Você está na página 1de 30

Electrónica Aplicada I

Efeito de RS e RL

Adaptado das notas de aula do livro:


Dispositivos Eletrônicos e Teoria de Circuitos 8a Edição
Robert L. Boylestad
Louis Nashelsky

Prof.Zolana João
Electrónica Aplicada I

Efeito da Impedância de Carga (RL) sobre o Ganho de Corrente

Vo
Io RC Zi
Ai = = = − Av 26mV
Ii Vi RC re=
Zi IE
Zi
Ai = − Av
R C //RL

Prof.Zolana João
Electrónica Aplicada I

Linha de Carga CA

A Linha de Carga CC é desenhada independentemente


da carga (RL) pois a carga é isolada do circuito de
polarização do circuito pelo capacitor de acoplamento.
A linha de Carga CA inclue a carga. Os capacitores de
acoplamento são substituídos por curto-circuitos.
A carga CA é chamada de R′L: R′L = RC || RL
Note que a linha de carga CC e CA tem o mesmo ponto Q,
na intersecção das retas.
Prof.Zolana João
Electrónica Aplicada I

Circuitos BJT Emissor Comum

O efeito das resistências de carga e da fonte serão examinadas para os seguintes circuitos de
polarização:

• Polarização Fixa
• Polarização por Divisão de Tensão

Prof.Zolana João
Electrónica Aplicada I

Configuração Emissor Comum com Polarização Fixa

A entrada (Vi) é aplicada à base e a saída (Vo) é retirada do coletor.

A configuração Emissor Comum é caracterizada por possuir alta impedância de entrada e


baixa impedância de saída com tensões altas e ganho de corrente.
Prof.Zolana João
Electrónica Aplicada I

Impedâncias

Impedância de Entrada: Zi = βre [Formula 10.19]

Impedância de Saída: Zo = RC [Formula 10.20]

Prof.Zolana João
Electrónica Aplicada I

Ganho
Vi
Vo = − β .I b .R´L → se → I b =
βre
Vi
Vo = − β . R´L
βre
Vo R´L Rc // RL
Av = =− =−
Vi re re
Efeito da Resistência de Carga:
Rb.Ii Rb + β .re
Ib = ⇒ Ii = .I b
Rb + β .re Rb
Rc.β .I b
Io =
Rc + RL
Io
Ai =
Ii

Zi
Efeito da Resistência de Carga e Fonte: Avs = Av
Zi + Rs
Prof.Zolana João
Exercícios
Na figura abaixo, foi aplicada uma carga ao amplificador a transistor com polarização
fixa. Determine o ganho de tensão e de corrente utilizando o modelo re. Com
re=10,71Ω.
Vi
Vo = − β .I b .R´L → se → I b =
βre
Vi
Vo = − β . R´L
βre
Vo R´ Rc // RL
Av = =− L =− = −118,5
Vi re re

(470K ) Ii
Ib = ≅ Ii
470K + 1,071K
3K .β .I b
Io = = 0,5769β .I b
3K + 2,2 K
Io
Ai = = 57,69
Ii
Exercícios
Na figura abaixo, uma fonte com resistência interna foi aplicada ao amplificador a
transistor com polarização fixa. Determine o ganho de tensão Avs utilizando o
modelo re. Com re=10,71Ω.

Vo = − β .I b .Rc = −(100.I b ).3K


Vs
como : Zi ≅ β .re → e → I b ≅ Ii =
Rs + βre
Vs Vs
Vo = − β .( ).Rc = −100( ).3K
Rs + βre 1,571K
Vo
Avs = = −190,96
Vs
Exercícios
Para o amplificador a transistor com polarização fixa. Determine o ganho de tensão
Avs, Av=Vo/Vi e Ai. Com re=10,71Ω.

Vo = − β .I b .R´L
Vs
como : Zi ≅ β .re → e → I b ≅ Ii =
Rs + βre
Vs
Vo = − β .( ).R´L
Rs + βre
Vo
Avs =
Vs
RB .Ii Vs
Vi = I b .β .re → e → I b = ≅ Ii =
RB + β .re Rs + β .re
Vo
Av =
Vi
Rc.β .re Io
Io = →→ Ai =
Rc + RL Ii
Electrónica Aplicada I

Configuração de Polarização por Divisão de Tensão

Prof.Zolana João
Electrónica Aplicada I

Impedâncias

Impedância de Entrada: Zi ≅ R ′ || βre [Formula 10.21]


onde R′ = R1 || R2

Impedância de Saída: Zo = RC [Formula 10.22]

Prof.Zolana João
Electrónica Aplicada I

Ganho

26mV
re=
IE

RC || RL
Efeito da Resistência de Carga:
Av = − [Formula 10.23]
re

Zi
Efeito da Resistência de Carga e Fonte Avs = Av [Formula 10.24]
Zi + RS

Prof.Zolana João
Exercícios
Para o amplificador a transistor com polarização fixa. Determine o ganho de tensão
Avs, Av=Vo/Vi e Ai.
Resposta
26mV
re =
IE
Vo = − β .I b .R´L
Vs
como : Zi ≅ β .re → e → I b ≅ Ii = → se → R1 // R2 = 10.β .re
Rs + β .re
Vs
Vo = − β .( ).R´L
Rs + β .re
Vo
Avs =
Vs
R1 // R2.Ii Vs
Vi = I b .β .re → e → I b = ≅ Ii =
R1 // R2 + β .re Rs + β .re
Vo
Av =
Vi
Rc.β .re Io
Io = →→ Ai =
Rc + RL Ii
Exercícios
5 - Para o circuito da figura 10.50:
a) Determine Avnl, Zi e Zo.
c) Determine Av e Avs
d) Calcule Ai
e) Mude RL para 5,6K e calcule Avs. Qual o comportamento do ganho de tensão
quando o valor de RL aumenta?
f) Mude Rs para 0,5K com RL em 2,7K e comente o efeito da redução de Rs sobre Avs.
g) Mude RL para 5,6K e Rs para 0,5K e determine os novos valores de Zi e Zo. Como
são afetados os parâmetros de impedância pelas variações nos níveis de RL e Rs?
Resposta
Exercícios
6 - Para o circuito da figura 10.51:
a) Determine Avnl, Zi e Zo.
d) Calcule Ai
e) Determine Av, Zi e Zo utilizando o modelo re
Resposta
Electrónica Aplicada I

Resposta em Frequência para


BJT

Prof.Zolana João
Electrónica Aplicada I

Considerações Gerais sobre Resposta em Frequência


A resposta em Freqüência de um amplificador se refere à faixa na qual o amplificador irá
operar com efeitos desprezíveis em relação aos capacitores e capacitâncias nos
dispositivos.
Esta faixa de freqüência pode ser chamada de freqüências médias.

Nas freqüências abaixo e acima da freqüência média, capacitâncias e quaisquer indutâncias


irão afetar o ganho do amplificador.

Em baixas freqüências o acoplamento capacitivo irá diminuir o ganho.


Em altas freqüências capacitâncias parasitas estarão associadas com a atividade do
dispositivo, diminuindo seu ganho.
Também em amplificadores em cascata terão o ganho afetado por altas e baixas
freqüências.

Prof.Zolana João
Electrónica Aplicada I

Diagrama de Bode

Um diagrama de
Bode mostra a
resposta em
frequencia de um
amplificador.

A escala horizontal
indica a frequência
em Hertz (Hz)
O ganho é indicado
na escala vertical em
Decibeis (dB).

Prof.Zolana João
Electrónica Aplicada I

Frequencias de Corte

A freqüência média de um
amplificador é chamada de
largura de banda do
amplificador. A largura de
banda é definida por
freqüências de corte baixa e
alta.

Freqüência de Corte:
Freqüência na qual o ganho é
diminuído por:

0.5 da potência
0.707 da tensão
-3dB

Prof.Zolana João
Electrónica Aplicada I

Resposta em Baixa Frequência de um Amplificador BJT


Em baixas frequências os capacitores de acoplamento (Cs, CC) e o capacitor de Bypass
(CE) possuirão reatâncias capacitivas (XC) que afetam a impedância do circuito.

Prof.Zolana João
Electrónica Aplicada I

Capacitor de Acoplamento

A frequência de corte pode ser calculada:


1
Xc = ≅0
2πfC
f →∞
1
Xc = ≅∞
2π (0)C
f →0
para
Xc = R
Av = 0,707
frequência _ de _ corte

Prof.Zolana João
Electrónica Aplicada I

Capacitor de Acoplamento
divisor
RVi
Vo =
R + Xc

Vo = Z ∠φ
amplitude _ de _ Vo
RVi
Vo =
R 2 + Xc 2
para _ Xc = R
RVi RVi RVi 1
Vo = = = = .Vi
R2 + R2 2R 2 2 .R 2
Vo 1
Av = = = 0,707 Xc = R
Vi 2
Prof.Zolana João
Electrónica Aplicada I

Capacitor de Acoplamento - CS

A frequência de corte para o CS pode ser calculada:

1
fLs =
2π (Rs + Ri)Cs

usando Ri = R 1 || R 2 || βr e

Prof.Zolana João
Electrónica Aplicada I

Capacitor de Acoplamento - CC

A frequência de corte de CC pode ser calculada como:

1
fLC =
2π ( Ro + RL)Cc

usando Ro = RC || ro
Prof.Zolana João
Electrónica Aplicada I

Capacitor de Acoplamento - CE

A frequência de corte de CE pode ser calculada como :

1
fLE =
2πReCE

R ′s
usando
Re = RE || ( + re)
β
onde R ′s = Rs || R1 || R2
Prof.Zolana João
Exercícios
Determine o ganho, a impedância de
entrada e a frequência de corte
inferior para o circuito ao lado
utilizando os seguintes parâmetros:
(a) Cs=10uF CE=20uF Cc=1uF
(b) Rs=1KΩ, R1=40K, R2=10K,
RE=2K, Rc=4K, RL=2,2K
(c) β = 100, ro=∞, Vcc=20V

Determinar re para as condições


cc:
re=15,76Ω
Av=Vo/Vi=-(Rc//RL)/re=-90
Zi=Ri=R1//R2//βre=1,32KΩ
Vi=Ri.Vs/(Rs+Ri)=0,569Vs
AVs=Vo/Vs=Vo.Vi/Vs.Vi=-51,21
fLS=6,86Hz
fLC=25,68Hz
fLE=327Hz