Você está na página 1de 14

CONCURSO PÚBLICO  2017

CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE-MS


TÉCNICO ADMINISTRATIVO
NÍVEL SUPERIOR

CADERNO DE QUESTÕES
340 QUESTÕES DE PROVAS DA FAPEC-MS
60 QUESTÕES ELABORADAS PELO EMMENTAL APOSTILAS
 LÍNGUA PORTUGUESA (190 Questões)
 CONHECIMENTOS BÁSICOS DE INFORMÁTICA (131 Questões)
 NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA (16 Questões)
 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS (63 Questões)

Edição  Setembro  2017

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É vedada a reprodução total ou parcial deste material, por qualquer meio ou
processo. A violação de direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa (art. 184 e parágrafos
do Código Penal), conjuntamente com busca e apreensão e indenizações diversas (arts. 101 a 110 da Lei nº 9.610,
de 19/02/98 – Lei dos Direitos Autorais).

Site: emmentalapostilas.com.br
Facebook: Emmental Apostilas
LÍNGUA
PORTUGUESA

190 QUESTÕES DE PROVAS DA FAPEC-MS POR


ASSUNTOS COM GABARITOS

Edição  Setembro  2017

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É vedada a reprodução total ou parcial deste material, por qualquer meio ou
processo. A violação de direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa (art. 184 e parágrafos
do Código Penal), conjuntamente com busca e apreensão e indenizações diversas (arts. 101 a 110 da Lei nº 9.610,
de 19/02/98 – Lei dos Direitos Autorais).

Site: emmentalapostilas.com.br
Facebook: Emmental Apostilas
SUMÁRIO
1. GÊNEROS E TIPOLOGIAS TEXTUAIS. FUNÇÕES DA LINGUAGEM. COMPREENSÃO E INTERPRETAÇÃO
DE TEXTOS. COESÃO TEXTUAL ............................................................................................................ 07

2. ORTOGRAFIA (emprego das letras, do hífen e de iniciais maiúsculas ou minúsculas) e ACENTUAÇÃO, incluindo
conhecimentos sobre as novas normas........................................................................................................... 20

3. EMPREGO DE PARÔNIMOS, HOMÔNIMOS E FORMAS VARIANTES .................................................. 27

4. EMPREGO DAS CLASSES DE PALAVRAS. EMPREGO DOS TEMPOS E MODOS VERBAIS ............. 27

5. PERÍODOS COMPOSTOS POR COORDENAÇÃO E SUBORDINAÇÃO. ORAÇÕES REDUZIDAS....... 38

6. CONCORDÂNCIA NOMINAL E VERBAL ................................................................................................. 50

7. REGÊNCIA (VERBAL E NOMINAL) E CRASE ......................................................................................... 53

8. PONTUAÇÃO ............................................................................................................................................ 57

SIMULADO (QUESTÕES MISTAS – FAPEC-MS) ................................................................................ 61

GABARITOS.......................................................................................................................................... 85
LÍNGUA PORTUGUESA
Questões da Fapec-MS por Assuntos com Gabaritos

LÍNGUA PORTUGUESA
GÊNEROS E TIPOLOGIAS TEXTUAIS. FUNÇÕES DA LINGUAGEM.
1
COMPREENSÃO E INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS. COESÃO TEXTUAL.
A questão 1 refere-se a este pequeno texto: Em resposta a acusações de vazamento, o procurador-geral da República
Rodrigo Janot disparou: “Alguns tentam nivelar a todos à sua decrepitude moral, e para isso acusam-nos de condutas
que lhes são próprias.” (texto adaptado especificamente para esta prova a partir de frase publicada em: revista Época,
São Paulo, Editora Globo, n° 979, p. 19, 27 março 2017. Seção: Treze frases que marcaram a semana).

1. [Assistente Social-(NS)-(M)-Pref. Munic. São Gabriel do Oeste-MS/2017-Fapec].(Q.3) Assinale a alternativa que apresenta
a informação verdadeira sobre a coesão textual:

a) Embora também possa retomar “todos”, o pronome “nos” refere-se, no conjunto das relações textuais, a Rodrigo Janot
e, por extensão, à instituição que representa.
b) Assim como “sua” e “lhes”, pronome “nos” refere-se a “Alguns”.
c) O pronome “isso” retoma “decrepitude moral”
d) O pronome “lhes” refere-se a “todos”.
e) Considerada a ambiguidade do pronome “sua”, pode ser interpretado como referente a “todos” ou a “Alguns”,
indiferentemente.

A questão 2 refere-se ao seguinte texto:

1 Por mais que se critiquem investimentos em poupança, parece que muitos


2 brasileiros, em especial os de baixa renda, ainda a consideram a única opção, quer
3 porque admite a aplicação de pequenas quantias, quer porque o acesso a esse tipo
4 de investimento parece mais fácil.
5 Sobre essas questões, Gustavo Cerbasi, especialista em educação
6 financeira, explica que, “há até pouco tempo”, para fazer render o pouco que
7 sobrava do salário, bastava ter uma conta salário ou abrir uma conta poupança,
8 ambas obrigatoriamente isentas de tarifas”. Já para aplicações mais complexas e
9 mais rentáveis, “era necessário abrir uma conta-corrente de serviços, com pacotes
10 mensais de tarifas que cobravam do pequeno poupador mais do que a vantagem
11 que ele obtinha nos investimentos”.
12 Acrescenta o especialista que, hoje “com as novas contas eletrônicas isentas
13 de tarifas (aquelas que você abre e movimenta apenas pela internet), é possível
14 acessar, sem custo, opções de investimento e enviar recursos para corretoras
15 investirem em títulos públicos”, de modo que já não há mais argumentos que
16 favoreçam a poupança. (Texto construído com fragmentos de matéria assinada por
17 Gustavo Cerbasi, sob o título “A poupança voltará algum dia À boa forma?”,
18 publicada na revista Época, São Paulo, Editora Globo, n° 979, p. 69, 27 março 2017).

2. [Assistente Social-(NS)-(M)-Pref. Munic. São Gabriel do Oeste-MS/2017-Fapec].(Q.11) A compreensão de um texto envolve,


entre outras habilidades, a identificação do sentido das palavras. A esse respeito, a alternativa que contém informação
verdadeira é:

a) Em “já não há mais” (l. 15) e “Já para aplicações” (l. 8), a palavra “já” foi empregada com sentidos diferentes.
b) A palavra “já” tem o mesmo sentido (valor temporal de presente) em “Já para aplicações” (l. 8) e “já não há mais” (l. 15).
c) Tanto na linha 10 quanto na linha 15, a palavra “mais”, na condição de pronome indefinido, assume sentido de
intensidade.
d) Vinculada à palavra “argumentos” (l. 15), a palavra “mais” (l. 15) assume valor de quantificador.
e) Assim como na linha 10, a palavra “mais” introduz, no enunciado da linha 15, sentido de comparação.

7
LÍNGUA PORTUGUESA
Questões da Fapec-MS por Assuntos com Gabaritos

As questões de 3 a 5 referem-se ao seguinte texto:

A polêmica dieta do trigo

1 O trigo é um dos oito alérgenos alimentares mais comuns (os outros são
2 amendoim, leite, ovos, crustáceos, castanhas, soja e peixe). A alergia alimentar
3 resulta em reações exageradas do sistema imunológico contra determinado alimento
4 considerado inofensivo para a maioria das pessoas. Assim, alergias não acometem
5 toda a população.
6 É provável que a remoção rigorosa do trigo da dieta resulte em redução de
7 peso, pois o trigo é incorporado a muitos alimentos e, em grande parte, ingerido na
8 forma de produtos refinados com adição de açúcar e gorduras. Eliminando o
9 consumo desses alimentos, reduz-se a ingestão calórica; a perda de peso decorre,
10 pois, da redução de calorias, e não da omissão do trigo.
11 Dietas com maiores taxas de sucesso em logo prazo são aquelas que
12 incluem todos os grupos alimentares – apenas em quantidades menores –,
13 recomendam o exercício físico e oferecem soluções que sejam sustentáveis também
14 em logo prazo. Os adeptos de dietas com base em alimentos de origem vegetal
15 (que incluem cereais integrais, leguminosas, frutas, verduras, legumes e castanhas)
16 tendem a, naturalmente, pesar menos do que as pessoas que incluem produtos de
17 ordem animal, mudando o foco da perda de peso por meio de dietas restritivas –
18 que são tipicamente soluções temporárias – para uma mudança permanente
19 no estilo de vida.
20 A eliminação do glúten da dieta faz-se necessárias apenas para pessoas que
21 apresentam intolerância a ele ou alergia ao trigo, comprovada em exames clínicos.
22 Os demais indivíduos podem consumir o trigo como uma das opções de cereais,
23 com equilíbrio (como parte de uma alimentação variada, contendo outros grupos
24 alimentares) e moderação (porções apropriadas), priorizando, acima de tudo, sua
25 forma integral, que contém fibras, vitaminas e minerais em maior quantidade
26 (VOLOSCHEN, Keilla de S. C.; CARNEIRO, Margarete de M. vida e saúde, Tatuí-
27 SP: Casa Publicadora Brasileira, ano 78, n° 10, out. 2016, p. 14. Fragmento do texto,
28 com adaptações.).

3. [Analista de Comunicação-(NS)-(M)-Câm. Munic. Três Lagoas-MS/2016-Fapec].(Q.1) A alternativa que apresenta comentário


verdadeiro sobre ideias implícitas ou defendidas no texto é:

a) Exercícios físicos não são necessários para pessoas que escolhem dietas vegetarianas, pois já são naturalmente magras.
b) A eliminação do trigo e do glúten da alimentação produz resultados definitivos quando a questão é perder peso e
levar uma vida saudável.
c) A inclusão de produtos de origem animal na dieta alimentar sempre compromete a perda de peso, exigindo, assim, a
prática de exercícios físicos para garantir o emagrecimento em longo prazo.
d) Dietas com base em alimentos variados, de diferentes grupos de origem vegetal, são, mais que um recurso para perder
peso, uma opção para quem almeja resultados positivos e permanentes da alimentação em sua vida.
e) O trigo integral não contém glúten e, portanto, não provoca alergias, mas deve ser consumido com moderação.

8
LÍNGUA PORTUGUESA
Questões da Fapec-MS por Assuntos com Gabaritos

4. [Analista de Comunicação-(NS)-(M)-Câm. Munic. Três Lagoas-MS/2016-Fapec].(Q.2) Assinale a alternativa verdadeira


quanto ao sentido de palavras ou expressões no conjunto das relações semânticas estabelecidas no texto:

a) A palavra “Assim” (l. 4) foi empregada com sentido de modo.


b) O emprego de “toda a” (l. 5) produz efeito de generalização, incompatível com o sentido de inteireza ou completude
pretendido no enunciado.
c) A palavra “pois” tem o mesmo valor ou sentido (de explicação) em ambas as ocorrências textuais (l. 7 e l. 10).
d) Na linha 10, a conjunção “e” (l. 10) assume sentido adversativo.
e) A expressão “dietas restritivas” (l. 17) equivale a “quantidades menores” (l. 12).

5. [Analista de Comunicação-(NS)-(M)-Câm. Munic. Três Lagoas-MS/2016-Fapec].(Q.4) Analisadas as relações de coesão


estabelecidas no texto, é verdadeiro o que consta na alternativa:

a) “desses alimentos” (l. 9) retoma “açúcar e gordura” (l. 8). -aaa


b) A expressão “dietas com base em alimentos de origem vegetal” (l. 14) é retomada por “dietas restritivas” (l. 17).
c) “ele” (l. 21) refere-se a “trigo” (l. 22).
d) “sua” (l. 24) refere-se a “demais indivíduos” (l. 22).
e) “sua” (l. 24) refere-se a “trigo” (l. 22).

A questão 6 refere-se ao fragmento de texto a seguir:

1 De noite é pior
2 Não importa o horário, comer doces é uma grande tentação. Bem, na
3 verdade, o horário importa sim! Pelo menos é o que dizem cientistas espanhóis e
4 americanos que acabam de publicar um novo estudo a esse respeito.
5 Pela primeira vez, foi identificada a existência de um tipo de marcação celular
6 nos tecidos adiposos que afeta diretamente a tolerância à glicose, reforçando a tese
7 de que não se deve comer doces no período da noite, quando o corpo tem pouca
8 sensibilidade à insulina.
9 Outra revelação interessante é que esse “relógio” identificado no tecido
10 funciona melhor nas pessoas que se deitam cedo e dormem mais horas do que
11 naquelas com déficit de sono ou horários irregulares. [...]
12 A pesquisa acaba de ser publicada na revista FASEB, da Sociedade
13 Americana de Biologia Experimental. (Vida e saúde. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, ano 78, n°

14 9, setembro 2016, p. 6. Sala de espera).

6. [Fiscal Tributos-(NS)-(M)-Pref. Munic. Naviraí-MS/2016-Fapec].(Q.7) A função da linguagem predominante no texto é a:

a) metalinguística.
b) fática.
c) emotiva.
d) referencial.
e) conativa.

9
LÍNGUA PORTUGUESA
Questões da Fapec-MS por Assuntos com Gabaritos

As questões 7 e 8 referem-se ao seguinte fragmento de texto:

1 Ainda que a ciência apresente indícios consistentes de que a pobreza pode limitar a
2 inteligência, é preciso ter cuidado para não se reforçar, com isso, perigosos
3 preconceitos que só dificultam ainda mais a vida de quem convive com a miséria.
4 [...] No Brasil, programas governamentais têm contribuído significativamente para
5 uma melhora nos índices sociais, porém há quem taxe tais iniciativas de
6 assistencialistas, por não resolverem os problemas em seu âmago. (adaptado da
7 reportagem “Fome de comida e de saber: como a pobreza impacta na formação do
8 intelecto”, publicada na revista Segredos da mente, ano 2, n° 5, 2015, p. 30-33)

7. [Agente Fiscal de Tributos-(NS)-(M)-Pref. Munic. Camapuã-MS/2016-Fapec].(Q.1) Em relação a tipologias textuais e funções


da linguagem, é verdadeira a informação contida na alternativa:

a) Predominam, no texto, sequências narrativas e função metalinguística.


b) Articulado em sequências descritivas e voltado para comover o leitor, o texto tem como funções predominantes a
emotiva e a conativa.
c) Além de sequências expositivas, há também, no texto, em que se sobressai a função referencial, sequências de pendor
argumentativo e injuntivo.
d) Com o propósito de advertir o leitor, o texto organiza-se em sequências injuntivas, predominando nele a função conativa.
e) A função predominante no texto, em que predominam sequências argumentativas, é a fática.

8. [Agente Fiscal de Tributos-(NS)-(M)-Pref. Munic. Camapuã-MS/2016-Fapec].(Q.3) A informação verdadeira sobre a relações


de coesão está na alternativa:

a) “tais iniciativas” (l. 5) retoma “programas governamentais” (l. 4).


b) “isso” (l. 2) retoma “pobreza” (l.1).
c) “isso” (l. 2) retoma “ciência” (l.1).
d) “seu” (l. 6) retoma “iniciativas” (l.5).
e) “seu” (l. 6) refere-se a “Brasil” (l.4).

A questão 9 refere-se ao texto abaixo:

A incapacidade de ser verdadeiro

1 Paulo tinha fama de mentiroso. Um dia, chegou em casa dizendo que vira no
2 campo dois dragões da independência cuspindo fogo e lendo fotonovelas. A mãe
3 botou-o de castigo, mas, na semana seguinte, ele veio contando que caíra no pátio
4 um pedaço de lua, todo cheio de buraquinhos, feito queijo, e ele provou e tinha
5 gosto de queijo. Desta vez, Paulo não só ficou sem a sobremesa como foi proibido
6 de jogar futebol durante quinze dias. Quando o menino voltou falando que todas as
7 borboletas da Terra passaram pela chácara de Siá Elpídia e queriam formar um
8 tapete voador para transportá-lo ao sétimo céu, a mãe decidiu levá-lo ao médico.
9 Terminando o exame, o Dr. Epaminondas abanou a cabeça:
10 ― Não há o que fazer, Dona Coló. Este menino é mesmo um caso de poesia.
11 (ANDRADE, Carlos Drummond de; O sorvete e outras histórias. São Pulo: Ática,
12 1993. Com adaptações).

9. [Farmacêutico-Bioquímico-(NS)-(M)-(T)-Pref. Munic. Aquidauana-MS/2016-Fapec].(Q.4) É correto afirmar que predominam,


no texto, sequências tipológicas:

a) Descritivas.
b) narrativas.
c) instrucionais.
d) dissertativas.
e) argumentativas.

10
LÍNGUA PORTUGUESA
Questões da Fapec-MS por Assuntos com Gabaritos

Considere este pequeno texto para responder à questão 10:

Nunca nos explicaram __________ os agricultores familiares suspenderam a venda de hortaliças nas feiras da região
metropolitana. Isso terá ocorrido __________ não querem que a verdadeira razão __________ à tona. Em certas
circunstâncias, o __________ pode causar problemas. Então, __________ com __________ e, mesmo que isto nos conduza a
uma “guerra”, vamos investigar. Se qualquer um de nós _____ alguém estranho por aqui ou descobrir qualquer indício de
fraude, é preciso que se __________ em silêncio no interior da instituição, mas convoque imediatamente os demais
integrantes do grupo para uma reunião.

10. [Farmacêutico-Bioquímico-(NS)-(M)-(T)-Pref. Munic. Aquidauana-MS/2016-Fapec].(Q.7) Analisando o texto quanto á


coesão, pode-se afirmar que:

a) O pronome “isso”, em “Isso terá ocorrido”, refere-se a “suspenderam a venda de hortaliças nas feiras da região
metropolitana”.
b) O pronome “isso”, em “isso terá ocorrido”, refere-se a “venda de hortaliças”.
c) A expressão “os demais” retoma, sem qualquer prejuízo de sentido, “um de nós”.
d) O pronome “isto”, em “mesmo que isto nos conduza a uma guerra”, retoma “problemas”.
e) O pronome “isto”, em “mesmo que isto nos conduza a uma guerra”, remete a “investigar”.

As questões 11 e 12 referem-se ao seguinte texto:

1 Pesquisas revelam que aproximadamente 40% da população mundial _________


2 em regiões _________ a oferta anula de água potável é menor que 1700 metros cúbicos
3 por habitante, índice mínimo apresentado como seguro pela ONU.
4 No Brasil, o tema é recorrente e, há alguns meses, intensificou-se sua
5 discussão. Constatou-se que a falta de planejamento e discussão do problema
6 __________ para que, após um grande período de seca, os reservatórios de água,
7 sobretudo nas metrópoles, reduzissem drasticamente os volumes, implicando _____
8 necessidade de racionamento.
9 O problema de escassez desse recurso tão vital ultrapassa os interesses e
10 necessidades individuais, atingindo _________ coletividade, influenciando negativamente
11 _____ economia e afetando a qualidade de vida de gerações futuras.
12 Persiste, porém, a pergunta que ninguém ainda se dignou a responder: O que
13 eu posso fazer, para contribuir __________ minha comunidade na preservação desse
14 bem? (Adaptação do texto “ escassez na abundância”, por Marcus V. de A. Rol).

11. [Controlador Interno-(NS)-(M)-Pref. Munic. Nova Alvorada do Sul-MS/2016-Fapec].(Q.6) Consideradas as relações de


coesão, assinale a alternativa que traz a correta correspondência entre os termos.

a) “tema” (l. 4) retoma “população mundial” (l. 1).


b) “sua” (l. 4) retoma “água potável” (l. 2).
c) “problema” (l. 5) retoma “água potável” (l. 2).
d) “recurso” (l. 9) e “bem” (l. 14) retomam “água” (l. 6).
e) “bem” (l. 14) refere-se a “economia” (l. 11).

12. [Controlador Interno-(NS)-(M)-Pref. Munic. Nova Alvorada do Sul-MS/2016-Fapec].(Q.7) Sobre funções da linguagem
e tipologias textuais, predominam no texto:

a) Função referencial e sequências expositivas ou dissertativas.


b) Função conativa e sequências dialogais.
c) Função metalinguística e sequências descritivas.
d) Função referencial e sequências narrativas.
e) Funções conativa e emotiva e sequências instrucionais ou injuntivas.

11
LÍNGUA PORTUGUESA
Questões da Fapec-MS por Assuntos com Gabaritos

A questão 13 refere-se ao seguinte texto:

O fenômeno da globalização econômica implicou uma série de mudanças na sociedade, seja em seu âmbito interno,
seja externamente, influenciando, em especial, o poder regulador do Estado. Apesar da rapidez dessas transformações
sociais e de sua abrangência, deve-se considerar que, em qualquer sociedade, independente do momento histórico, a
mudança sempre existiu como algo inerente ao sistema social. (Adaptado [da p. 52] do artigo: CARIOCA, Paulo C. de A.
As mudanças do papel regulador do Estado em face da globalização. Revista do TCU, n°. 82, out-dez, 1999, p. 39-69).

13. [Enfermeiro-(Equipe ESF)-(NS)-(M)-Pref. Munic. Rio Brilhante-MS/2016-Fapec].(Q.1) Analisadas as relações de coesão


referencial estabelecidas no texto, é correto afirmar que:

a) Os pronomes “seu” e “sua” referem-se a “fenômeno”.


b) Os pronomes “seu” e “sua” referem-se, respectivamente, a “fenômeno” e “sociedade”.
c) O pronome “seu” refere-se a “globalização”, “sua” refere-se a “Estado”.
d) O pronome “algo” retoma “momento histórico”.
e) O pronome “seu” refere-se a “sociedade”, enquanto “sua” refere-se a “transformações sociais”.

As questões 14 e 15 referem-se ao texto a seguir e avaliam conhecimentos sobre diferentes itens do conteúdo previsto
para esta prova.

Beber ou não beber, eis a questão

1 As discussões sobre o suposto benefício do vinho, à saúde estão longe de


2 acabar. Apesar das muitas tentativas de relacioná-lo à saúde do coração e a
3 outros benefícios, novos estudos garantem que não há evidência suficiente para
4 essas declarações.
5 Na primeira atualização de diretrizes sobre álcool no Reino Unido, em 1995,
6 especialistas já advertiam claramente que nenhum nível de consumo regular de
7 álcool é isento de riscos.
8 As novas disposições divulgadas no início deste ano são, entretanto, ainda
9 mais enfáticas em afirmar que a evidência que sustenta efeitos protetores do vinho
10 agora é mais fraca do que há 20 anos.
11 A médica Sally Davies, diretora do grupo de pesquisa, diz que, levando
12 isso em conta, além de todos os conhecidos riscos à saúde, agudos e crônicos,
13 decorrentes do consumo de bebida, ainda que em níveis baixos, confirma-se a
14 conclusão de que não há justificativas para a recomendação de beber por
15 motivos de saúde, nem para começar a beber por razões de saúde. (Revista Vida
16 e Saúde, ano 78, n° 4, abril 2016, p. 6, Seção Sala de Espera. Com adaptações).

14. [Administrador-(NS)-(M)-PMCG-MS/2016-Fapec].(Q.1) Sobre as relações de coesão, está correta a correlação apresentada


na alternativa:

a) –lo (l. 2) = vinho (l. 1)


b) –lo (l. 2) = benefício (l. 1)
c) essas declarações (l. 3-4) = novos estudos (l. 3)
d) bebida (l. 13) = vinho (l. 9)
e) isso (l. 11) = efeitos protetores (l. 9).

12
LÍNGUA PORTUGUESA
Questões da Fapec-MS por Assuntos com Gabaritos

GABARITOS (190 QUESTÕES)

GÊNEROS E TIPOLOGIAS TEXTUAIS. FUNÇÕES DA LINGUAGEM.


1
COMPREENSÃO E INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS. COESÃO TEXTUAL.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24
A A D D E D C A B E D A E A E C A B A E A C D C
25 26 27 28 29 30
D D A B E C

ORTOGRAFIA (emprego das letras, do hífen e de iniciais maiúsculas ou minúsculas) e


2
ACENTUAÇÃO, incluindo conhecimentos sobre as novas normas.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17
E A B A C B B B E E C C E B A C D

3 EMPREGO DE PARÔNIMOS, HOMÔNIMOS E FORMAS VARIANTES


1 2
B B

EMPREGO DAS CLASSES DE PALAVRAS.


4
EMPREGO DE TEMPOS E MODOS VERBAIS.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22
D C C B E E C C E B C E D D D A B D D B A A

PERÍODOS COMPOSTOS POR COORDENAÇÃO E SUBORDINAÇÃO.


5
ORAÇÕES REDUZIDAS.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24
B B B A C D B E C B A D D C E B C D E B C E E E

6 CONCORDÂNCIA NOMINAL E VERBAL


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
A B C C D E B C D D

85
LÍNGUA PORTUGUESA
Questões da Fapec-MS por Assuntos com Gabaritos

7 REGÊNCIA (VERBAL E NOMINAL) E CRASE


1 2 3 4 5 6 7 8 9
C A C B B E D A C

8 PONTUAÇÃO
1 2 3 4 5 6 7 8
D D B E B B E B

SIMULADO
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24
E C C D A E D C B E E D D B A C D E A A B D D D
25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48
A E C B D A C E D A D A A B C D B A B A B A E C
49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68
E C D B C A A A C B A D B B B D E A D A

86