Você está na página 1de 266
MUSIC MAKER Manual em Português
MUSIC
MAKER
Manual em Português

2

Copyright

Esta documentação está protegida pela lei. Todos os direitos, em particular o direito de duplicação, circulação e tradução, estão reservados.

Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida na forma de cópias, microfilmes ou outros processos, ou transmitida para uma linguagem utilizada por máquinas, em especial máquinas de processamento de dados, sem a autorização expressa e reduzida a escrito do editor.

Todos os direitos de autor reservados.

Todos os restantes nomes de produtos são marcas registadas dos correspondentes fabricantes. Os erros e as alterações aos conteúdos, bem como modificações do programa encontram-se reservados.

Copyright © MAGIX Software GmbH, 1994-2017. Todos os direitos reservados.

A MAGIX é uma marca registada da MAGIX Software GmbH.

Todos os nomes de produtos MAGIX são marcas registadas da MAGIX Software GmbH

Os restantes nomes de produtos poderão constituir marcas registadas dos respetivos fabricantes.

This product uses MAGIX patent pending technology.

VST e ASIO são marcas registadas da Steinberg Media Technologies GmbH.

Nota: a presente documentação é baseada na funcionalidade do Music Maker Plus Edition. Algumas das características aqui descritas podem não estar disponíveis na sua edição do Music Maker.

Nota: Para a melhoraria da qualidade do produto dados anônimos são enviados. Nas Configurações do Programa é possível desativar o envio de dados de análise à MAGIX.

www.magix.com

Introdução

3

Introdução

O Music Maker oferece o início mais simples e a capacidade de se aprofundar no

mundo da música. Um enorme ficheiro de som de elevada qualidade com uma abordagem particularmente intuitiva à criação da sua própria música, e muitas caraterísticas convenientes, juntamente com um pacote completo e imbatível para a criação das suas próprias músicas.

A utilização é confortável e consistente. Os ficheiros de som incluídos podem ser

facilmente combinados com sintetizadores de software. As músicas MP3 podem ser utilizadas em conjunto com CD de faixas áudio, as suas próprias gravações e vídeos, fotografias ou gráficos. Até os plugins VST e DirectX ou ficheiros MIDI poderão ser integrados na perfeição.

Isso transforma o seu computador num estúdio de produção multimédia e de música universal. Os dispositivos fornecidos com qualidade de CD de música facilitam a combinação as novas músicas, porque já estão organizadas por ritmo e harmonia. E para quem pretende criar rápida e facilmente a sua própria música, o "Song Maker" integrado trata de quase tudo.

O Tutorial (na página 19) explica as funções básicas do pacote de software. Todas as

funções surgirão descritas de forma pormenorizada e completa. Se pretender descobrir as muitas possibilidades por si próprio, poderá recorrer ao manual e ficheiro de ajuda como referência. Para este efeito, surgirá um índice em ordem alfabética.

Desejamos-lhe muitas horas de lazer com o Music Maker

A sua equipa MAGIX.

4

Assistência

Caro/a cliente MAGIX,

O nosso objetivo é prestar sempre um serviço de apoio adequado, rápido e orientado para as soluções. Para esta finalidade, oferecemos-lhe uma ampla gama de serviços:

Apoio online ilimitado:

Como cliente MAGIX registado, tem acesso ilimitado ao apoio online oferecido através do cómodo portal de serviços MAGIX em http://support.magix.net, incluindo um assistente de ajuda inteligente, FAQs de alta qualidade, patches e relatórios de utilizador que são regularmente atualizados. Apenas necessita de se registar <online> para usufrurir deste serviço.

A comunidade online - apoio direto e uma plataforma de intercâmbio:

Os clientes MAGIX têm acesso livre e ilimitado à comunidade online em www.magix.info, que inclui aproximadamente 120.000 membros e oferece a oportunidade de colocar questões aos membros relativamente aos produtos MAGIX, bem como a utilização da função de pesquisa de tópicos específicos ou

perguntas.

tutoriais em vídeo e um fórum de discussão. Os vários especialistas, diariamente disponíveis em www.magix.info, fornecem muitas vezes respostas apenas alguns minutos depois de a questão ser colocada.

Para além de perguntas e respostas, encontrará um glossário,

Nota: Para poder usar o apoio por e-mail Premium e grátis online, deve registar o seu produto MAGIX com o número de série fornecido. O número de série encontra-se no invólucro do disco de instalação ou numa folha de papel dentro da embalagem do produto.

Serviço de telefone adicional:

Para além da oferta de um grande número de serviços de apoio ao cliente, também oferecemos um serviço telefónico.

Número da linha de apoio (inglês):

+34(0)911 829 733 (de segunda a sexta, das 09:00 às 16:00 TMG)

+55(0)613 717 2017

Morada: MAGIX Development Support, Postbox 20 09 14, 01194 Dresden, Germany

Por favor, tenha à mão a seguinte informação:

• Versão do programa

• Detalhes de configuração (sistema operativo, processador, memória, disco rígido, etc.), configuração da placa de som (tipo, controlador)

• Informações relativas a outros softwares de áudio instalados

www.magix.com

 

Assistência

5

Índice

Copyright

2

Introdução

3

Assistência

4

Introdução O que é Music Maker? As funcionalidades Recursos adicionais das edições Live & Premium

11

11

11

14

Interface do programa na vista geral

17

Início rápido Reproduzir o projeto de amostra Escutar previamente o som e carregá-lo Criar um projeto Editar objetos Adicionar instrumentos de software Adicionar vídeos ou imagens Efeitos Exportar projeto Gravar CD de áudio

19

19

21

21

22

23

25

26

26

27

Arranger Faixas (Tracks) Caixas de faixas e ícones de instrumentos Ampliar Regra e grelha de compasso Barra de graus Controlos de transporte (funções de reprodução) Botões do Arranger Multitoque

29

29

30

31

32

35

36

38

38

Media Pool Loops Definições de instrumentos Gestor de arquivos Loja

39

39

42

42

44

6

Guia de Controle

51

Teclado

52

Modelos

54

Inspetor de objetos

55

Mais sons

55

Modos de rato

56

Mover a selecção

56

Mover para faixa

56

Mover todos

56

Automatização

56

Desenhar

57

Dividir

57

Esticar

58

Escuta prévia

58

Limpeza

58

Substituir

58

Ajuda de contexto

58

Ajustar objetos

59

Guardar e carregar projetos

59

Ficheiros multimédia e objetos

59

Função de pré-visualização

60

Selecionar objetos

60

Cortar objeto

60

Agrupar ou desagrupar objetos

60

Cortar objetos

61

Duplicar objetos

61

Alças de dimensionamento

61

Repetições "desenhadas"

63

Takes

64

Gravar saída áudio

64

Reduzir mistura de áudio

65

Objetos Áudio

66

Formatos de áudio

66

Carregar e editar ficheiros de áudio

66

Pré-visualização inteligente para as amostras incluídas

66

Gravação de áudio

67

Ler CD de áudio

71

www.magix.com

 

Assistência

7

Modificar ritmo de reprodução e altura do som Remix Agent Remix Maker Harmony Agent Song Maker Converter texto em voz (Text-to-Speech)

75

77

82

84

86

87

Objetos MIDI Organizar objetos MIDI Carregar e gravar ficheiros MIDI Ligar teclados MIDI Tocar e gravar o sintetizador MIDI Editor MIDI

88

88

89

90

92

93

Instrumentos de software Inserir sintetizadores Editor do plu-gin VST MAGIX Vita Instrumentos Vita Solo

118

119

121

121

124

DN-e1

127

Vita Sampler

130

Efeitos de áudio Aplicar efeitos de áudio Painel de efeitos Predefinições de efeitos Vocal Tune Tempo Pitch/Resample Processador Compressor Equalizador paramétrico Reverberação/Eco Equalizador de 10 bandas Eco (Delay) Distorção Filtro Efeitos não em tempo real essentialFX Vintage Effects Suite Vandal SE

132

133

134

135

136

140

141

142

143

145

150

151

152

153

153

156

163

175

8

Objetos de Vídeo e Bitmap

181

Formatos de vídeo e mapa de bits

181

Monitor de vídeo

181

Carregamento e edição de vídeos e bitmaps

182

Simplificar a apresentação de objetos

182

Regeneração de vídeo

183

Separar som e vídeo

183

Efeitos de vídeo

183

Editor de títulos

184

Compressão de Vídeo

186

Notas gerais sobre vídeos AVI

187

Misturador

188

Controlo de deslize (Fader)

188

Grupos de controlo

189

Efeitos de pista

189

Pistas FX

189

Faixa Master

190

MAGIX Audio Remote

191

Estabelecer ligação

191

Funcionamento geral

191

Filtro

192

Reverberação

193

Controlo de transporte

194

Reprocessar projeto

195

Assistente de exportação

195

Exportar como anexo de um email

196

Exportar como toque de telemóvel

196

Publique online

197

Edição adicional

199

Gravar CD de áudio

200

Menu Ficheiro

201

Novo projeto

201

Carregar projeto

201

Guardar projeto

201

Guardar projeto como

201

Importar

201

Exportar

202

www.magix.com

 

Assistência

9

Backup

210

Definições

211

Concluir

219

Menu Editar Anular Refazer Objeto Faixa Intervalo Navegação Selecionar todos os objetos

220

220

220

220

223

223

224

225

Menu Efeitos

226

Song Maker

226

Áudio

226

Vídeo

231

Título

232

Menu Vista Modelo padrão Ampliar Soundpool e teclado Arranger Media Pool Guia de Controle Monitor de vídeo Mistura

233

233

233

233

234

235

235

236

Menu Partilhar Gerir detalhes de acesso Publique online Usar como música de fundo Adicionar à coleção de música Editar objeto áudio em programa de edição externo Gravar áudio em CD-R(W) Guardar arranjos e meios utilizados em CD/DVD-R(W)

237

237

237

238

238

239

239

239

Menu Ajuda Mostrar caixa de diálogo de "Boas-vindas" Documentação Atualizar programa/funções magix.info – Comunidade de Conhecimento Multimédia

240

240

240

240

241

10

Sobre o Music Maker

241

Resumo dos botões e atalhos do teclado

242

Barra de ferramentas

242

Atalhos do teclado

242

Se ainda tiver dúvidas

251

Dicas de utilização do programa

251

Desinstalação do programa

251

Requisitos de sistema

251

Número de série

252

Publicação de trabalhos criados em Music Maker

253

Mais acerca da MAGIX

254

MAGIX Online World

254

magix.info - Multimedia Community

254

Colecção Soundpool DVD

255

Índice

256

www.magix.com

Introdução

Introdução

11

O que é Music Maker?

O Music Maker é o programa ideal para produzir música, sem ter grandes

conhecimentos musicais. Numa interface de projetos intuitiva combine elementos sonoros produzidos profissionalmente e misture-os na sua lista pessoal de hits favoritos.

Não pretende a uniformidade e não quer soar como todos os outros? Crie o seu próprio som com os sons dos sintetizadores de software incluídos, ou carregue os seus próprios plug-ins de sintetizador. Os efeitos de alta qualidade permitem o processamento, desde a total alienação ao reconhecimento completo. Grave a sua própria voz ou um instrumento diretamente no projeto - dê vida às suas ideias.

A

variedade de estilos musicais inclui músicas que abarcam desde o rock ao techno

às

badas sonoras com uma grande orquestra. Combine elementos de bibliotecas de

estilos diferentes: as diferentes velocidades são ajustadas automaticamente, tudo se

encaixa na perfeição. Quem sabe, o Flamenco-Rock ou o Country-Techno sejam a próxima moda?

Se a necessidade de sons e amostras não estiver a ser preenchida, Catooh oferece uma variada seleção de sons, vídeos, imagens e efeitos sonoros criados profissionalmente, que tornam o seu projeto ainda mais variado.

Ou que tal um remix? Carregue as suas antigas músicas favoritas da infância, e não perca um grande baixo e uma batida atual! Ao carregar faixas de CD áudio e MP3 em Music Maker o ritmo da música é reconhecido e o projeto ajustado, e, se pretendido, cortado em loops adequados.

E a música só por si não é tudo! Carregue imagens ou ficheiros de vídeo no seu projeto, misture texto e adicione efeitos de vídeo e efeitos visuais. O vídeo de música concluído poderá ser publicado diretamente em Music Maker, no seu MAGIX Online Album pessoal, no Youtube ou no Facebook.

As funcionalidades

Biblioteca multimédia

- Soundpool

A Biblioteca multimédia fornecida oferece loops de áudio e MIDI para misturar nas

faixas do projeto. Os loops organizam-se por estilo, tipo de instrumento e tom. Basicamente: tudo poderá ser combinado. Os tons adaptam-se uns aos outros e os loops dos vários estilos adaptam-se ao ritmo. A sua criatividade não tem limites. O Music Maker inclui adicionalmente uma série de efeitos de áudio e vídeo, títulos e animações gráficas para videoclips.

12

Efeitos de áudio

O Music Maker oferece uma grande variedade de efeitos de áudio. Breve resumo dos efeitos:

• O Painel de efeitos de áudio oferece Reverberação, Eco, Equalizador,

Compressor, Time Processor, Distorção

quais é possível concretizar qualquer ideia. O efeito de reverberação, por exemplo, oferece algoritmos de reverberação profissionais e muito realistas, que conferem ao material espaço e profundidade. Com a Reamostragem, o Time stretching ou o Pitch shift, é possível corrigir a altura do som e a velocidade de reprodução em tempo real.

e Filtros – efeitos clássicos, com os

• Todos os efeitos do Painel de efeitos de áudio podem ser configurados individualmente. O menu de efeitos conta adicionalmente com o Equalizador paramétrico, Bitmachine, Gater e muito mais.

• O Vandal SE é um amplificador de guitarra e baixo criado pela MAGIX. Na realista interface de utilizador é possível efetuar as configurações habituais nos amplificadores.

essentialFX: efeitos importantes, utilizados como plug-ins VST

• A Vintage Effects Suite oferece bons efeitos de guitarra, que na altura do Jimi Hendrix se conseguiam com o pé: calor e corpo com o efeito Refrão, os efeitos

especiais Flanger

efetuar filtragens de frequência sincronizadas com o ritmo.

ou os efeitos ping-pong com o Delay. O Filtro permite

Existem três possibilidades de aplicação de efeitos:

Efeitos de objeto: efeitos para objetos selecionados Estes efeitos encontram-se em "Efeitos > Áudio > Efeitos de áudio" ou no menu de contexto (botão direito do rato).

Efeitos de faixas: efeitos em toda a faixa. Estes efeitos encontram-se na caixa de faixa ou nos canais do misturador (tecla M).

Efeitos Master: Efeitos gerais de som. Estes efeitos encontram-se na secção Master do misturador (ou no menu "Efeitos").

Importar

Pode usar o seu próprio material com as seguintes opções:

Ficheiros áudio num vasto tipo de formatos. Pode também usar MIDI, vídeo e

bitmaps.

com uma tecla de rato premida (arrastar e largar). Pode encontrar uma lista dos formatos suportados abaixo (na página 14).

Os ficheiros podem ser arrastados para uma faixa do Media Pool

Os CDs de áudio podem ser importados diretamente para o programa. Basta colocar o CD na unidade e premir "CD / DVD" e todas as faixas estão prontas para ser arrastadas e coladas no Arranger. Seja para remixes ou como material de som para as suas próprias composições - a sua coleção de CDs pessoal tem um significado completamente novo.

• Use a função de gravação para gravar vocais, ruídos ou instrumentos e integrá-los à disposição.

www.magix.com

Introdução

13

Song Maker

O Song Maker permite-lhe criar novos projetos de forma rápida e fácil e

complementar projetos existentes através da automação de passos complexos, tais como a seleção e combinação de amostras. O Song Maker assume a tarefa da organização de secções inteiras, como a introdução e o refrão. Deste modo, não tem de fazer tudo sozinho – pode omitir o projeto e processar a sua seleção a partir das sugestões.

Gravações próprias

Utilize as função de gravação do Music Maker para gravar vozes, ruídos ou instrumentos e integrá-los no projeto.

Áudio e MIDI

Na produção musical profissional, o formato de ficheiro MIDI ainda é de importância central. Com os ficheiros MIDI poderá controlar no computador, a partir de dispositivos externos, tais como sintetizadores ou samplers, mas também a partir de software de geração de som, tal como os plug-ins VST.

Com Music Maker é tão fácil carregar, gravar, organizar, editar e reproduzir ficheiros MIDI, quanto ficheiros áudio. Para o processamento MIDI existe um editor especializado, o MIDI Editor com Piano-Rolle, Drum Editor, Velocity/Controller Editor

e Event-Liste. A gravação inicia diretamente do Arranger, altere o modo de gravação abrindo o menu de contexto da caixa de faixas "gravação MIDI" ou "gravação de áudio".

Suporte VST

O Music Maker suporta instrumentos VST externos como plug-ins. Os plug-ins VST

estão disponíveis em grande variedade no comércio a retalho ou na Internet e aumentam significativamente o leque de possibilidades do Music Maker.

Os instrumentos e efeitos VST são programas externos, que devem ser instalados antes de serem utilizados no Music Maker. Depois de instalados, irá encontrá-los nos plug-in-slots do misturador e nas caixas de faixa, no início de cada faixa. Os efeitos VST podem ser aplicados a objetos individuais, a uma faixa inteira ou a todos os objetos. Os instrumentos VST são controlados por objetos MIDI.

Misturador

O Music Maker contém um misturador em tempo real profissional, com um painel de

efeitos e dois efeitos plug-in por canal e para o Master, bem como efeitos de mistura adicionais. Com a tecla Ctrl premida é possível agrupar e utilizar em conjunto vários controlos do mesmo tipo (p. ex. volume ou panorama). A forma mais rápida de fechar

14

Harmony Agent

O Harmony Agent proporciona um reconhecimento automático da harmonia e

determina a chave e o refrão de qualquer faixa. Veja a tablatura para guitarra da sua música favorita em tempo real para o projeto!

Formatos e interfaces

Importa: WAV, MP3, OGG Vorbis, WMA, QuickTime, MIDI, CD-A (sem proteção contra cópia), BMP, JPG, AVI, MXV, WMV

Exporta: WAV, MP3, OGG Vorbis, WMA, QuickTime, MIDI, BMP, JPG, AVI, MXV, WMV, CD-A (edição Live & Premium)

InfoBox

A InfoBox permite-lhe familiarizar-se com as funções mais importantes durante a sua

utilização. Coloque o rato sobre um botão sobre o qual deseja obter informações e leia os textos informativos no monitor de vídeo.

Aviso: o monitor de vídeo está ocultado por defeito. Para o mostrar, clique na tecla

F3.

Envio para várias plataformas na Internet

Quando a música estiver acabada, deve ser ouvida não só pelos seus amigos, mas de preferência por toda a gente. Isto consegue-se, naturalmente, com a ajuda da Internet. Em "Ficheiro> Exportar> Partilhar com a comunidade", irá encontrar as comunidades mais importantes, onde pode carregar as suas músicas.

Recursos adicionais das edições Live & Premium

O Music Maker tem três opções: Music Maker, Music Maker Live e Music Maker

Premium. A edição Premium se diferencia da edição Live apenas porque tem mais loops, instrumentos e Live Sets. A seguir encontram-se as diferenças entre o "pequeno" Music Maker e as duas edições maiores Live & Premium.

Estilos e amostras adicionais

A edição pequena do Music Maker contém 6 estilos (> 5000 amostras) e a edição

Live tem 8 estilos (> 6000 amostras), enquanto a edição Premium traz 10 estilos (>7000 amostras).

Instrumentos adicionais

Revolta 2: um sintetizador analógico especialmente variado, com som "oficial" e 12 harmonias. Com Soundmatrix, Noisegenerator e nove tipos de efeitos.

www.magix.com

Introdução

15

Bancos de sons adicionais no Vita-Sample-Synthetizer

Vita Solo Instruments adicional: O Music Maker contém 3 instrumentos Vita, o Music Maker Live 5 e o Music Maker Premium 8 instrumentos Vita Solo

Efeitos de áudio adicionais

Essential FX Vocal Strip: Este efeito combinado é indicado para a edição de voz e canto.

Vocoder: Produz vozes distorcidas a partir de sons de sintetizador.

Mastering Suite: Um painel de efeitos especial para a "Masterização". Com o Equalizador paramétrico, o Multimax, o Limiter e o Stereo-Enhancer pode dar o toque final às suas peças musicais já misturadas. Com a masterização automática na Mastering Suite é possível

AM-Track SE: Um compressor Vintage analógico para um som poderoso e com corpo. Acessível através do menu de efeitos para objetos de áudio selecionados ou do Plug-in-Slot do misturador.

Automação da curva de objetos e faixas

As progressões de efeitos e volumes podem ser controladas através de curvas desenhadas livremente – tanto para objetos individuais, como para faixas completas. Além disso, pode criar atenuações graduais de um eco numa posição específica da faixa, ao desenhar um pico na curva na respetiva posição.

Gravação de vídeo

Para além de gravar áudio, o Music Maker fornece uma função de gravação para vídeo a partir de fontes de vídeo analógicas para os seus próprios videoclips.

MAGIX Mastering Suite 2.0

Som de estúdio impressionante, tal como ouve em CDs comprados em lojas! O MAGIX Mastering Suite é um painel de efeitos especiais para ser utilizados com o canal master do misturador. Os efeitos incluídos ajudam-no com a chamada "masterização". Dê o toque final à sua peça musical completa e misturada, através de equalizadores paramétricos, o MultiMax, o limitador e acentuadores de estéreo.

5.1 Surround sound autêntico

O Music Maker fornece também o 5.1 Surround Sound. O 5.1 Surround é o formato de

som de cinema doméstico preferido, sendo também suportado na edição Live & Premium bem como ao importar, editar e exportar. Com o 5.1 Surround Editor pode mover o seu som pela casa.

Revolta 2

O Revolta 2 é um sintetizador analógico de 12 vozes com um som poderoso, assim

como com funções extremamente avançadas, matriz de som, gerador de ruído e uma secção completa de efeitos, incluindo nove tipos de efeitos.

16

Este sintetizador pode criar qualquer música eletrónica que possa imaginar. As predefinições de som foram criadas pelos designers para Access Virus e Rob Papens Albino, o que torna o Revolta 2 a escolha número 1, tanto para principiantes, como para profissionais.

Live Pads

Música ao vivo - Produção de novas faixas on the fly: os Live Pads são ideais para produções de música em tempo real, espetáculos ao vivo ou primeiros esboços de músicas. O conceito de mobilidade do Music Maker Jam foi aplicado também ao Music Maker. Junte 16 loops, graus de tons globais e efeitos, usando o mouse, o teclado do computador, o teclado MIDI ou um aplicativo do seu smartphone.

MAGIX Audio Remote - Controle através do aplicativo de smartphones

Com o novo aplicativo para iOS e Android é possível controlar o Music Maker através do smartphone. Quando o PC e o celular se encontram na mesma rede WLAN, o aplicativo e o programa ficam automaticamente conectados. O aplicativo dispõe de um controle de transporte, o controle remoto dos filtros e da reverberação de instrumentos Vita Solo, bem como a interface completa dos Live Pads (só no ).

Também na edição Live & Premium

Faixas adicionais: A edição Live & Premium oferece faixas ilimitadas (em vez de 96) - mais espaço para projetos ainda mais complexos.

Sincronizador em Timecode: para criar músicas em equipa em vários computadores. Basta conectar dois notebooks por MIDI e fazer música em conjunto.

Gravação MIDI passo a passo: para compositores que não têm a certeza das suas habilidades com um teclado, mas que querem tocar melodias perfeitas. O editor MIDI pode ser aberto ao clicar duas vezes num objeto MIDI.

ReWire: para combinar com outros programas de música. Os programas como Propellerhead Reason ou Ableton Live podem ser controlados no Music Maker como um sintetizador de software, usando objetos MIDI.

Recodificação de vídeo: Além de gravação de áudio, o

fornece uma função de

gravação de vídeo a partir de fontes de vídeo analógico - para os seus próprios videoclips. Pode ser encontrado no menu "Ficheiro" em "Gravação de vídeo> Importar".

Automação em curva: as progressões de efeito e de volume podem ser controladas com curvas desenhadas livremente - para objetos individuais, bem como para faixas completas. Além disso, pode atenuar ou aumentar um eco numa posição específica da música desenhando uma curva de um pico na posição correspondente.

MAGIX Music Editor 3: Edição de áudio detalhada em tempo real e especialista em gravação de CD, restauração de som, amostragem e edição de áudio.

MAGIX Print Studio para criar rapidamente capas, folhetos e etiquetas de CD.

www.magix.com

Interface do programa na vista geral

17

Interface do programa na vista geral

na vista geral 17 Interface do programa na vista geral Barra de menu Barra de ferramentas

Barra de menuna vista geral 17 Interface do programa na vista geral Barra de ferramentas Caixas das faixas

Barra de ferramentasgeral 17 Interface do programa na vista geral Barra de menu Caixas das faixas de som

Caixas das faixas de somprograma na vista geral Barra de menu Barra de ferramentas Arranger Controle de transporte Funções de

ArrangerBarra de menu Barra de ferramentas Caixas das faixas de som Controle de transporte Funções de

Controle de transportemenu Barra de ferramentas Caixas das faixas de som Arranger Funções de zoom Guia de controle

Funções de zoomCaixas das faixas de som Arranger Controle de transporte Guia de controle Nesta lista constam todos

Guia de controlede som Arranger Controle de transporte Funções de zoom Nesta lista constam todos os comandos de

Nesta lista constam todos os comandos de edição importantes.

Aqui estão os botões para edições rápidas e diferentes modos do mouse.

Aqui é possível silenciar ("Mute") ou reproduzir separadamente ("Solo") faixas inteiras. Com os botões FX, os efeitos podem ser aplicados às faixas. Os botões situados na parte frontal servem para carregar os instrumentos de software.

Em todas as faixas do Arranger você poderá posicionar qualquer material multimídia livremente.

No centro estão os reguladores de volume, o controle de transporte para funções de reprodução e o indicador de velocidade.

Aqui é possível ampliar ou minimizar a visualização. A barra de deslocamento horizontal serve para aumentar ou diminuir o zoom.

Nesta seção as ferramentas para criação e edição dos objetos podem ser exibidas: teclado, Inspetor de objetos e a pasta de modelos.

18

Media Pool18 Exibir/Ocultar Media Pool / Guia de controle Teclas do Arranger Todos os loops, sintetizadores e

Exibir/Ocultar Media Pool / Guia de controle Guia de controle

Teclas do Arranger18 Media Pool Exibir/Ocultar Media Pool / Guia de controle Todos os loops, sintetizadores e arquivos

Todos os loops, sintetizadores e arquivos descritos podem ser movimentados no Arranger, por meio da função de arrastar e soltar.

Com esses botões o Media Pool e a Guia de Controle podem ser exibidos e ocultados, de forma a criar mais espaço para o Arranger.

Botões para exibir a mesa de mistura, Live Pads (só na edição Live & Premium) e o monitor de vídeo com o medidor de picos.

O Arranger, o monitor de vídeo, a Guia de Controle, e o Media Pool poderão ser posicionados livremente no monitor ou totalmente ocultados. No menu "Visualização” (tecla F4), o Music Maker poderá ser restaurado para a visualização padrão.

Com o botão Maximizar é possível ampliar para tela cheia a respectiva janela no Arranger, na Guia de Controle e no moni ra tela cheia a respectiva janela no Arranger, na Guia de Controle e no monitor de vídeo. No Arranger, por exemplo, isso facilita o posicionamento e a edição dos objetos.

No caso de projetos muito grandes, o monitor de vídeo pode ser utilizado para uma obter uma vista geral (menu Visualizar > Monitor de vídeo > Vista geral do projeto).

www.magix.com

Início rápido

19

Início rápido

Este capítulo explica as funções básicas do Music Maker utilizando um guia passo-a-passo. A descrição sistemática de todos os recursos pode ser encontrada mais à frente no manual.

Reproduzir o projeto de amostra

Quando o Music Maker é iniciado pela primeira vez surge a mensagem de boas-vindas.

pela primeira vez surge a mensagem de boas-vindas. Para vivenciar as primeiras impressões do Music Maker,

Para vivenciar as primeiras impressões do Music Maker, selecione o ponto mais baixo "Carregar faixa de amostra" e escolha uma das músicas no menu. A interface do Music Maker após o carregamento fica assim:

20

20 A área mais extensa com a fa ixa horizontal é o Arranger. Os retângulos coloridos

A área mais extensa com a faixa horizontal é o Arranger. Os retângulos coloridos são

objetos. Eles simbolizam amostras, sintetizadores e outros sons variados. Também existem objetos para títulos e arquivos de imagem ou de vídeo.

Dê uma olhada em cada pista da música no Arranger: Combinando os objetos no Music Maker pode surgir uma música completa. Clique na barra de rolagem vertical no lado direito da tela e, mantendo pressionado o botão do mouse, arraste-a no sentido descendente, para ver todas as pistas.

Na parte de baixo do Arranger está o Controle de transporte (na página 36), alguns botões para o acesso às janelas importantes e um controle de volume maior.

No lado direito está o Media Pool. Em Loops estão os loops incluídos no programa, que podem ser carregados no projeto com um duplo clique ou mantendo pressionado

o botão do mouse (função arrastar e soltar). Em Instrumentos está o sintetizador de software. Com o Gestor de arquivos o sistema de arquivos do seu computador pode ser acessado.

Na parte inferior da janela do programa encontra-se a Guia de Controle onde estão o teclado para tocar o sintetizador, o Inspetor de objetos e a pasta de modelos.

Para iniciar a música de amostra, você pode clicar com o mouse em Reproduzir (Símbolo Play no controle de transporte), ou acionar a barra de espaços no seu teclado. A linha vertical vermelha – o marcador de reprodução – se movimenta pela tela e a música pode ser ouvida pelos alto-falantes.

www.magix.com

Início rápido

21

Nota: quando não conseguir ouvir o som, verifique a janela de configurações do programa (botão P) para confirmar se está ativada a saída da placa de som correta para a reprodução. Naturalmente a saída da placa de som também deve estar conectada aos alto-falantes.

Escutar previamente o som e carregá-lo

Agora carregue um novo som no Arranger.

o som e carregá-lo Agora carregue um novo som no Arranger. Crie um novo projeto vazio.

Crie um novo projeto vazio. Para isso, clique neste botão.

Crie um novo projeto vazio. Pa ra isso, clique neste botão. • Clique em Media Pool

• Clique em Media Pool e em Loops (1).

• No lado superior direito do Media Pool são mostrados diferentes Soundpools (2). Os Soundpools correspondem a determinados estilos musicais. Clique num dos Soundpools, a fim de atribuir os estilos de música adequados aos Soundloops.

• Selecione em Instrumentos (3) qual instrumento você deseja utilizar. Abaixo estão listados todos os Loops (5) existentes e você pode selecionar um som. A reprodução do som selecionado inicia automaticamente.

• A maior parte dos instrumentos são classificados pelos graus de tom. Clique no Grau de tom (4), para ouvir o som selecionado com o grau de tom respectivo. Outros instrumentos - como a bateria - não são classificados por grau de tom.

• Para carregar um loop no Arranger, basta pressionar a tecla Enter. Você também pode, com o botão do mouse, arrastar o arquivo da tabela para uma pista do Arranger. Ao soltar o botão do mouse, o arquivo fica na posição onde o botão do mouse foi liberado, como objeto de áudio (ou objeto MIDI).

Criar um projeto

Iniciar reprodução.

Para carregar novas amostras no Arranger não é necessário interromper a reprodução. O Music Maker dispõe de uma função de Smart Preview: pode fazer a escuta prévia de novos samples no Media Pool em simultâneo, pois são reproduzidos

22

de forma sincronizada no Arranger. Esta função ajuda-o a encontrar amostras adequadas para o início da música.

a encontrar amostras adequadas para o início da música. Desta forma pode arrastar um número ilimitad

Desta forma pode arrastar um número ilimitado de estilos para o Arrager e colocá-los sobrepostos, sequencialmente ou em várias pistas.

A barra de graus mostra a nota do primeiro loop. Se foram adicionados novos loops

para a mesma posição temporal, estes podem ser automaticamente adicionados com

o mesmo grau.

po dem ser automaticam ente adicionados com o mesmo grau. Ambos os marcadores na parte superior

Ambos os marcadores na parte superior da régua de compasso mostram o início e fim da secção a ser reproduzida, ou seja a área de reprodução. Dentro desta área, a reprodução é reproduzida (loop) e, se possível, os novos loops também são adicionados na mesma área.

Para criar um novo segmento de faixa, coloque o marcador de início na régua através um clique com o botão esquerdo do rato e o marcador de fim com o botão direito do rato. Ou mais elegante ainda: com a seta direita (na página 33), mova a área de reprodução para a direita!

Todos os objetos no Arranger podem ser movidos com o rato - tanto horizontalmente na pista como vericalmente entre pistas.

Aviso: existe uma restrição importante na deslocação de objetos entre faixas. Os Soundpools contém dois tipos de loops: áudio e MIDI. Poderá reconhecer os Loops

MIDI através do respetivo símbolo na lista

desejado em combinação com um sintetizador de software (na página 118). Ao deslocar o loop, o sintetizador de software é carregado automaticamente para a pista em que o objeto MIDI foi carregado. Estes objetos não são movidos para outra faixa.

em que o objeto MIDI foi carregado. Estes objetos não são movidos para outra faixa. .

. Estes loops só emitem o som

Editar objetos

Apesar de ser possível criar bons projetos com os blocos de som fornecidos no programa, chegará certamente a altura em que quererá encurtar, repetir ou eliminar determinados segmentos.

www.magix.com

Início rápido

23

Todos os objetos podem ser encurtados ou separados, colocando o rato sobre o canto inferior do objeto até o ponteiro se transformar numa dupla seta. Agora poderá facilmente separar ou cortar o objeto até alcançar o comprimento desejado. Se a duração original de um objeto for aumentada, é reproduzido novamente (loop). Desta forma é possível criar faixas de ritmo a partir de samples de bateria curtos, bastando aumentar a sua duração.

Ao selecionar um objeto com o rato, surgem no objeto controlos deslizantes adicionais.

o rato, su rgem no objeto controlos deslizantes adicionais. Nos dois lados encontram-se, no centro, cu

Nos dois lados encontram-se, no centro, cursores de deslocamento, que poderão ser movidos para dentro, a fim de incorporar ou ocultar o objeto. Com o controlo no centro pode ajustar o volume de objetos de áudio e a transparência de objetos de vídeo.

Todos os objetos podem ser cortados e divididos em vários objetos. Para tal, coloque

o marcador de reprodução na posição desejada e prima a tecla "T" no teclado do computador.

jada e prima a tecla "T" no teclado do computador. Em alternativa, pode utilizar o botã

Em alternativa, pode utilizar o botão "Cortar" na barra de ferramentas.

Um clique com o botão direito do rato num objeto abre o menu de contexto com as opções disponíveis para cada objeto.

Dica: o ponto forte desta função de edição de objetos verifica-se na utilização de efeitos de objetos! A cada objeto de áudio pode ser atribuído o seu próprio efeito único. Por exemplo, recorte um sample antes da pausa no projeto e preencha apenas a parte final do objeto com um efeito de eco. Em alternativa, crie som de bateria, associando cada batida de um drum loop a diferentes definições de filtros. A sua criatividade não tem limites.

Adicionar instrumentos de software

Os loops de áudio do Soundpool incluídos no fornecimento são de elevada qualidade

e combinam melodicamente entre si. Entretanto, há ocasiões em que se quer ter

maior liberdade para criar batidas ou melodias, ou mesmo implementar as suas próprias ideias musicais. Nesse caso, são necessários instrumentos de software.

Enquanto que os objetos de áudio têm o material de som como gravação pré-realizada, no caso dos instrumentos de software (sintetizadores), o som é gerado

24

enquanto são tocados no computador. Os sons produzidos estão menos "prontos", mas você tem o controle total sobre todos os detalhes musicais.

Uma parte dos loops fornecidos no Music Maker são arquivos de controle para sintetizadores de software (MIDI loops). As melodias destes loops podem ser editadas no Editor MIDI (na página 88). E você poderá importar as suas próprias melodias com um teclado MIDI ligado.

O Music Maker distinguirá entre instrumentos VST e sintetizadores de objetos.

Os sintetizadores de objetos são objetos independentes nas pistas, que podem ser movidos, cortados e reorganizados como os outros objetos. Pode haver vários sintetizadores de objetos numa pista. O controle do som é gerado dentro do sintetizador do objeto.

Os instrumentos VST são sempre carregados numa pista e controlados por objetos MIDI. Os objetos MIDI contêm apenas as informações de controle (notas) para dar som a um instrumento VST. Vários objetos MIDI sucessivos controlam sempre o mesmo sintetizador. Existe apenas um instrumento por pista.

Para abrir a pasta dos sintetizadores de software do Music Maker, altere a pasta Instrumentos no Media Pool.

do Music Maker, altere a pasta Instrumentos no Media Pool. • Quando o mouse passa sobre

• Quando o mouse passa sobre um sintetizador aparece um botão de reprodução, que você pode pressionar para ouvir um exemplo do som desse instrumento.

• Com o botão do mouse pressionado, arraste o sintetizador para uma pista do Arranger.

www.magix.com

Início rápido

25

• O sintetizador de objetos gera um objeto de sintetizador, abrindo a caixa de diálogo das definições do sintetizador, onde é possível "programá-lo". O objeto de sintetizador criado pode ser movido, cortado, utilizado como loop e preenchido com efeitos adicionais, como qualquer outro objeto de áudio.

• Os instrumentos VST são carregados numa pista, onde é ativado um objeto MIDI predefinido. Um duplo clique do mouse abre o Editor MIDI onde as melodias podem ser editadas.

• Como alternativa, você pode mudar para Teclado na Guia de Controle. Agora você pode reproduzir o sintetizador ao vivo, através do teclado do computador. Se clicar no botão de gravação, pode gravar o que estiver tocando.

Dica: Os programas de som dos instrumentos VST fornecidos podem ser facilmente acessados pelo botão à esquerda, no início da pista.

Experimente os vários sintetizadores no Music Maker e tire o máximo proveito de cada um.

Adicionar vídeos ou imagens

Talvez queira criar um videoclip? Abra no Gestor de ficheiros do Media Pool uma pasta com ficheiros de vídeo ou de fotografias e selecione os ficheiros que deseja utilizar.

No botão do meio, logo abaixo do Arranger, poderá ativar um monitor de vídeo.

abaixo do Arranger , poderá ativar um monitor de vídeo. A pré-visualização do ficheiro é mostrada

A pré-visualização do ficheiro é mostrada no monitor de vídeo.

do ficheiro é mostrada no monitor de vídeo. Também poderá arrastar o ficheiro desejado para qualquer

Também poderá arrastar o ficheiro desejado para qualquer faixa - à semelhança dos ficheiros áudio - premindo o botão do rato. Desta forma poderá introduzir tantos videoclips e ficheiros de fotos quanto desejar.

A duração dos objetos de imagem pode ser ajustada com a alça de dimensionamento (na página 22).

No Media Pool, na vista de Modelos, irá também encontrar modelos de texto animados (na página 184) (títulos), efeitos de vídeo e visualizações, de forma a dar vida aos seus vídeos.

26

Efeitos

Você deverá reservar algum tempo para experimentar os efeitos. No menu de contexto de um objeto você pode selecionar vários efeitos. Basta abrir os módulos de efeitos e definir exatamente cada efeito.

Os efeitos também podem ser arrastados sobre os objetos como modelos de efeito prontos. Abra a pasta de Modelos na Guia de Controle para testar sequencialmente os efeitos listados na seção Audio FX clicando com o mouse. Assim, você ouve uma curta amostra dos efeitos. Se você gostar de um efeito, basta arrastá-lo com o botão do mouse pressionado para o objeto em questão no Arranger.

Dica: Utilize também o Inspetor de objetos na Guia de Controle, para visualizar rapidamente todos os efeitos importantes de um objeto.

Outra maneira de utilizar efeitos é através dos Efeitos de pista. Eles afetam todos os sinais de áudio de uma faixa inteira, assim você pode rapidamente aplicar o mesmo

efeito em vários objetos e também a saída de áudio do sintetizador na pista

estão disponíveis efeitos de áudio para objetos MIDI, portanto você não poderá utilizar os efeitos de objetos para este fim.

Não

poderá utilizar os efeitos de objetos para este fim. Não Você pode selecionar entre os efeitos

Você pode selecionar entre os efeitos de faixa predefinidos no menu, que se abre com um clique sobre o início da faixa correspondente. A ordem é por instrumento e por área de aplicação.

Exportar projeto

Quando o seu projeto estiver pronto, vai normalmente querer fazer algo com ele "no mundo real". Por exemplo, mostrá-lo aos amigos. Para isso, tem de exportar primeiro o seu trabalho do Music Maker.

Pode encontrar as funções mais importantes em Ficheiro ">> Exportar > funções comuns de exportação".

www.magix.com

Início rápido 27 • Exportar como MP3: Pode transferir o seu projeto num formato MP3

Início rápido

27

Exportar como MP3: Pode transferir o seu projeto num formato MP3 para um leitor portátil.

Gravar para CD/DVD: A forma clássica de apresentar música. Pode gravar singles ou álbuns completos diretamente para os CDs.

Dica: Pode usar uma ferramenta integrada de mastering de CDs na

edição Live & Premium e um programa de gravação para isto. Para exportar o seu projeto, clique em "Ficheiro"e selecione a opção "Exportar projeto > Gravar CD-R(W) de áudio". O projeto será carregado no programa de masterização de CD

MAGIX Music Editor 3

gravado diretamente para o disco.

e pode ser

Upload para o Álbum Online da MAGIX: Quando a música estiver acabada, deve ser ouvida não só pelos seus amigos, mas de preferência por toda a gente. A forma mais fácil é criar um Álbum Online da MAGIX.

Publicar no Facebook (YouTube/Soundcloud): Com estas opções pode publicar diretamente nas plataformas online mais populares.

Exportação em diferentes formatos: No menu "Ficheiro" em "Exportar", encontrará também todos os formatos de exportação suportados para a conversão do seu projeto num ficheiro áudio ou (para clipes de vídeo musicais) num ficheiro de vídeo.

Nota: Os cálculos de exportação não têm a ver com a performance do playback. Mesmo que a reprodução no seu computador comece a falhar, porque está a ser usada muita memória RAM para vídeos e efeitos, o ficheiro de exportação vai ser calculado corretamente. Recomendamos retirar passagens já terminadas de projetos complexos através da exportação ou função de mistura num único ficheiro para libertar algum poder de processamento (e faixas). Este tipo de ficheiro pode ser recarregado no projeto e editado posteriormente com as outras partes.

Gravar CD de áudio

Para gravar um CD de áudio, exporte primeiro o seu projeto como ficheiro WAV:

• Clique em "Ficheiro" e selecione a opção "Exportar projeto -> Áudio como wave

28

O ficheiro WAV criado pode ser gravado como CD de áudio com o programa de gravação incluído, o MAGIX Speed burnR.

Dica: Pode utilizar uma ferramenta de masterização de CD integrada na edição Live & Premium e um programa de gravação para o fazer. Clique em "Ficheiro" e selecione a opção "Exportar projeto -> Gravar CD-R(W) de áudio" para exportar o seu projeto. Este será carregado para o programa de masterização de CD MAGIX Music Editor 3 e pode ser gravado diretamente em disco nessa aplicação.

www.magix.com

Arranger

Arranger

Faixas

(Tracks)

O Arranger está subdividido em faixas. Para cada faixa existe um canal do misturador

(na página 188). Desta forma, é possível definir o volume, adicionar efeitos ou colocar com/sem som de todos os objetos de uma faixa. Normalmente, os loops do mesmo

instrumento (baixo, voz,

ser editados conjuntamente.

)

dentro da mesma faixa são agrupados, para que possam

29

) dentro da mesma faixa são agrupados, para que possam 29 É possível adicionar faixas em
) dentro da mesma faixa são agrupados, para que possam 29 É possível adicionar faixas em

É possível adicionar faixas em qualquer altura com este botão no Arranger ou na opção do menu Editar > Faixa > Adicionar nova faixa (atalho do teclado Ctrl+I).

Para mover uma faixa, abre o menu Efeitos (na página 30) da faixa e selecione a opção "Mover faixa para cima/baixo". Não é possível apagar uma faixa, mas todas as faixas sem objetos serão automaticamente desativadas. Faixas inativas não exigem capacidade de processamento!

Se as faixas no Arranger não forem suficientemente longas, pode aumentá-las com o botão de menos (-). O tamanho do projeto também é automaticamente adaptado quando se movem objetos para o lado direito ou quando são carregados novos objetos.

30

Caixas de faixas e ícones de instrumentos

No início de cada faixa encontrará uma Caixa de faixas com elementos de controlo e indicadores para cada faixa.

com elementos de controlo e indicadores para cada faixa. Ícones de instrumentos : Quando arrasta um

Ícones de instrumentos: Quando arrasta um sample do Soundpool da MAGIX para uma pista vazia, é criado : Quando arrasta um sample do Soundpool da MAGIX para uma pista vazia, é criado automaticamente um ícone, que pode ser trocado. Para tal, clique no ícone com o botão direito do rato e selecione outro. Um clique com o botão esquerdo do rato sobre o ícone abre o menu do sintetizador de faixa (ver abaixo)

Junto aos ícones encontrará um medidor de picos . Isto permite-lhe controlar o volume da faixa ou ligar/desligar o som medidor de picos. Isto permite-lhe controlar o volume da faixa ou ligar/desligar o som da faixa.

À esquerda, junto ao número de faixa, encontrará o campo Nome da faixa . Clicando duas vezes neste campo, po derá faixa, encontrará o campo Nome da faixa. Clicando duas vezes neste campo, poderá atribuir outro nome à faixa.

Com estes botões, é possível silenciar uma faixa (Sem som ) ou todas as outras faixas ( Solo ). Solo não é uma Sem som) ou todas as outras faixas (Solo). Solo não é uma função exclusiva, ou seja é possível ativar a funcionalidade Solo para várias faixas. Na margem inferior do Arranger, abaixo das caixas de faixas, encontram-se os dois botões Repor Solo / Sem som, com os quais pode repor o modo Solo ou sem som em todas as faixas.

Um clique no campo com o ícone do instrumento abre um menu com os samples do sintetizador fornecid o com o software, que podem ser carregados na faixa. A samples do sintetizador fornecido com o software, que podem ser carregados na faixa. A ferramenta de software é utilizada por todos os objetos MIDI nesta faixa. Leia mais no capítulo Sintetizador de Software (na página 118) e Objetos MIDI (na página 88).

Software (na página 118) e Objetos MIDI (na página 88). A caixa de faixa de uma
Software (na página 118) e Objetos MIDI (na página 88). A caixa de faixa de uma

A caixa de faixa de uma faixa com um sintetizador

carregado contém elementos de controlo adicionais: com as setas (2, 4) passa ao som anterior/seguinte do

instrumento de software e com um clique na roda (3) abre

o editor do instrumento de software.

www.magix.com

Arranger

31

Aqui abrirá o menu de efeitos de faixas. Aqui encontrará, dividido por tipos de instrumentos, as predefinições para efeitos de faixas. ixas. Aqui encontrará, dividido por tipos de instrumentos, as predefinições para efeitos de faixas.

Com os comandos "Mover faixa para cima / para baixo", poderá reorganizar as suas faixas. Um botão luminoso de efeitos indica se existem efeitos de faixa ativos.

de efeitos indica se existem efeitos de faixa ativos. Com o botão REC, ativa a faixa

Com o botão REC, ativa a faixa para uma gravação áudio ou MIDI.

Com um único clique coloca a faixa no modo de gravação de áudio. Além disso, a monitorização é ativada, ou seja irá ouvir o sinal de entrada da sua placa de som durante a reprodução. (Para mais informações, consulte a secção sobre o tema Ouvir o sinal de entrada - monitorização (na página 70).) Quando iniciar a gravação (botão R), iniciará também a gravação de áudio (na página 67). O material de áudio gravado é inserido na área de reprodução (na página 33) desta faixa.

Com outro clique no botão coloca a faixa no modo de gravação de áudio MIDI. Se carregar um instrumento de software, poderá reproduzi-lo com um teclado MIDI ligado (monitorização). Quando iniciar a gravação, a faixa será inserida num novo objeto MIDI e será iniciada a gravação MIDI (na página 92).

Ampliar

será iniciada a gravação MIDI (na página 92). Ampliar Com as funções de zoom vertical ajustará

Com as funções de zoom vertical ajustará o número de faixas visíveis. Com muitas faixas uma ampliação da visualização (zoom) é útil para editar seletivamente uma faixa ou um objeto em ecrã completo.

Com as funções de zoom horizontal poderá ver a secção visível do projeto no eixo de tempo.

Ao puxar a extremidade inferior da Spurbox elevada poderá ajustar uma faixa individualmente.

Mover/Zoom com a barra de deslocamento

A barra de deslocamento horizontal pode ser aproximada ou afastada das margens, de forma a aplicar rapidamente zoom in ou out no eixo temporal. Ao puxar ao centro da barra de deslocamento, a secção visível é deslocada. As barras de deslocamento verticais controlam de forma analógica as pistas visualizadas.

32

O tamanho e posição das barras de deslocamento indicam que parte do projeto está a

ser visualizado. Se todo o projeto estiver visível, as barras de deslocamento preenchem totalmente as barras. A visão total pode ser ativada através de um duplo clique na barra de deslocamento.

Contudo, existe um limite para a redução de uma pista e um limite do número de pistas que podem ser visualizadas. Ou seja, pode dar-se o caso de nem todas as pistas estarem visíveis.

Botões de ampliação

Menu de ampliação: Alguns níveis de amplia ção podem ser selecionados clicando com o botão direito do rato Alguns níveis de ampliação podem ser selecionados clicando com o botão direito do rato na barra de deslocamento horizontal ou clicando no menu de ampliação. Neste caso, também é possível avançar para determinadas posições no projeto.

Aumentar objetos: Os patamares de ampliação vertical e horizontal são aumentados para que todos os objeto s Os patamares de ampliação vertical e horizontal são aumentados para que todos os objetos selecionados sejam apresentados no tamanho máximo. Se a função for desligada, será restaurado o patamar de ampliação normal.

Otimizar vista (na página 233) (na página 233)

Botões de ampliação: Botões para ampliar e reduzir. Botões para ampliar e reduzir.

Mover/Ampliar com a roda do rato

A secção visível também pode ser movida sem qualquer clique, com a função de

ampliação e redução da roda do rato.

Faixas exibidas

Roda do rato

Número de faixas visualizadas, ampliar/reduzir dimensão da faixa

Ctrl + Roda do rato

Mover intervalo visível

Shift + Roda do rato

Ampliar/reduzir intervalo visível (zoom)

Ctrl + Shift + Roda do rato

No menu "Vista > Arranger > Deslocamento horizontal" é possível alterar a função de deslocamento horizontal e vertical da roda do rato. Portanto, as teclas Shift e Control serão então necessárias para o zoom e deslocamento das faixas, em vez do intervalo visível. Esta função corresponde ao funcionamento da roda do rato de versões mais antigas do Music Maker.

Regra e grelha de compasso

Na margem superior do Arranger encontra-se uma régua. Serve apenas de orientação no projeto e pode ser utilizada para definir a área de reprodução ou para, rapidamente, definir a posição de reprodução (ver abaixo).

www.magix.com

Arranger

Grelha

Arranger Grelha Na parte superior da barra de ferramentas encontra-se um campo para a configuração da

Na parte superior da barra de ferramentas encontra-se um campo para a configuração da largura da grelha.

33

A grelha assegura que os objetos e os marcadores de início, fim e reprodução estejam

sempre "ajustados" a posições temporais definidas com exatidão. Ao colocar um objeto ou marcador próximo o suficiente da possível posição da grelha, este salta automaticamente para a posição exata, ou seja, "ajusta-se" à posição. Se a configuração for, por exemplo, de "mínima", os objetos e marcadores "ajustam-se" assim que estiverem próximos de uma meia posição de compasso (1:1, 1:3, 2:1, 2:3 na régua de compasso) .

Nota: "Próximo o suficiente" refere-se à representação no ecrã, ou seja à distância entre o objeto e a posição desejada em pixels. Se tiver ampliado a visualização para a representação de apenas alguns compassos, mas a grelha estiver definida para, por exemplo, uma mínima, pode dar-se o caso de os objetos poderem ser movidos para posições situadas as posição da grelha.

Desta forma, é possível conseguir uma transição sem intervalos entre os objetos e cortes exatos. A seleção pode variar entre compassos inteiros e semifusas. Também é possível selecionar valores de terceto. A definição 'fotogramas' é importante para vídeos. Aqui, os objetos ajustam-se aos fotogramas dos ficheiros de vídeo.

Dois objetos colocados imediatamente um a seguir ao outro também são ajustados automaticamente, a fim de evitar intervalos e sobreposições indesejadas. O mesmo se aplica a objetos em pistas diferentes.

A opção "Só objetos" desativa a quadrícula de compassos. A grelha passa a ter efeito

apenas sobre os contornos do objeto. Também é possível desativar completamente a

grelha; para tal, selecione a opção "sem grelha" ou clique no atalho do teclado

Ctrl+F12.

A opção "Selecionar tipo de compasso" permite ajustar a régua a compassos como ¾.

Área de reprodução - marcador de início e fim

Na secção superior da linha de tempo encontram-se dois marcadores, entre os quais

é mostrada a área de reprodução, que pode ser reproduzida em repetição (loop).

que pode ser reproduzida em repetição (loop). Na zona colorida da área de reprodução é indicada

Na zona colorida da área de reprodução é indicada a duração do intervalo de reprodução. O número antes do ponto mostra o número de compassos. O número seguinte indica o número de semínimas. O til no mostrador alerta para o facto de a

34

área de reprodução não ter exatamente a duração da grelha, ou seja que o loop não será linear. Um duplo clique na seleção estende o intervalo de reprodução a todo o projeto.

Esta secção serve, além disso, de base para os comandos no menu Editar > Secção>

(na página 223) (copiar, cortar, colar

).

Um clique com o botão esquerdo do rato na metade superior da régua muda a posição do marcador de início. O marcador de fim move-se juntamente com o marcador de início, ou seja, a duração da área de reprodução mantém-se inalterada. Com o botão direito do rato pode definir o marcador de fim sem que o marcador de início não se mova, alterando assim a duração da área de reprodução. Em alternativa, pode puxar o marcador com o rato para a posição desejada.

Mover a área de reprodução com o teclado

Também é possível mover a área de reprodução com o teclado. O atalho Alt + setas permite mover todo o intervalo de reprodução para trás ou para a frente. Além disso, poderá utilizar a tecla "Ctrl" para mover o intervalo de reprodução em ¼ da sua duração. A combinação Shift+Alt+Setas reduz para metade ou duplica a duração do intervalo de reprodução. A combinação Ctrl+Shift+Alt+Setas reduz para metade ou duplica um compasso do intervalo de reprodução. Utilize esta função também para conferir ao intervalo de reprodução, de forma rápida, uma duração inteira (múltiplos de 2).

Aviso: Se desativar a opção 'Setas movem o marcador de reprodução (na página 234)' no menu 'Vista' > Arranger, a tecla Alt não é necessária. Contudo, esta passa a ser necessária para mover o marcador de reprodução com as setas.

Se mover o intervalo de reprodução durante a reprodução, esta será primeiro terminada e as alterações serão depois introduzidas. Desta forma, poderá "remisturar" as suas faixas em tempo real com o teclado!

Mover marcador de reprodução

Os marcadores de reprodução também podem ser colocados independentemente do marcador de início. Clique na secção inferior da régua. Quando o marcador de reprodução tiver atingido o marcador de fim durante a reprodução, esta continua a partir do marcador de início. Se o marcador de reprodução tiver sido colocado à direita, fora da área de reprodução, o projeto será reproduzido até o fim. A área de reprodução expandida é reproduzida em loop.

Com as teclas de seta é possível mover o marcador de reprodução através do teclado. A opção "Setas movem o marcador de reprodução" no menu Vista > Arranger (predefinida) troca a função da tecla Alt. Se desativar esta função, o marcador de reprodução passa a ser movido apenas com as setas e a tecla Alt passa a ser necessária para "abrir" o intervalo de reprodução (ver acima).

www.magix.com

Arranger

35

Barra de graus

Por baixo da linha de tempo encontra-se a barra de graus.

Por baixo da linha de tempo encontra-se a barra de graus. Se arrastar um loop do

Se arrastar um loop do Soundpool para uma área vazia do projeto, na barra de graus é mostrado o respetivo grau e tom. (O grau que corresponde concretamente à tonalidade pode variar de Soundpool para Soundpool.)

Ao adicionar mais loops, é possível assegurar através da barra de graus que é utilizado o mesmo grau, a fim de evitar combinações pouco harmoniosas.

Se arrastar um grau musical "errado" para a área de graus, ser-lhe-á sugerido que ajuste automaticamente o grau. A opção "Não voltar a mostrar esta mensagem" permite-lhe desativar totalmente ou ativar sempre este aviso.

Nota: Os avisos desativados com a opção "Não voltar a mostrar esta mensagem"

podem voltar a ser ativados nas Definições do programa (tecla P ou menu Ficheiro >

Definições > Definições do programa as caixas de diálogo de aviso".

),

no separador Geral, clicando em "Reativar

Se, num dado intervalo, forem misturados vários graus, são mostrados vários acordes na barra de graus.

graus, são mostrados vários acordes na barra de graus. Um clique na pequena seta do grau

Um clique na pequena seta do grau abre um menu, através do qual pode uniformizar o grau de todos os loops do projeto neste intervalo temporal.

No submenu "Avançado" irá encontrar a gama completa de acordes de tom maior e menor. Para alcançar um acorde, é efetuado um ajuste da altura do som (Pitch shifting (na página 139)) no grau.

Uma zona de graus também pode ser dividida, para conferir a uma das partes outro acorde. Para tal, mude para o modo de rato (na página 56) "Separar" e clique no local desejado na barra de graus.

36

36 Um clique no grau abre um menu que permite carregar um modelo de canção predefinido.

Um clique no grau abre um menu que permite carregar um modelo de canção predefinido. Estes modelos incluem, por um lado, sequências de acordes, que o ajudam a criar segmentos a partir de loops; por outro lado, contêm faixas inteiras com segmentos como estrofes, refrões, etc.

No menu Vista > Arranger pode ocultar a barra de tom.

Controlos de transporte (funções de reprodução)

As funções de reprodução do controlo de transporte permitem-lhe controlar a reprodução do projeto com o rato.

controlar a reprodução do projeto com o rato. Dica: pode acionar rapidamente a reprod ução e

Dica: pode acionar rapidamente a reprodução e a paragem da reprodução com a barra de espaço no teclado do computador. (Vista geral dos atalhos do teclado (na página 242)).

A reprodução de um loop infinito poderá ser desativada aqui. A reprodução para sempre que atingir o marcador de fim. poderá ser desativada aqui. A reprodução para sempre que atingir o marcador de fim.

Para o início: Desta forma poderá colocar rapidamente o marcador de início no início do intervalo de reprodução. Desta forma poderá colocar rapidamente o marcador de início no início do intervalo de reprodução. Outro clique em "Para o início" coloca os marcadores de início e fim no início do projeto.

Termina a reprodução. O marcador de reprodução é colocado

Stop:a reprodução. O marcad or de reprodução é colocado de novo na sua posição de início.

de novo na sua posição de início.

Reprodução/Pausa: Inicia a reprodução em modo de repetição (loop):

quando o marcador de reprodução atingir o marcador de fim, o intervalo entre os marcadores de início e de fim será reproduzido repetidamente. Outro clique sobre a reprodução para a reprodução na posição atual do marcador de reprodução (pausa).

Gravação: Dependendo de que tipo de gr avação tiver sido ativada na caixa de faixa (na Dependendo de que tipo de gravação tiver sido ativada na caixa de faixa (na página 30), inicia-se a gravação de áudio (na página 67) ou MIDI (na página 92). Um clique na roda, ao lado, abre a caixa de diálogo de gravação de áudio (na página 68) com as várias possibilidades de configuração.

caixa de diálogo de gravação de áudio (na página 68) com as várias possibilidades de configuração.

www.magix.com

Controle de volume

Controle de volume Arranger 37 À esquerda, junto ao controlo de transporte existe um controlador de

Arranger

37

À esquerda, junto ao controlo de transporte existe um controlador de volume. Isto permite-lhe ajustar rapidamente o volume global do seu projeto. Para ajustar o volume das faixas individuais necessita do Mixer (na página 188).

Um clique no ícone do alto-falante coloca todo o áudio em modo Mute.

Sob o controle deslizante de volume encontrará um medidor de picos para o controlo rápido do nível total e um indicador de entrada de sinais MIDI.

Visualização de tempo

indicador de entrada de sinais MIDI. Visualização de tempo Junto ao controle de transporte está a

Junto ao controle de transporte está a visualização de tempo.

Aqui é mostrada a atual posição de reprodução . Um clique com o botão direito posição de reprodução. Um clique com o botão direito

do rato permite uma opção para a visualização do tempo restante (duração para

o final do projeto) ou para escolher outra unidade de medida (hh: mm: ss ou frames).

Com o cursor de deslocamento de posição é possível deslocar rapidamente o marcador de reprodução dentro da cursor de deslocamento de posição é possível deslocar rapidamente o marcador de reprodução dentro da secção visível.

Em cima é indicado o grau atual ; em baixo é indicada a velocidade do projeto em BPM (beats per grau atual; em baixo é indicada a velocidade do projeto em BPM (beats per minute). A velocidade é definida automaticamente pelo primeiro sample carregado no projeto. Para introduzir uma velocidade diferente, faça duplo clique sobre o número e introduza um novo valor. Termine a entrada premindo a tecla Enter. Os objetos no são ajustadados através do time stretching.

Compasso: Aqui é possível selecionar o tipo de compasso (3/4, 4/4 ou 5/4) para o projeto. Aqui é possível selecionar o tipo de compasso (3/4, 4/4 ou 5/4) para o projeto.

Com um clique em BMP abrirá a Caixa de diálogo Marcar ritmo , onde poderá adicionar a velocidade. Clique BMP abrirá a Caixa de diálogo Marcar ritmo, onde poderá adicionar a velocidade. Clique no Tempo pretendido em "Tap" ou pressione o botão T, então o ritmo é medido e exibido na caixa de diálogo. Um clique em OK confirma o valor introduzido.

Metrónomo: Se este botão estiver ativado, o metrónomo é reproduzido durante Se este botão estiver ativado, o metrónomo é reproduzido durante

a reprodução e gravação. O metrónomo serve de orientação de velocidade para gravações próprias.

38

Botões do Arranger

Na última faixa do Arranger encontrará os botões do Arranger que permitem um arranque rápido e fechar janelas importantes:

Abra o Mixer (na página 188), no qual as faixas são misturadas a nível de volume e da posição estéreo 188), no qual as faixas são misturadas a nível de volume e da posição estéreo e de efeitos.

Abre e encerra o Monitor de vídeo (na página 181). O monitor de vídeo exibe no Music Maker vídeos carregados ou fi cheiros de 181). O monitor de vídeo exibe no Music Maker vídeos carregados ou ficheiros de imagem. Pode ser utilizado também como medidor de picos, mapa de vista geral do projeto ou como caixa de informação com textos de ajuda.

Multitoque

No Windows 8, o Music Maker também pode ser utilizado com o ecrã tátil. Se dispuser de um ecrã multitoque, todas as ações normais do rato podem ser levadas a cabo com o dedo.

Para facilitar a utilização tátil, o Music Maker conta com um modo de visualização especial com loops no Media Pool, teclas do teclado virtual e opções de menu em tamanho aumentado. Este modo pode ser ativado com a tecla de tabulação ou através de um botão especial no respetivo separador do Media Pool.

Um toque mais prolongado é interpretado como um clique com o botão direito do rato e abre o menu de contexto.

Com dois dedos é possível deslizar no Arranger e no Media Pool. Toque no ecrã com dois dedos e mova-os na direção pretendida.

Além disso, o Arranger pode ser aumentado com o gesto de "pinch" dos smartphones. Toque no ecrã com dois dedos e reduza a distância entre os dedos para reduzir o zoom. Para aumentar o zoom, aumente a distância entre os dedos. O zoom funciona sempre nas duas direções, ou seja, altera a altura da pista (e, desta forma, o número de pistas visualizadas) e o intervalo temporal.

www.magix.com

Media Pool

Media Pool Media Pool 39 O Media Pool do Music Maker serve para procurar, ouvir e

Media Pool

39

O Media Pool do Music Maker serve para procurar, ouvir e carregar vários tipos de arquivos multimídia, como loops de áudio e MIDI fornecidos com o programa, faixas de CD de áudio, arquivos MP3, instrumentos de software ou efeitos.

Na parte superior do Media Pool encontram-se três botões, que servem para alternar entre os vários modos de visualização:

Loops contém a visualização do banco de dados de todos os Soundpools.

Instrumentos apresenta uma lista dos instrumentos de software (na página 118) disponíveis.

• O Gestor de arquivos é semelhante ao Explorador do Windows. Serve para gerir e carregar todo o tipo de arquivos multimídia do disco rígido.

• Na Loja podem ser comprados novos sons e instrumentos.

Loops

Esta vista do Media Pool é usada para controlar os Soundpools. O acesso aos Soundpools fornecidos é feito através de uma intuitiva vista do banco de dados, que permite organizar os loops por estilo, tipo de instrumento e graus de tom.

Se ao instalar o Music Maker os Soundpools não foram instalados no disco rígido, insira o DVD de instalação na unidade de DVD. Os conteúdos do Soundpool serão agora importados para o banco de dados. Outros arquivos de multimídia do Soundpool também serão detectados e importados automaticamente para o banco de dados.

Nota: Em Definições do programa > Separador Geral (na página 213), encontram-se diversas opções de manutenção e visualização do banco de dados do Soundpool.

e visualização do banco de dados do Soundpool. Os Soundpools que já se encontram no disco

Os Soundpools que já se encontram no disco rígido podem ser importados para o banco de dados com a opção "Adicionar novos "

Soundpools

configurações abaixo da roda dentada.

no menu de

Soundpools de versões anteriores do Music Maker ou coleções de Soundpools adquiridas adicionalmente também serão integrados no Media Pool.

40

Um Soundpool consiste de um ou mais Estilos. Estilos são bibliotecas de sons que pertencem a um determinado estilo musical. Os sons (loops de amostras ou MIDI) de um estilo apresentam todos um ritmo específico. Naturalmente, os loops dos várias estilos também podem ser misturados e os seus ritmos são ajustados automaticamente. Dentro de um estilo, os loops estão organizados por instrumentos. Um pasta de instrumentos contém vários sons. Cada som pode ter graus de tom diferentes (exceto bateria e efeitos sonoros).

graus de tom diferentes (exceto bateria e efeitos sonoros). Na primeira coluna acima estão todos os

Na primeira coluna acima estão todos os estilos contidos no banco de dados. A segunda coluna lista os instrumentos.

A lista das amostras encontradas abaixo é o resultado da seleção das entradas nas duas colunas acima. Com "Ctrl + clique" você pode expandir ou reduzir a seleção. Um clique sobre o botão Selecionar tudo seleciona todas as entradas nesta coluna. Se selecionar um instrumento, p.ex., "bateria" ou "percussão", e todos os estilos, serão apresentados todos os sons de bateria e percussão do banco de dados.

todos os sons de bateria e percussão do banco de dados. Filtrar a lista de resultados

Filtrar a lista de resultados

A lista de resultados pode ser filtrada de várias maneiras, para diminuir a quantidade dos resultados de acordo com diferentes critérios.

dos resultados de acordo com diferentes critérios. Pesquisa pelo texto completo: No campo de pesquisa bem

Pesquisa pelo texto completo: No campo de pesquisa bem no alto você pode procurar um determinado nome de arquivo de som na lista de sons encontrados.

Favoritos: Um clique na estrela da lista de amostra você identifica um loop como favorito. (A estrela fica amarela.)

Com a opção "Exibir apenas favoritos" no menu de configurações abaixo da roda dentada você pode visualizar apenas os seus favoritos entre os resultados.

config urações abaixo da roda dentada você pode visualiz ar apenas os seus favoritos entre os

www.magix.com

Media Pool

41

Loops de áudio e MIDI: No mesmo menu há uma opção para visualizar loops de áudio, de MIDI ou ambos. Veja abaixo a diferença entre loops de áudio e de MIDI.

Classificar a lista de resultados

Clicando no título de uma coluna, a lista pode ser classificada de acordo com o critério desejado (categoria de instrumentos, nome e favoritos).

desejado (categoria de instrumentos, nome e favoritos). No menu de configurações podem ser exibidas na lista
desejado (categoria de instrumentos, nome e favoritos). No menu de configurações podem ser exibidas na lista

No menu de configurações podem ser exibidas na lista com as "Colunas opcionais" outras colunas com características de loop, como BPM, duração de compassos, harmonia e tipo, para servirem de critério de classificação.

Carregar loops

Um simples clique num Soundloop inicia a Prévia (na página 66). Um clique sobre os números de 1 a 7 ao lado de "Graus de tom" ativa os respectivos graus de tom. Quando você clicar em outro loop, o grau de tom escolhido antes permanece selecionado.

loop, o grau de tom escolhido antes permanece selecionado. O loop selecionado pode ser carregado com

O loop selecionado pode ser carregado com a seta. Mas você também pode dar um clique duplo ou então arrastar com o mouse até o projeto.

Loops áudio e loops MIDI

No conteúdo Music Maker distinguirá entre loops de áudio e MIDI. Os Loops áudio são ficheiros áudio normais, cortados de tal forma que possuem um número exato de batidas 1,2 ou 4) e, portanto, poderão ser incluídos num loop infinito. Os Loops MIDI incluem um take (na página 64)MIDI, que contém as notas (ficheiros MIDI) e as configurações de som para uma ferramenta de software específica. Isto resulta em certas vantagens e desvantagens para cada tipo:

 

Ícone

Vantagens:

Desvantagens

Áudio

Áudio • Com equipamento de estúdio profissional, gravações profissionais de instrumentos naturais e sintetizadores

• Com equipamento de estúdio profissional, gravações profissionais de instrumentos naturais e sintetizadores dispendiosos em qualidade topo de gama.

• Quando o Tempo original dos loops é alterado, o Timestretching (na página 139) poderá afetar a qualidade do som.

• A Melodia/Ritmo já estão

• Eles exigem menos esforço computacional do que calculado em sons em tempo real.

estabelecidos na gravação e só podem ser modificados através de mudança Pitchshifting.

42

MIDI

42 MIDI • As mudanças de afinação e de Tempo não necessitam de qualquer capacidade de

• As mudanças de afinação e de Tempo não necessitam de qualquer capacidade de computação adicional e são possíveis sem sacrifício da qualidade

• O MIDI-Editor (na página 93) permite-lhe alterar a melodia do loop como desejado.

• As ferramentas de software calculam os sons ao vivo e são pobres em exibição.

• Até mesmo amostras de alta qualidade não são tão naturais como um instrumento real.

Definições de instrumentos

Este botão abre as pastas das ferramentas de software. Leia o capítulo Ferramentas

de software

(na página 118)

Gestor de arquivos

O gestor de arquivos funciona de maneira semelhante ao Explorador do Windows. Serve para gerir e carregar arquivos multimídia de todos os tipos: vídeos, fotos, arquivos MP3 e faixas de CD de áudio.

pos: vídeos, fotos, arquivos MP3 e faixas de CD de áudio. Você escolhe com os separadores

Você escolhe com os separadores que ficam na parte superior do gestor de arquivos. cam na parte superior do gestor de arquivos.

Meu computador: Exibe o nível mais elevado do sistema de arquivos para controlar todas as unidades. Exibe o nível mais elevado do sistema de arquivos para controlar todas as unidades.

www.magix.com

Media Pool

43

Minha música: Exibe a pasta de músicas. Como padrão está definida a pasta Música em Meus arquivos Exibe a pasta de músicas. Como padrão está definida a pasta Música em Meus arquivos, mas em Definições do programa (More information can be found in the section "Pastas" na página 218) pode ser selecionada outra pasta própria.

As pastas podem ser expandidas ou recolhidas usando-se as setas. recolhidas usando-se as setas.

Na lista de arquivos são apresentados todos os arquivos de multimídia compatíveis, bem como as subpastas da pasta selecionada no os todos os arquivos de multimídia compatíveis, bem como as subpastas da pasta selecionada no momento. Todas as entradas podem ser carregadas nas pistas do Arranger com um duplo clique ou com a função de arrastar e soltar.

Com um duplo clique sobre uma pasta, você muda para ela, tornando-a o ponto de partida na estrutura de árvore.

Ir um nível acimapasta, você muda para ela, tornando-a o ponto de partida na estrutura de árvore. Caminho de

Caminho de arquivo da pasta exibidaclique sobre uma pasta, você muda para ela, tornando-a o ponto de partida na estrutura de

44

Loja

Na visualização da loja você pode comprar diretamente no programa os pacotes com novos loops e instrumentos musicais. Depois da compra eles serão automaticamente baixados e instalados e ficarão disponíveis imediatamente nas visualizações "Soundpools" e "Instrumentos".

"Soundpools" e "Instrumentos". Aqui você também pode alternar para a loja, opção

Aqui você também pode alternar para a loja, opção "Mais instrumentos", para comprar Sintetizadores de software (na página 118) adicionais.

www.magix.com

Media Pool

45

Todos os Soundpools e instrumentos disponíveis são apresentados em forma de mosaico. Usando a barra de pesquisa superior você pode filtrar a busca conforme o estilo da música ou o nome do pacote.

Ao movimentar o mouse sobre o mosaico, aparecem comandos adicionais:

• Clicando no botão Play, no centro do mosaico, você pode ouvir um exemplo de uma música com os loops ou instrumentos escolhidos.

• Clicando no botão de Informações à direita, em baixo, você vai para a página que contém informações sobre o pacote de loops ou sobre o instrumento.

• Clicando sobre o Preço, à esquerda, você inicia o processo de compra do pacote de loops ou do instrumento.

o processo de compra do pacote de loops ou do instrumento. Comprar novos conteúdos Antes da

Comprar novos conteúdos

Antes da primeira compra a moeda preferencial deve ser escolhida. Em seguida, o acesso deve ser feito com a sua conta na MAGIX.

primeira compra a moeda preferencial deve ser escolh ida. Em seguida, o acesso deve ser feito

46

O próximo passo é escolher a forma de pagamento, informando os respectivos dados

46 O próximo passo é escolher a forma de paga mento, informando os respectivos dados www.magix.com

www.magix.com

Media Pool

47

Nas próximas compras essas etapas serão puladas e você entrará diretamente na janela "Comprar". A forma de pagamento pode também ser alterada mais tarde, clicando no símbolo do lápis ao lado de "Pagar com".

clicando no símbolo do lápi s ao lado de "Pagar com". Ao clicar em "Comprar agora",

Ao clicar em "Comprar agora", a compra é fechada.

48

A

sua compra é baixada imediatamente e você pode conferir

o

progresso do download diretamente no mosaico.

Quando o download dos loops e dos instrumentos tiver terminado, você pode mudar para a respectiva visualização, onde rapidamente podem ser encontrados os conteúdos comprados, que estarão marcados como "NOVO".

comprados, que estarão marcados como "NOVO". Esses loops e instrumentos podem ser imediatamente usados no
comprados, que estarão marcados como "NOVO". Esses loops e instrumentos podem ser imediatamente usados no

Esses loops e instrumentos podem ser imediatamente usados no projeto atual.

Baixar novamente os conteúdos comprados

Os loops comprados não estão vinculados a um determinado computador ou instalação, mas à conta na MAGIX. Se mais tarde você desejar reinstalar o Music Maker em outro computador, você pode baixar novamente todos os conteúdos adquiridos anteriormente, não é necessário comprá-los novamente.

www.magix.com

Está predefinido que os artigos já co mprados na loja ficam ocultos. Na engrenagem, selecione

Está predefinido que os artigos já comprados na loja ficam ocultos. Na engrenagem, selecione a opção "Exibir elementos comprados".

Serão então exibidos todos os artigos da loja.

Os loops que você já tiver comprado e que estão faltando na instalação atual serão identificados com este símbolo. Clique neles para baixar novamente seu conteúdo.

Media Pool

atual serão identificados com este símbolo. Clique neles para baixar novamente seu conteúdo. Media Pool 49

49

50

As compras existentes são identificadas com este símbolo. Clicando nele você vai para o respectivo conteúdo no Soundpool ou na visualização de instrumentos.

Clicando nele você vai para o respectivo conteúdo no Soundpool ou na visualização de instrumentos. www.magix.com

www.magix.com

Guia de Controle

Guia de Controle Guia de Controle 51 A Guia de Controle contém ferramentas para a criação

Guia de Controle

51

A

Guia de Controle contém ferramentas para a criação e edição de objetos: o teclado,

o

Inspetor de objetos e a pasta de modelos.

teclado, o Inspetor de objetos e a pasta de modelos. • Com o Teclado de tela
teclado, o Inspetor de objetos e a pasta de modelos. • Com o Teclado de tela
teclado, o Inspetor de objetos e a pasta de modelos. • Com o Teclado de tela
teclado, o Inspetor de objetos e a pasta de modelos. • Com o Teclado de tela

• Com o Teclado de tela o sintetizador de software é reproduzido diretamente e também pode ser gravado.

• Em Modelos (na página 54) as predefinições para todos os tipos de efeitos de áudio, vídeo e títulos podem ser acessadas rapidamente.

• O Inspetor oferece acesso rápido às propriedades dos objetos, como os efeitos de áudio para objetos de áudio. Em Objetos MIDI (na página 88) é exibida uma edição reduzida do Editor MIDI (na página 93), para que você possa editar o objeto selecionado.

52

Teclado

Com o teclado é possível tocar e gravar diretamente sintetizador de software o através do teclado virtual.

sintetizador de software o através do teclado virtual. Se ainda não existir uma pista para o

Se ainda não existir uma pista para o sintetizador, ao trocar para vista de Teclado é criada uma nova pista e é carregado um novo plug-in de sintetizador (Vita com Sound Acoustic Bar Piano). O teclado controla sempre o sintetizador, cuja pista foi ativada para a gravação MIDI.

Pode clicar com o rato no teclado para tocar instrumentos. Quanto mais junto à margem inferior da "tecla virtual" clicar, mais alto será o som. Mas é evidente que com o rato não é possível tocar música a sério. (a função serve sobretudo para a experimentação de sons.) Por isso, o teclado virtual também pode ser tocado com as teclas do computador.

Atenção: tal só funciona se o rato tiver clicado uma vez no teclado virtual. Se não tiver clicado, os atalhos do teclado (na página 242) assumem outras funções do Music Maker. Quando o teclado físico está a controlar o teclado virtual, as teclas do piano surgem com o respetivo símbolo.

Com as setas pode selecionar o som seguinte/anterior do sintetizador. No campo de listagem pode selecionar diretamente os sons. onar o som seguinte/anterior do sintetizador. No campo de listagem pode selecionar diretamente os sons.

Este botão abre a janela de edição do sintetizador, onde é possível configurar com precisão o seu som. do sintetizador, onde é possível configurar com precisão o seu som.

Arpejador

é possível configurar com precisão o seu som. Arpejador O Arpejador é uma ferramenta de auxílio,

O Arpejador é uma ferramenta de auxílio, que permite criar acordes automaticamente tocando e premindo certas teclas. É possível criar acordes ou arpejos, ou seja, uma execução sucessiva das notas de um acorde.

ou seja, uma ex ecução sucessiva das notas de um acorde. Tonalidade Dó Acorde Dó maior

Tonalidade Dó

Acorde Dó maior

Arpejo Dó maior com semicolcheias

www.magix.com

Guia de Controle

53

Guia de Controle 53

Este botão ativa o Arpejador.Guia de Controle 53 Este botão define se, ao tocar uma nota , não é produzido

Este botão define se, ao tocar uma nota, não é produzido nenhum acorde ou é produzido um acorde maior ou menor. , não é produzido nenhum acorde ou é produzido um acorde maior ou menor.

Este botão define a figura do arpejo. Na posição à direita, é tocado um acorde normal. As restantes posições são: para cima, para posição à direita, é tocado um acorde normal. As restantes posições são: para cima, para baixo ou para cima e para baixo. As figuras são repetidas em toda a duração da nota.

Aqui pode determinar a velocidade do arpejo, desde semínima (lento) a fusa (muito rápido). (muito rápido).

Escalas

Com a função "Escalas", não há margem para erro! As teclas de piano do teclado do ecrã são substituídas por uma barra de botões, nos quais é possível tocar apenas sons que correspondem à escala de tons selecionada.

Este botão permite ativar o função de escala.apenas sons que correspondem à escala de tons selecionada. Com um clique na seta é possí

Este botão permite ativar o função de escala. Com um clique na seta é possí vel

Com um clique na seta é possível selecionar entre várias escalas.

na seta é possí vel selecionar entre várias escalas. O teclado em modo de escala. OS

O teclado em modo de escala.

OS círculos nos botões servem de orientação. OS círculos duplos assinalam o tom de base, ou seja o tom com o qual começa a escala. Existem as seguintes escalas à disposição:

Maior

C, D, E, F, G, A, H

Menor harmónica

A, H, C, D, E, F, G # , A

Pentatónica

C, D, E, G, A

Maior Blues (Dur)

C, D, D # , E, G, A

Maior Blues (Moll)

C, D # , F, F # , G, B

Indiana

C, C # , E, F, G, G # , H

Japonesa

C, C # , F, G, G #

54

Dica: a função de escala também funciona com o teclado MIDI! A escala está indicada nas teclas brancas; as teclas pretas tocam a mesma nota que a tecla branca imediatamente por baixo.

Modelos

Aqui são abertas as pastas com as predefinições de efeitos instaladas. As predefinições de efeitos de áudio e vídeo também são armazenadas nesta pasta, para que, com o tempo, seja criada uma biblioteca de efeitos com as suas entradas pessoais.

uma biblioteca de efeitos com as suas entradas pessoais. Os botões do lado esquerdo permitem abri

Os botões do lado esquerdo permitem abrir a pasta de efeitos de áudio ("Audio FX"), predefinições de vintage ("Vintage FX"), modelos de título ("Títulos"), efeitos de vídeo ("Video FX") e animações (Efeitos visuais).

Os efeitos também podem ser aplicados através da função de arrastar e soltar. Basta arrastá-los com o mouse para o objeto desejado.

Dica: Ao carregar um efeito de áudio num objeto de áudio através do menu de contexto (com o botão direito do mouse), abre-se uma caixa de diálogo do respectivo Efeito de áudio (na página 132), onde é possível configurá-lo com mais detalhes.

Botões de navegação

Avançar/ Reverter

Para cima

Perspetiva

Com o botão reverter regressa sempre à pasta anterior. anterior.

O botão "Para cima" é usado para ir para uma pasta de nível superior. pasta de nível superior.

Com este botão alterna entre a visualização de ficheiros na lista entre ícones, lista ou detalhes. re a visualização de ficheiros na lista entre ícones, lista ou detalhes.

www.magix.com

Inspetor de objetos

Guia de Controle

55

O Inspetor de objetos oferece acesso rápido às propriedades dos objetos. Existem duas vistas possíveis, dependendo do que está selecionado: objeto de áudio (na página 66) ou objeto de MIDI (na página 88).

Em objetos de áudio é mostrado o painel de efeitos de objeto (na página 134); em objetos MIDI é mostrada uma versão mais pequena do editor MIDI (na página 93), que lhe permite editar o objeto selecionado.

Nota: o editor MIDI do inspetor de objetos funciona de forma idêntica à versão completa, ainda que o menu e algumas definições de reprodução e gravação não estejam disponíveis. Para mais informações, consulte a parte relativa ao editor MIDI (na página 93) no capítulo sobre Objetos MIDI!

Mais sons

É possível fazer uma escuta prévia de sons adicionais no Catooh, bem como carregá-los e continuar a editá-los.

Dica: Leia também a secção sobre Introdução à Internet!

56

Modos de rato

O Music Maker oferece modos de rato especiais para ajustar e editar objetos.

modos de rato especiais para ajustar e editar objetos. A pequena seta ao lado do símbolo

A pequena seta ao lado do símbolo do ponteiro do rato permitir a definição de diferentes modos.

Mover a selecção

Este o modo de rato pré-definido no qual são feitas a maior partes das alterações. qual são feitas a maior partes das alterações.

Selecione os objetos com o clique esquerdo. Quando as teclas "Shift" ou "Control" são premidas, pode selecionar múltiplos objetos. Prima o botão do rato para mover os objetos selecionados. Neste modo, os objetos podem aparecer ou desaparecer gradualmente ou a sua duração pode ser alterada utilizando qualquer uma das cinco alças. Para mais informações, leia a secção "Adaptar os objetos (na página 59)". Ao fazer clique com o botão direito do rato num objeto abre o menu de contexto com os efeitos e as definições mais importantes para o objeto específico.

Mover para faixa

impo rtantes para o objeto específico. Mover para faixa Este modo de rato comporta-se basi camente

Este modo de rato comporta-se basicamente como o modo de rato para objetos individuais, mas com objetos em movimento, fazendo com que todos os outros objetos por trás do principal se movam de forma sincronizada com a faixa.

Esta opção é prática se for necessário espaço no início da faixa, uma vez que todos os objetos podem ser deslocados em conjunto sem saírem das posições que ocupam.

Atalho:

Ctrl + 2, Tecla numérica 2

Mover todos

que ocupam. Atalho: Ctrl + 2, Tecla numérica 2 Mover todos Este modo de rato comporta-se

Este modo de rato comporta-se basicamente como o modo de rato para "Objeto simples", mas, durante o movimento, todos os objetos de todas as faixas serão movidos juntamente a partir da posição do rato.

Atalho:

Ctrl + 3, Tecla numérica 3

Automatização

do rato. Atalho: Ctrl + 3, Tecla numérica 3 Automatização Este modo de rato é usado

Este modo de rato é usado para desenhar as curvas de volume e efeito.

www.magix.com

Modos de rato

57

Quando está ativo, uma nova curva pode ser desenhada sobre um objeto ou uma faixa com o botão esquerdo do rato.

sobre um objeto ou uma faixa com o botão esquerdo do rato. Ative a curva de

Ative a curva de efeitos correspondente no menu "Efeitos" na área de faixa para ativar a automatização da faixa.

Para o objeto, use o comando "Automação deste objeto" no menu "Efeitos > Automação" (Atalho: Ctrl + H) e selecione a curva correspondente no diálogo. Clicando sobre um objeto sem uma curva de efeitos ativada, ativa-se a curva de volume para este objeto.

Nota: Neste modo, as curvas de objeto serão sempre editadas, mesmo se uma curva de faixa também for exibida. Se pretender editar a curva da faixa nesta posição, terá de deslocar temporariamente o objeto para outra localização.

Também é possível criar pontos de automatização individuais numa curva no modo do rato "Deslocar" (ver em cima) fazendo duplo clique na curva correspondente.

Nota: Para obter mais informações sobre curvas de automatização, pode ler o capítulo Curvas de automatização!

Atalho:

Desenhar

Ctrl + 4. Tecla numérica 4

Neste modo, pode inserir mais objetos semelhantes atrás de um objeto já carregado. mais objetos semelhantes atrás de um objeto já carregado.

A partir do primeiro objeto, os seguintes objetos são sempre inseridos de forma sincronizada, ou seja este modo pode ser entendido como uma forma de inserção de uma automação "Mute" de um loop contínuo. Para mais informações, consulte a secção "Desenho em loops (na página 63)" no capítulo "Arranjar objetos".

Atalho:

Ctrl + 5, Tecla numérica 5

Dividir

objetos". Atalho: Ctrl + 5, Tecla numérica 5 Dividir Pode dividir os objetos rapidamente co m

Pode dividir os objetos rapidamente com este modo de rato para remover partes indesejadas ou anexar vários efeitos para as partes dos objetos.

58

Esticar

58 Esticar Este modo especial destina-se a pe rsonalizar a duração dos objetos. Os objetos podem

Este modo especial destina-se a personalizar a duração dos objetos.

Os objetos podem ser esticados ou comprimidos. O material de áudio é, portanto, alongado com o timestretching sem alterar o tom em si. Os controladores intermédios do objeto permitem que o seu tom seja alterado usando o pitchshifting numa variação entre -7 e +7.

Atalho:

Ctrl + 7. Tecla numérica 7

Escuta prévia

Neste modo, poderá escutar previamente os objetos de áudio individuais do projeto. Clique no objeto de áudio, para que seja os objetos de áudio individuais do projeto. Clique no objeto de áudio, para que seja reproduzido individualmente de início ao fim, desde que a tecla do rato esteja premida e independentemente dos marcadores de início e de fim na linha de tempo.

Os objetos neste modo estão protegidos contra deslocamentos involuntários.

Atalho de teclado:

Ctrl+8 (8 no teclado numérico)

Limpeza

Atalho de teclado: Ctrl+8 (8 no teclado numérico) Limpeza Mantendo premido o botão do rato, o

Mantendo premido o botão do rato, o projeto pode ser visualizado no ponto onde o cursor estiver posicionado.

O marcador de reprodução segue os movimentos do rato. Este modo é especialmente

adequado para a pesquisa de partes específicas de um projeto.

Atalho:

Substituir

Ctrl + 9. Tecla numérica 9

um projeto. Atalho: Substituir Ctrl + 9. Tecla numérica 9 Este modo de rato simplifica a

Este modo de rato simplifica a procura de amostras adequadas: clique com o botão esquerdo do rato num objeto do soundpool da MAGIX para trocar o objeto automaticamente por outro a partir da mesma categoria de instrumentos.

A combinação Shift + botão esquerdo do rato mantém o objeto mas muda o pitch.

Ideal para uma experiência rápida!

Atalho:

Ctrl + 0, Tecla numérica 0

Ajuda de contexto

Atalho: Ctrl + 0, Tecla numérica 0 Ajuda de contexto Este modo de rato permite que

Este modo de rato permite que abra a correspondente secção "Ajuda", clicando em qualquer área do ecrã do Music Maker.

Atalho:

Alt + F1

www.magix.com

Ajustar objetos

59

Ajustar objetos

No Music Maker pode carregar, adaptar, editar e exportar em conjunto e uniformemente diferentes modos de ficheiro multimédia. Este capítulo descreve a forma básica de trabalhar com objetos multimédia. Isto inclui objetos de áudio, objetos de vídeo, gráficos, objetos MIDI e objetos de sintonização. Os capítulos posteriores descrevem os detalhes dos formatos respetivos.

Toda a edição de objeto é virtual e não destrutiva e é calculada em tempo real durante a reprodução. O material multimédia, portanto, não é destruído (edição não destrutiva) e todas as alterações podem ser canceladas com a função anular de fases múltiplas ("Ctrl + Z"). Pode fazer experiências ao seu gosto sem temer que altere ou danifique o material original.

Guardar e carregar projetos

Um "projeto" designa todos os objetos existentes no Arranger (áudio, vídeo, MIDI, títulos, gráficos e sintetizadores), bem como as suas posições, transições, durações, volume, brilho e efeitos.

Os projetos podem ser gravados e carregados como ficheiro MMM através do menu Ficheiro.

Ao carregar um projeto deve assegurar-se de que os ficheiros multimédia utilizados (áudio, vídeo, imagem) também se encontram na respetiva pasta. Para gravar um projeto totalmente, para o arquivar ou para o editar noutro computador, utilize a "

de segurança.

gravada numa pasta.

função "Gravar projeto e ficheiros multimédia utilizados

no menu Ficheiro > Cópia

Desta forma, todo o projeto, incluindo ficheiros multimédia, será

Ficheiros multimédia e objetos

Todos os ficheiros multimédia suportados pelo Music Maker podem ser ouvidos ou pré-visualizados no Media Pool através de um clique no nome do ficheiro. Podem também ser arrastados para o Arranger com o botão do rato premido (Arrastar e largar). Ao parar de premir o botão do rato, o ficheiro é largado e posicionado na pista como objeto.

Um clique com o botão direito do rato no objeto abre o menu de contexto com as principais funções de edição disponíveis para esse objeto.

60

Função de pré-visualização

Para todas as entradas no Media Pool e nas pastas de modelos na Guia de Controle existe uma função de pré-visualização: Um clique simples sobre os loops ou arquivos de áudio inicia a função de audição prévia com a placa de som. Os objetos de vídeo e imagem são exibidos no monitor de vídeo. A pré-visualização também está disponível para os efeitos, tornando mais evidente como o efeito selecionado funciona.

Durante a reprodução em curso existe nas amostras do Soundpool uma função avançada para pré-visualização ("Smart Preview" (na página 66)), que permite a audição prévia do som no contexto do projeto.

Nota: Os arquivos de áudio, já na audição prévia, são ajustados para o ritmo atual do projeto, por time stretching (você pode desativar essa função em Opções de áudio e vídeo).

Selecionar objetos

Para editar ou apagar objetos através do menu, é necessário primeiro selecioná-los. Para tal, clique no objeto. Para selecionar mais do que um objeto prima as teclas Shift+Ctrl. As edições efetuadas (cortar, mover, copiar) são aplicadas a todos os objetos selecionados.

Para destacar visualmente quais os objetos selecionados, as alças de dimensionamento (ver abaixo (na página 61)) ficarão visíveis.

Para selecionar rapidamente vários objetos, clique na pista junto ao primeiro objeto e desenhe um retângulo com o botão do rato premido. Todos os objetos total ou parcialmente dentro do retângulo serão selecionados.

Cortar objeto

Cada objeto pode ser cortado individualmente. Para isso selecione o objeto pretendido e prima a tecla Ctrl + M (ou use o comando apropriado no menu de contexto).

Agrupar ou desagrupar objetos

É possível agrupar vários objetos num grupo para evitar movimentações

(involuntárias). Para criar um grupo, selecione os objetos e depois o comando Menu

'Editar' > Objeto > Grupos > Agrupar

(Atalho no teclado: Ctrl+G).

A partir de agora, basta clicar num elemento do grupo para que todo o grupo seja

selecionado e para que possa ser movimentado, copiado ou apagado em conjunto.

www.magix.com

Ajustar objetos

61

Para desagrupar um grupo de objetos, selecione o respetivo comando no menu 'Editar' ou através do atalho no teclado Ctrl+U.

Cortar objetos

Aqui pode cortar todos os objetos. Serão então criados dois objetos independentes. Para tal, selecione o objeto e, com um clique, coloque o marcador de reprodução na régua de compasso na posição em que o deseja cortar.

na régua de compasso na posiçã o em que o deseja cortar. Clique no botão na

Clique no botão na barra de ferramentas (na página 242), selecione a opção "Cortar objetos" no menu Editar > Objeto ou prima a tecla "T". É ainda mais fácil com o modo de rato "Cortar objetos (na página 57)".

Os dois novos objetos mantêm todos os efeitos (na página 132). Isto permite-lhe diversificar um loop: poderá aplicar um efeito a um intervalo inteiro, depois cortá-lo em vários segmentos e variar os parâmetros do efeito nas várias partes.

Por outro lado, "voltar a colar" dois segmentos previamente cortados não é tão simples. Contudo, pode editá-los conjuntamente, adicionando-os ao mesmo grupo. Para tal, selecione os vários segmentos e utilize o comando "Agrupar" (Ctrl+G).

Duplicar objetos

Para multiplicar os objetos, selecione um ou mais objetos e clique em menu 'Editar' > Objeto > Duplicar objetos (Ctrl+D). Será criada uma cópia do objeto, colocada diretamente ao lado do original e que pode ser movida para outra posição com o rato.

Dica:

simultaneamente, premindo a tecla "Ctrl". Será então criada uma cópia, que pode ser deslocada para a posição desejada.

Torne este processo mais rápido, clicando no objeto a copiar e,

Outra forma de duplicar objetos consiste na utilização da função de copiar/colar no menu Editar > Objeto ou Área. A opção "Área" copia todos os objetos da área de reprodução (na página 33).

Alças de dimensionamento

de reprodução (na página 33). Alças de dimensionamento O início e fim, o volume e o

O início e fim, o volume e o fade-out dos objetos individuais podem ser definidos em detalhe com as alças de dimensionamento.

62

Encurtar ou repetir objetos

É possível encurtar objetos, puxando o canto inferior direito para a esquerda. O

ponteiro do rato transforma-se em seta dupla. Também é possível encurtar o início de um objeto, por exemplo quando no início de uma gravação há alguns segundos de silêncio. Para encurtar o objeto, utilize o controlo deslizante inferior esquerdo. Desta forma poderá encurtar samples e gravações sem ter que as cortar.

Para voltar a aumentar o objeto, mova os limites em sentido exterior. Se o puxar para além dos seus limites originais, será reproduzido em loop (ou seja, será repetido), até alcançar o fim do objeto. Desta forma é possível, por exemplo, criar rapidamente uma faixa de bateria a partir de um único loop de bateria ou criar um vídeo longo a partir de uma sequência curta.

Normalmente, um objeto é repetido durante a duração total do material de áudio ou vídeo de base. Para definir uma secção de um ficheiro como loop, encurte o seu início

e fim através dos controlos deslizantes e selecione o comando "Criar loop definido

pelo utilizador" no menu 'Editar' > Objeto > Área de repetição. Este é uma função muito útil para utilizar gravações próprias como loop, porque permite eliminar o silêncio no início da gravação.

Transição de objetos

Com os controlos deslizantes em cima à esquerda e direita é possível adicionar um fade-in ou fade-out a um objeto. A duração da transição pode ser regulada diretamente com o controlo deslizante.

Se um objeto for arrastado para cima de outro numa pista, fazendo com que se sobreponham, durante a sobreposição é criado automaticamente um crossfade. Isto significa que ao primeiro objeto é aplicado um fade-out e ao segundo um fade-in. A duração do fade-out corresponde portanto exatamente à duração do fade-in e pode ser ajustada num dos controlos deslizantes superiores.

ser ajustada num dos contro los deslizantes superiores. Crossfade Definir volume do objeto Com o controlo

Crossfade

Definir volume do objeto

Com o controlo de volume, acima, no centro do objeto, é possível ajustar o volume de objetos de áudio, sintetizador e MIDI individuais.

www.magix.com

Ajustar objetos

63

Em combinação com a função de corte de objetos (ver acima), é possível também editar detalhadamente o volume.

é possível também editar detalhadamente o volume. O loop de percussão no primeiro compasso foi cortado

O loop de percussão no primeiro compasso foi cortado em vários segmentos no segundo compasso e os volumes foram modificados.

O volume geral de uma faixa, bem como a relação de volume entre as várias faixas,

podem ser facilmente ajustados no Misturador (na página 188).

Dica: No caso de vídeos, imagens e objetos de título, as alças servem para ajustar a transparência.

Repetições "desenhadas"

É possível desenhar repetições de áudio nas faixas do Arranger com o rato.

repetições de áudio nas faixas do Arranger com o rato. Para isso, tem de configurar o

Para isso, tem de configurar o modo do rato para "Desenhar objetos" clicando no ícone correspondente no menu de modos do rato. A seguir, é necessário carregar uma faixa de áudio que servirá como modelo e que será depois desenhada na área seguinte da faixa como uma repetição.

Esta opção funciona do seguinte modo:

1. Carregue qualquer repetição do Media Pool para o Arranger.

2. Clique numa área anterior da mesma faixa e mantenha premido o botão do rato

para desenhar a repetição.

Começando no primeiro objeto, a área de repetição desenhada está sempre sincronizada com o compasso. Quer isto dizer que a repetição desenhada não é reproduzida desde o início e, em vez disso, começa na posição em que estaria a repetição original se tivesse continuado até esta posição. Dito de outra forma, encontra uma repetição em curso na faixa e pode desenhá-la na posição em que a consegue ouvir ("Silenciar automação").

64

O início síncrono do objeto neste modo tem outra consequência: se um objeto for

deslocado, apenas podem ser deslocadas margens de objetos, mas a repetição por baixo mantém-se intacta.

Takes

Cada objeto pode ser gravado como "Take". Os takes guardam todas as edições de um objeto, o comprimento do objeto, as configurações de transição e todos os efeitos do objeto. Os takes MIDI guardam os seus instrumentos controlados (Saída MIDI ou ferramentas de software).

Os takes são guardados como "ficheiros TAK" (*.tak) e ocupam espaço no disco rígido. Poderá cortar uma amostra individual, guardá-la como take e usá-la juntamente com as outras edições, em todos os projetos de Music Maker. A amostra

original só é armazenada uma vez, só serão guardadas as configurações do objeto e

os efeitos.

serão guardadas as configurações do objeto e os efeitos. Os loops MIDI incluídos em Music Ma

Os loops MIDI incluídos em Music Maker (reconhecidos pelo seu ícone no Media Pool) também são vistos como takes, pois os ficheiros MIDI (na página 88) subjacentes, acompanhados do som de sintetizador correto, soam bem em conjunto, como pretendido.

Atenção! Para o carregamento dos takes necessita de um ficheiro áudio ou vídeo, criado para o take, e que está na pasta original!

Atalho do teclado:

Alt + Shift + S

Gravar saída áudio

Poderá gravar toda a saída áudio do Music Maker directamente para um ficheiro WAV. A opção "Gravar áudio em tempo real em ficheiro WAV" poderá ser

encontrada para isto na caixa de diálogo "Parâmetro de Reprodução" (Menu "Ficheiro

> Definições> Parâmetros de Reprodução" ou botão "p").

Se esta opção estiver activada, com o início seguinte a reprodução completa do

arranjo será gravada ao vivo. Com a próxima paragem, poderá gravar a sua gravação e carregá-la para uma edição imediata no arranjo. Use nomes diferentes para gravar

as suas sessões simples, garantindo que nenhuma gravação será apagada por engano.

www.magix.com

Reduzir mistura de áudio

Ajustar objetos

65

Se o Arranger estiver muito cheio e se se tiver tornado difícil de gerir, o sistema tiver pouca RAM disponível, ou se quiser simplesmente "resumir" a sua produção, use a função de reduzir a mistura para converter todo o projeto de áudio num único ficheiro de áudio e / ou vídeo.

Para isso, escolha a função "Reduzir mistura" no menu "Editar". Pode escolher um nome e um destino para armazenar o objeto depois da mistura. Por defeito, o diretório será "Os meus projetos". Se apenas houver ficheiros de áudio nas faixas, será criado um ficheiro Wave. Se houver uma combinação de áudio e vídeo, pode escolher se quer que se crie um ficheiro de um tipo ou do outro.

Os objetos do Arranger na área serão substituídos pelo novo objeto.

O Music Maker normaliza automaticamente o ficheiro de áudio, ou seja, a parte mais alta do objeto de áudio wave é idêntica ao valor mais alto do limite de resolução de 16 bits. Esta opção garante a mesma qualidade de som, mesmo que repita o procedimento de mistura ou combine sucessivamente o ficheiro de mistura com outros objetos de áudio.

Dica:A função de mistura é muito útil se quiser continuar a usar o objeto de mistura. Para criar a versão final da música ou do vídeo, recomenda-se selecionar a opção "Exportar projeto" no menu "Ficheiro" em vez da função "Mistura".

Atalho:

Ctrl + Shift + G

66

Objetos Áudio

Formatos de áudio