baixa. Se a pressão de baixa cair de 5 psi, o pressostato desligará o compressor; só
religando ele quando a pressão subir para 30 psi. Portanto, se desejar trabalhar com
pressão de mínima menor que 5 psi, deve-se regular o pressostato variando-se no sensor
do “diferencial”. Vide Figura 5.
Importante: Não deixar a pressão de baixa negativar, pois corre o risco de puxar ar
atmosférico
2) Nestes ensaios a troca térmica dos elementos (Condensador e Evaporador) será
feita de forma interligada (circuito dependente), ou seja, o resfriamento do
Condensador, no seu respectivo Banho calorimétrico, será feito utilizando água
que esfriou advinda do banho do Evaporador, em circuito fechado.
Obs.: Fica ao critério do professor fazer com o circuito aberto de água de resfriamento,
conforme descrito o item 3.2.1.
3) Preparar o circuito de refrigeração com os seguintes elementos de expansão (ou ao
critério do professor): (CONFORME ORIENTAÇÕES DURANTE OS TREINAMENTOS
PRESENCIAIS)
✓ Após a válvula (VD4) adaptar o capilar de diâmetro nominal = 0,050 pol. (1,27
mm) e comprimento = 2,8 m;
✓ Após a válvula (VD5) adaptar o capilar de diâmetro nominal = 0,080 pol. (2,03
mm) e comprimento = 1,5 m
✓ Após a válvula (VD6) adaptar na válvula termostática o Orifício nominal = 00

3.2.4.1 - Iniciar a operação do circuito em condições normais de pressão. Para tanto, proceder
tal como os itens: 3.2.2.1 a 3.2.2.5.
3.2.4.2 - Recolher um pouco de líquido no Reservatório com o sistema em funcionamento,
baixando a pressão de trabalho no Compressor. Para tanto:
➢ Anotar a massa de fluido R22 que tem no interior do Reservatório de líquido;
➢ Abrir lentamente a válvula (VD2) e fechar o necessário a válvula (VD1) para que parte
do líquido entre no reservatório;

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 17
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

➢ Fechar a válvula (VD2) e abrir completamente a (VD1), e anotar a massa que foi
transferida;
Importante: por questões operacionais, não trabalhar com pressões abaixo de 1 psi, pois a
linha de baixa pode entrar em vácuo e eventualmente pode succionar ar atmosférico para
dentro do compressor.
3.2.4.3 - Em seguida, deixar o sistema operar e entrar em regime estacionário e quando estiver,
observar:
✓ No Amperímetro, do Painel, a intensidade da corrente elétrica para cálculos de
Potência total requerida pelo sistema, quando em operação normal;
✓ As pressões de alta e de baixa;
✓ Os visores de líquido, na linha de alta pressão e o visor de gás na linha de baixa
pressão.
✓ Observe, nestes visores, se o fluido está realmente sem umidades;
✓ A vazão mássica que se desenvolveu no Rotâmetro do Fluido R-22 e
✓ As temperaturas de entrada e saída do Condensador e do Evaporador, bem como as
respectivas temperaturas de entrada e saída das águas de resfriamento no
Condensador e de aquecimento no Evaporador.
Nota: O objetivo é, além das observações realizadas no item 3.2.2.5, verificar ineficiências
energéticas e eventuais superaquecimentos do circuito e no Compressor.
3.2.4.4 - Para finalizar, retornar ao estado normal de pressões, devolvendo o líquido para
circuito novamente. Para tanto, com o circuito em funcionamento:
➢ Abrir a válvula (VD3) e fechar levemente a válvula (VD1);
➢ Observar e anotar o volume de líquido que retorna ao circuito;
➢ No instante em que a massa retornada for a mesma (e isto pode-se inclusive
observar pelas restaurações das pressões de alta e baixa) fechar a válvula (VD3)
e abrir completamente a (VD1).
Nota: Após todas as observações realizadas e os dados anotados para os devidos cálculos fica
ao critério do professor continuar ou não o experimento utilizando os demais elementos de
expansão.
Obs.: Para finalizar, basta e desligar o Compressor.

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 18
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

4 – CÁLCULOS E ANÁLISES DE RESULTADOS

4.1 - Operação Normais de refrigeração com trocas de Elementos de Expansão


Nota: Seja com a troca térmica do Condensador e do Evaporador feitas com água em circuito
independente (vide operação em 3.2.1.) e/ou com circuito dependente interligado (vide
operação em 3.2.2.)
4.1.1 - Para cada tipo de elementos de expansão utilizados (capilares e válvula
termostática/orifício utilizado), comparar:
✓ A potência elétrica real (tensão x corrente) do compressor;
✓ Os dados de pressão de alta e baixa. Analisar e comentar.
✓ As vazões mássicas desenvolvidas no Rotâmetro do Fluido R-22 Analisar e comentar.
✓ As temperaturas de entrada e saída do Condensador e do Evaporador, bem como as
respectivas temperaturas de entrada e saída das águas de resfriamento no Condensador
e de aquecimento no Evaporador. Analisar e comentar.
4.1.2. Tendo em vistas os dados acima e os Diagramas de Mollier para R-22 (vide Apostila de
apoio Didático: MD034 - BANCADA DE REFRIGERAÇÃO - Ciclo por Compressão de Vapor),
realizar, para cada elemento de expansão, os cálculos de:
✓ Efeito Frigorífico (EF) e Capacidade de Refrigeração ou Frigorífica do ciclo (QEV ou
Q0);
✓ Potência Teórica do Compressor (WC);
✓ Taxa de Calor Rejeitado no Condensador (QC);
✓ Coeficiente de Eficácia do Ciclo ou Coeficiente de Performance (COP);
4.2. Operação com Excesso de Líquido e Sobrecarga de Pressão (vide operação em 3.2.3.)
Nota: O objetivo é, além dos dados e cálculos realizados no item 4.1.1e.4.1.2 relatar os
eventuais problemas observados no funcionamento do compressor/circuito: Ruído sonoro;
Temperatura na saída do compressor (superaquecimentos do circuito e compressor); perdas
de eficiências de refrigeração; aumentos de corrente elétrica e outras análises e comentários.

4.3. Operação com Falta de Líquido e Subcarga de Pressão (vide operação em 3.2.3.)
Nota: Idem ao 4.2.

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 19
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).
Roteiro Didático Operacional
MD034 – Bancada de Refrigeração

Sobre o Autor

Professor Adelamar Ferreira Novais (CRQ: 13.300.311), funcionário do Departamento de


Engenharia Química e Alimentos (EQA) da UFSC (Campus Universitário – Florianópolis)
desde 1989. Neste período ministrou as seguintes disciplinas: Projetos I, Projetos II, Projeto de
Conclusão de Curso, Laboratório de Fenômenos de Transferência e Operações Unitárias I;
Laboratório de Fenômenos de Transferência e Operações Unitárias II, Química Tecnológica e
Celulose e Papel. Também apresenta experiência como consultor para indústria desde 1991,
principalmente no desenvolvimento e otimização de processos e produtos, estudos de impactos
ambientais atmosféricos e tratamento e reaproveitamento de resíduos.

A equipe técnica da ECOEducacional revisa seus documentos constantemente. Qualquer


dúvida sobre este documento e/ou a operação do equipamento entre em contato pelo telefone
(48)3257-9936 ou pelo e-mail assistencia@ecoeducacional.com.br

© Propriedade da NCD – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS


DIDÁTICOS (ECOEDUCACIONAL). Protegido pela lei de direitos autorais (Lei n° 9.610, Página | 20
de 19 de fevereiro de 1998). Estritamente proibida cópia ou reprodução (total ou parcial).