Você está na página 1de 18

MANUAL MICONIC LX OTIS

MANUAL

MICONIC LX

Field Operation Department

Elaborado por: Revisão: 0


Jurandyr M. T. Junior. Data: 10.10.2001
MANUAL MICONIC LX OTIS
ÍNDICE

1 Objetivo: 3
2 Aplicação: 3
3 Introdução: 3
4 Comandos
1 FORA DE SERVIÇO JAB………………………………………………………………...……………….... 4
2 BOMBEIRO BR1:…………………………………………………………………….………………….. ..4
3 ENERGIA DE EMERGÊNCIA NS 21 :………………………………………………..…………………..….4
4 CÉLULA DE CARGA KLV:………………………………………………………...………………….…....4

5 PAINEL DA BOTOEIRA DE CABINA : ………………………………………....………………….…4

6 PAINEL DA BOTOEIRA DE PAVIMENTO : ………………………………....………………………5

7 INDICADOR DE POSIÇÃO DE CABINA E PAVIMENTO : ...……………………………………….….5

8 CAIXA ELETRICA : ………………………………………........……………………………………………...5

9 CONTATORAS DO OPERADOR DE PORTA : ……....…………………………….………………………6

10 DESIGNAÇÕES DE TOMADAS E BORNES : ……...………………………………………………………6

11 CHAVE DE FINAL DE CURSO : …………………....………………………………………………………..6

12 INFORMAÇÃO DE POÇO : ………………………....………………………………………………………..7

13 ALIMENTAÇÃO DO CONTROLE : …………………………………………………………………………8

14 PLACAS DE CONTROLE : ………………………….……………………………………………………….8

15 CIRCUITO DE SEGURANÇA : ………..…………………………………….……………………………..10

16 MODULO DE SERVIÇO SMLCD : ………………......……………………..……………………………..10

17 APRESENTAÇÃO DOS MENUS ; ......…………....………………………………………………………...11

18 PARAMÊTROS : ..............................................................................................................................................12.

19MENSAGENS DO RELATÓRIO DE ERROS :…..………………………………………………………...13

20 PROCÊDIMENTO : ………………………………..………………………………………………………..14

2
MANUAL MICONIC LX OTIS
1 Objetivo:
Descrever o funcionamento e capacitar pessoal técnico no equipamento Schindler Miconic LX.

2 Aplicação:
Edifícios residenciais e comerciais com comando automático coletivo na descida ( ACSD ) e ( ACS
)automático coletivo seletivo.

3 Introdução:
Comando eletrônico microprocessado, de uso residencial e comercial.
Para os seguintes acionamentos :
• 2 velocidades.AC2
• Hidráulico.HD
• Frequência variável VF

O processamento das informações é completamente eletrônico, começando pela memória das chamadas,
operador de portas, tração, circuito de segurança, etc.
O número máximo de paradas é definido de acordo com o tipo de comando.

Veja a tabela abaixo :

Automático Coletivo na Descida Automático Coletivo Seletivo


Até 7 paradas Até 5 paradas
Sem placa expansora de chamadas Sem placa expansora de chamadas

Até 15 paradas Até 8 paradas


Com placa expansora de chamadas Com placa expansora de chamadas

LX

3
MANUAL MICONIC LX OTIS
4 – Comandos
Faremos a seguir uma breve descrição dos comandos existentes.

1 – Fora de serviço ( JAB )


Comando com chave na parada principal ou cabina , quando acionado o elevador retorna à parada
principal abrindo a porta e permanecendo parado. Semelhante ao comando CTL

2 - Bombeiro ( BR1 )
Comando de incêndio na parada principal , semelhante ao JAB Este comando fica numa caixa de vidro no
hall do andar, operada por pressão e desoperada por chave. Semelhante ao comando EFO – fase 1.

3 – Operação de emergência ( NS21)


Comando que tem a função de evacuar o elevador quando da falta de energia elétrica. Sua alimentação
acontece através de um gerador de energia . Semelhante ao comando EPO.
É resgatada uma cabina por vez, até a parada principal.

4 - KL-V
Contato de carga completa com micro-sensor ou célula de carga.

5 Painel da botoeira de cabina. POC


Este painel é parte integrante da parede da cabina, estendendo-se do chão ao teto da cabina.
O painel da botoeira pode ser dividido em três partes :
• Unidade de sinalização
• Unidade de controle
• idade de ventilação

A placa principal responsável pelo interfaceamento dos elementos do painel da cabina ( POC ) e o quadro
de comando chama-se CIPT.

4
MANUAL MICONIC LX OTIS
6 Painel da botoeira de pavimento.
Este painel é do tipo MS, botão de micromovimento. A sinalização pode ser com setas ou com indicador
de posição digital de sete segmentos e matriz de pontos.
O painel da botoeira pode ser instalado nos marcos batentes ou na alvenaria, sendo fixados por presilhas
de mola.

7 Indicadores de posição de cabina e pavimento.


Estes indicadores são do tipo :
• Na cabina display matriz de ponto.
• No pavimento display matriz de ponto ou de sete segmentos.

Os indicadores de cabina são ligados ao quadro de controle pela placa CIPT, interface paralela e no
pavimento direto no quadro de controle.

8 Caixa eletrica CIB.


Caixa de interface entre os componentes da cabina e o quadro de controle, exceto a botoeira de
cabina.POC

• Montada no cabeçote superior da cabina.


• Todas as conexões são feitas por plugs.

5
MANUAL MICONIC LX OTIS
9 Contatores do operador de portas.
Os contatores de atuação para abertura e fechamento de porta ( ST-O e ST-S ) respectivamente estão
localizados na caixa elétrica ou na caixa de bornes do operador, diferente dos outros elevadores onde
estas contatoras são colocadas no quadro de controle.

10 Designações de tomadas e bornes.


Nas tomadas, os pinos são numerados da direita para esquerda, vendo-se a tomada pelo lado da entrada
dos cabos.

No desenho podemos observar como é feita a leitura dos pinos nas tomadas e bornes.

11 Chave de final de curso. ( KNE )


A chave de final de curso está instalada na armação da cabina, e tem a função de abrir o circuito de
segurança no caso do carro passar o nível das paradas nos extremos, interrompendo assim a linha de
segurança do elevador.

6
MANUAL MICONIC LX OTIS
12 Informação de percurso.
O sistema de informação de percurso é feito através de imãs, vários sistemas são usados para o Miconic
LX .
Para o acionamento de duas velocidades, usam-se duas chaves magnéticas :

• KS – Seletor , troca de velocidade e nivelamento .


• KSE – Monitoramento dos extremos da caixa de corrida ( Passadiço )

Segue abaixo a configuração da informação de poço.

Fechada
Aberta
TIPO DE Distância de parada SKA ( MM )
ACIONAMENTO
Para VKN ( m/s )
FA 0,63 0,75 1,0
630 880 1100

Todas as medidas estão em milímitros.

7
MANUAL MICONIC LX OTIS
13 Alimentação do controle.
Este tipo de controle utiliza duas alimentações, 24 VCC e 110 VAC para contatores e relés.
A unidade de força converte a tensão alimentada nas tensões requeridas pelo sistema de controle.
No caso de falta de energia, a unidade de força de emergência , assegura a alimentação.
Esta unidade possui as seguintes funções :

• Detecta falhas na linha de alimentação.


• Alimenta a placa principal
• Alimenta a cigarra de alarme no poço.
• Liga a luz de emergência na cabina
• Gera 12 VCC

14 Placas do controle.
Crip.

Placa de diagnostico do circuito de segurança e da iniciação da partida.


Esta placa foi desenvolvida para permitir uma rápida localização de falhas no circuito de segurança.

PG 268.

Placa de controle principal, comanda o operador de portas, processa informação de poço, controla os
acionamentos, processa entradas e saídas do painel da botoeira da cabina e das chamadas de pavimento,
gera tensões de sinal de 24 VCC, 5 VCC e opera a interface paralela SMLCD.
A PG 268, possui uma interface RS 232 para um laptop.
Nesta placa encontra-se um botão DLF que depois de pressionado 2 vezes, inicia uma viagem de leitura.
O botão RESET inicia uma partida a frio.

8
MANUAL MICONIC LX OTIS

Placa ICOM1

Placa responsável pela troca de dados entre elevadores individuais no grupo. É uma versão expandida da
PG 268 com funções adicionais de comando de grupo, trabalha com dados em paralelo e série.
Esta placa é parafusada diretamente na PG 268.

Placa ICOM2

Faz as mesmas funções da ICOM1 e faz também as expansões de chamada.

Placa BA 1485QA

Placa terminação de barramento, consiste somente de resistores e capacitores, representa a terminação


elétrica física do barramento de grupo, ou seja determina o início e o fim do barramento.

Interface RS232

As placas PG268 ICOM, contém interfaces RS232 que permitem a transmissão de dados em série para
periféricos como laptop ou modem

9
MANUAL MICONIC LX OTIS
15 Circuito de segurança.
A alimentação do circuito de segurança é de 115 VCA.
O circuito de segurança esta dividido em 5 partes ( T1- T5 ). Um LED verde para cada parte, indica
quando os contatos do circuito de segurança estão fechados.
O diagrama do elevador mostra quais grupos de contato estão associados com T1-T5.

A tabela abaixo mostra um resumo das indicações na placa.

T1 Comando Falta de fase

T2 Fundo do poço Interruptor de emergência do poço.


Contato de tensor do limitador de velocidade.

T3 Cabina Interruptor de comando de inspeção / normal.


Contato do limitador de velocidade.
Contato de emergência do fim de curso.
Contato do freio de segurança.
Contato de saída de emergência.
Interruptor de emergência do comando de resgate.

T4 Cabina Contato de porta de andar.

T5 Cabina Contato de travamento de porta para operador QK 8.


Contato de porta de cabina.

16 Módulo de serviço SMLCD.


Trata-se de uma placa de circuito impresso com um mostrador de cristal líquido.
Este módulo serve como auxiliar para intervenções no sistema de comando do elevador e diagnósticos.
O software do SMLCD roda na placa PG 268, onde o mesmo é conectado.
Através da figura abaixo podemos ter uma visualização do painel.

10
MANUAL MICONIC LX OTIS
Através do módulo de serviço, obtemos os seguintes menus :

STATUS LIFT APRESENTAÇÃO DO STATUS DO ELEVADOR


LOGIN SENHA

COMMANDS CHAMADAS DE CABINA E PAVIMENTO


PORTA
COMANDOS DE TESTE E SERVIÇOS

STATUS APRESENTAÇÃO DO STATUS DA ENTRADA E SAÍDA


DE DADOS E DA VERSÃO SOFTWARE.

PARAMETERS MUDANÇA DOS PARÂMETROS DE PORTA,


ACIONAMENTO E CABINA.

ERROLOG APRESENTAÇÃO DE ERRO

STATISTIC TEMPO DE FUNCIONAMENTO

17 Apresentação dos menus.

Σ
Σ
Σ
Σ 11
MANUAL MICONIC LX OTIS
18 Parâmetros.

PORTA
PARAMÊTROS TEMPO DESCRIÇÃO
Hold opn board 0…40 seg. Tempo da porta aberta após
( tempo de embarque ) a chegada da cabina no
pavimento por chamada de
pavimento.
Hold open exit 0…40 seg
(tempo de desembarque) Tempo da porta aberta após
a chegada da cabina no
pavimento por chamada de
cabina.

Min dto time 0…40 seg Tempo de porta aberta após


( Tempo de porta após acionar o botão dto
reversão )

Min door open 0…40 seg. Tempo de porta aberta após


( Tempo de porta aberta atuação de proteção RHTP,
após reversão ) KSKB, etc
Pre open delay 0…9,9 seg. Tempo após atuação de
( retardamento para abertura KUET, até início da abertura
antecipada de porta ) de porta.

CABINA
Dlay cab light 1…40 min A contagem de tempo é
( tempo para desligar a luz iniciada após o atendimento
da cabina ) da última chamada

Dlay fan off 1…40 min A contagem de tempo é


( tempo para desligar o iniciada após o atendimento
ventilador da cabina ) da última chamada

Full load open 0…40 seg Se a cabina estiver com


( tempo de porta aberta, com carga completa, mas sem
carga completa ) registro de chamada da
cabina, a porta permanece
aberta pelo tempo ajustado,
fechando depois
suavemente.

12
MANUAL MICONIC LX OTIS
ACIONAMENTO
Auto rtn hyd 1…15 min Após o tempo ajustado e não
( retorno automático para ocorrendo registro de
elevador hidráulico ) chamada, a cabina desloca-
se para a primeira parada
inferior.

Delay fan off 1…40 min Após a parada da máquina o


( desconexão do ventilador ventilador desliga no tempo
da cabina ) ajustado

Hy – delay 0,2 … 25,5 seg Resgate : tempo entre a


chegada à zona de porta e a
parada da cabina.

SISTEMAS (SYSTEM)
YYMMDD HH:MM YY=ANO; MM=MÊS;
DD=DIAS HH=HORA;
MM= MINUTOS

19 Mensagens do relatório de erros.

A figura abaixo mostra um exemplo de mensagem :

São exibidos no display, a mensagem atual, a classificação do erro, posição no relatório, o módulo do
programa que reconheceu o erro e o número do elevador onde ocorreu o erro no caso de duplex .

13
MANUAL MICONIC LX OTIS
Os erros são classificados como :

1. WRNG : Alarme – erro que detém o elevador.

2. ERR : Erro – erro que detém o elevador, porém pode recuperar-se sozinho.

3. FAT : Fatal – erro que detém o elevador, e requer intervenção para recolocá-lo em serviço.

No exemplo acima, é indicado que um contato KET-S OU KET-O não abriu ao final do curso da porta.
Neste exemplo o processador refaz o ciclo de porta, e no caso de o erro não se repetir, o elevador retorna
ao estado normal.

Um exemplo de ERR, ocorre no caso de um aumento na temperatura do enrolamento do motor, este erro
bloqueará o elevador até o resfriamento do enrolamento e um tempo de segurança. Depois disso voltará
sem intervenção ao estado normal.

No caso de porta aberta e o status do contato de fechamento de porta não se alterar, o erro é fatal e uma
intervenção será necessária.

20 Procedimento.
Para obter um diagnóstico mais rápido e eficiente, podemos seguir os passos abaixo :

1. REDE DE FORÇA – Verificar se as tensões existentes correspondem as características do


equipamento.
2. CIRCUITO DE SEGURANÇA – Verificar o circuito de segurança através dos LEDS de
monitoramento.
3. SMLCD STATUS INFO– Verificar as informações do status do elevador.
4. SMLCD ERRORLOG – Verificar as mensagens do relatório de erro.

A seguir vamos descrever os significados das mensagens de erro.

No. TELA DO SMLCD CAUSA SOLUÇÃO


S1 # # # FAT DOOR clg no Contato KET-O não se Verificar a fiação e os
KET-O altera durante o contatos KET-O E
fechamento de porta KSKB.
Verificar sinal de KET-O
( ativo quando a porta
aberta) e N-KSKB (“ 0”
não ativo )
S2 # # # FAT DOOR clg no O comando tenta fechar Verificar a fiação e o
KET-S a porta; o status KET-S contato KET-S;
não se altera dentro de Verificar a parte
um tempo determinado mecânica da porta;
Verificar sinal KET-S (
ativo com a porta
fechada )
Verificar tensão no
motor de porta.

14
MANUAL MICONIC LX OTIS
S3 # # # FAT DOOR opg no O comando tenta fechar Verificar contato ST-S;
KET-O a porta; o status KET-O Verificar sinal VST-
não se altera dentro de S(ativo durante o
um tempo determinado fechamento de porta)
Verificar a parte
mecânica da porta.
S4 # # # FAT DOOR opg no O comando tenta fechar Verificar fiação e
KET-O a porta; o status KET-O contatos KET-O;
não se altera dentro de Verificar o sinal N-KET-
um tempo pré- O (ativo, quando porta
determinado aberta);
Verificar a parte
mecânica da porta.
S5 # # # FAT DOOR opg no O comando tenta fechar Verificar a tensão do
KET-S/O a porta; o status KET- motor de porta;
S/O não se altera dentro Verificar contato ST-O;
de um tempo pré- Verificar sinal VST-
determinado O(ativo durante o
abertura de porta)
Verificar a parte
mecânica da porta.
S6 # # # FAT DOOR opg no Porta aberta. Status de Verificar fiação e
KET-S KET-S não se altera. contatos KET-S;
Verificar o sinal N-KET-
S (ativo, quando porta
fechada);

S7 # # # FAT DOOR ??? not Um rele ou um contator Verificar o respectivo rele


off não foi desativado após ou contator, contato
uma viagem ou falta o auxiliar e entrada na PG;
registro de um sinal de um Verificar se SR-D, SR-U,
contato auxiliar do RSK, RSK1 e RF foram
comando. desativados após a entrada
de RFE.

S8 ### O comando tenta ativar Verificar o sinal de saída


FAT/WRGDRIVE um relé ou um contatot , no PG 9p.e.x ( VRFE ) ;
??? not on mas não houve Verificar contato auxiliar;
reconhecimento do sinal Verificar o status no print
correspondente . ( STATUS I/O )
.
S9 # # # FAT DRIVE O reajuste do nivelamento Verificar a informação do
relev time-out não se realizou num percurso ;
tempo pré determinado .

S10 # # # FAT DRIVE no O comando não reconhece Verificar a informação do


if a mudança do sinal KS . percurso ;
Verificar se RFE, RH e
RRD foram desativados ;
Verificar as ligações
acionamento – comando .
S11
S12 # # # FAT /WRG Relés SR-U ou SR-D Verificar o circuito de
DRIVE no RSA segurança ( Se tornará
FAT , após 10 tentativas ,
quando dentro da zona de
porta )
( Se tornará ERR , APÓS
10 tentativas , quando fora
da zona de porta .

15
MANUAL MICONIC LX OTIS
13 # # # FAT DRIVE no O sinal do contato de freio Verificar o Acionamento
kb/kd1 off/On não voltou a “0” após a dos contatos do freio;
parada . Verificar a entrada no PG
( ativo , quando o freio
estiver aberto ) .

S14 # # # FAT DRIVE start O circuito de segurança Verificar o circuito de


IKNE foi interrompido após a segurança;
partida T2 e T3 . Se tornará FAT , após 10
tentativas , quando dentro
da zona de porta ;
Se tornará ERR, após 10
tentativas , quando fora da
zona da porta )
S15 # # # FAT DRIVE O circuito de segurança Verificar o circuito de
start IKNE foi interrompido após a segurança; ( Se tornará
partida T2 e T3 . FAT , após 10 tentativas
quando dentro da zona de
porta )
( Se tornará ERR, após 10
tentativas quando fora da
zona da porta ).;
S16 # # # FAT DRIVE start O circuito de segurança Verificar o circuito de
ISK foi após a partida entre T4 segurança ;
e T5 . ( Se tornará FAT , após 10
tentativas , quando dentro
da zona da porta ) .
S17 # # # ERR DRIVE motor Termocontato ativado no Verificar a interligação do
temp motor de tração . contato térmico;
Verificar a temperatura da
casa de máquinas
(excessiva);
Verificar o número de
partidas/hora ( número
excessivo);
Verificar o ventilador do
motor .
S18 # # # ERR DRIVE Após a parada final a Verificar o sistema de
Wrong floor posição do seletor interno informação do percurso;
não confere com ( O elevador fará uma
informação do percurso . viagem de aprontamento ,
após uma parada de 60
segundos ) .
S20 # # # ERR DRIVE O interruptor do fundo do Controlar o interruptor e
stop ISPT poço JHSG foi ativado sua fiação;
Controlar o STATUS I/O
S21 # # # WRG SHFAT A informação do percurso Controlar a chave e as
no KSE KSE não comuta para “1” interligações KSE;
Após a partida da cabina Verificar o STATUS I/O
da parada extrema inferior
.

S22 # # # FAT SHAFT KS informa que o nível da Verificar a chave e as


no KS/KS1 parada não foi alcançada . interligações KSE;
Verificar o STATUS I/O
S23 # # # FAT SHAFT Somente para Mic SX .
no IG count
S24 # # # WRG DRIVE Circuito de segurança Verificar contatos e
trip ISPT interrompido entre T2 e interligações no fundo do
T3 durante a viagem . poço ( JHSG,KSSBV,
KWS,...).

16
MANUAL MICONIC LX OTIS
S25 # # # WRG DRIVE Circuito de segurança Verificar os contatos e
trip RTS interrompido entre T3 e interligações em cima da
T4 durante a viagem . cabina ( JHC, KF, KF1,
KNE, JHM,...).
S26 # # # WRG DRIVE Circuito de segurança Verificar os contatos e
trip RTS interrompido entre T3 e suas ligações KTC;
T4 durante a viagem . Verificar a parte mecânica
na porta da cabina .
S27 # # # WRG DRIVE Circuito de segurança Verificar os contatos e
trip ISK interrompido entre T4 e suas interligações KTS;
T5 durante a viagem . Verificar a parte mecânica
nas portas dos pavimentos
.
S28 # # # WRG DRIVE Foi iniciada uma Verificar informação do
outside zone desaceleração através de percurso;
KSE, motivado pela falta Verificar STATUS I/O do
De sincronismo do seletor KS no PG .

# # # = Quantidade de erros ocorridos ( -01 a –19 , ou NEW).

??? = Nome do sinal .

Através da tabela abaixo podemos verificar defeitos via led :

NSG 1203 ( fonte de tensão )

ERRO LED SINTOMA MOTIVO SOLUÇÃO


L1 1 (VERDE) Ligado 230 VAC ± 10 % OK

Desligado Entrada s/ tensão Verificar a rede


Verificar fusível Si1
Verificar ligação
conforme esquema

L2 2 ( AMARELO ) Ligado Acumulador OK


carregando

Desligado Acumulador não Acumulador c/


esta sendo carga→ OK
carregado
Acumulador
Descarregado →
NSG c/ defeito.

L3 3 ( VERDE ) Ligado Saída 12 VCC OK

Desligado Sem tensão na Verificar Si2 ( NSG


saída de PG268 )
Verificar Si3 ( NSG
de iluminação de
emergência )

17
MANUAL MICONIC LX OTIS
PG 268 ( placa de comando )
ERRO LED SINTOMA MOTIVO SOLUÇÃO
L1 1(VERMELHO) Ligado Defeito no Verificar SMLCD
software ou ERROR LOG
hardware

Piscando Comando da Desligar comando


montagem ligado da montagem

Interruptor stop Normalizar


ligado interruptor stop

Elevador Desligar e religar


bloqueado chave geral

Defeito fatal no Ligar e desligar


acionamento comando inspeção

Defeito fatal no Ligar e desligar


sistema de porta comando de
retorno

Desligado Normal

L2 2 (VERDE) Ligado Normal

Desligado Defeito no Acionar a tecla


software reset

L3 3 (VERDE) Ligado Alimentação 12 OK


VAC e 5 VDC

Desligado Falta alimentação Verificar 12 VAC


no PGX6.9/10
Verificar 12 VAC
no TSX1.5/6
Verificar fusíveis
do TS
Verificar
interligações
conforme esquema
L4 4 (VERDE) Ligado 20,1 VAC e 24 OK
VDC

Desligado Sem 24 VDC Verificar 20,1


VAC no TSX 1.7/8
Verificar
interligação X6.1/2
Verificar fusível
Si1 na PG 268

18