Você está na página 1de 6

POVO CIGANO

Para os Ciganos cozinhar é muito especial porque através da comida


acredita-se que uma pessoa pode encantar a outra. Cada ingrediente
utilizado pelo cigano no preparo de sua comida leva consigo um
sentido próprio, um desejo, um objetivo.
As fazes da lua, são muito importantes para o preparo da comida
cigana.

Na Lua Nova:
É de boa energia para terminar trabalhos inacabados ou começar
projetos que queremos que dêem resultados imediatos.

Na Lua Crescente:
Os Ciganos cozinham para aqueles que devem tomar conhecimento
de seus projetos, trabalhos e também para o casamento, noivados. É
nesta lua que são colhidas as ervas e especiarias, caso seja cultivadas
em horta doméstica.

Na Lua Cheia:
Os Ciganos reúnem as pessoas mais queridas para servi-lhes os
alimentos encantados esperando os melhores comentários. Também
é a lua melhor para lançar um produto e também iniciar um projeto
que desejamos que se torne público.

Na Lua Minguante:
Dedicam a cozinha para a cura. Fazem os remédios caseiros
utilizando as ervas, raízes, sementes, frutas e flores.
____________________________________________________________

Na cozinha cigana estão inclusos. As carnes de porco, frango e boi


que são as mais utilizadas.Utilizam também muitas especiarias e
temperos de diversas partes do mundo, como, frutas, nozes e
amêndoas que estão sempre presentes em diversos doces. Também
são utilizados o ovo, manteiga, queijo e frios. As massas são de
fabricação caseira e os pães são feitos ritualisticamente para ser
oferecidos como alimento do corpo e do espírito.

O FUMO
O segredo e a utilização, desses elementos por parte de nossas
entidades, o modo como a fumaça é dirigida (magia) tem o seu eró
(segredo) e não é como muitos utilizam, para alimentar a vaidade, o
vício e a ignorância.
1
O charuto e o cachimbo, ou ainda o cigarro, utilizados pelas
entidades filiadas ao trabalho de Oxalá são tão somente
defumadores individuais. Lançando a fumaça sobre a aura, os
plexos ou feridas, vão os espíritos utilizando sua magia em benefício
daqueles que os procuram com fé.
Vemos assim que, como ensinou um Pai Velho, “na fumaça está o
segredo dos trabalhos da Umbanda”.

Geralmente os Guias não tragam a fumaça, utilizando-a apenas para


“defumar” o ambiente e as pessoas através das baforadas, apenas
enchem a boca com a fumaça e a expelem sobre o consulente ou
para o ar. A função principal é a de defumar aqueles que chegam até
a entidade. Algumas entidades deixam de lado o fumo se a casa for
defumada e mantiver sempre aceso algum defumador durante os
trabalhos.

BEBIDAS
O álcool, tem emprego sério na Umbanda. Quando tomado aos
goles, em pequenas quantidades, proporciona uma excitação
cerebral ao médium, liberando-lhe grande quantidade de
substâncias ativadoras cerebrais, acumulada como reserva nos
plexos nervosos (entrelaçamento de muitas ramificações de nervos),
a qual é aproveitada pelos guias, para poderem trabalhar no plano
material.

Deste modo, quando o médium ingere pequena quantidade da


bebida, suas idéias e pensamentos, brotam com mais e maior
intensidade. É também uma forma em que a entidade se aproveita
este momento para ter maior “liberdade de ação”. Os exus são os
que mais fazem uso da bebida. Isto se ao fato de, estas linhas
utilizarem muito de energias etéricas, extraidas de matéria
(alimentos, álcool, etc.), para manipulação de suas magias, para
servirem como “combustível” ou “alimento”, encontrando então,
uma grande fonte desta energia na bebida.

O MARAFO
Também é usado para limpar/descarregar pontos de pemba ou
pólvora usados em descarregos. O álcool por sua volatibilidade tem
ligação com o ar e pode ser usado para retirar energias negativas do
médium. Já o alcool consumido pelo médium também é dissipado
no trabalho, ficando em quantidade reduzida no organismo.

O perigo nestes casos é o animismo, ou seja, o Médium consumir a


bebida em grandes quantidades por conta própria e não na
quantidade que o Guia acha apropriada. Nestes casos, pode ser que
o Guia vá embora e deixe o médium sob os efeitos da bebida que
consumiu sem necessidade.

PANO DE CABEÇA/LENÇO CIGANO(DIKLÔ)


Não é possível dizer se o costume de presentear as moças com diklô
tenha surgido antes ou depois da popularização do culto de Sara. O
certo é que, em quase todos os grupos, as meninas quando
menstruam recebem o seu diklô, marcando a passagem para a vida
adulta. Entre os grupos muçulmanos, ai partir daí, a moça deve
cobrir sua cabeça, escondendo todo o cabelo com seu diklô. Em
outros grupos, especialmente os Roms do Leste Europeu, como os
Kalderash e Lovari, a mulher só cobre a cabeça quando se casa. Por
isso, dar de presente um belo diklô a uma recém-casada é algo
muito gentil. Entre outros grupos, é apenas um costume usar um
lenço para proteger a cabeça do sol, sejam casadas ou solterias. Mas
em quase todos, o diklô é um objeto especial, quase ritualístico. Por
isso, muitas ciganas os utilizam em rituais diversos.

Para alguns grupos ciganos, o véu é um objeto de limpeza. Ai


dançamos com o véu como se ele estivesse limpando nossa alma. No
fim do bailado, ele é colocado delicadamente no chão para ser
“aterrado” e descarregar as energias. Já entre outros grupos isso
seria uma ofensa, já que para eles, o véu é a representação do amor
da cigana. Desse modo, colocar o véu no chão seria como desprezar
seu amor. Apesar das divergências, é importante saber qual o
significado do seu bailado, assim, se algum grupo diferente te ver e
achar estranho, saberá responder o que e porque está fazendo.

O DIKLÔ (Lenço Cigano) É quase impossível não imaginar pessoas


com lenços coloridos na cabeça e muitas joias quando falamos em
ciganos e, como tudo na cultura cigana, não é um simples adorno.
Esse costume que já é tradição de ciganos, começou com Santa Sara
Kali, santa e padroeira desse povo que como diz sua lenda, estaria
Maria Madalena, Maria Jacobina, Maria Salomé, José de Arimatéa e
Sara, uma serva egípcia, foram atirados ao mar numa barca sem
remos e sem provisões. Desesperadas, as três Marias começaram a
orar e a chorar. Sara retirou seu diklô (lenço) da cabeça, chamou por
Jesus Cristo e prometeu que se todos se salvassem, ela seria serva de
Jesus e jamais andaria com a cabeça descoberta em sinal de respeito.
Sara cumpriu a promessa que fez no barco até o final dos seus dias,
vivendo como devota de Jesus e sempre com seu diklô na cabeça. É
por isso que, em sinal de respeito, as mulheres usam um lenço na
cabeça quando vão em peregrinação até uma imagem de Santa Sara.
A tradição diz que um cigano ou cigana que precisa de uma benção
de sua santa Protetora, deve fazer seu pedido seja no altar da santa
ou simplesmente olhando para as estrelas e pronunciar "Dalto
Schukar Dlklô", que significa "te darei um lenço bonito" e quando
realizada a benção, no dia 24 de Maio esse cigano(a) ofertará um
lindo lenço em agradecimento ao seu pedido. Além de ser protetora
dos ciganos, Sara é, em especial, protetora das mulheres que querem
engravidar ou que querem ter um bom parto. Há muitos anos, as
ciganas que não conseguiam ter filhos faziam promessas a Santa
Sara, pedindo que engravidassem. Se isso ocorresse, elas iriam à
cripta da Santa, em Saintes-Maries-de-La-Mer, e ali depositariam o
mais lindo diklô que encontrassem. Neste local existem milhares de
lenços, deixados por ciganas receberam esta graça. E, como ter filhos
é uma das maiores bênçãos entre os ciganos, é costume dar um diklô
para as meninas quando começam a menstruar, dignificando a nova
fase como mulher, e é muito gentil dar um belo diklô de presente a
uma recém-casada. É por isso também que, entre muitas famílias, as
ciganas casadas usam um lenço na cabeça., pois o lenço é o simbolo
da aliança entre uma cigana e seu marido

TRABALHO PÓ DA PROSPERIDADE
Tábua desenha um triangulo de forças e dentro coloque o pote de
vidro ceramica comece pelo
-pó farinha de trigo: Oxalá branco, trigo fartura energia de pão
nosso de cada dia
-louro em pó:vitória coroa de louros que vence.
-pó de cafe: erva de poder, quando se toma energiza é tônico ele
fortifica.
-pó de canela:prosperidade atração.
-pó de cravo: energia de atração e limpa.
-pó de noz moscada: energia potencializadora tipo red bull reforça.
-pó de pimenta do reino: ela é limpadora quando se coloca ela com
exemplo de limpeza ela entra pra cortar
-pó de pemba: um mineral ralado (mãe oxum) ele é fixador da
energia misture tudo em cima coloque a energia do ouro.
-pó de ouro ou pó de pirita ou purpurina dourada.
E pra terminar acenda em cima um incenso(elemento ar)movimento
e no triangulo em cada ponta começando por cima coloque vela p
mãe oxum numa outra ogum e na outra iansã triangulo representa o
equilibrio assopre(sopro divino) onde quer que prospere. pó serve
pra pemba pode colocar pó de farinha de fubá junto.
____________________________________________________________

AZEITE DE DESENVOLVIMENTO
azeite de desenvolvimento quem rege mediunidade Oxalá e Oxóssi
desenhe a estrela de 5 pontas de pai Oxalá coloque tigela no meio da
estrela e dentro dela uma vela de sete dias coloque dentro azeite de
oliva coloque pedras apatita, calcita ótica,cristal branco oxala,
amazonita de Oxóssi(3 olho) expandindo a mediunidade. coloque as
pedras em volta da vela dentro do pote de cerâmica branca e por
cima rosa branca (pétalas) agora as ervas ervas:tem que estar secas
pra não mofar:
cipó prata
erva doce
guiné
jasmim
salvia
nós moscada
louro
***livro ritual de ervas com adriano camargo
Mergulhe tudo no azeite, e firme a vela com a oração e
direcionamento certo a estrela virada pra quem está fazendo. Não
exponha ao sol deixe guardado com a erva junto numa garrafa.

PÓ PARA FIXAR E REFORÇAR A LEITURA DE SUAS


PREMONIÇÕES OU VISÕES.
-1 incenso de Artemísia
-1 caixinha
Vá a algum local calmo em que você não será interrompido e acenda
o incenso. Enquanto ele queima, relaxe o corpo e visualize o que
gostaria de prever. Guarde as cinzas do incenso na caixinha e
guarde-a em um local onde ninguém vá mexer. Quando quiser
descobrir algo, procure-a e invoque seu poder.

Você também pode gostar