Você está na página 1de 34

Sistemas e Sinais

Universidade Federal do Rio Grande do Sul


Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
Semelhante ao apresentado anteriormente, entre a rela-
ção das transformadas de Fourier e de Laplace, será vis-
to que a generalização da representação senoidal comple-
xa de um sinal de tempo discreto pela DTFT, será reali-
zada em termos de sinais exponenciais complexos pela
transformada Z.

Transformada Z 1
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
A transformada Z será apresentada, definindo ,
ou seja um número complexo de módulo e fase .
Admite-se então o sinal como sendo um sinal
exponencial complexo que pode ser expresso na forma

sendo o fator de amortecimento e a frequência do si-


nal senoidal.
Transformada Z 2
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
Considera-se então o sinal aplicado a um sistema
de tempo discreto com resposta ao impulso , ou
seja:

Transformada Z 3
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
Substituindo obtém-se

Define-se então

como sendo a função de transferência do sistema, de


forma que .
Transformada Z 4
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
Observa-se então que é uma autofunção associada ao
autovalor . A função de transferência do sistema,
também pode ser representada na forma polar, ou seja,
, sendo possível escrever o sinal de
saída do sistema como

Transformada Z 5
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
Substituindo , obtém-se:

Observa-se, pela comparação entre o sinal aplicado a


entrada do sistema, , e o sinal de saída , que o
sistema altera a amplitude do sinal de entrada pelo fator
e desloca a fase em .
Transformada Z 6
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
Uma vez que

pode-se reescrever , considerando na forma

Transformada Z 7
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
Conclui-se então que corresponde a DTFT de
, logo, a DTFT inversa de pode ser escri-
ta na forma

ou ainda

.
Transformada Z 8
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
Uma vez que pode-se realizar a troca de variá-
veis, sendo , logo

sendo denota que a integração é realizada ao longo de

um círculo de raio .
Transformada Z 9
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
Para um sinal arbitrário tem-se então

Transformada Z
e

Transforma Z Inversa

Transformada Z 10
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
Ou ainda, a relação entre e é expressa na
forma
.

Uma vez que , deve-se ter

De forma a garantir a somabilidade de .


Transformada Z 11
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z

A faixa de valores de que satisfaz esta condição é


denominada de Região de Convergência. Conclui-se
então, que a transformada Z existirá para sinais que
não tem DTFT.

Transformada Z 12
Transformada Z 13
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
Pode-se representar o número complexo por sua loca-
lização no plano complexo, denominado de Plano Z,
na forma

Transformada Z 14
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
Observa-se que se for absolutamente somável, a
DTFT é obtida da transformada Z, fazendo-se ,
sendo na equação

A relação descreve um círculo de raio unitário


com centro na origem do Plano Z.
Transformada Z 15
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
A frequência da DTFT corresponde ao ponto do círcu-
lo de raio unitário com ângulo em relação ao eixo real
positivo.

Transformada Z 16
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
Exemplo 7.1: Determinar a transformada Z do sinal

Transformada Z 17
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
É comum encontrar-se a transformada Z de um sinal ou
da função de transferência discreta de um sistema na for-
ma de uma função racional em , ou seja:

ou ainda

Transformada Z 18
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
Sendo as raízes do polinômio do numerador, ou os
zeros de ,e as raízes do denominador, ou os
pólos de .

Exemplo 7.2: Determinar a transformada Z do sinal

juntamente com a RDC e as localizações dos pólos e


zeros de no Plano Transformada
Z. Z 19
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Pólos, Zeros e RDC

Transformada Z 20
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
Exemplo 7.3: Determinar a transformada Z do sinal

juntamente com a RDC e as localizações dos pólos e


zeros no Plano Z.

Transformada Z 21
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Pólos, Zeros e RDC

Transformada Z 22
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
Exemplo 7.4: Determinar a transformada Z do sinal

juntamente com a RDC e as localizações dos pólos e


zeros no Plano Z.

Transformada Z 23
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
Exercício 7.1: Determinar a transformada Z, a RDC e
a localização dos pólos e zeros de para

Transformada Z 24
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Transformada Z
Exercício 7.2: Determinar a transformada Z, a RDC e
a localização dos pólos e zeros de para

Transformada Z 25
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Propriedades da Transformada Z
A maioria das propriedades da transformada Z é análoga
as da DTFT. Nas propriedades apresentadas a seguir
supõe-se que

Transformada Z 26
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Propriedades da Transformada Z
Linearidade: A transformada Z de uma soma de sinais é
igual a soma das transformadas Z individuais, ou seja,

Transformada Z 27
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Exemplo 7.6: Suponha que

avaliar as transformadas Z de .
Transformada Z 28
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Propriedades da Transformada Z
Inversão no Tempo:

Ou reflexão, corresponde a substituir por .

Transformada Z 29
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Propriedades da Transformada Z
Deslocamento no Tempo:

Transformada Z 30
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Propriedades da Transformada Z
Multiplicação por Sequência Exponencial:

Admitindo que seja um número complexo

Transformada Z 31
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Propriedades da Transformada Z
Convolução:

Transformada Z 32
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Propriedades da Transformada Z
Diferenciação no Domínio Z:

Transformada Z 33
Sistemas e Sinais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Engenharia Elétrica

Propriedades da Transformada Z
Exemplo 7.7: Determinar a transformada Z do sinal

Exemplo 7.8: Determinar a transformada Z do sinal

Exercício 7.4: Determinar a transformada Z de

Transformada Z 34