Você está na página 1de 5
Livraria da Vila / Isay Weinfeld Ficha técnica: Arquitetos: Isay Weinfeld Ano: 2007 Área construída:
Livraria da Vila / Isay Weinfeld Ficha técnica: Arquitetos: Isay Weinfeld Ano: 2007 Área construída:
Livraria da Vila / Isay Weinfeld Ficha técnica: Arquitetos: Isay Weinfeld Ano: 2007 Área construída:

Livraria da Vila / Isay Weinfeld

Ficha técnica:

Arquitetos: Isay Weinfeld Ano: 2007 Área construída: 790 m²

Tipo de projeto: Comercial Localização: São Paulo, Brasil Partido/Conceito:

Os projetos para a Livraria da Vila foram desenvolvidos a partir de uma ideia central, a menor unidade da livraria, o livro. Livros dominam os espaços, cobrem as paredes e preenchem as prateleiras, mas também são empilhados em pedaços de móveis e até mesmo no próprio chão. O elemento mais marcante da Livraria da Vila foi desenvolvido a partir dos livros: as prateleiras, os apoios para estes. Feitas de madeira escura, elas cobrem as paredes, dividem espaços e tornam-se vitrines pivotantes e portas de entrada das lojas. As prateleiras abraçam o leitor, o convida a explorar os livros e o local, da mesma forma e humor que as velhas livrarias e sebos o fazem.

A meta do projeto é o cliente-leitor, que busca algo

específico e, em outros momentos, olha lentamente através das prateleiras em busca de emoções antigas ou novos horizontes. Junto de uma mistura bem organizada dos livros de todos os gêneros, os clientes podem também desfrutar de uma iluminação adequada e de cadeiras, sofás e assentos espalhados por diversas áreas, para lhes permitir verificar as suas escolhas e descobertas de lazer. Os locais onde as livrarias estão localizadas, todos grandes, também são concebidos de modo que proporcionam uma sensação de “quase-privacidade”, conseguida através da distribuição das prateleiras, a

criação de mezaninos, baixos pés-direitos ou a definição de recessos menores ligados à área principal. A exceção

é a seção dos livros infantis, onde as estantes são

brancas e os espaços claros e arejados, para receber as cores das publicações e o encantamento dos pequenos

usuários.

brancas e os espaços claros e arejados, para receber as cores das publicações e o encantamento
A charmosa união entre o livro e o café em Istambul Livro e café é
A charmosa união entre o livro e o café em Istambul Livro e café é
A charmosa união entre o livro e o café em Istambul Livro e café é

A charmosa união entre o livro e o café em Istambul

Livro e café é uma combinação clássica. E pensando nisso o dono da Livraria FiL, em Istambul, resolveu adaptar a sua livraria e transformar ela em uma cafeteria. Durante seis meses, os arquitetos do escritório Halukar Architecture ficaram desenvolvendo um projeto que ficasse a altura dessa combinação clássica de livros com café.

O espaço não é dos mais generosos, apenas 80

metros quadrados, que foram divididos em quatro andares. E a ideia de unir uma livraria com uma cafeteria fez os arquitetos se inspirarem e criarem espaços aconchegantes, confortáveis, ideais para apreciar um bom livro e tomar um delicioso café.

Ao invés de preservar a escada existente que conectava os dois pavimentos, planificou-se a escada principal de forma que também servisse para a parte de cima da loja. Ao fazer isso, foi necessário separar os âmbitos da livraria em si, das residências dos pavimentos superiores. Utilizamos persianas de ferro que quase desaparecem quando recolhidas durante o dia, e de modo semi-transparente dividem o espaço na noite, quando a loja está fechada. Seu objetivo foi dar a sensação de continuidade espacial e profundidade em ambos os casos.

o elemento mais atrativo e definidor do espaço seja a

tromba do elefante; um tudo de alto calibre, pintado na cor corporativa da Livraria Fil, que vai ao longo da parede através dos móveis. Enquanto essa tubulação percorre todo o espaço, torna-se um acessório de

iluminação, um cabide, um braço do sofá, um corrimão, uma escada para a estante, uma poltrona. Como elemento destacado do conceito, era crucial para nós utilizar uma tubulação de grande envergadura como o perfil e asseguramos que cada uma fosse fixada na outra com detalhes duradouros e limpos. Graças ao profissionalismo da equipe de produção que colaborou com o projeto, ele foi construído / fabricado de forma tão limpa

profissionalismo da equipe de produção que colaborou com o projeto, ele foi construído / fabricado de
profissionalismo da equipe de produção que colaborou com o projeto, ele foi construído / fabricado de
profissionalismo da equipe de produção que colaborou com o projeto, ele foi construído / fabricado de
profissionalismo da equipe de produção que colaborou com o projeto, ele foi construído / fabricado de
LIVRARIA FIL USO DE MADEIRAS ESTILO INDUSTRIAL CORES RETRÔ sofás confortáveis bem interessante com as

LIVRARIA FIL

USO DE MADEIRAS

ESTILO INDUSTRIAL

CORES RETRÔ

FIL USO DE MADEIRAS ESTILO INDUSTRIAL CORES RETRÔ sofás confortáveis bem interessante com as prateleiras

sofás confortáveis bem interessante

com as prateleiras todas imperfeitas e sem estar necessariamente organizadas

Os sofás ganharem pequenas me

mármore. Um detalhe

claros, l i v r o s

sas

Em

de

um

dos

andares,

a

livraria

ganhou

canto,

nas

que

fazem

uma

comunicação

feitas

de

é

que

os

como

tradicionais

livrarias.

neles

da p o r

redondasapoiadas

do

décor

fi c a r a m

interessante

a s

c o r e s

livraria

ambientes

são d o s

r e s p o n s a b i l i d a d e

e dos estofados das cadeiras, poltronas ou sofás.

i d a d e e dos estofados das cadeiras, poltronas ou sofás. USO DE MATERIAIS

USO DE MATERIAIS COMO MARMORE , FERRO MADEIRA, E TUBULAÇÕES APARENTES.

O espaço não é dos mais generosos, apenas 80 metros quadrados, que foram divididos em quatro andares. E a ideia de unir uma livraria com uma cafeteria fez os arquitetos se inspirarem e criarem espaços aconchegantes, confortáveis, ideais para apreciar um bom livro e tomar um delicioso café.

inspirarem e criarem espaços aconchegantes, confortáveis, ideais para apreciar um bom livro e tomar um delicioso
Cafeteria Melitta / Studio Menta Ficha técnica: Arquitetos: Studio Menta Localização: Avenida Assis Brasil, Porto
Cafeteria Melitta / Studio Menta Ficha técnica: Arquitetos: Studio Menta Localização: Avenida Assis Brasil, Porto

Cafeteria Melitta / Studio Menta

Ficha técnica:

Arquitetos: Studio Menta Localização: Avenida Assis Brasil, Porto Alegre - Rio Grande do Sul, Brasil Equipe de Projeto: Claudia Laurindo, Patricia Milano, Thiele Marangon Área: 36.0 m² Ano do projeto: 2013 Partido/Conceito:

Trata-se de um espaço temporário com o objetivo de proporcionar aos consumidores a experiência da degustação dos vários tipos de café desenvolvidos pela marca. Além de ser servido gratuitamente, o café é feito na frente do consumidor que aprende como deve ser feito um bom café passado na hora. Com as duas fachadas envidraçadas para tornar o espaço convidativo, a planta baixa do espaço baseia- se num salão único e uma sala de apoio para os funcionários. Neste salão foram criados três ambientes com diferentes tipos de mesas, assentos e revestimentos com o objetivo de criar alternativas para diferentes experiências. Os materiais e cores utilizados tem o objetivo de fazer um contraponto entre os espaços antigos das fazendas de café, utilizando-se da madeira escura e do ladrilho hidráulico, com o contemporâneo da vida urbana identificado nos detalhes na cor preta e elementos bem geométricos. Uma das paredes foi transformada em quadro negro onde o público e a marca podem trocar informações e comentários sobre o espaço.

foi transformada em quadro negro onde o público e a marca podem trocar informações e comentários
foi transformada em quadro negro onde o público e a marca podem trocar informações e comentários

9 ¾ café de livraria em Medellín

Madeira

Jardim vertical - Mescla de materiais : concreto, madeira, mosaico,vidro. - Uso de vãos geometricos.
Jardim vertical
- Mescla de materiais : concreto, madeira,
mosaico,vidro.
- Uso de vãos geometricos.
- Diferentes cores e texturas.
- Madeiras ultilizadas: carvalho e pinhus.
e texturas. - Madeiras ultilizadas: carvalho e pinhus. Paredes de nichos se transformam em sofá embutido.

Paredes de nichos se transformam em sofá embutido.

-Uso de ferro, aço e vidro.

transformam em sofá embutido. -Uso de ferro, aço e vidro. Jardim vertical Concreto Mosaico Suporte dos

Jardim vertical

sofá embutido. -Uso de ferro, aço e vidro. Jardim vertical Concreto Mosaico Suporte dos livros Paleta
sofá embutido. -Uso de ferro, aço e vidro. Jardim vertical Concreto Mosaico Suporte dos livros Paleta
sofá embutido. -Uso de ferro, aço e vidro. Jardim vertical Concreto Mosaico Suporte dos livros Paleta

Concreto

Mosaico

Suporte dos livros

e vidro. Jardim vertical Concreto Mosaico Suporte dos livros Paleta de cores : Modulos que se
Paleta de cores :
Paleta de cores :

Modulos que se repetem

Suporte de Metal

O lugar deveria instigar as lembranças dos adultos, das histórias com castelos, animais que falam e na- tureza selvagem, rainhas e reis, monstros e aventu- ras. Por isso cada peça de mobíliário, luminaria e grafico são impressas nas lembrasnças de infância.

e aventu- ras. Por isso cada peça de mobíliário, luminaria e grafico são impressas nas lembrasnças
e aventu- ras. Por isso cada peça de mobíliário, luminaria e grafico são impressas nas lembrasnças