Você está na página 1de 60

matemática 3 ANO

º
1º BIMESTRE

cadernos
CADERNO DO ALUNO

MATEMÁTICA

3 ANO
º

1º BIMESTRE

ESTE MATERIAL FOI ELABORADO COM A PARTICIPAÇÃO DOS


EDUCADORES DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE SALVADOR
SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO - SMED

Antonio Carlos Peixoto de Magalhães Neto Prefeito

Guilherme Cortizo Bellintani Secretário

Teresa Cozetti Pontual Subsecretária

Marília Castilho Diretora de Orçamento, Planejamento e Finanças

Joelice Braga Diretora Pedagógica

Gilmária Ribeiro da Cunha Gerente de Currículo

Luciene Costa dos Santos Gerente de Gestão Escolar

Neurilene Martins Ribeiro Coordenadora de Formação Pedagógica

Alana Márcia de Oliveira Santos Supervisora do Ensino Fundamental I

Ionara Pereira de Novais Souza Coordenadora Pedagógica do Ensino Fundamental I

Parceria Técnica

INSTITUTO CHAPADA DE EDUCAÇÃO E PESQUISA

Cybele Amado de Oliveira Presidente EQUIPE DE EDIÇÃO


Paola Gentile Coordenadora
Claudia Vieira dos Santos Secretária Executiva e Vice-Presidente
Denise Pellegrini Redatora-Chefe
Cybele Amado de Oliveira, Diretoras
Eliana Muricy e Fernanda Novaes Beatriz Vichessi, Ferdinando Editores
Casagrande, Gabriel Pillar
Elisabete Monteiro Coordenadora Pedagógica do Projeto Grossi, Ricardo Chaves Prado
e Ricardo Falzetta
EQUIPE DE LÍNGUA PORTUGUESA
Débora Rana e Renata Frauendorf Coordenadoras Sidney Cerchiaro (Coordenador), Revisores
Eduardo Teixeira Gonzaga,
Andrea Luise, Carla Tocchet, Sistematizadoras Manrico Patta Neto,
Dayse Gonçalves, Érica Faria Rosi Ribeiro Melo e Sueli Mazze
e Marly Barbosa
EQUIPE DE DIAGRAMAÇÃO Tramedesign
Telma Weisz Parecerista Marcelo Beltrame Produtor Executivo

EQUIPE DE MATEMÁTICA Camila Cogo Diretora de Arte e projeto gráfico


Priscila Monteiro e Ivonildes Milan Coordenadoras
Cleiton Barcelos, Ed Santana, Designers
Ana Clara Bin, Ana Flávia Alonço Sistematizadoras Enio Mazoni, Fabricio Vargas,
Castanho, Ana Ruth Starepravo, Marcelo Barros, Olivia Ferraz
Andréa Tambelli e Victor Casé
e Camilla Ritzmann
Ale Kalko Capa e ilustrações
Patricia Sadovsky Parecerista
Vânia Medeiros Ilustrações de abertura

Agradecemos a todas as instituições e pessoas que contribuíram para


a elaboração deste caderno com conteúdos, imagens, produções
culturais e, em especial, aos educadores da rede municipal de
Salvador, que participaram de todo o processo.

2016
Todos os direitos desta edição reservados à
SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO DE SALVADOR
Avenida Anita Garibaldi, 2981 – Rio Vermelho
40170-130 Salvador BA
Telefone (71) 3202-3160
www.educacao.salvador.ba.gov.br

Os textos extraídos de sites, blogs e livros foram adaptados conforme as regras gramaticais e as novas regras de ortografia.
ÍNDICE
um material com a identidade da rede 6
realizando um sonho possível 8
muitos jogos e desafios para você 10
adivinhação de um número 11
resolução e discussão de problemas 18
mercadinho do bairro 25
museus de salvador 33
medir em centímetros e metros 44
atividades de avaliação 55
apresentação

um material com a identidade da rede

MANUELA CAVADAS
ESTE CADERNO FOI CONSTRUÍDO A VÁRIAS MÃOS
E TEM COMO FIOS OS SONHOS DOS EDUCADORES DO MUNICÍPIO

PREZADO ALUNO, ESCOLAR COMPÕEM O ESCOPO DESSE


PROGRAMA. TUDO ISSO PARA TRANSFORMAR
É COM IMENSA ALEGRIA E SATISFAÇÃO NOSSA REALIDADE EDUCACIONAL E GARANTIR
QUE A SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO OS DIREITOS DE APRENDIZAGEM DE CADA UM
COMPARTILHA COM A COMUNIDADE EDUCATIVA DOS ESTUDANTES DA NOSSA REDE.
OS CADERNOS PEDAGÓGICOS DE LÍNGUA NO CONJUNTO, SÃO 40 CADERNOS
PORTUGUESA E DE MATEMÁTICA DO PROGRAMA PEDAGÓGICOS DESTINADOS AOS ESTUDANTES
NOSSA REDE – ENSINO FUNDAMENTAL I. ESSE DO 1º AO 5º ANO – 20 DE LÍNGUA PORTUGUESA
MATERIAL FOI CONSTRUÍDO A VÁRIAS MÃOS, E 20 DE MATEMÁTICA – E 40 VOLUMES
NA CERTEZA DE QUE NOSSOS ESTUDANTES PARA OS PROFESSORES. ESSA PRODUÇÃO
PODEM LER O MUNDO PARA ESCREVER A VIDA. REALIZOU-SE COM A ESCUTA DAS VOZES
ELE TEM COMO FIOS E TRAMAS OS SONHOS, DOS EDUCADORES, POR MEIO DE GRUPOS
AS UTOPIAS E O TRABALHO DOS EDUCADORES DE TRABALHO E DA PLATAFORMA VIRTUAL, E
DE SALVADOR PARA REINVENTAR A ESCOLA CONSIDEROU A IDENTIDADE E A AUTONOMIA
COMO ESPAÇO DE APRENDIZAGEM PARA DA REDE MUNICIPAL COMO PROTAGONISTAS
TODOS. A PUBLICAÇÃO DE DIRETRIZES DO PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO.
CURRICULARES MUNICIPAIS E DE MATERIAIS ESSE PROTAGONISMO REVELOU--SE NO
PEDAGÓGICOS, A REALIZAÇÃO DA FORMAÇÃO INVESTIMENTO ÉTICO, COGNITIVO E AFETIVO
CONTINUADA DE EDUCADORES E A AVALIAÇÃO DE PROFESSORES, COORDENADORES

6 MATEMÁTICA - 3º ANO
FOTOS: GUILHERME CORTIZO BELLINTANI, CIPÓ - COMUNICAÇÃO INTERATIVA E MANUELA CAVADAS

PEDAGÓGICOS E DIRETORES ESCOLARES,


QUE ASSUMIRAM A RESPONSABILIDADE DE
PRODUZIR, EM REGIME COLABORATIVO, ESSE
MATERIAL. DESTACAM-SE, NESSE SENTIDO,
TRÊS CARACTERÍSTICAS DOS CADERNOS:
A ADEQUAÇÃO PEDAGÓGICA E DIDÁTICA ÀS
IDENTIDADES EDUCACIONAIS E CULTURAIS
DE SALVADOR, A ATENÇÃO ÀS DEMANDAS
DE APRENDIZAGEM DOS ESTUDANTES E A
INOVAÇÃO PEDAGÓGICA, COM REFERÊNCIAS
DA LEGISLAÇÃO E DAS PESQUISAS DIDÁTICAS.
FAZER A FORMAÇÃO CONTINUADA E
DISPONIBILIZAR MATERIAIS PEDAGÓGICOS
CONTEXTUALIZADOS NOS RITMOS, NAS
CORES, NOS SABORES, NOS SABERES E NAS
RUBRICAS CULTURAIS DA NOSSA CIDADE É UM
CAMINHO PARA QUE AS TRANSFORMAÇÕES
ASSINALADAS NAS METAS PARA A EDUCAÇÃO
MUNICIPAL SE CONCRETIZEM NOS PROJETOS
EDUCATIVOS DE CADA ESCOLA. A URDIDURA DE
TAIS PROJETOS SE DÁ, SOBREMANEIRA, NAS
CONEXÕES QUE APROXIMAM OS PROFISSIONAIS
E OS INTERLIGAM EM NOME DE APRIMORAR A
EDUCAÇÃO PÚBLICA. ESTÁ EM NOSSAS MÃOS
A TECEDURA DE CENÁRIOS PEDAGÓGICOS, EM
REDE, COMPROMETIDOS COM A APRENDIZAGEM
DOS ESTUDANTES.
DESEJAMOS A TODOS UM EXCELENTE CICLO
PEDAGÓGICO!

OS CADERNOS PEDAGÓGICOS ESTÃO


CONTEXTUALIZADOS NOS RITMOS, NAS CORES, GUILHERME CORTIZO BELLINTANI
NOS SABORES E NOS SABERES DE SALVADOR SECRETÁRIO MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO

1º BIMESTRE 7
parceria

realizando um sonho possível

MANUELA CAVADAS
TRANSFORMAR A EDUCAÇÃO DE SALVADOR É O IDEAL
DE TODOS OS EDUCADORES QUE AQUI ATUAM

  FAZER COM QUE TODAS AS CRIANÇAS REPRESENTANTES DA SOCIEDADE CIVIL –,


TENHAM UMA EDUCAÇÃO PÚBLICA NA BUSCA DAS TRANSFORMAÇÕES
DE QUALIDADE. ESSE É O SONHO – DESEJADAS PARA A MELHORIA DO ENSINO
E TAMBÉM A MISSÃO – DO INSTITUTO NOS TERRITÓRIOS EM QUE ATUAMOS.
CHAPADA DE EDUCAÇÃO E PESQUISA (ICEP),   RECEBEMOS, EM 2015, O CONVITE
ORGANIZAÇÃO SEM FINS LUCRATIVOS QUE PARA NOS TORNARMOS PARCEIROS
INICIOU SUA ATUAÇÃO EM 2001, NO INTERIOR DA SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO DE
DA BAHIA, FORMANDO PROFESSORES. SALVADOR (SMED) NAS TAREFAS DE: REVISÃO
LOGO PERCEBEMOS QUE UMA ESCOLA DAS DIRETRIZES CURRICULARES
NÃO MUDA SOMENTE COM A ATUAÇÃO DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL I
DOCENTE E PARTIMOS PARA A FORMAÇÃO (DO 1º AO 5º ANO); PRODUÇÃO DOS CADERNOS
DE COORDENADORES PEDAGÓGICOS, PEDAGÓGICOS DE LÍNGUA PORTUGUESA
DIRETORES ESCOLARES E EQUIPES TÉCNICAS E MATEMÁTICA PARA ALUNOS E PROFESSORES
DAS SECRETARIAS DE EDUCAÇÃO. ASSIM, DESSE SEGMENTO; E FORMAÇÃO CONTINUADA
O ICEP FOI SE TORNANDO UMA INSTITUIÇÃO DE EDUCADORES DESSA MESMA ETAPA.
DE REFERÊNCIA NO TRABALHO EM REDES   NÃO HAVIA A POSSIBILIDADE DE REJEITAR
COLABORATIVAS – CONCEITO DE FORMAÇÃO UM CONVITE DESSA MAGNITUDE. AFINAL,
PROFISSIONAL QUE ENVOLVE TODO AJUDAR A TRANSFORMAR A EDUCAÇÃO DA
O CONJUNTO DE ATORES DA EDUCAÇÃO, CAPITAL DO NOSSO ESTADO É MAIS DO QUE
AÍ INCLUÍDOS PAIS, ESTUDANTES E UMA HONRA: É O IDEAL DE TODOS OS

8 MATEMÁTICA - 3º ANO
FOTOS: MANUELA CAVADAS

DA CONSTRUÇÃO COLETIVA E SER COAUTORES


DOS MATERIAIS PEDAGÓGICOS. A ADESÃO
FOI IMEDIATA. O ENTUSIASMO CONTAGIOU
A TODOS. FORAM CRIADOS DIVERSOS GRUPOS:
• GRUPO DE TRABALHO INSTITUCIONAL (GTI),
REUNINDO A EQUIPE TÉCNICA DA SMED
E DAS COORDENAÇÕES REGIONAIS
E AS COORDENADORAS DO PROJETO.
• GRUPOS DE TRABALHO REGIONAL (GTRS),
FORMADOS PELOS GESTORES ESCOLARES,
COORDENADORES PEDAGÓGICOS E DOCENTES
DAS DEZ REGIONAIS DE SALVADOR (CIDADE
BAIXA E LIBERDADE, ITAPUÃ, CENTRO,
ORLA, CABULA, CAJAZEIRAS, SUBÚRBIO I,
SUBÚRBIO II, PIRAJÁ E SÃO CAETANO).
• GRUPOS DE TRABALHO ESCOLAR (GTES),
COM OS PROFESSORES DE CADA UNIDADE
ESCOLHENDO ATIVIDADES DE SUCESSO PARA
DOS GRUPOS DE TRABALHO À SALA QUE FOSSEM INCORPORADAS AO MATERIAL.
DE AULA, A CONSTRUÇÃO DOS CADERNOS • GRUPO DE GESTÃO E AVALIAÇÃO, FORMADO
ALIOU FORMAÇÃO A MOBILIZAÇÃO POR REPRESENTANTES DA SMED
E EDUCADORES CONVIDADOS.
EDUCADORES QUE AQUI ATUAM. ALÉM DISSO,   TEMOS CERTEZA DE QUE TODA ESSA
TIVEMOS TOTAL APOIO DA SMED PARA QUE, MOBILIZAÇÃO E EMPOLGAÇÃO ESTÃO
NESSE PROJETO, FOSSE MANTIDA NOSSA IMPRESSAS NAS PÁGINAS DESSES CADERNOS
METODOLOGIA DE TRABALHO COLABORATIVO E QUE ELAS CONTAGIARÃO CADA PROFESSOR E
EM REDE, PROMOVENDO A FORMAÇÃO CADA ALUNO DESTA REDE, DESTA NOSSA REDE!
CONTINUADA DE EDUCADORES ALIADA   APROVEITEM ESTE MATERIAL, DO QUAL
À MOBILIZAÇÃO SOCIAL. TANTO NOS ORGULHAMOS!
  PARA CRIAR OS CADERNOS PEDAGÓGICOS   BOA AULA A TODOS!
QUE AGORA VOCÊ TEM EM MÃOS, OCORRERAM
DEZENAS DE ENCONTROS, EM VÁRIAS
INSTÂNCIAS. NO PRIMEIRO FOI REALIZADA
UMA CONSULTA PÚBLICA PARA SABER CYBELE AMADO DE OLIVEIRA
SE OS EDUCADORES ACEITAVAM PARTICIPAR PRESIDENTE DO ICEP

1º BIMESTRE 9
como é o seu caderno

MUITOS JOGOS E DESAFIOS PARA VOCÊ


 OLÁ! É A MELHOR RESPOSTA. EM OUTRAS,
TRABALHARÁ COM A TURMA TODA.
  ANO NOVO, MATERIAL NOVO! ESTE É O EM ALGUMAS OCASIÕES, SERÁ PRECISO
PRIMEIRO CADERNO DE MATEMÁTICA DE 2016! LER OU FAZER CÁLCULOS SOZINHO.
SÃO QUATRO NO TOTAL. COM ELES, VOCÊ MAS NÃO SE PREOCUPE! VOCÊ VAI RECEBER
VAI TER CONTATO COM MUITOS CONTEÚDOS AS ORIENTAÇÕES SOBRE COMO TRABALHAR.
LEGAIS DESSA DISCIPLINA, RESOLVER SE QUISER ANTECIPAR, PRESTE ATENÇÃO
DESAFIOS E APRECIAR LINDAS ILUSTRAÇÕES NA FIGURA LOCALIZADA AO LADO DAS
CRIADAS POR ARTISTAS PLÁSTICOS DA BAHIA ATIVIDADES, COMO AS QUE ESTÃO LOGO
ESPECIALMENTE PARA VOCÊ. TEM TAMBÉM ABAIXO. POR EXEMPLO: SE APARECER A
JOGOS BEM DIVERTIDOS! MÃOZINHA COM OS DOIS DEDOS EM FORMA
  OS CADERNOS TRAZEM ATIVIDADES DE V, É PARA FAZER COM UM COLEGA. ESSA
COM QUESTÕES PARA QUE VOCÊ APRENDA ORGANIZAÇÃO PERMANECE ATÉ APARECER
A RESOLVER PROBLEMAS MATEMÁTICOS OUTRO ÍCONE, QUE PODE SER O QUE TEM
COM MAIS AUTONOMIA À MEDIDA QUE AVANÇA OS BALÕEZINHOS IGUAIS AOS DAS TIRINHAS
NOS CONHECIMENTOS DESSA ÁREA. DE QUADRINHOS – SINAL DE QUE É HORA
  AS ATIVIDADES PODEM SER REALIZADAS DE DISCUTIR O ASSUNTO ENTRE TODOS.
DE DIVERSAS MANEIRAS. MUITAS VEZES VOCÊ  
VAI TRABALHAR COM UM COLEGA PARA QUE   VEJA O QUE SIGNIFICA CADA ÍCONE
OS DOIS DISCUTAM ANTES DE DECIDIR QUAL E BOM ESTUDO!

para fazer para fazer para fazer


individualmente em dupla Em grupo

hora do PARA DISCUTIR


jogo ENTRE TODOS
10 MATEMÁTICA - 3º ANO
adivinhação
de um número

VÂNIA MEDEIROS

1º BIMESTRE 11
adivinhação de um número
MATERIAL
QUADRO NUMÉRICO OU FITA MÉTRICA.

PARTICIPANTES
DOIS OU MAIS.

OBJETIVO
ADIVINHAR O NÚMERO PENSADO POR OUTRO JOGADOR.

MODO DE JOGAR
1. O PRIMEIRO JOGADOR ESCOLHE UM NÚMERO ENTRE 1 E 1.000 E O
ANOTA NUM PAPEL SEM QUE OS OUTROS VEJAM.
2. EM SEGUIDA, OS DEMAIS JOGADORES TENTAM ADIVINHAR QUAL FOI
O NÚMERO ESCOLHIDO FAZENDO PERGUNTAS, UM DE CADA VEZ. AS
PERGUNTAS PODEM SER RESPONDIDAS APENAS COM “SIM” OU “NÃO”.
CADA JOGADOR SÓ PODE FAZER UMA PERGUNTA POR VEZ.
3. QUEM ADIVINHAR O NÚMERO ESCOLHIDO, NA SUA VEZ DE PERGUNTAR
PODE ARRISCAR UMA RESPOSTA. SE ESTIVER CERTA, GANHARÁ A RODADA!
4. O VENCEDOR SERÁ AQUELE QUE ADIVINHAR MAIS NÚMEROS.

1 NOS QUADROS ABAIXO, ANOTE DOIS NÚMEROS QUE VOCÊ USOU


NO JOGO E ALGUMAS DAS PERGUNTAS FEITAS PELOS COLEGAS.

NÚMERO PENSADO: NÚMERO PENSADO:

PERGUNTAS FEITAS PELOS COLEGAS: PERGUNTAS FEITAS PELOS COLEGAS:

12 MATEMÁTICA - 3º ANO
ADIVINHAÇÃO DE UM NÚMERO

2 SEUS COLEGAS CONSEGUIRAM DESCOBRIR O NÚMERO QUE VOCÊ


PENSOU? TODAS AS PERGUNTAS FORAM APROVEITADAS?

3 REGINA E SEUS ALUNOS JOGAVAM ADIVINHAÇÃO DE UM


NÚMERO ATÉ O 1.000. ELA ESCOLHEU UM NÚMERO E SEUS ALUNOS
FIZERAM PERGUNTAS.

A) QUAIS DESSAS PERGUNTAS AJUDARAM A ADIVINHAR O NÚMERO MAIS


RAPIDAMENTE? ANOTE ABAIXO.

B) ESCOLHA UMA PERGUNTA QUE PODERIA SER MELHORADA PARA


AJUDAR A DESCOBRIR O NÚMERO MAIS RAPIDAMENTE.

1º BIMESTRE 13
4 A PROFESSORA REGINA PENSOU NO NÚMERO 356. VEJA
ALGUMAS DAS PERGUNTAS QUE SEUS ALUNOS FIZERAM E COMPLETE
COM AS RESPOSTAS QUE ELA DEVERIA DAR.

É MENOR QUE 500? É MAIOR QUE 360?

É MAIOR QUE 200? É MAIOR QUE 355?

É MAIOR QUE 400? É O 358?

É MENOR QUE 300? TERMINA COM 7?

É MENOR QUE 350? É O 356?

A PRIMEIRA PERGUNTA FEITA PELOS ALUNOS É MUITO BOA! POR QUE SERÁ?
CONVERSE COM A TURMA E DESCUBRA A IMPORTÂNCIA DESSA PERGUNTA
PARA O ANDAMENTO DO JOGO.

5 JUNTO COM OS COLEGAS, PENSE EM DICAS PARA SE SAIR BEM NO


JOGO. SEU PROFESSOR FARÁ UM CARTAZ COM ESSAS DICAS.

14 MATEMÁTICA - 3º ANO
ADIVINHAÇÃO DE UM NÚMERO

6 ABAIXO VOCÊS ENCONTRARÃO UMA RETA NUMÉRICA. DESCUBRAM


COMO ESTÁ ORGANIZADA E COMPLETEM COM OS NÚMEROS QUE FALTAM.

0 500 1.000

ZERO QUINHENTOS MIL

A) COMO A RETA NUMÉRICA ESTÁ ORGANIZADA?

B) NESTA RETA, ONDE ESTARIA O NÚMERO 101?

C) E O 850? E O 950?

D) CONVERSE COM OS COLEGAS E O PROFESSOR SOBRE COMO


LOCALIZARAM OS NÚMEROS NA RETA.

E) ESCREVA OS NÚMEROS ABAIXO POR EXTENSO:

200

400

700

1º BIMESTRE 15
7 VALÉRIA USOU A RETA NUMÉRICA PARA DESCOBRIR UM NÚMERO
NO JOGO. LEIA AS PISTAS DADAS PARA O NÚMERO 660 E VEJA COMO
ELA USOU A RETA.

A) É MAIOR QUE 500.


B) É MENOR QUE 800.
C) É MENOR QUE 700.
D) NÃO ESTÁ ENTRE O 500 E O 600.
E) É MAIOR QUE 650.
F) TEM O ALGARISMO 6 NO MEIO.
G) TERMINA COM ZERO.

JUNTO COM OS COLEGAS E O PROFESSOR DESCUBRA COMO VALÉRIA


USOU A RETA NUMÉRICA PARA ACHAR MAIS RAPIDAMENTE O NÚMERO 660.

8 AGORA É SUA VEZ DE USAR A RETA NUMÉRICA. JUNTO COM UM


COLEGA, LEIA AS PISTAS E USE A RETA PARA DESCOBRIR O NÚMERO
PEDIDO.

0 100 200 300 400 500 600 700 800 900 1.000

A) É MENOR QUE 500.


B) É MAIOR QUE 200.
C) ESTÁ ENTRE O 300 E O 400.
D) É MENOR QUE 400.
E) TERMINA COM 00.

O NÚMERO É

COMPARE O JEITO QUE VOCÊ E SEU COLEGA USARAM A RETA COM


OUTRA DUPLA.

16 MATEMÁTICA - 3º ANO
ADIVINHAÇÃO DE UM NÚMERO

9 JOGUE ADIVINHAÇÃO DE UM NÚMERO NOVAMENTE. DESTA VEZ,


USE AS RETAS NUMÉRICAS ABAIXO PARA REGISTRAR AS PARTIDAS.

A) 1ª PARTIDA.

0 100 200 300 400 500 600 700 800 900 1.000

O NÚMERO DESCOBERTO FOI

B) 2ª PARTIDA.

0 100 200 300 400 500 600 700 800 900 1.000

O NÚMERO DESCOBERTO FOI

COM OS COLEGAS E O PROFESSOR, LEIAM O CARTAZ COM AS PISTAS


DADAS PARA O JOGO FEITO NA ATIVIDADE 5. VOCÊS MODIFICARIAM
ALGUMA PISTA? ACRESCENTARIAM OUTRA PISTA?
QUAIS DELAS VOCÊS MANTERIAM?

10 LEIA AS DICAS E DESCUBRA QUAL É O NÚMERO EM CADA QUADRO.

QUE NÚMERO SERÁ?

• TEM TRÊS ALGARISMOS. • TEM TRÊS ALGARISMOS.


• É MENOR QUE 800. • É MENOR QUE 900.
• É MAIOR QUE 500. • ESTÁ ENTRE O 600 E O 700.
• ESTÁ ENTRE O 600 E O 700. • ESTÁ ENTRE O 670 E O 680.
• TERMINA EM 5. • TERMINA EM 8.
• ESTÁ ENTRE O 680 E O 690.
O NÚMERO É O NÚMERO É

• É MENOR QUE 500. • TEM DOIS ALGARISMOS.


• É MAIOR QUE 400. • É MENOR QUE 50.
• TERMINA EM ZERO. • TERMINA EM 4.
• ESTÁ ENTRE O 485 E O 495. • ESTÁ ENTRE O 20 E O 30.

O NÚMERO É O NÚMERO É

1º BIMESTRE 17
resolução e discussão
de problemas

VÂNIA MEDEIROS

18 MATEMÁTICA - 3º ANO
RESOLUÇÃO E DISCUSSÃO DE PROBLEMAS

resolução e discussão de problemas


1 NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA, OS ALUNOS ORGANIZARAM
TRÊS TIMES PARA UMA GINCANA. BRINCARAM DE CORRIDA DE SACO E
DE BALEADO VALENDO PONTOS. CALCULE E COMPLETE A TABELA.

EQUIPE CORRIDA DE SACO BALEADO TOTAL DE PONTOS

VERMELHA 19 7

AMARELA 10 35

VERDE 17 29

USE ESTE ESPAÇO PARA REALIZAR OS CÁLCULOS.

A) QUANTOS PONTOS FEZ A EQUIPE VERMELHA NO TOTAL?

B) QUANTOS PONTOS FEZ A EQUIPE AMARELA NA CORRIDA DE SACO?

C) QUANTOS PONTOS FEZ A EQUIPE VERDE NO BALEADO?

1º BIMESTRE 19
2 RESOLVA ESTES PROBLEMAS DA MELHOR FORMA POSSÍVEL.

A) ISABELA GANHOU 15 FIGURINHAS, AGORA TEM 58. QUANTAS


FIGURINHAS ELA TINHA ANTES?

RESPOSTA:

B) JULIANO E SEU IRMÃO JUNTARAM CONCHINHAS


NA PRAIA. CONSEGUIRAM 95 CONCHINHAS. SE
JULIANO CATOU 44, QUANTAS SÃO AS DE SEU IRMÃO?

RESPOSTA:

C) LEIA NOVAMENTE OS PROBLEMAS ACIMA. JUNTO COM SEU COLEGA,


ANOTE O QUE ELES TÊM EM COMUM.

20 MATEMÁTICA - 3º ANO
RESOLUÇÃO E DISCUSSÃO DE PROBLEMAS

3VEJA COMO ALGUMAS CRIANÇAS DO 3º ANO RESOLVERAM


O PROBLEMA DA ATIVIDADE ANTERIOR.

ISABELA GANHOU 15 FIGURINHAS, AGORA TEM 58.


QUANTAS FIGURINHAS ELA TINHA ANTES?
EU PENSEI QUE TINHA DE JÚLIA
DAR 40 E POUCO PORQUE
50 – 10 = 40. DAS 58 FIGURINHAS
EU PENSEI ASSIM: QUANTO QUE TINHA NO FINAL,
ELA TINHA ANTES + 15 = 58. EU CORTEI 15 QUE ELA GANHOU.
COLOQUEI O 15 E FUI SOMANDO 10 + 10 + 10 + 10 + 10 + 8
NÚMEROS ATÉ CHEGAR AO 58.
ESSE 8 VIROU 3,
15 + 10 + 10 + 10 + 10 + 3 = 58
DEU 43.
PRECISEI SOMAR 43 PARA
CHEGAR AO 58.
EU PENSEI QUE
TINHA DE TIRAR
MARCELO 58
O QUE ELA GANHOU
15
PARA DESCOBRIR
43
QUANTAS TINHA
ANTES.

KARINA

A) VOCÊ ENTENDEU COMO ESSES ALUNOS RESOLVERAM O PROBLEMA?


SIM NÃO

B) QUAL DESSES PROCEDIMENTOS É MAIS PARECIDO COM O QUE VOCÊ


ELABOROU AO RESOLVER O PROBLEMA? NO QUE SE PARECEM? NO QUE
SÃO DIFERENTES?

C) NO INÍCIO DA RESOLUÇÃO DE JÚLIA, ELA FEZ UM CÁLCULO ESTIMADO,


ISTO É, UMA CONTA APROXIMADA. VOCÊ JÁ FEZ CONTAS DESSE JEITO?

1º BIMESTRE 21
4 LEONARDO ESTAVA RESOLVENDO ESTE PROBLEMA, MAS NÃO
SABE COMO ACABAR. VOCÊ PODE AJUDÁ-LO?

MARIA TEM 23 PULSEIRINHAS E ISABELA TEM 45.


QUANTAS ISABELA TEM A MAIS DO QUE MARIA?

EU PENSEI QUE, SE
TEM “A MAIS”, PRECISA 23
+
FAZER UMA CONTA DE 45
MAIS. DAÍ FIZ: 68

SÓ QUE ACHEI QUE É UM NÚMERO


MUITO GRANDE, MAIOR DO QUE 45, QUE
É A QUANTIDADE DE PULSEIRINHAS DE
ISABELA. NÃO SEI COMO FAZER!

ESCREVA UMA DICA PARA O LEONARDO ACABAR DE RESOLVER O


PROBLEMA.

5 JOAQUIM TEM 38 BOLINHAS DE GUDE E FRANCISCO TEM 12 A


MAIS DO QUE JOAQUIM. QUANTAS BOLINHAS DE GUDE TEM FRANCISCO?

RESPOSTA:

22 MATEMÁTICA - 3º ANO
RESOLUÇÃO E DISCUSSÃO DE PROBLEMAS

VEJA COMO VITÓRIA RESOLVEU O PROBLEMA.

PENSEI TAMBÉM EM
VOU ESCREVER OUTRO JEITO DE FAZER:
O 38 ASSIM:
10 + 10 + 10 + 8 38
+
12
E COLOCAR 410
12 A MAIS:
10 + 2 FAZENDO UMA ESTIMATIVA,
O RESULTADO DÁ MAIS DE
AGORA VOU CONTAR
40, MAS NA CONTA DEU UM
QUANTO DEU:
10 + 10 + 10 + 10 + 8 + 2 = 50 NÚMERO MUITO GRANDE.
ONDE SERÁ QUE EU ERREI?

PARA VOCÊ, ONDE FOI QUE VITÓRIA ERROU? NA ESTIMATIVA, NA


DECOMPOSIÇÃO DOS NÚMEROS OU NA CONTA ARMADA?

1º BIMESTRE 23
6 LEIA AS AFIRMAÇÕES ABAIXO E MARQUE UM X NAQUELAS COM AS
QUAIS VOCÊ CONCORDA:

A) OS PROBLEMAS DESTA SEQUÊNCIA FORAM MUITO FÁCEIS DE


RESOLVER.

B) OS PROBLEMAS DESTA SEQUÊNCIA PODEM SER RESOLVIDOS DE


MUITOS JEITOS DIFERENTES.

C) ESTES PROBLEMAS PODEM SER RESOLVIDOS COM UMA


SUBTRAÇÃO.

D) PODEMOS FAZER DE MUITAS FORMAS, MAS A SUBTRAÇÃO É A


MAIS CURTA.

E) ALGUNS PROBLEMAS COM A EXPRESSÃO “A MAIS” SE RESOLVEM


COM SUBTRAÇÃO.

7 COMPARE SUAS RESPOSTAS DA ATIVIDADE ANTERIOR COM AS DOS


COMPANHEIROS DE CLASSE. TODOS ASSINALARAM OS MESMOS ITENS?
O QUE O 3º ANO APRENDEU RESOLVENDO ESSES PROBLEMAS?

24 MATEMÁTICA - 3º ANO
mercadinho
do bairro

VÂNIA MEDEIROS

1º BIMESTRE 25
mercadinho do bairro
1 RESOLVA ESTES PROBLEMAS COM O COLEGA.

A) JOSUÉ TINHA 24 REAIS NA CARTEIRA. FOI AO MERCADINHO E GASTOU


11 REAIS. QUANTO ELE TEM AGORA?

RESPOSTA:

B) DONA JOANA COMPROU UM BOLO E UM REFRIGERANTE PARA


RECEBER VISITAS EM CASA, MAS NÃO LEMBRA QUANTO PAGOU NO
BOLO. SE ELA GASTOU 35 REAIS NO MERCADO E O REFRIGERANTE
CUSTOU 7 REAIS, QUANTO CUSTOU O BOLO?

RESPOSTA:

C) FRANCISCO TEM 36 REAIS E PATRÍCIA TEM 54 REAIS.


QUANTO PATRÍCIA TEM A MAIS DO QUE FRANCISCO?

RESPOSTA:

26 MATEMÁTICA - 3º ANO
MERCADINHO DO BAIRRO

2 NO MERCADINHO VITÓRIA HÁ ITENS PARA O LANCHE COM


DIFERENTES PREÇOS. OBSERVE-OS E RESOLVA OS PROBLEMAS
A SEGUIR.

A) DONA JOSEFA QUER FAZER UM LANCHE PARA SUA NETA GASTANDO


20 REAIS. COMO ELA PODE MONTAR O LANCHE?

RESPOSTA:

B) DE QUE OUTRAS FORMAS DONA JOSEFA PODERIA MONTAR ESSE


LANCHE GASTANDO ATÉ 20 REAIS?

RESPOSTA:

1º BIMESTRE 27
C) COM 10 REAIS É POSSÍVEL COMPRAR UM PACOTE DE BISCOITO E
DOIS SUCOS? EXPLIQUE.

RESPOSTA:

D) SE VOCÊ COMPRAR UM MATE GELADO, DOIS PICOLÉS, UMA PIPOCA


DOCE E UMA COCADA E PAGAR COM UMA NOTA DE 20 REAIS, RECEBERÁ
TROCO? DE QUANTO SERÁ O TROCO?

RESPOSTA:

E) CARLOS E ANA FIZERAM AS COMPRAS PARA O LANCHE. CARLOS


COMPROU UM PACOTE DE BISCOITO, UM MATE GELADO E UM PICOLÉ.
ANA COMPROU DUAS COCADAS, UMA PIPOCA DOCE E UM SUCO DE
FRUTAS. QUEM GASTOU MAIS? QUANTO A MAIS?

RESPOSTA:

28 MATEMÁTICA - 3º ANO
MERCADINHO DO BAIRRO

3 AGORA CHEGOU A HORA DE PENSAR SOBRE OS PROBLEMAS


RESOLVIDOS NAS ATIVIDADES ANTERIORES. CONVERSE COM OS COLEGAS
E O PROFESSOR COM BASE NAS QUESTÕES ABAIXO.

A) VOCÊ CONSEGUIU RESOLVER TODOS OS PROBLEMAS?

B) QUAL FOI O PROBLEMA MAIS DIFÍCIL? POR QUÊ?

C) VOCÊ USOU NÚMEROS EM TODAS AS RESPOSTAS?

D) ALGUNS DOS PROBLEMAS RESOLVIDOS TIVERAM MAIS DO QUE UMA


RESPOSTA? QUAIS?

E) EM ALGUM DESSES PROBLEMAS FOI PRECISO SOMAR VÁRIOS


NÚMEROS? É POSSÍVEL SOMAR EM ORDEM DIFERENTE?

F) CONVERSE COM OS COLEGAS E O PROFESSOR SOBRE AS CONCLUSÕES


A QUE CHEGARAM COM BASE NA ANÁLISE DAS PERGUNTAS.

1º BIMESTRE 29
4 RESOLVA OS PRÓXIMOS PROBLEMAS COM UM COLEGA
LEMBRANDO DAS DISCUSSÕES REALIZADAS NA ATIVIDADE ANTERIOR.

A) EM UM MERCADINHO DE SEU BAIRRO, JULIANO FEZ UMA COMPRA QUE


DEU 69 REAIS. ELE QUER LEVAR TAMBÉM UMA BANQUETA NOVA PARA
SUA COZINHA. A BANQUETA CUSTA 40 REAIS. UMA NOTA DE 100 REAIS
É SUFICIENTE PARA PAGAR TUDO? EXPLIQUE.

RESPOSTA:

B) O SUPERMERCADO TEM 90 FUNCIONÁRIOS QUE


TRABALHAM DISTRIBUÍDOS POR TURNOS. NO PRIMEIRO
TURNO, DAS 7 ÀS 15 HORAS, TRABALHA METADE DOS
FUNCIONÁRIOS. QUANTOS TRABALHAM NO SEGUNDO TURNO?

RESPOSTA:

30 MATEMÁTICA - 3º ANO
MERCADINHO DO BAIRRO

5 UM FUNCIONÁRIO DO MERCADO PRECISA LEVAR ALGUMAS


CAIXAS PARA O ESTOQUE. ELE PODE LEVAR AS TRÊS CAIXAS JUNTAS
NO CARRINHO?

RESPOSTA:

A) OBSERVE COMO PAULA E RICARDO RESOLVERAM O PROBLEMA


DA ATIVIDADE 4. VOCÊ CONCORDA COM RICARDO? ESSE PROBLEMA
PODERIA SER RESOLVIDO SEM FAZER CÁLCULOS?

EU NÃO FIZ CONTA.


EU FIZ A CONTA JÁ SEI QUE
PAULA 69 + 40 = 109 60 + 40 = 100 RICARDO
E VI QUE IA ENTÃO, 69 + 40 COM
PASSAR DE 100. CERTEZA PASSA DE 100!

6 NO PROBLEMA 4B ERA PRECISO CALCULAR A METADE DE 90.


JUNTO COM O COLEGA, ANALISE A FORMA COMO JÚLIA CALCULOU.

PENSEI QUE 90 É 50 + 40.


ENTÃO, CALCULEI A METADE
DE 50 E A METADE DE 40.
METADE DE 50 É 25,
E METADE DE 40 É 20. ENTÃO, A METADE JÚLIA
25 + 20 = 45 DE 90 É 45.

1º BIMESTRE 31
A) VOCÊS ENTENDERAM O CÁLCULO DE JÚLIA?

B) CALCULEM A METADE DESTES NÚMEROS USANDO A ESTRATÉGIA DE JÚLIA.

70

130

250

7 LEIAM NOVAMENTE AS CONCLUSÕES QUE VOCÊS ANOTARAM NO


COMEÇO DA SEQUÊNCIA. VOCÊS ACRESCENTARIAM ALGO A ELAS?

32 MATEMÁTICA - 3º ANO
museus
de salvador

VÂNIA MEDEIROS

1º BIMESTRE 33
museus de salvador
1 ASSINALE POR QUAIS DESTES LUGARES VOCÊ PASSA NO CAMINHO
DE CASA ATÉ A ESCOLA:

PRAIA MERCADO PRAÇA SORVETERIA

2 QUAL CAMINHO VOCÊ FAZ PARA IR DE CASA ATÉ A ESCOLA?


DESCREVA-O.

3 NO CAMINHO ATÉ A ESCOLA, VOCÊ PASSA POR ALGUM PONTO


TURÍSTICO? QUAL?

4 DESENHE ALGUNS PONTOS DE REFERÊNCIA LOCALIZADOS ENTRE


SUA CASA E A ESCOLA.

34 MATEMÁTICA - 3º ANO
MUSEUS DE SALVADOR

5 MÁRCIA VISITOU O MUSEU NÁUTICO DA BAHIA, NO FAROL DA


BARRA. COMO SAIU CEDO DE LÁ, PENSOU EM VISITAR MAIS UM MUSEU
NA MESMA TARDE. DECIDIU IR CAMINHANDO ATÉ O PALACETE DAS
ARTES, NA RUA DA GRAÇA.

A) POR ONDE MÁRCIA PODE IR? MARQUE NO MAPA UM CAMINHO QUE ELA
PODERÁ FAZER ATÉ O PALACETE DAS ARTES.

DADOS DO MAPA ©2015 GOOGLE


PALACETE DAS ARTES

IGREJA SANTO ANTÔNIO DA BARRA

MUSEU NÁUTICO DA BAHIA

B) EXISTE UMA ÚNICA POSSIBILIDADE?

C) TRACE NO MAPA UM CAMINHO QUE POSSA LEVAR MÁRCIA AO


PALACETE DAS ARTES PASSANDO PELA IGREJA DE SANTO ANTÔNIO DA
BARRA. E, NESTE CASO, HÁ MAIS DE UMA POSSIBILIDADE?

1º BIMESTRE 35
6 JUNTO COM UM COLEGA, COMPARE ESTES DOIS MAPAS DA CIDADE
DE SALVADOR E RESPONDA ÀS PERGUNTAS A SEGUIR.

MAPA 1

DADOS DO MAPA ©2015 GOOGLE


MAPA 2

ARTEMAPAS

36 MATEMÁTICA - 3º ANO
MUSEUS DE SALVADOR

A) QUAL PARTE DA CIDADE ESTÁ REPRESENTADA NESTES DOIS MAPAS?

B) SUA ESCOLA ESTÁ REPRESENTADA NELES?

C) É POSSÍVEL LOCALIZAR SUA CASA NOS MAPAS?

D) POR QUE O MAPA 2 FOI FEITO DESSA FORMA?

E) CONVERSE COM A TURMA SOBRE AS DIFERENÇAS QUE PUDERAM SER


OBSERVADAS NOS DOIS MAPAS ANALISADOS.

ANALUZ SANTOS NASCIMENTO


EM PAROQUIAL DA VITÓRIA

1º BIMESTRE 37
7 O TEXTO ABAIXO EXPLICA COMO FOI A TARDE DE PASSEIO DE UMA
FAMÍLIA. LEIA-O E OBSERVE O MAPA QUE O ACOMPANHA.

NO SÁBADO, EU E MINHA FAMÍLIA RESOLVEMOS FAZER UMA TARDE DE PASSEIO POR MUSEUS EM
SALVADOR. ESCOLHEMOS CAMINHAR E COMEÇAMOS PELO PALACETE DAS ARTES. O ACERVO
É COMPOSTO DE ESCULTURAS DE RODIN DE GESSO, EXPOSTAS EM UM CASARÃO LINDO E
ANTIGO, COM UM JARDIM MUITO GOSTOSO. DEPOIS SEGUIMOS POR UMA RUA LINDA, CHEIA DE
ÁRVORES, O CORREDOR DA VITÓRIA (AVENIDA 7 DE SETEMBRO). PARAMOS NO MUSEU DE ARTE
DA BAHIA. ALI ESTÃO EXPOSTOS VÁRIOS MÓVEIS ANTIGOS, PINTURAS DE SALVADOR DA ÉPOCA
DA CHEGADA DOS PORTUGUESES E MAPAS DA BAÍA DE TODOS OS SANTOS, ALÉM DE ALGUMAS
EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS. PASSAMOS AINDA NA FRENTE DO MUSEU GEOLÓGICO DA BAHIA, DO
MUSEU CARLOS COSTA PINTO E DO INSTITUTO GOETHE. NÃO ENTRAMOS EM NENHUM DELES,
MAS FOI LEGAL DESCOBRIR QUE TEM TANTA COISA NO CORREDOR DA VITÓRIA! PASSAMOS, EM
SEGUIDA, PELO TCA (TEATRO CASTRO ALVES), PARA VER A PROGRAMAÇÃO E COMPRAR INGRESSO
PARA UMA PEÇA. DE LÁ DESCEMOS ATÉ A AVENIDA CONTORNO (AVENIDA LAFAYETE COUTINHO)
E FOMOS AO SOLAR DO UNHÃO, UM ANTIGO CASARÃO DOS SENHORES DE ENGENHO QUE HOJE
ABRIGA O MUSEU DE ARTE MODERNA. ESSE MUSEU TEM OFICINAS ESPECIAIS PARA CRIANÇAS!

DADOS DO MAPA ©2015 GOOGLE


MUSEU DE ARTE MODERNA DA BAHIA

TEATRO CASTRO ALVES

MUSEU DE ARTE DA BAHIA

PALACETE DAS ARTES

38 MATEMÁTICA - 3º ANO
MUSEUS DE SALVADOR

A) O PRIMEIRO LUGAR VISITADO PELA FAMÍLIA FOI O


PALACETE DAS ARTES, NA RUA DA GRAÇA. LOCALIZE-O
E MARQUE COM UM LÁPIS VERMELHO NO MAPA.

B) O MUSEU DE ARTE DA BAHIA FICA NA AVENIDA


7 DE SETEMBRO. LOCALIZE-O E MARQUE COM LÁPIS
AZUL NO MAPA.

C) A FAMÍLIA TAMBÉM PASSOU PELO TEATRO CASTRO


ALVES E PAROU NO MUSEU DE ARTE MODERNA.
MARQUE NO MAPA ESSES DOIS LUGARES COM LÁPIS VERDE.

D) EXPLIQUE QUAL É O CAMINHO QUE A FAMÍLIA FEZ PARA IR DO


PALACETE DAS ARTES ATÉ O MUSEU DE ARTE DA BAHIA.

E) PENSE EM OUTROS CAMINHOS QUE A FAMÍLIA PODERIA FAZER PARA


VISITAR ESSES QUATRO LOCAIS.

F) CONVERSE COM A TURMA E COM O PROFESSOR SOBRE ESTAS


QUESTÕES:

• QUANTAS POSSIBILIDADES DE CAMINHO FORAM ENCONTRADAS?


• QUAL FOI O CAMINHO MAIS CURTO?

1º BIMESTRE 39
8 AS IMAGENS ABAIXO MOSTRAM UMA PARTE DA CIDADE DE
SALVADOR. JUNTO COM UM COLEGA, COMPARE ESTAS IMAGENS.

DADOS DO MAPA ©2015 GOOGLE


1

PRAÇA DE SANTO
ANTÔNIO DA BARRA
©2015 GOOGLE, CNES / ASTRIUM, DIGITALGLOBE, TERRAMETRIS

©2015 GOOGLE, CNES / ASTRIUM, DIGITALGLOBE, TERRAMETRIS

2 3

40 MATEMÁTICA - 3º ANO
MUSEUS DE SALVADOR

A) DE ONDE VOCÊS ACHAM QUE FORAM TIRADAS AS FOTOS 2 E 3?

B) QUAIS SÃO AS SEMELHANÇAS E AS DIFERENÇAS QUE EXISTEM ENTRE


AS TRÊS IMAGENS?

C) LOCALIZE O FAROL DA BARRA NO MAPA 1 E MARQUE COM UM X .

D) LOCALIZE O FAROL DA BARRA NAS FOTOS 2 E 3 E MARQUE COM UM X.

E) A PRAÇA DE SANTO ANTÔNIO DA BARRA ESTÁ MARCADA NO MAPA 1.


É POSSÍVEL LOCALIZÁ-LA NA FOTO 2? E NA FOTO 3?

F) AS FOTOS 2 E 3 MOSTRAM DUAS GRANDES ÁREAS VERDES. COMO


SABER QUAL DELAS É A PRAÇA DE SANTO ANTÔNIO DA BARRA?

G) NO MAPA 1 PODEMOS IDENTIFICAR ALGUNS NOMES DE RUA. VOCÊ


RECONHECE ALGUMA RUA OU AVENIDA NAS FOTOS 2 E 3? QUAL? DESTAQUE
COM LÁPIS DE COR NAS FOTOS E ANOTE ABAIXO O NOME DELA.

1º BIMESTRE 41
9 ESTA TABELA INFORMA A QUANTIDADE DE MUSEUS NAS CAPITAIS E
NOS ESTADOS DAS REGIÕES NORTE E NORDESTE DO BRASIL.

MUSEUS DO NORTE E NORDESTE DO BRASIL


CAPITAL NA CAPITAL NO ESTADO
NORTE 87 146
PORTO VELHO (RO) 5 15
MANAUS (AM) 29 41
BOA VISTA (RR) 4 6
BELÉM (PA) 26 42
MACAPÁ (AP) 6 9
PALMAS (TO) 3 10
RIO BRANCO (AC) 14 23
NORDESTE 255 632
SÃO LUÍS (MA) 17 23
TERESINA (PI) 6 32
FORTALEZA (CE) 31 113
NATAL (RN) 22 65
JOÃO PESSOA (PB) 22 63
RECIFE (PE) 44 98
MACEIÓ (AL) 27 61
ARACAJU (SE) 15 25
SALVADOR (BA) 71 152
BRASIL 923 3.025
LÁZARO MENEZES/IPAC

ARQUIVO DO MUSEU DE ARTE MODERNA DA BAHIA

PALACETE DAS ARTES MUSEU DE ARTE MODERNA DA BAHIA

42 MATEMÁTICA - 3º ANO
MUSEUS DE SALVADOR

A) QUANTOS MUSEUS HÁ EM SALVADOR?

B) QUAL É A CAPITAL COM O MENOR NÚMERO DE MUSEUS?

C) QUAL É O ESTADO COM O MAIOR NÚMERO DE MUSEUS?

D) QUAIS CAPITAIS TÊM A MESMA QUANTIDADE DE MUSEUS?

E) QUANTOS MUSEUS EXISTEM EM TODA A REGIÃO NORDESTE?

F) QUANTOS MUSEUS TEM O ESTADO DA BAHIA?

G) JUNTO COM SEU COLEGA, INVENTEM PERGUNTAS QUE POSSAM SER


RESPONDIDAS CONSULTANDO-SE A TABELA AO LADO.

H) TROQUE SEU CADERNO COM UM COLEGA E RESPONDA À PERGUNTA


ELABORADA POR ELE.

I) JUNTO COM A TURMA, DISCUTA COMO FAZER PARA ELABORAR BOAS


PERGUNTAS. QUAIS PERGUNTAS DERAM CERTO? QUAIS NÃO DERAM
CERTO? POR QUÊ?

1º BIMESTRE 43
medir em centímetros
e metros

44 MATEMÁTICA - 3º ANO
VÂNIA MEDEIROS
MEDIR EM CENTÍMETROS E METROS

medir em centímetros e metros


1 PINTE DA MESMA COR OS LÁPIS QUE TÊM O MESMO TAMANHO.

COMO VOCÊ FEZ PARA VERIFICAR QUAIS LÁPIS TÊM A MESMA MEDIDA?
DISCUTA COM SEU COLEGA.

2 PINTE DA MESMA COR OS LÁPIS QUE TÊM O MESMO TAMANHO.

1º BIMESTRE 45
3 MÁRCIO E LAURA MEDIRAM O COMPRIMENTO DO MESMO LÁPIS
USANDO UMA RÉGUA. VEJAM AS MEDIDAS ENCONTRADAS POR ELES.

PARA LAURA, O LÁPIS MEDE 12 CM. PARA MÁRCIO, MEDE 13 CM.

A) QUAL DELES ACERTOU O COMPRIMENTO DO LÁPIS?

B) O QUE ACONTECEU COM A OUTRA MEDIDA?

4 PINTE OS LÁPIS QUE MEDEM ENTRE 6 E 7 CENTÍMETROS.

ESCOLHA UM DOS LÁPIS E ANOTE A MEDIDA NO CANTO. ENTREGUE SEU


CADERNO A UM COLEGA E ELE DEVERÁ IDENTIFICAR SUA ESCOLHA.

46 MATEMÁTICA - 3º ANO
MEDIR EM CENTÍMETROS E METROS

5 A RÉGUA DE FABIANA QUEBROU. MESMO ASSIM, ELA A


ESTÁ USANDO PARA MEDIR SEU LÁPIS E DISSE QUE ELE MEDE
4 CENTÍMETROS. MAS FERNANDA ACHA QUE O LÁPIS MEDE 8
CENTÍMETROS PORQUE É ISSO QUE INDICA A RÉGUA. QUEM TEM RAZÃO?

FABIANA
O LÁPIS
MEDE 4
CENTÍMETROS.

NÃO, O LÁPIS
MEDE 8
CENTÍMETROS! FERNANDA
4 5 6 7 8 9 10

6 NO ESPAÇO ABAIXO, USE A RÉGUA E DESENHE UM LÁPIS DE


7 CENTÍMETROS.

A) COMPARE O TAMANHO DO LÁPIS QUE VOCÊ DESENHOU COM O LÁPIS


DESENHADO POR OUTRO COLEGA. OS DOIS SÃO DO MESMO TAMANHO?

B) VOCÊ E SEU COLEGA COMEÇARAM A MEDIR DO MESMO PONTO DA


RÉGUA?

1º BIMESTRE 47
C) PARA QUE A MEDIDA USADA PELA RÉGUA SEJA EXATA, DE ONDE
É PRECISO COMEÇAR? DESENHE UMA RÉGUA E MARQUE O LUGAR
EXATO QUE DEVE INICIAR A MEDIÇÃO.

centímetro
CADA PEDAÇO DA RÉGUA ENTRE UM NÚMERO E OUTRO É
CHAMADO DE CENTÍMETRO. SUA ABREVIATURA É CM.

7 QUAL É A MELHOR MANEIRA DE MEDIR COM A RÉGUA?

8 ATÉ AQUI VOCÊ UTILIZOU A RÉGUA PARA MEDIR ALGUNS PEQUENOS


OBJETOS. AGORA USARÁ UMA FITA MÉTRICA, UMA TRENA OU UM METRO
PARA MEDIÇÕES MAIORES. COMPLETE A TABELA ABAIXO.

OBJETOS ESTIMATIVA MEDIDA REAL

LARGURA DA PORTA

ALTURA DE SEU PROFESSOR

ALTURA DA MESA

48 MATEMÁTICA - 3º ANO
MEDIR EM CENTÍMETROS E METROS

A) CONVERSE COM SEUS COLEGAS E O PROFESSOR SOBRE COMO FOI A


EXPERIÊNCIA DE ESTIMAR E MEDIR: QUE DIFICULDADES ENCONTRARAM?
DE QUAIS OBJETOS FOI MAIS FÁCIL ESTIMAR A MEDIDA? QUAIS OBJETOS
FORAM DIFÍCEIS DE MEDIR? TODOS ENCONTRARAM A MESMA MEDIDA
PARA OS DIFERENTES OBJETOS DA SALA?

9 COMPLETE AS RESPOSTAS ABAIXO.

A) VOCÊ SABE QUANTOS CENTÍMETROS HÁ EM 1 METRO?

B) E NA FITA MÉTRICA? QUANTOS CENTÍMETROS HÁ?

C) COM SEU COLEGA, VEJA O QUE LUCAS DIZ SOBRE SEU TAMANHO.

MARQUE ABAIXO O TAMANHO DE LUCAS EM CENTÍMETROS.

1.025 CM 125 CM 10.025 CM

1º BIMESTRE 49
D) VEJA O QUE CLARA DIZ SOBRE SUA RÉGUA.

CLARA ESTÁ CERTA? POR QUÊ?

metro
IMPORTANTE SABER: 1 METRO = 100 CENTÍMETROS.
A ABREVIATURA DE METRO É M.

10 AGORA QUE VOCÊ JÁ MEDIU ALGUNS OBJETOS PEQUENOS E


OUTROS GRANDES DENTRO DA SALA DE AULA, CHEGOU A HORA DE
DESCOBRIR QUANTO MEDE O PÁTIO DA ESCOLA.

A) CONVERSE COM OS COLEGAS E DECIDAM COMO MEDIR A LARGURA E


O COMPRIMENTO DO PÁTIO DA ESCOLA. ANOTE O QUE DECIDIRAM.

50 MATEMÁTICA - 3º ANO
MEDIR EM CENTÍMETROS E METROS

B) FAÇAM UM DESENHO DO PÁTIO DA ESCOLA E ANOTEM AS MEDIDAS


DE CADA ESPAÇO, EM METROS, DE FORMA APROXIMADA.

C) QUANTAS VOLTAS É PRECISO DAR NO PÁTIO PARA ANDAR 100


METROS?

11 COMO FOI A ATIVIDADE DE MEDIR O PÁTIO DA ESCOLA? VAMOS


COMPARAR AS MEDIDAS OBTIDAS POR TODOS?

A) TODOS ENCONTRARAM AS MESMAS MEDIDAS? COMO PODEM TER


CERTEZA DE QUAIS ESTÃO CORRETAS?

B) QUAIS DIFICULDADES VOCÊS ENCONTRARAM PARA FAZER AS


MEDIÇÕES?

1º BIMESTRE 51
C) NA HORA DE DESENHAR O PLANO DO PÁTIO E ANOTAR AS MEDIDAS,
QUAIS DIFICULDADES VOCÊS ENCONTRARAM?

12 MUITAS VEZES OUVIMOS FALAR DE ALGUMAS MEDIDAS, MAS NÃO


É FÁCIL IMAGINÁ-LAS. PARA TER UMA IDEIA, PODE SER ÚTIL COMPARAR
COM ALGO CONHECIDO. USANDO AS MEDIDAS DO PÁTIO DA ESCOLA
COMO REFERÊNCIA, RESPONDA A ESTAS PERGUNTAS:

A) SE UM CAMINHÃO DE TRANSPORTE DE MERCADORIAS TEM 24


METROS DE COMPRIMENTO, ELE CABERÁ NO PÁTIO DA ESCOLA?

B) SE UMA CASA TEM 10 METROS DE FRENTE, É MAIS LARGA DO QUE O


PÁTIO DA ESCOLA?

MANUELA CAVADAS

TÚNEL AMÉRICO SIMAS, EM SALVADOR

C) A CIDADE DE SALVADOR POSSUI ALGUNS TÚNEIS. O MAIS


MOVIMENTADO DELES É O TÚNEL AMÉRICO SIMAS, QUE LIGA A CIDADE
ALTA À CIDADE BAIXA PASSANDO POR BAIXO DO BAIRRO DE SANTO
ANTÔNIO. ESSE TÚNEL POSSUI QUATRO FAIXAS DE TRÁFEGO EM
SENTIDO DUPLO, COM CERCA DE 300 METROS DE EXTENSÃO.
ELE É MAIS COMPRIDO DO QUE O PÁTIO DA ESCOLA?

52 MATEMÁTICA - 3º ANO
MEDIR EM CENTÍMETROS E METROS

13 MARQUE AS RESPOSTAS QUE VOCÊ CONSIDERA POSSÍVEIS.

A) A LARGURA DE SEU CADERNO DE MATEMÁTICA:


5 CM 20 CM 1 CM

B) A ALTURA DE SUA SALA:


3M 10 M 100 M

C) A ALTURA DE UM PRÉDIO DE 10 ANDARES:


20 M 20 CM 3M

quilômetro
IMPORTANTE SABER: 1 KM = 1.000 METROS.
KM É A ABREVIATURA DE QUILÔMETRO.

14 CHEGOU A HORA DE EXPLORAR GRANDES DISTÂNCIAS. RESPONDA


ÀS PERGUNTAS ABAIXO PARA PENSAR MAIS SOBRE ISSO.

A) VOCÊ MORA A MAIS OU A MENOS DO QUE 1 QUILÔMETRO DA ESCOLA?

B) QUE MEIO DE TRANSPORTE VOCÊ USA PARA CHEGAR À ESCOLA?

C) VOCÊ DIRIA QUE MORA PERTO OU LONGE DA ESCOLA?

1º BIMESTRE 53
15 LEIA A TABELA E RESPONDA ÀS PERGUNTAS ABAIXO.

CIDADE DISTÂNCIA DE SALVADOR

ITAPARICA 27 KM
LAURO DE FREITAS 29 KM
CAMAÇARI 49 KM

FEIRA DE SANTANA 114 KM

LENÇÓIS 426 KM
ANDARAÍ 430 KM
IBICOARA 570 KM

A) ANOTE O NOME DE ALGUMAS CIDADES QUE FICAM A MENOS DE


100 QUILÔMETROS DE SALVADOR.

B) ANOTE O NOME DE ALGUMAS CIDADES QUE FICAM A MAIS DE


400 QUILÔMETROS DE SALVADOR.

16 USANDO NOVAMENTE O QUE VOCÊ APRENDEU SOBRE AS


UNIDADES DE MEDIDA CENTÍMETRO, METRO E QUILÔMETRO, MARQUE
A ALTERNATIVA QUE PAREÇA CORRETA EM CADA CASO.

O COMPRIMENTO DE UM CAMINHÃO PODE SER:


24 CM 24 M 24 KM

A DISTÂNCIA ENTRE UMA CIDADE E OUTRA PODE SER:


80 CM 80 M 80 KM

A ALTURA DE UMA PORTA PODE SER:


2 CM 2M 2 KM

O COMPRIMENTO DE UM LÁPIS PODE SER:


13 CM 13 M 13 KM

54 MATEMÁTICA - 3º ANO
atividades de avaliação

NOME:

ANO: DATA:

1 MARIA ESTAVA JOGANDO ADIVINHAÇÃO DE NÚMEROS E ESCOLHEU O


NÚMERO 356. AJUDE-A A RESPONDER ÀS PERGUNTAS DE SEUS COLEGAS.

• É MENOR QUE 500? SIM NÃO


• É MAIOR QUE 200? SIM NÃO
• É MAIOR QUE 400? SIM NÃO
• É MENOR QUE 300? SIM NÃO
• É MENOR QUE 350? SIM NÃO
• É MAIOR QUE 360? SIM NÃO
• TERMINA COM 5? SIM NÃO
• É MAIOR QUE 355? SIM NÃO
• É O 358? SIM NÃO
• TERMINA COM 7? SIM NÃO
• É O 356? SIM NÃO

2 ANOTE ALGUNS NÚMEROS QUE ESTÃO ENTRE O 500 E O 600.

CIRCULE QUAL DESTES NÚMEROS PODERIA ESTAR NA RESPOSTA ACIMA.

601 522 487 599 499 650

3 ESCREVA OS NÚMEROS UTILIZANDO ALGARISMOS.

QUATROCENTOS E CINQUENTA

QUINHENTOS E CINQUENTA

QUINHENTOS E QUARENTA E CINCO

1º BIMESTRE 55
4 ORGANIZE OS NÚMEROS ABAIXO EM ORDEM CRESCENTE (DO
MENOR PARA O MAIOR).

6 600 61 106 601 1.000 60 160

5
ESCREVA QUATRO NÚMEROS ANTERIORES E QUATRO NÚMEROS
POSTERIORES AO 498.

498

6 O QUADRO ABAIXO CONTÉM OS PONTOS DE TRÊS EQUIPES EM


UMA GINCANA. CALCULE E COMPLETE OS ESPAÇOS EM BRANCO.

BANDEIRINHA CORRIDA DE PONTOS


EQUIPE
ARREOU REVEZAMENTO NO TOTAL

VERMELHA 18 33

AMARELA 17 37

VERDE 32 21

56 MATEMÁTICA - 3º ANO
ATIVIDADES DE AVALIAÇÃO

7 ALICE FEZ UMA COMPRA DE 30 REAIS NO MERCADINHO DO BAIRRO


E PAGOU COM UMA NOTA DE 50 REAIS. DE QUANTO SERÁ O TROCO?
EXPLIQUE COMO VOCÊ PENSOU.

RESPOSTA:

8 DONA MARIA TINHA 68 REAIS NA CARTEIRA, FEZ UMA COMPRA NO


MERCADINHO E FICOU COM 25 REAIS. QUANTO DINHEIRO ELA GASTOU
NO MERCADINHO?

RESPOSTA:

9 LEIA AS AFIRMAÇÕES ABAIXO E, SEM MEDIR, DECIDA SE SÃO


VERDADEIRAS OU FALSAS. MARQUE UM X:

V F SEU CADERNO TEM MENOS DE 1 METRO DE COMPRIMENTO.

V F SUA MESA TEM APROXIMADAMENTE 30 CENTÍMETROS DE LARGURA.

V F O APAGADOR DO QUADRO MEDE MENOS DE 20 CENTÍMETROS DE LARGURA.

V F A LARGURA DA PORTA DA CLASSE NÃO CHEGA A 2 METROS.

10 QUANTO MEDE ESTA FITA? ANOTE SUA RESPOSTA NA LINHA ABAIXO.

RESPOSTA:

1º BIMESTRE 57
11 COM A AJUDA DE UMA RÉGUA, DESENHE NO ESPAÇO ABAIXO UMA
FITA COM 9 CENTÍMETROS DE COMPRIMENTO.

12 LEIA AS ORIENTAÇÕES DESTE TRAJETO COM MUITA ATENÇÃO:

SIGA PELA LADEIRA DA PRAÇA. A LADEIRA FAZ UMA CURVA SUAVE À ESQUERDA E SE TORNA
PRAÇA DOS VETERANOS. CONTINUE PELA RUA DO GRAVATÁ E, DEPOIS, PELA LADEIRA DA
INDEPENDÊNCIA. VIRE À ESQUERDA NA AVENIDA JOANA ANGÉLICA E, EM SEGUIDA, FAÇA UMA
CURVA À DIREITA NA LADEIRA DA FONTE DAS PEDRAS, CHEGANDO À ARENA FONTE NOVA.

DADOS DO MAPA ©2015 GOOGLE


1

DADOS DO MAPA ©2015 GOOGLE

QUAL DESTAS IMAGENS CORRESPONDE AO TRAJETO DESCRITO?

58 MATEMÁTICA - 3º ANO