Você está na página 1de 9

Atividade Suplementar de Língua Portuguesa 

1
As​ ​orações subordinadas adverbiais exercem a função do advérbio e funcionam
como adjunto adverbial sendo classificadas em: causais, comparativas, concessivas, condicionais,
conformativas, consecutivas, finais, temporais, proporcionais.

1. Classificação das Orações Subordinadas Adverbiais

As orações subordinadas adverbiais são iniciadas com uma ​conjunção subordinativa (ou locução), isto
é, aquelas que ligam as frases (principal e a subordinada). São classificadas em ​nove tipos​, de acordo com
a circunstância que exprimem na frase:

1.1 Causais

As orações subordinadas adverbiais causais exprimem causa ou o motivo sendo as conjunções integrantes
adverbiais: porque, que, como, pois que, porquanto, visto que, uma vez que, já que, desde que.

Exemplo​: Não fomos à festa ​visto que​ estava chovendo muito.

1.2 Comparativas

1
​Os advérbios são palavras que modificam um verbo, um adjetivo ou outro advérbio. São flexionados
em grau (comparativo e superlativo) e divididos em: advérbios de modo, intensidade, lugar, tempo,
negação, afirmação, dúvida.
As orações subordinadas adverbiais comparativas exprimem comparação sendo as conjunções integrantes
adverbiais: como, assim como, tal como, tanto como, tanto quanto, como se, do que, quanto, tal, qual, tal
qual, que nem, que (combinado com menos ou mais).

Exemplo​: Paula é estudiosa​ tanto quanto​ seu irmão.

1.3 Concessivas

As orações subordinadas adverbiais concessivas exprimem permissão sendo as conjunções integrantes


adverbiais: embora, conquanto, por mais que, posto que, ainda que, apesar de que, se bem que, mesmo que,
em que pese.
Exemplo​: Luciana gosta muito de dançar ​embora ​esteja com o pé quebrado.

1.4 Condicionais

As orações subordinadas adverbiais condicionais exprimem condição sendo as conjunções integrantes


adverbiais: se, caso, contanto que, salvo se, a não ser que, desde que, a menos que, sem que.

Exemplo​: Iremos à festa​ desde que​ não chova.

1.5 Conformativas

As orações subordinadas adverbiais conformativas exprimem conformidade sendo as conjunções


integrantes adverbiais: conforme, segundo, como, consoante, de acordo.

Exemplo​: ​Consoante ​às regras de conduta, Antenor preferiu alertar seus colegas de
trabalho.

1.6 Consecutivas
As orações subordinadas adverbiais consecutivas exprimem consequência sendo as conjunções integrantes
adverbiais: de modo que, de sorte que, sem que, de forma que, de jeito que.

Exemplo​: O palestrante falou tão baixo, ​de forma que​ não conseguimos ouvir a
apresentação.

1.7 Finais

As orações subordinadas adverbiais finais exprimem finalidade sendo as conjunções integrantes adverbiais:
a fim de que, para que, que, porque.

Exemplo​: Estamos aqui ​para ​trabalhar.

1.8 Temporais

As orações subordinadas adverbiais temporais exprimem circunstância de tempo sendo as conjunções


integrantes adverbiais: enquanto, quando, desde que, sempre que, assim que, agora que, antes que, depois
que, logo que.

Exemplo​: ​Enquanto ​eles se divertem, nós trabalhamos.

1.9 Proporcionais

As orações subordinadas adverbiais proporcionais exprimem proporção sendo as conjunções integrantes


adverbiais: à proporção que, à medida que, ao passo que, tanto mais, tanto menos, quanto mais, quanto
menos.

Exemplo​:​ À medida que ​o tempo passa, estamos mais distante.


Oração Adverbial Ideia de Principais conjunções e locuções
conjuntivas

Causal Causa Porque, uma vez que, como, visto


que, já que, porquanto, etc.
Consecutiva Consequência Que, tanto... que, tamanho... que,
tal... que, etc.
Condicional Condição Se, caso, salvo, contanto que, desde
que, a menos que, etc.
Concessiva Concessão Embora, conquanto, mesmo que,
apesar de que, não obstante, se bem
que, posto que, em que pese, ainda
que, etc.
Comparativa Comparação Como, tal qual, feito, que, mais...
que, menos... que, tão... quanto, etc.

Conformativa Conformidade Conforme, como, segundo,


consoante, etc.
Temporal Tempo Quando, enquanto, antes que, desde
que, depois que, logo que, assim que,
sempre que, até que, mal, etc.

Final Finalidade Para que, a fim de que, etc.


Proporcional Proporção À medida que, à proporção que,
quanto mais, quanto menos, tanto
mais, tanto menos, etc.

Exercícios
1. Relacione as colunas de acordo com a classificação das orações subordinadas:
a)( ) Quanto mais se estuda, mais se aprende.
b)( ) “Quando os porcos bailam adivinham chuva.”
c)( ) Se queres ser aprovado, estude muito.
d)( ) Embora estudasse muito, não foi aprovado.
e)( ) Ela se vestia conforme dita a moda.
f)( ) Ficou irritado, porque foi impedido de entrar.
g)( ) O carro era tão caro que desistiu da compra.
h)( ) Estude para não travar na prova.
i)( ) “Mais fácil conquistar uma cidade inteira do que conquistar um amigo ferido”.

I. Oração subordinada adverbial final.


II. Oração subordinada adverbial conformativa.
III. Oração subordinada adverbial proporcional.
IV. Oração subordinada adverbial condicional.
V. Oração subordinada adverbial comparativa.
VI. Oração subordinada adverbial temporal.
VII. Oração subordinada adverbial concessiva.
VIII. Oração subordinada adverbial consecutiva.
IX. Oração subordinada adverbial causal.

2. "​Se houvesse uma despedida​ talvez fosse mais triste (...)"


A oração destacada é classificada como:
a) subordinada adverbial consecutiva
b) subordinada adverbial condicional
c) subordinada adverbial concessiva
d) subordinada adverbial conformativa

3. Classifique as orações subordinadas adverbiais:


a) Você será aprovado, ​porque estudou muito​.

b) Eu me comportei ​tão​ bem ​que pude passear no parque​.


c) Caso necessite de maiores informações​, envie um e-mail para o responsável.

d) Fui aprovada, ​embora não tenha estudado muito​.

e) Compramos as passagens ​a fim de que pudéssemos viajar logo​.

4. No período: "Era tal a serenidade da tarde, que se percebia o sino de uma


freguesia distante, dobrando a finados.", a segunda oração é:
a) subordinada adverbial causal
b) subordinada adverbial consecutiva
c) subordinada adverbial concessiva
d) subordinada adverbial comparativa
e) subordinada adverbial subjetiva

5. No período - “E quanto mais andava mais tinha vontade”, ocorre ideia de


proporção.
Assinale a opção em que tal ideia NÃO ocorre:

a) quanto mais leio este autor menos o entendo;


b) choveu tanto, que não pudemos sair;
c) à medida que corria o ano, o nosso trabalho era maior;
d) quanto menos vontade, mais negligência;
e) quanto mais se lê, mais se aprende.

6. Assinale a alternativa CORRETA quanto à classificação da oração adverbial, destacada


no período abaixo:

“Era tão pequena a cidade, ​que um grito ou gargalhada forte a atravessava de ponta a
ponta.”

a) Subordinada adverbial causal


b) Subordinada adverbial final
c) Subordinada adverbial temporal
d) Subordinada adverbial consecutiva
e) Subordinada adverbial conformativa

7. Assinale a oração classificada corretamente.


a) Como diz o povo, tristezas não pagam dívidas. (subordinada adverbial comparativa)
b) Não serás bom advogado, sem que estudes muito. (subordinada adverbial consecutiva)
c) Cumprirei minhas tarefas mesmo que a oposição critique. (subordinada adverbial
concessiva)
d) Quanto mais se tem, mais se deseja. (subordinada adverbial causal)
e) Aproximei-me a fim de que pudesse ouvi-la. (subordinada adverbial proporcional)

8. (MACK) "Na ‘Partida Monção’, não há uma atitude inventada. Há


reconstituição de uma cena como ela devia ter sido na realidade." A oração
"como ela devia ter sido na realidade" é:

a) adverbial conformativa
b) adverbial proporcional
c) adjetiva
d) adverbial causal
e) adverbial consecutiva

9. Na frase "Entrando na faculdade, procurarei emprego.", a oração


subordinada indica idéia de:​

a) concessão
b) lugar
c) oposição
d) consequência
e) condição
10. (UFE-PA) No trecho "Cecília ... viu do lado oposto do rochedo Peri, ​que a
olhava com uma admiração ardente", a oração grifada expressa uma
a) causa
b) lugar
c) oposição
d) explicação
e) condição

11. (UF SANTA MARIA-RS) Leia, com atenção, os períodos abaixo​:

Caso haja justiça social​, haverá paz.


Embora a televisão ofereça imagens concretas​, ela não fornece uma reprodução fiel da
realidade.
Como todas aquelas pessoas estavam concentradas​, não se escutou um único ruído.

Assinale a alternativa que apresenta, respectivamente, as circunstâncias indicadas pelas


orações sublinhadas:
a) tempo, concessão, comparação
b) tempo, causa, concessão
c) condição, consequência, comparação
d) condição, concessão, causa
e) concessão, causa, conformidade

12. (UNIMEP) I - Mário estudou muito e foi reprovado! II - Mário estudou


muito e foi aprovado. Em I e II, a conjunção "e" tem, respectivamente,
valor:

a) aditivo e conclusivo d) adversativo e conclusivo


b) adversativo e aditivo e) concessivo e causal
c) aditivo e aditivo
13. (UMC-SP) Assinale o período em que há oração subordinada adverbial
consecutiva​:

a) Diz-se que você não estuda. d ) Comeu que ficou doente.


b) Falam que você não estuda. e) Quando saíres, irei contigo.
c) Fala-se tanto que você não estuda.

14. (FUVEST) "Maria das Dores entra e vai abrir o comutador. Detenho-a: não
quero luz." Os dois pontos (:) usados acima estabelecem uma relação de
subordinação entre as orações. Que tipo de subordinação?

a) temporal b) concessiva c) final d) conclusiva e) causal

AGORA QUE FEZ OS EXERCÍCIOS, PODE ASSITIR A ESSES DOIS VÍDEOS


PARA FIXAR AS IDEIAS:
1. https://www.youtube.com/watch?v=tCoaqWAaOKk
2. https://www.youtube.com/watch?v=XezyCSp7DtI