Você está na página 1de 8

Plano de Gerenciamento de Riscos

Construção Casa Simples


PLANO DE GERENCIAMENTO DE RISCOS E DE RESPOSTAS AOS RISCOS
RISK MANAGEMENT PLAN AND RISK RESPONSE MANAGEMENT PLAN
Preparado por Ronilson Ronald Marques – Gerente do Projeto Versão 1.0
Aprovado por Durval Marques - Proprietário 06/05/2011

I- Descrição dos processos de gerenciamento de riscos


• O gerenciamento de risco do projeto será realizado com base nos riscos
previamente identificados, assim como no monitoramento dos novos riscos que
possam ser identificados oportunamente na evolução do projeto.

• Todos os riscos não previstos neste plano devem ser incorporados ao projeto
dentro do sistema de controle de mudança de risco.

• Os riscos a serem identificados serão apenas os riscos internos ao projeto. Os


demais riscos serão automaticamente aceitos sem analises e consequentemente
sem respostas previstas, ou seja, terá uma aceitação passiva.

• As avaliações, identificações e monitoramento dos riscos devem ser realizados por


escritos via ata de reunião conforme plano de comunicação do projeto.

II - RBS – Risk Breakdown Structure para a identificação dos riscos


O modelo de estrutura de riscos apresentado abaixo aborda apenas os riscos internos
não técnicos, riscos legais e riscos técnicos. Os riscos externos não serão considerados
conforme descrito anteriormente.
Plano de Gerenciamento de Riscos

III - Riscos identificados


Os riscos identificados no projeto, segundo a WBS do projeto e a RBS anteriormente
apresentada estão apresentados na estrutura a seguir.

Os riscos acima apresentados foram identificados pelo Gerente de projeto, pelo


patrocinador e pelo setor de compras utilizando-se do RBS através da técnica de
Brainstorming.
Plano de Gerenciamento de Riscos

IV - Qualificação dos riscos


Os riscos identificados serão qualificados na sua probabilidade de ocorrência e gravidade
dos resultados, conforme tabela a seguir:

Probabilidade

• Baixa – A probabilidade de ocorrência pode ser considerada pequena abaixo de


20%.

• Media – Existe uma relativa probabilidade de ocorrência do risco entre 20 e 60%.

• Alta – Probabilidade de ocorrência eminente acima de 60%.

Gravidade

• Baixa – O impacto do evento de risco é irrelevante para o projeto tanto do ponto de


visto do custo quanto do prazo, sendo de fácil contorno.

• Média – Possui um impacto relevante devendo ser monitorado com mais


severidade

• Alta – Possui um impacto bastante elevado necessitando de um gerenciamento


mais afinado e severo, devendo ter uma resposta precisa e direta para não
interferir negativamente nos resultados do projeto.
Plano de Gerenciamento de Riscos

Os riscos foram classificados conforme modelo de classificação comparativa de riscos


através de mapeamentos mentais, conforme o demonstrado a seguir. As respostas aos
riscos estão sendo apresentadas conforme demonstrado no gráfico acima.

V - Quantificação dos riscos


Devido ao fato de se tratar de um projeto com foco em resultado optou-se por avaliar
riscos somente do pondo de vista qualitativo, por este motivo este plano não contempla
uma analise quantitativa de riscos.

VI - Sistema de controle de mudanças de riscos (Risk change control


system)
Modelo de fluxo para controle de mudanças de riscos:

Quaisquer alterações nos riscos já identificados (variação na probabilidade e impacto dos


riscos) deverão ser tratadas pelo gerente do Projeto juntamente com o patrocinador, e
assim gerado uma nova versão do plano contendo as modificações aprovadas conforme o
fluxo abaixo:
Plano de Gerenciamento de Riscos

VII - Respostas planejadas aos riscos


Para os riscos identificados e qualificados, optou-se por estratégias diferenciadas para
cada necessidade, conforme quadro a seguir.

Item Fase Risco Probabil Gravidade Resposta Descrição Custo Com o


idade tempo
1.1.1 Gerencia Dificuldade em MÉDIA ALTA Mitigar Realizar reunião de passagem de -- Diminui
mento do transmitir ao requisitos solicitando aceite dos
Projeto time do projeto recursos
a correta
especificação
dos requisitos
desejado
podendo
ocasionar em
retrabalho
1.2.1 Gerencia Dificuldade em BAIXA MÉDIA Eliminar Realizar o gerenciamento e -- Diminui
mento do manter o monitoramento do arquivo fisico
Projeto arquivo fisico além de disponibilizar uma copia
organizado o por meios digitais
que ocasionará
perda de
documentação
e aumento no
custo gerencial
do projeto
Plano de Gerenciamento de Riscos

2.1.1 FASE I – Dificuldade em BAIXA MÉDIA Eliminar Realizar o gerenciamento e -- Diminui


FASE DE manter o monitoramento do arquivo fisico
INICIAÇ arquivo fisico além de disponibilizar uma copia
ÃO organizado o por meios digitais
que ocasionará
perda de
documentação
e aumento no
custo gerencial
do projeto
2.1.2 FASE I – Atraso no BAIXA BAIXA Eliminar Realizar reuniões junto ao -- Constante
FASE DE aceite devido a sponsor para que o mesmo
INICIAÇ não acompanhe a evolução do
ÃO conformidade planejamento
de
especificações
3.1.1 FASE II – Falha no MÉDIA ALTA Mitigar Envolver partes interessadas -- Constante
FASE DE dimensionamen como suporte deste
PLANEJ to devido a má planejamento
AMENTO interpretação
do desejo do
patrocinador

4.1.1 FASE III Quebra de BAIXA MÉDIA Transferir Colocar essa tarefa sob a -- Constante
– FASE algum responsabilidade do cliente /
DE utensílios Patrocinador
EXECUÇ devido a má
ÃO manipulação
4.1.2 FASE III Baixa de MÉDIA ALTA Mitigar Monitorar as atividades de risco Custo Constante
– FASE recursos por com acidentes e previsto
DE acidente de disponibilizar/cobrar uso de nas
EXECUÇ algum Equipamento de Proteção Contingênc
ÃO componente da Individual ias
equipe de
construção
4.1.3 FASE III Falta não BAIXA ALTA Eliminar Contratação/Reposição imediata Custo Constante
– FASE justificável de de novo recurso previsto
DE algum nas
EXECUÇ componente da Contingênc
ÃO equipe de ias
construção
4.1.4 FASE III Atraso devido a BAIXA MÉDIA Aceitar Realocar o recursos para -- Constante
– FASE condições atividades internas
DE climáticas
EXECUÇ
ÃO
4.1.5 FASE III Atraso na MÉDIA MÉDIA Mitigar Contrato com mais de um -- Constante
– FASE entrega devido fornecedor
DE a falha na
EXECUÇ logística de
ÃO entrega dos
materiais
4.1.6 FASE III Retrabalho de BAIXA ALTA Mitigar Aplicar monitoramento e repassar -- Agrava
– FASE atividade os procedimentos aos operários
DE entregue fora
EXECUÇ da
ÃO conformidade
5.1.1 FASE IV Atraso devido a BAIXA BAIXA Aceitar Realocar o recursos para -- Constante
– FASE condições atividades internas
DE climáticas
ENCERR
AMENTO
5.1.2 FASE IV Atraso na MÉDIA MÉDIA Mitigar Contrato com mais de um -- Constante
– FASE entrega devido fornecedor
DE a falha na
ENCERR logística de
AMENTO entrega dos
materiais
5.1.3 FASE IV Retrabalho de BAIXA ALTA Mitigar Aplicar monitoramento e repassar -- Constante
– FASE atividade os procedimentos aos operários
DE entregue fora
ENCERR da
AMENTO conformidade
Plano de Gerenciamento de Riscos

VIII - Reservas de contingência


O gerente de projeto tem as seguintes autonomias quanto a utilização das reservas:

Reservas de Contingência Outras Reservas


Gerente do projeto Isoladamente Até R$ 2.000,00 Até R$ 1.000,00
Compras com Aval do Gerente do projeto Até R$ 1.000,00 Até R$ 1.000,00
Gerente do Projeto c/ Aval do Patrocinador Acima de R$ 2.000,00 até Acima de R$ 1.000,00 até
R$ 15.000,00 R$ 5.000,00

A autonômica acima delimitada será analisada por ocorrência das ações de respostas ao
risco e seguirá as diretrizes do plano de gerenciamento de custo.

IX - Frequência de avaliação dos riscos do projeto


Os riscos do projeto serão revisados semanalmente pelo gerente de projeto, pela área de
compras e pelo patrocinador.

X - Alocação financeira para o gerenciamento de riscos


Para as mudanças de caráter corretivo devem ser utilizado os recursos de Outras
Reservas observando a autonomia supracitada.

Com o fim das reservas deve ser revisto todas as demais alocações a fim de balancear o
orçamento do projeto

XI - Administração do plano de gerenciamento de riscos


1. Responsável pelo plano
• Ronilson Ronald Marques, gerente do projeto responderá pelo
gerenciamento dos custos do projeto sobe a supervisão do patrocinador.

• Carla Roberta Marques, responsável pelas compras, responderá pelo


gerenciamento dos custos na ausência do Ronilson.

2. Frequência de atualização do plano de gerenciamento de riscos


O plano de gerenciamento de risco será revisado quinzenalmente pelo
gerente de projeto, pela área de compras e pelo patrocinador.

XII - Outros assuntos relacionados ao gerenciamento de riscos do


projeto não previstos neste plano
Todos os eventos não previstos neste plano deverão ser analisados e
avaliado junto ao gerente do projeto e o patrocinador. Imediatamente após
sua aprovação, deverá ser atualizado no plano de gerenciamento de custos
com o devido registro das alterações efetivadas.
Plano de Gerenciamento de Riscos

XIII - Outros assuntos relacionados ao gerenciamento do escopo do


projeto não previstos neste plano
Todos os eventos não previstos neste plano deverão ser analisados e avaliado junto ao
gerente do projeto e o patrocinador. Imediatamente após sua aprovação, deverá ser
atualizado no plano de gerenciamento de custos com o devido registro das alterações
efetivadas.

REGISTRO DE ALTERAÇÕES
Data Modificado por Descrição da mudança
.
.

APROVAÇÕES
Ronilson Ronald Marques 13/05/2011
Durval Marques 13/05/2011

Nota: Quaisquer alterações neste documento deverão ser submetidas ao processo de controle de projeto no
site www.ricardovargas.com.br/fronteiras para aprovações antes de serem incorporadas a este documento.