Você está na página 1de 1

ARMADURAS CONSTRUTIVAS PARA O CONCRETO ARMADO

São armaduras usadas para proporcionar a eficiência das armaduras previstas


pelo projeto, pois a posição dessas no elemento estrutural não é garantida
sem elas, principalmente durante as operações de lançamento e adensamento
do concreto. As armaduras construtivas são previstas em dois itens da Norma.
“7.5 Detalhamento das armaduras

7.5.1 As barras devem ser dispostas dentro do componente ou elemento estrutural de modo a
permitir e facilitar a boa qualidade das operações de lançamento e adensamento do concreto.

18.2.1 Arranjo das armaduras

O arranjo das armaduras deve atender não só à sua função estrutural como também às condições
adequadas de execução, particularmente com relação ao lançamento e ao adensamento do
concreto.”

Deve-se lembrar sempre que a eficiência do concreto armado só é obtida se a armadura estiver
garantida no local onde foi posicionada no projeto. Por exemplo, na laje em balanço se a barra for
deslocada para baixo perderá a sua capacidade de resistir aos esforços.
Neste caso a boa qualidade das operações implica em garantir que essa armadura permaneça na
parte superior da laje. Podendo, neste caso, ser obtida por duas providências:

- Usando barras construtivas transversais à armadura negativa, normalmente uma no pé (ou na pata)
e outra na parte central entre o estribo da viga e a extremidade da barra. Para garantir que essas
barras transversais não sejam deslocadas pelo peso do concreto ou pisadas durante a concretagem
usa-se uma armadura construtiva complementar chamada de “caranguejo” espaçada em cerca de um
metro de acordo com as bitolas usadas, como mostra a figura 1.
Armadura negativa

caranguejo estribo
ojo
5/10 cm

Figura 1 – Caranguejo para suporte das armaduras negativas de lajes

- Para a concretagem devem ser montadas passarelas de tábuas para a passagem dos operários e
carrinhos, que garantam o posicionamento das armaduras superiores, como ilustra a figura 2.
passarela Armadura negativa

caranguejo
estribo
ojo

Figura 2 – Passarela para garantir a posição das armaduras negativas de lajes

Você também pode gostar