Você está na página 1de 4

INSTITUTO TEÓLOGICO QUADRANGULAR

ANA MARIA LEITE DA SILVA

METODOLOGIA DO TRABALHO ACADEMICO: RESENHA CRÍTICA


LIVRO DE EFÉSIOS

ITAPEVA
2018
INSTITUTO TEÓLOGICO QUADRANGULAR
ANA MARIA LEITE DA SILVA

METODOLOGIA DO TRABALHO ACADEMICO: RESENHA CRÍTICA


LIVRO DE EFÉSIOS

Trabalho apresentado á disciplina


Metodologia do Trabalho acadêmico do
Curso Livre em Teologia

Professor: Prª Priscila Lopes

Itapeva
2018
O livro de efésio foi escrito provavelmente entre os anos 60-63 D.C, o destinatário
desta carta era para igreja de Eféso, com seis capítulos, sete Páginas e 154
versículos, segundo a bíblia de Estudo colorida bvbook, Bíblia sagrada, Nova versão
internacional, edição ilustrada todos os versículos coloridos.

Paulo encontrava-se na prisão em Roma por volta do ano 61 D.C. quando


escreveu aos efésios. Ao que parece, a carta destinava-se a várias igrejas, nas
quais devia ser lida. Depois de tantos episódios de luta na vida missionária,
passando por perigos, perseguições, prisões, turbulências, açoites, fome, nudez
e outras tantas provações ele havia adquirido uma grande experiência de vida
íntima com o seu Mestre.

O livro de efésios começa com saudações, a carta começa com uma sequência de
declarações sobre as bênçãos de Deus, que são intercaladas com uma notável
variedade de expressões chamando a atenção para a sabedoria, prudência e
propósito de Deus. Paulo aborda claramente a vontade de Deus em fazer que
membros gentios da Igreja para promover a união e incentivar os escolhidos do
Senhor a resistir às forças do mal. Ele ensinava a liberdade dos cristãos em
servirem a Deus, não queria que os mesmos tivessem algum preconceito com o
povo Judeu, e sim que os consideravam como irmãos em Cristo, ou seja, Judeus e
membros gentios são um só na perante Deus.

O Apostolo descreve as bênçãos Espirituais de Deus nas regiões celestiais


conquistados por cristo. Paulo não menciona que orou por esses cristãos antes de
tomar conhecimento da fé deles, mas mostra Paulo pedindo a Deus sabedoria e
revelação de Deus para o pleno conhecimento.

O Apostolo Paulo faz uma análise da condição do homem em estado de pecado.


É a descrição mais radical, mais profunda, mais real e mais dramática do
pecador em toda a Bíblia. Paulo enfatiza a unidade do Corpo de Cristo. Todos os
cristãos, o Corpo espiritual de Cristo.
Depois que o Apostolo ter explicado os planos de Deus para a Igreja, Paulo passa a
mostrar os passos para a sua realização. Paulo fala do pecado e da salvação deles
pela graça de Deus, que pelo amor nos dá salvação, e através da graça o Senhor
demonstra a sua bondade com o povo. O apostolo começou o seu argumento sobre
o pecado, falando que estamos mortos. Pois é preciso reconhecer pecado para dar
importância para a Salvação.

Paulo acrescenta que a razão do mau procedimento do homem morto em


pecados é a existência de espírito que estava atuando nos filhos da
desobediência, chamado “príncipe da potestade do ar”. Induzindo o homem ao
pecado que, por sua vez, produz a morte espiritual. Paulo esclarece com
detalhes o que fazem os filhos da desobediência. Eles se deixam levar pelas
inclinações da carne, A primeira é fazer a vontade da carne, a segunda atitude é
fazer a vontade dos pensamentos, éramos filhos da ira, como todos os outros.

Paulo declara que Deus sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor,
com que nos amou, pois estamos mortos por causa de nosso pecado, nos deu
vida e nos faz assentar- se em lugares celestiais juntamente com Cristo. Muda a
condição do homem morto em seus delitos e pecados, pois somos salvos pela
graça. O apostolo Paulo esclarece o motivo por que Deus criou todo esse plano
de salvação, ao afirmar que foi “para mostrar nos séculos vindouros a suprema
grandeza da Sua graça, em bondade para conosco, em Cristo Jesus”.

Paulo faz uma declaração fundamental da doutrina da salvação nos seguintes


termos: “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós, é
dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie”. Isto significa que a
salvação é dada totalmente e exclusivamente por Deus. Ninguém pode realizar
a sua própria salvação. Por isso mesmo ninguém pode gloriar-se diante de Deus
ou dos homens.

No final da carta Paulo exorta aos irmãos a se revestirem da armadura espiritual


provida por Deus para combaterem contra as forças do mal que dominam o mundo.

Ao falar da armadura espiritual, o apóstolo está orientando os crentes a enfrentar e


vencer a batalha espiritual contra as hostes de Satanás.

Analise Critica: Em minha opinião o autor do livro de efésios esta sendo claro e
objetiva sobre os seus ensinamentos passando para os cristãos qual a maneira que
devemos viver e como podemos enfrentar as tribulações desse mundo, Paulo exorta
os cristãos sobre os seus deveres com filho de cristo para que possamos viver uma
vida longe do pecado.

Recomendação: recomendo o livro de efésios para todo os estudiosos da Bíblia pois


contém ensinamentos para crescimento Espiritual.