Você está na página 1de 5

VÍDEO 4 - Circuito elétrico: Esquematizar circuito para iniciar montagem física.

Argumento 1: Circuitos elétricos: Esquemas elétricos de montagem. Após fases de cálculos e


percepção das necessidades do circuito, é necessário esboçar o circuito, a fim de auxiliar na
aquisição, separação e montagem final do circuito trabalhado em questão.

Argumento 2: O primeiro passo da esquematização é traçar o circuito respeitando a


simbologia dos componentes envolvidos. Estes dados já foram apresentados nos capítulos
anteriores.

As ligações dos componentes serão realizadas de forma a demonstrar através de simulação


via elementos computacionais, como programas de elaboração e teste de circuitos.

O mercado disponibiliza muitos aplicativos e programas que executam estas tarefas. Alguns
simples, outros complexos, gratuitos e pagos, e os mais aclamados operam nas plataformas
operacionais Windows e Android.

A partir dos conhecimentos adquiridos nas aulas anteriores, focaremos no conhecimento


construtivos de componentes, a fim de identifica-los corretamente e, daí, podermos especificar
suas corretas leituras, com o uso dos devidos equipamentos de medição

Fontes de tensão contínuas:

A representação gráfica de uma fonte de alimentação contínua obedece as funções abaixo:

Fig.1 – Gráfico da função tensão contínua x tempo

A Tensão é contínua, sempre se mantendo constante. Neste caso, chamamos de Tensão DC


(Direct Current).

Simbologia:
Fig.2 – Fontes de Tensão

Fig.3 – Fontes de Tensão

Temos também fontes de corrente. Sua simbologia independe para os casos dela ser alternada
ou contínua. Vejamos abaixo:

Fig.4 – Símbolo de fonte de Corrente


Fig.5 – Fontes de Corrente reais.

A resistência elétrica é um componente passivo capaz de converter em energia calorífica toda sua
energia elétrica recebida, Como vimos nas aulas anteriores, sua principal característica física é a
oposição à passagem da corrente eléctrica; classificando os materiais em bons condutores ou maus
condutores (isolantes). Os primeiros possuem resistências ôhmicas baixas. Os isolantes possuem
resistências ôhmicas elevadas.

Fig.6 – Símbolo de Resistência Elétrica

Lembrando que a Segunda Lei de Ohm, onde cada material possui um valor específico de
resistividade, conhecido pela letra ‘’ρ’’. com a secção do condutor S e com o seu comprimento
L:
Fig.7 – Resistência Eletrônicas

Fig.8 – Resistência Elétricas Industriais


Fig.9 – Código de cores das resistência elétricas