Você está na página 1de 6

Como reparar motores

Fricção causa desgaste; é uma lei da física. Motores pequenos a


gasolina podem desgastar prematuramente se as partes móveis não
forem lubrificadas. Discutiremos como reduzir o desgaste em motores
pequenos e aumentar sua vida útil com a manutenção do sistema de
lubrificação. Isto compreende a mistura óleo-combustível para motores
de dois tempos e outros serviços de lubrificação.

Use sempre o tipo de óleo e grau de viscosidade recomendados pelo


fabricante do motor. óleos lubrificantes e aditivos projetados para
motores de quatro tempos não são adequados para motores de dois
tempos.

Mistura de óleo-combustível para motores de dois tempos

Motores de dois tempos são eficientes. Eles requerem apenas uma


rotação do virabrequim para gerar força. Esta simplicidade requer
economia em todos os sistemas do motor, inclusive na lubrificação.
Um motor de dois tempos é lubrificado misturando-se óleo com
gasolina. Essa mistura óleo-combustível pode ser comprada pronta, ou
você mesmo pode misturá-la. Abaixo como fazer a mistura óleo-
combustível para o motor de dois tempos.

Passo 1: Confira as recomendações do fabricante para a proporção e


grau do óleo e combustível a serem misturados.

Passo 2: Em uma lata de gasolina ventilada, usada apenas para esse


fim, despeje o tipo e a quantidade especificadas de gasolina.

Passo 3: Adicione a quantidade correta de óleo recomendado para a


proporção óleo-combustível. Um galão contém 3,8 litros. Uma
proporção de óleo-combustível de 50:1 significa que cada 5 litros de
combustível deveria ter 100 ml de óleo adicionado, ou você deveria
adicionar cerca de 76 ml do óleo lubrificante recomendado para cada
galão de gasolina recomendado. Uma proporção de óleo-combustível
de 25:1 requer cerca de 150 ml de óleo por galão de combustível.
Também adicione qualquer aditivo recomendado pelo fabricante.

Passo 4: Certifique-se de que todas as tampas da lata de misturar


gasolina estão seguramente apertadas e agite-a para misturar a
gasolina e o óleo completamente.

Passo 5: Despeje cuidadosamente a mistura óleo-combustível


resultante no tanque de combustível do motor.

1
Passo 6: Quer você compre a mistura já preparada, quer faça-a você
mesmo, você deve rodar o tanque de combustível em círculos algumas
vezes para remisturar o combustível e o óleo antes de cada uso.

Lubrificação

Alguns motores pequenos exigem lubrificação adicional, dependendo


do seu propósito e das tarefas que executa. Um carrinho de
cortar grama, por exemplo, pode necessitar de lubrificação para os
eixos e caixa de direção. Embora este artigo não possa cobrir todas os
procedimentos de lubrificação possíveis, ainda assim pode oferecer
alguns procedimentos facilmente adaptáveis para a maioria dos
motores pequenos.

O serviço de lubrificação é a aplicação de graxas lubrificantes. As


graxas são simplesmente derivados de petróleo com viscosidade ou
espessura mais alta que os óleos. A graxa pode ter um grau de
viscosidade desde 60 (duas vezes mais espesso que um óleo grau 30)
até acima de 100. Viscosidades comuns para graxas lubrificantes são
graus 80 e 90. Nestas viscosidades, os lubrificantes têm a densidade
da pasta de dentes. Ferramentas especiais chamadas pistolas
lubrificantes são usadas para aplicar a graxa. Oficinas profissionais de
reparos usam pistolas pressurizadas; o proprietário do motor pode
aplicar a graxa com a pistola lubrificante de catraca. A graxa é vendida
em tubos que encaixam na pistola lubrificante. Veja aqui como aplicar
a graxa lubrificante nos componentes dos motores pequenos.

Passo 1: Verifique o manual do proprietário para obter informações


específicas sobre lubrificação: onde e com o quê.

Passo 2: Aplique a graxa lubrificante no grau recomendado. Alguns


componentes têm encaixes onde a ponta da pistola pode ser
conectada. Outros requerem que a tampa de um reservatório seja
aberta e o fluído seja abastecido até a marca "CHEIO". Outros ainda
necessitam que lubrificantes como a graxa branca sejam espalhados à
mão.

Passo 3: Limpe todo o excesso de graxa ou óleo antes de dar partida


no motor. Aviso: assegure-se de que a graxa não entre em contato
com partes elétricas. Os lubrificantes podem conduzir eletricidade,
causando curto-circuitos e possivelmente incêndios.

MANUTENCAO DE UMA EMBARCACAO

Um sistema de refrigeração com defeito pode arruinar um motor

2
pequeno.
todo motor que funcionou em água salgada ou em rio de fundo calcário, deve
funcionar com água doce por 10 minutos. Sendo o motor carburado, este deve
ser ligado uma vez por semana por um período de 5~10 minutos. Segue abaixo
alguns passos para o procedimento de lavagem e guarda do motor/barco:

1- tirar o barco da água.


2- Tirar o capô do motor ou abrir o porão
3- Verificar se há algum vazamento de combustível, cabo de vela solto, se está
tudo bem!
4- Colocar o "telefone" ou "orelhão" na rabeta.
5- Verificar se a pressão da água está boa (nos motores de popa tem um orifício
na lateral que espirra água com boa pressão, se a pressão for baixa este orifício
vai sair pouca água).
6- Ligar o motor sem acelerar (alem de o motor já estar quente, NUNCA se
acelera fora d'água).
7- Verificar se água está retornando pela descarga.
8- Verifique a água que sai, se está muito preta ou com óleo, caso esteja pode
ser um problema, a água deve sair limpa com um leve deposito de carvão.
9- Verificar se o XIXI do motor está com pressão.
10- Nota se que após alguns minutos a água começará sair por outras saídas,
estas saídas estão ligadas ao termóstato, isto significa que os termóstatos
estão se abrindo.
11- Deixe a partir deste ponto o motor funcionar por 10 minutos, sempre
verificando a pressão dá água e a temperatura do motor, Pela água que sai na
descarga, se ela estiver fervendo, significa que a pressão da água esta pouca,
mas se a água ficar somente quente, isto é normal.
12- Desligue o motor, e levante a rabeta, para se lavar em baixo, aproveite e
verifique os ânodos, nesta área é comum juntar as "cracas" ou "Caracas", não
deixe acumular, lave bem, com água.
13- Verifique nos hélices por amassados, linhas de nylon, e folgas, no caso de
amassado é recomendável reparar antes de usar o hélice novamente, para não
prejudicar os rolamentos.
14- Abaixe a rabeta e lave o motor. o motor, é claro que você deve esperar um
pouco para que não haja choque de temperatura e provoque uma rachadura no
bloco. Lave o motor com mangueira com pressão baixa de cima para baixo,
somente nos cabeçotes e na descarga, nos motores de popa, da metade do
volante para traz sem molhar o motor de arranque.
15- Deixe secar, e verifique as baterias, lave as também, verifique o porão por
sujeira ou algo que possa travar o automático da bomba de porão. Passe graxa
nos bornes de bateria.
16- Aplique spray do fabricante no motor todo,
17- Retire tudo que tem para sair do barco.

3
18- Verifique o reservatório de óleo, não deixe cair água em cima.
19- Lave o barco com água e detergente, não precisa lavar os estofados com
mangueira, pois só vão encharcar a espuma, use esponja e balde, coloque tudo
para secar.
20- Coloque o capô no motor, e de polimento com cera de carro uma vez por
mês. Nos motores escuros é comum encontrar manchas de sal na coluna, neste
caso esfregue uma esponja com vinagre, varias vezes e depois aplique acera, a
mancha vai sair.
21- Se puder não coloque a capa de cobertura, e não feche o porão, deixe o
barco respirar por um dia se possível.
22- Verifique se a chave geral está desligada.
23- Verifique se o bocal do tanque de combustível está fechado.
24- Coloque a lona de cobertura, verificando se o respiro do tanque está para
fora, aplique vaselina no respiro, pois já vi muito marimbondo fazer casa alí.
25- Sempre deixe a proa do barco mais alta que a popa, para evitar acumulo de
água proveniente de chuva.
26- Anote a data do abastecimento, pois o combustível, seja gasolina ou diesel
tem vida útil muito curta. 30 dias

Manutenção da bomba de água


a maioria de motores marítimos são resfriados por seu bombeamento
de água do lago ou do oceano para dentro do motor de popa. Esta
água é distribuída por uma bomba de água que contém um impulsor
de borracha ou plástico ou ventilador que puxa a água e bombeia
através da câmara de água do motor para manter as engrenagens em
temperatura controlada. Como você poderia esperar, podem ocorrer às
vezes, o acumulo de impurezas da água ou quando você está
manobrando em áreas rasas e a areia pode entrar no rotor. Estas
substâncias estranhas causam o desgaste da ventoinha e em casos
mais graves pode danificá-la. Além disso, se o motor não for usado por
um período de muitos meses, a borracha da ventoinha fica frágil e
rachaduras aparecem. Um manutenção preventiva para este caso
exige que proactivamente você substitua a ventoinha a cada 3-4
estações. Se a ventoinha falhar e a lancha for usada por um longo
período sem ventilação, seu motor pode super aquecer e causar um
grande prejuízo. Talvez você conheça alguém que já passou por esta
situação com um carro.

Troca de Óleo
Motores marítimos não são usados diariamente como nosso carro e
portanto, não exigem trocas de óleo com muita frequência.
Geralmente, é uma boa ideia mudar o óleo (e filtro) uma vez por ano

4
no final da temporada. Se o óleo velho e sujo fica no Carter no período
em que a lancha vai ficar sem uso, pode ser que o óleo se torne ácido
ao ponto de danificar os componentes internos do motor. Motores de
dois tempos não tem Carter de óleo e, portanto, não exige esse
cuidado.

Os Injetores de Combustível
Todos motores mais novos utilizam a tecnologia de injeção de
combustível e, quando o combustível fica muito tempo armazenado no
tanque, pode ser que ele engrosse, os injetores de combustível podem
facilmente ficar obstruídos e ocorrer uma dificuldade de ignição no
início da temporada. Para evitar esta ocorrência, uma boa ideia é
utilizar algum limpador de bicos de injeção no último abastecimento do
tanque antes do fim da temporada.

Bateria
Se você cuidar da bateria de sua lancha, ela irá lhe proporcionar vários
anos de bons serviços. Você deve tomar cuidado sempre que você
completa uma viagem e garantir que todos os componentes elétricos
estão desligados e, se você tiver um interruptor de bateria principal,
assegure-se que ele está desligado. Quando o barco ficar sem uso
durante um período prolongado de tempo, os cabos da bateria devem
ser desligados.

Lubrificação do Motor
A parte inferior do seu motor de popa ou outdrive é preenchido com
um fluido lubrificante que mantém todas as partes móveis
devidamente lubrificadas e funcionando perfeitamente. O reservatório
não deve conter água misturada no fluido. A unidade deve ser
inspecionada pelo menos uma vez por ano para garantir que a unidade
está cheia de líquido e que a água não está presente. Isso é
relativamente simples e fácil de manter.

Módulo de Controle Eletrônico


A maioria dos modernos motores marítimos são controlados por um
computador chamado de Módulo de Controle Eletrônico, que regula o
fluxo de combustível e ar, bem como o tempo do sistema de ignição.
Outra função importante deste módulo é que ele armazena os dados
operacionais, enquanto o motor estiver funcionando. Uma ferramenta
de diagnóstico digital pode ser acoplada por mecânicos certificados
que pode ser ligada ao módulo de controle eletrônico e mostrar o

5
histórico de funcionamento do motor, bem como outros problemas.

A prevenção sempre é mais barata e também é importante pensar


nesta manutenção do ponto de vista da segurança.

Que significa www

A sigla www significa "World Wide Web", em português, rede de


alcance mundial "O largo mundo da Web". A sigla www é a mais
utilizada para nomear servidores de páginas da web de todo o mundo.

Você também pode gostar