Você está na página 1de 13

BRUNO ELIAS BORGES

KOLTTENE BUNHAK
PEDRO CHAPAVAL PIMENTEL
RICARDO DE LIMA PAVIN

TENDÊNCIAS E CARACTERÍSTICAS DO MERCADO DOS SALÕES DE


BELEZA

CURITIBA
2010
BRUNO ELIAS BORGES
KOLTTENE BUNHAK
PEDRO CHAPAVAL PIMENTEL
RICARDO DE LIMA PAVIN

TENDÊNCIAS E CARACTERÍSTICAS DO MERCADO DOS SALÕES DE


BELEZA

Trabalho de graduação
apresentado à disciplina de
Técnicas de Pesquisa, do Curso
de Administração da FAE Centro
Universitário.
Orientadora: Profª Ana Maria
Coelho Pereira Mendes.

CURITIBA
2010
RESUMO
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO

TEMA: Tendências e características de mercado dos salões de beleza.

TÍTULO: Tendências e características de mercado dos salões de


beleza.

OBJETO DE ESTUDO: Salões de Beleza na cidade de Curitiba.

DELIMITAÇÃO
Personagens: Salão e Estética Korpory, Salão Marly, Lady Lord,
Princess Hair.
Lugar: Cidade de Curitiba.
Tempo: Setembro de 2010 a Dezembro de 2010.

DESCRIÇÃO DA REALIDADE: Partindo do interesse do administrador


da empresa Salão e Estética Korpory em investigar quais as principais
características que fazem dos salões de beleza como Salão Marly,
Lady Lord e Princess Hair, referencias na cidade de Curitiba e
potências em expansão, emerge a necessidade de conhecer essas
dimensões para sobrevivência no mercado.

PERGUNTA: Quais são as características essenciais para um salão de


beleza se destacar no mercado de Curitiba?

HIPÓTESE: Salões de beleza em expansão possuem características


em comum que podem ser adotadas para o Salão e Estética Korpory
manter-se no mercado curitibano.

OBJETIVO GERAL: Analisar as principais características que salões de


beleza possuem e garantem sua diferenciação dentro do
mercado de Curitiba.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) Identificar as principais características que compõe salões de
beleza com bom desempenho em Curitiba;
b) Descrever o diferencial dos salões de beleza estudados no
mercado curitibano;
c) Correlacionar as características dos salões de beleza estudados
com o Salão e Estética Korpory.
METODOLOGIA DE PESQUISA

Objetivos Específicos Procedimento de Fonte de Instru/téc Pop.amostra


pesquisa dados coleta de (critérios de
dados eleição)
a) Identificar as principais Pesquisa de Empresários do Formulário de Todos os
características que compõe levantamento ramo, clientes. entrevista e entrevistados tem
salões de beleza com bom questionário relação direta a
desempenho em Curitiba eletrónico pesquisa em questão
b) Descrever o diferencial Pesquisa de Clientes Formulário de Todos os
dos salões de beleza levantamento entrevista e entrevistados tem
estudados no mercado questionário relação direta a
curitibano eletrónico pesquisa em questão
c) Correlacionar as Pesquisa Revistas, Livros, Revista sobre o ramo,
características dos salões documental e Cases, Sites, Roteiro / análise Sites (SEBRAE,
de beleza estudados com o bibliográfica. Folhetos. de conteúdo IBGE, PEGN, JUNTA
Salão e Estética Korpory. COMERCIAL).
Sites de busca
(amostra intencional).
Livros.

CRONOGRAMA

Tempo SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO

1ª 2ª 3ª 4ª 1ª 2ª 3ª 4ª 1ª 2ª 3ª 4ª 1ª 2ª 3ª 4ª
Atividade SE SEM SE SE SE SE SE SE SE SEM SE SE SE SE SE SEM
M M M M M M M M M M M M M

elaboração do X X X
projeto
contextualiza x x
ção
Referencial x x x x x x x x x
teórico
Elaboração do x x
roteiro de
pesquisa
Coleta de x X X X X X X
Dados
tabulação e X X X X
Análise de
dados
Elaboração do x X X X
relatório Final
Seminário de x x
TCC

HUMANOS - EXECUTOR (ES)


Toda a equipe acadêmica como: Coordenador, Pesquisador,
Auxiliar de Pesquisa.
7.2 MATERIAIS
Material de Consumo (papel A4, discos de gravação, pen-drives,
notebook/PC, impressora, cartucho de impressora, etc);
7.3 FINANCEIROS - ORÇAMENTO
Os investimentos necessários, para tornar viável a realização da
pesquisa serão subsidiados pela própria equipe pesquisadora.
2 CONTEXTUALIZAÇÃO

2.1 HISTÓRICO E O MERCADO DA BELEZA

O mercado de salões de beleza e estética passa por um período cada


vez mais dinâmico onde alguns destes salões se destacam por apresentar
diferenciais de atendimento. “O setor de beleza é um dos que mais cresce
atualmente e vem atraindo a atenção de empreendedores que buscam
oportunidades para abrir seus negócios.” (HUNGRIA, 2010)
De acordo com Hungria (2010), a dinamicidade deste mercado cresceu
10% durante o ano de 2009 no Brasil e em Curitiba, segundo Ehlert (2008)
houve um crescimento de 30%.
Segundo Ehlert (2008), o mercado de beleza na cidade de Curitiba
possui cerca de 1.592 estabelecimentos que têm alguma relação a tratamentos
estéticos. Dessa maneira, é necessário encontrar alternativas que façam dos
empreendimentos um expoente neste mercado altamente competitivo.
Entretanto, para que uma empresa possa crescer neste mercado,
primeiro é preciso se estabilizar. De acordo com o site Pequenas Empresas,
Grandes Negócios (2010) o problema mais comum que salões de beleza
enfrentam atualmente é a falta de organização e a má gestão, o que leva
muitos salões de pequeno e médio porte a não sobreviver à concorrência e
competitividade deste mercado.
Nesse ramo de negócios, o empreendedor atuará além de tudo como
um consultor de beleza, orientando e sugerindo a melhor opção e não
simplesmente cumprindo as solicitações dos clientes. Muitas vezes, pelo
desconhecimento efetivo do resultado final, as pessoas solicitam determinados
serviços que o profissional já sabe que não se enquadram com o tipo físico de
um determinado cliente. Então, cabe a ele estabelecer uma boa relação com o
cliente para poder evitar um resultado não satisfatório. Um corte de cabelo, um
penteado, uma tintura, devem compor um conjunto que agrade o cliente, se
enquadre com suas características físicas e esteja de acordo com os ditames
da moda.
O empreendedor deve estar muito bem informado sobre tendências da
moda, novos produtos e tecnologias, além de ter facilidade no relacionamento,
ser dinâmico e inovador tendo a necessidade de estar sempre buscando
atualizar-se, seja no conhecimento de novas tecnologias ou de novas
tendências. Por este motivo e, principalmente, em épocas recessivas, os
profissionais da área devem utilizar sua criatividade e motivação para manter
um público constante aos seus serviços.
Assim, a gestão de salões de beleza torna-se muito mais que um
exercício de finanças e contabilidade, vai até o lado humano e pessoal onde
estratégias de marketing e relacionamento podem dizer instantaneamente se o
cliente irá voltar ou não a procurar aquele serviço.

2.2 GESTÃO E BELEZA NO MUNDO ATUAL

Segundo Bellaguarda (2006), antes de tudo é necessário conhecer


vários aspectos como o mercado em que a empresa está inserida e de que
maneira atua a concorrência, qual são as necessidades e desejos que os
clientes procuram suprir levando ao seu comportamento de compra e
principalmente oferecer soluções que atendam as expectativas e desejos do
mercado consumidor.
O gestor de um negócio precisa pensar em seus clientes em mais do
que o aspecto financeiro, é preciso abrir o leque de questionamentos sobre as
possibilidades que os clientes esperam tais como: quem, o que, como, quando,
onde e quanto.
É preciso oferecer aos clientes os serviços e benefícios que deseja
consumir, dentro do que ele pretende pagar, no momento em que ele quer
utilizá-lo e no local mais conveniente para conseguir conquistá-lo.
Começar com mudanças básicas dentro de um salão de beleza pode
fazer com que o atendimento de cada cliente se torne mais individual e
diferenciado. Um exemplo disso é a informatização do salão e a criação de
cadastros e histórico dos clientes, possibilitando a criação de perfis e serviços
mais adequados para cada um deles.
Conhecer o perfil de cada um dos clientes de uma empresa possibilita
definir estratégias de atuação e de marketing dentro do mercado.
Características como classe social do bairro em que está situada, quais as
necessidades dos clientes em potencial no bairro em questão
Além do pensar em cada cliente, através da informatização é possível
efetuar um melhor controle dos estoques e da área financeira do salão de
beleza.
Esse alto crescimento do mercado de salões de beleza e estética fez
com que os empreendedores deste ramo tivessem de explorar novas
oportunidades e diferenciais para conquistar maior share. Alguns diferenciais
como horário de atendimento, lounges para que os clientes sintam-se mais a
vontade e reestruturação do espaço interno dos salões tornaram-se
verdadeiras estratégias de marketing para fidelizar o público.
A capacitação dos funcionários, além de ser algo extremamente
relevante para clientes que buscam estar 100% satisfeitos com o serviço, pode
se tornar algo extremamente rentável com a propaganda boca-a-boca e até
mesmo com a criação de escolas técnicas para este tipo de prestação de
serviços.
A conseqüência desse pensamento é que muitos empresários de
pequeno porte acabam não investindo em treinamento para seus funcionários e
na hora de contratar, sempre escolhem pessoas com experiência suficiente
para não precisarem pensar em treinamento.
É justamente esse tipo de postura de muitos micro e pequenos
empresários que faz com que suas empresas não cresçam. Essa postura torna
essas empresas em organizações estáticas e da mesma forma que pode evitar
que funcionários pequenos saiam da empresa, evita também que a própria
empresa possa crescer.
As chances de funcionários capacitados de sair da pequena empresa
são grandes e de certa forma o investimento do empresário foi desperdiçado. O
foco então não deve ser unicamente na capacitação do funcionário, mas
também em formas de manter o funcionário na empresa. E para isso, não
adianta só um bom salário ou boas remunerações. Os funcionários treinados,
motivados são essenciais para o sucesso de sua empresa. A empresa ganha,
o empresário ganha, os funcionários ganham, enfim, todos ganham.
Porém, para entender o que os salões de beleza devem proporcionar
para seu público alvo é preciso entender principalmente o conceito de beleza e
qual a extensão que o entendimento deste conceito pode trazer até esses
empreendedores.

2.3 O QUE É A BELEZA

A percepção atual do corpo como uma forma de expressão traz à tona


muitas alternativas para as pessoas que buscam trabalhar neste ramo. Quando
percebe-se que os valores da sociedade giram em torno de algo que pode ser
trabalhado e trazer lucro, empresas começam a investir neste ramo. Como a
razão científica transforma hoje a beleza em uma busca atual,

essa ra cio na lid ad e q ue t ran sf o rma t ud o e m va lo r


mon e tá rio , me n su rá ve l, p rag má t ico e ut ilit á rio va i vira r
de p on ta ca be ça me smo o s va lo re s mo ra is ma is
t ra d icio na is. A se n su a lida d e, q ue já f o i in imig a d a ra zão
cien t íf ica n at u ra l e da ra zã o da mo ra lid a de crist ã ,
re lig io sa ou la ica, e p od e ria le va r a o e rro e à
de crep it u de , h o je é vist a co mo a liad a p re f e ren cia l do
me rcad o , co mpo n en te e sse n cia l na o rd en a ção da vida
so cia l. (FE RRE I RA , 2 01 0 )

O debate acerca da importância com a beleza e o próprio corpo, torna-


se índice de qualidade de vida e de bem estar das pessoas. Isso quer dizer
que, tanto pode interferir na vida pessoal, quanto na vida profissional. Pois,

os sen t ime n to s, as pa ixõ e s, o s d e se jo s, o s se n t ido s


at rib u íd o s ao co rp o le va m em con sid e ra çã o o
co mp on e nt e sen su a l e a co n se q ue n te a mp lia ção d e
po ssib ilid ad e s n o me rca d o p ro f issio na l ou se xu a l,
fa zen do co m qu e o qu e an te s e ra vist o so cia lme n t e co mo
ab o miná ve l, h o je se ja vist o co mo ace itá ve l, d esd e qu e
a ju de a co n se gu ir se u ob jet ivo de asce n sã o so cia l,
ot imize a s po ssib ilid ad e s d e su ce sso eco nô mico e
ace it a çã o so cia l. A mo ra l se t o rn a ma is f le xí ve l, o s
va lo re s é t ico s ide m, a e sté t ica t a mb é m se a da pt a e
of e re ce no vo s p a râ me t ro s, no co rp o se in co rp o ra m os
no vo s sen t id o s e a " sa úd e" se a da p ta . (FE RRE I RA, 2 01 0 )

O paradigma criados pela sociedade contemporânea onde as pessoas


só podem ser bem sucedidas se tiverem boa aparência gera necessidade cada
vez maior de tratamentos estéticos à curto e longo prazo e vão desde a
utilização de medicamentos até técnicas mais agressivas como cirurgias.
O culto ao corpo, apesar de ser percebido desde os tempos mais antigos
como é visto em obras de arte que retratam a Grécia antiga, hoje em dia
atenua-se com a força e o impacto da indústria da beleza sob o cotidiano de
todo ser humano.
Segundo Ferreira (2010), a imagem reconhecida socialmente como belo
é a imagem de um corpo perfeito e aquilo que não estiver dentro dos padrões
vistos e ditados pela sociedade será entendido como inadequado, imperfeito e
até mesmo problemático.
Esta idéia de culto ao corpo que leva ao entendimento do que é belo
atualmente está estampado em todos os meios de comunicação, como por
exemplo as capas de revistas, jornais, outdoors, televisão, etc. Percebe-se que
a indústria da beleza e da moda, dita e altera os comportamentos cada vez
mais rápida e constantemente, pois onde o que é belo hoje pode não ser
amanhã.
É nessa busca pela beleza que surgem as oportunidades para os
negócios relacionados à estética, pois as pessoas estão procurando se
adequar ao que a indústria da moda dita cada vez mais cedo. Os tratamentos
cosméticos não se limitam mais às mulheres entre quarenta e cinqüenta anos,
mas se estendem para as pessoas mais jovens e até ao público masculino.
Salões de beleza buscam cada vez mais agradar os mais diversos
públicos existentes em busca daquilo que dizem ser o belo.
REFERENCIAS

HUNGRIA, C. Salão de beleza aposta em horário de funcionamento atípico para


aumentar clientela (2010). Disponível em:
http://revistapegn.globo.com/Revista/Common/ 1,,EMI165611-17180,00.html . Acesso
em: 01/09/2010.

EHLERT, Ana. Mercado da beleza não pára de crescer em Curitiba (2008). Disponível em:
http://www.bemparana.com.br/index.php?n=77588&t=mercado-da-beleza-nao-para-de-
crescer-em-curitiba Acesso em: 01/09/2010.

http://tv.pegn.globo.com/Jornalismo/PEGN/0,,MUL1595017-17958,00-
SALOES+DE+BELEZA+MELHORAM+SERVICO+E+AUMENTAM+ESTRUTURA
+PARA+ATENDER+AS+CLIE.html

http://www.sebrae.com.br/setor/servicos/segmentos-apoiados/profissionais-da-beleza

BELLAGUARDA, G. M. Salões de Beleza. 2006.


http://201.2.114.147/bds/BDS.nsf/699F930A7DDC54A90325722000492108/$File/NT0
00B5B5A.pdf

FERREIRA, Francisco Romão. Algumas considerações acerca da medicina


estética/ Some considerations about aesthetic medicine. Disponível em:
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-
81232010000100012&lang=pt. Acesso em: 22/09/2010.

http://www.igf.com.br/aprende/novonegocio/Neg_Resp.aspx?id=104

http://vix.sebraees.com.br/ideiasnegocios/arquivos/salaodebeleza.pdf

http://revistacabeleireiros.com/materia/o-que-leva-um-salao-de-beleza-a-
falencia/14
ANEXOS

Algumas considerações acerca da medicina estética/ Some considerations


about aesthetic medicine

Ferreira, Francisco Romão


Ciênc. saúde coletiva 15(1): 67-76, ND. 2010 Jan.
SciELO Brasil Idioma(s): Português
Resumo em português
Neste artigo, abordaremos alguns aspectos da construção de sentidos acerca do corpo a
partir do discurso científico que se moldou com o pensamento moderno e se
transformou no pensamento hegemônico de alguns setores da área médica.
Ressaltaremos que os sentidos atribuídos ao corpo incorporam questões oriundas de
outras áreas da vida social e vão moldar os parâmetros estéticos que influenciam a
construção da identidade, a relação com o próprio corpo, a subj etividade e os cuidados
com a saúde. Descreveremos alguns momentos dessa construção do pensamento
científico moderno, a forma como este pensamento se torna hegemônico, influencia o
senso comum, naturaliza a construção da identidade e a forma de lidar com o corpo,
interfere nos cuidados com a saúde, expõe uma divisão entre alguns setores da
biomedicina, reforça um tipo específico de racionalidade médica e serve de base
epistêmica e fundamentação (teórica e discursiva) para alguns setores ligados à
medicina estética e às cirurgias estéticas.

Essa racionalidade que transforma tudo em valor monetário,


mensurável, pragmático e utilitário vai virar de ponta cabeça
mesmo os valores morais mais tradicionais. A sensualidade, que
já foi inimiga da razão científica natural e da razão da
moralidade cristã, religiosa ou laica, e poderia levar ao erro e à
decrepitude, hoje é vista como aliada preferencial do mercado,
componente essencial na ordenação da vida social. Os
sentimentos, as paixões, os desejos, os sentidos atribuídos ao
corpo levam em consideração o componente sensual e a
consequente ampliação de possibilidades no mercado
profissional ou sexual, fazendo com que o que antes era visto
socialmente como abominável, hoje seja visto como aceitável,
desde que ajude a conseguir seu objetivo de ascensão social,
otimize as possibilidades de sucesso econômico e aceitação
social. A moral se torna mais flexível, os valores éticos idem, a
estética também se adapta e oferece novos parâmetros, no
corpo se incorporam os novos sentidos e a "saúde" se adapta.