Você está na página 1de 7

Técnicas de Sight Translation

ENSINAR AS TÉCNICAS DE SIGHT TRANSLATION

AUTOR(A): PROF. PATRICIA GIMENEZ CAMARGO

Discutiremos algumas técnicas básicas que permitirão ao intérprete realizar a interpretação. Você já sabe
que a sight translation parte de um texto escrito entregue ao intérprete e tem como objeto da produção do
intérprete um texto oral (falado).
O intérprete terá alguns segundos, após receber o texto, para iniciar a tradução. Parece ser uma atividade

fácil, mas para que seja bem executada as pessoas que ouvem a mensagem devem ter a sensação que o texto
que o intérprete tem em mãos está escrito na língua em que lê. Sabemos que o texto está em outro idioma
e, portanto, haverá algumas dificuldades a serem trabalhadas.
Ao discutirmos a sight translation como um modo profissional de interpretação, esperamos que o intérprete
consiga realizá-la da forma mais natural possível, entretanto, sabemos que para que isso seja possível é
necessário aprender a fazê-lo. Assim, vamos às técnicas:
O intérprete deverá processar um pensamento na língua fonte e gerar uma versão na língua alvo ao mesmo
tempo em que processa o próximo pensamento na língua fonte. Aqui, entra o papel importantíssimo da
leitura e do reconhecimento das estruturas textuais, quanto mais o intérprete conhecer, mais fácil será.
O comando das línguas de trabalho será exigido do intérprete. O áudio abaixo demonstra um trecho de uma
sight translation, perceba que o ritmo, a entonação são como as de um texto lido. 

Legenda: SIGHT TRANSLATION AND DELIVERY

A entrega da mensagem via sight translation


Para que a entrega da mensagem seja adequada, o intérprete deverá falar:

Alto e claramente.
Com entonação e modulação de voz apropriada.
Em um ritmo condizente com a língua alvo.
De acordo com a pontuação do texto da língua fonte.
 

01 / 06
MARCAÇÃO NO TEXTO PARA TREINO EM SIGHT TRANSLATION 
As marcas gráficas do texto auxiliam o intérprete no processo. Como processamos trechos do texto e
falamos outros trechos ao mesmo tempo, a pontuação será um guia importante.
O intérprete fará a entrega da mensagem após observar todos esses pontos, no entanto, ao nos
prepararmos, precisamos fazer marcações no texto que nos ajudem a expandir nossa habilidade de ler em
uma língua e falar em outra. Há, entre a língua inglesa e portuguesa, diferenças sintáticas e semânticas que
devem ser respeitadas. Leia a seguinte frase:
She was born in a pleasant city where she goes every summer.
Em português, pleasant city seria "cidade agradável", pois a sintaxe da língua inglesa prevê que o adjetivo -
pleasant -  venha antes do substantivo, representado por  city. Em língua portuguesa acontece o contrário,
portanto, o intérprete poderia marcar essa(s) inversão(ões) no texto da sight translation. Claro que ao atuar
profissionalmente, tal procedimento não será possível, mas proceder à marcação poderá nos ajudar
enquanto treinamos a técnica.

MARCAçãO

Ao efetuar a sight translation, o intérprete visualizará a inversão e poderá fazê-la no momento que processa
o pensamento.
O mesmo acontece com estruturas comuns em uma das línguas, mas que são desencorajadas na outra. A voz
passiva é uma dessas estruturas, pois é amplamente usada em língua inglesa e não é tão comum em língua
portuguesa, mesmo quando utilizada em língua portuguesa a intenção nem sempre é a mesma. Vamos ao
exemplo:
I was given a gift for my birthday by my parents.
Em língua portuguesa, teríamos:
Meus pais me deram um presente por causa do meu aniversário.
A diferença é que o agente da passiva (my parents) que será enunciado somente no final da frase em língua
inglesa, aparecerá na primeira posição na frase em língua portuguesa, portanto, cabe ao intérprete perceber
que se trata de uma  voz passiva  e adiantar a leitura para o final da frase. Assim, poderá fazer a sight
translation na ordem mais usual em língua portuguesa, a voz ativa.
Observe as frases dispostas a seguir. Depois, leia como se efetuasse a sight translation:
 

02 / 06
PRACTICE
She is an old friend of mine.
Stuart has bought a modern Italian red car.
My friends and I decided to go to the beach house for the weekend. 
Lots of houses were destroyed by a terrible earthquake that year.
I received an important and urgent e-mail.
Resources for the integrated project of both companies were not discriminated in the budget by
the CEO of the main company.
 
 

Ao fazer a sight translation proposta, você deve ter percebido que seu olho deverá ler bem à frente para que
seja possível realizar a entrega da mensagem adequadamente em língua portuguesa.

CONHECIMENTO PRÉVIO E SIGHT TRANSLATION 


O conhecimento prévio que temos sobre determinados assuntos pode ser utilizado para a prática
e deliver dasight translation.
Utilizamos o conhecimento passivo para podermos refletir sobre o tipo de vocabulário que aparecerá no
texto. Além do vocabulário, é possível criar conexões lógicas entre os fatos presentes no texto.
Vamos verificar:

Leia a manchete a seguir:

JFK
JFK: 50 years of conspiracy in fiction and film

Para entender a manchete, há alguns conhecimentos prévios que devemos ter como intérprete. O primeiro e
talvez o mais importante seja saber que JFK refere--se a John F. Kennedy, presidente americano que fora
assassinado. Caso o intérprete possua esse conhecimento, a palavra  conspiracy  começa a fazer sentido.
Torna-se possível ao intérprete fazer algumas considerações sobre o texto a ser lido.
Ao saber que haverá a interpretação de partes da biografia de JFK, posso antecipar quais palavras poderão
aparecer no texto? Por tratar-se de parte da biografia, podemos deduzir algumas:
03 / 06
To be born, president, the USA, kill, death
A dedução me auxilia na preparação para a sight translation.
Vamos checar se as nossas expectativas se confirmam, leia seguinte parte da biografia:

JFK BIBLIOGRAPHY
"On November 22, 1963, when he was hardly past his first thousand days in office, John Fitzgerald
Kennedy was killed by an assassin's bullets as his motorcade wound through Dallas, Texas. Kennedy
was the youngest man elected President; he was the youngest to die.
Of Irish descent, he was born in Brookline, Massachusetts, on May 29, 1917. Graduating from
Harvard in 1940, he entered the Navy. In 1943, when his PT boat was rammed and sunk by a
Japanese destroyer, Kennedy, despite grave injuries, led the survivors through perilous waters to
safety.
Back from the war, he became a Democratic Congressman from the Boston area, advancing in 1953
to the Senate. He married Jacqueline Bouvier on September 12, 1953. In 1955, while recuperating
from a back operation, he wrote Profiles in Courage, which won the Pulitzer Prize in history.
In 1956 Kennedy almost gained the Democratic nomination for Vice President, and four years later
was a first-ballot nominee for President. Millions watched his television debates with the
Republican candidate, Richard M. Nixon. Winning by a narrow margin in the popular vote, Kennedy
became the first Roman Catholic President.
His Inaugural Address offered the memorable injunction: "Ask not what your country can do for
you--ask what you can do for your country." As President, he set out to redeem his campaign pledge
to get America moving again. His economic programs launched the country on its longest sustained
expansion since World War II; before his death, he laid plans for a massive assault on persisting
pockets of privation and poverty."
Fonte: www.whitehouse.gov (http://www.whitehouse.gov/about/presidents/johnfkennedy). 

Após a leitura, percebemos que as nossas expectativas se confirmam, mas que há muito mais a ser
aprendido.
Leia o texto novamente e tente responder a estas perguntas:
 
Você deve ter percebido que é mais difícil lembrarmos datas e locais e isso ocorre, pois essas informações
não ficam armazenadas na memória por muito tempo. Datas, nomes de pessoas e de cidades devem ser lidos
da mesma forma que aparecem nos textos, portanto, o intérprete precisará maior atenção para processá-los
ao mesmo tempo em que processa os trechos em que essas informações se encontram, inclusive fazendo as
inversões necessárias.
04 / 06
A primeira informação do texto é: On November 22, 1963, when he was hardly past his first thousand days
in office (…)
Em português, a data será dia, mês e ano. Essa informação é mais facilmente processada quando aparece na
primeira posição da frase, no entanto, quando aparece no meio do texto o esforço de processamento será
um pouco maior, como em: Of Irish descent, he was born in Brookline, Massachusetts, on May 29, 1917.

Foco na mensagem
Uma das questões que mais preocupam os intérpretes é não conhecer todas as palavras de um texto, o que
acontecerá várias vezes durante a interpretação. O mais importante é focar na mensagem e não nas
palavras, ou seja, entender o contexto e, a partir disso, interpretar. Para tal, podemos nos valer do processo
de desverbalização proposto por Seleskovitch e Lederer (1995), para as autoras, esse fato ocorre quando o
intérprete deixa de lado a palavra e se atem ao sentido expresso por ela. A possibilidade de entender o
sentido do texto e transmiti-lo só ocorre quando o intérprete conhece o contexto.
Suponhamos que não saibamos o que é memorable injunction no trecho a seguir:
His Inaugural Address offered the  memorable injunction:  "Ask not what your country can do for you--ask
what you can do for your country." As President, he set out to redeem his campaign pledge to get America
moving again.
Pelo contexto é possível perceber que o texto se refere ao Discurso de Posse, as
palavras inaugural e  addressnos auxiliam no entendimento e, desta forma, é possível que o intérprete faça
a sight translation, mesmo sem saber as palavras individualmente.
 

ATIVIDADE FINAL

05 / 06
Conhecimentos Gerais é importante para o intérprete. Leia as
afirmações abaixo, e escolha a alternativa correta:
I- A sigla D.C que consta no nome da capital americana - Washington
D.C refere-se a District Capital;

II - O Silicon Valley - Vale do Silício -, no Canadá, é o maior produtor de


sicílio do mundo;
III- Wall Street é o centro folclórico americano;

A. somente I está correta;


B.  II e III estão corretas;
C. todas estão corretas;
D. todas estão incorretas;

Ao realizar uma sight translation, o intérprete deve:

A. utilizar as mesmas palavras da língua de partida;


B. preocupar-se com a estrutura da língua de partida e mante-la;
C. procurar manter u texto adequado na língua de chegada;
D. nenhuma das alternativas;

REFERÊNCIA
Interpreters 20121. Disponível em:  https://sites.google.com/site/interpreters20121/ class-4/sight-
translation-practices  (https://sites.google.com/site/interpreters20121/class-4/sight-translation-
practices). 
SELESKOVITCH, D. e M. LEDERER.  A systematic approach to teaching of interpretation. (Tradução de
Pédagogie raisonnée de l?interprétation) n/c: The Registry of Interpreters for the Deaf, 1995.
www.whitehouse.gov (http://www.whitehouse.gov/about/presidents/johnfkennedy)

06 / 06