Você está na página 1de 3

Lista de exercícios 4 – Microeconomia 1

Graduação em Economia

Prof. Gabriel Madeira

13 de maio de 2016

EXERCÍCIOS PARA ENTREGAR

Exercício 1. Para cada uma das funções de produção abaixo, verifique se (i) o produto
marginal do trabalho (L) e do capital (K) é crescente ou decrescente, (ii) se há retornos
constantes, decrescentes, ou crescentes de escala (assuma que a, b, α, β, ν > 0):

a) 𝑦 = 𝐾 α 𝐿β
b) 𝑦 = [𝑎𝐾 + 𝑏𝐿]ν
c) 𝑦 = [𝑀𝑖𝑛 {𝑎𝐾, 𝑏𝐿}]ν
d) 𝑦 = 𝑎[𝑏𝐾 α + (1 − b)Lα ]ν/α
e) 𝑦 = 𝐿 + 𝐾 α Lβ + 𝐾
f) 𝑦 = 𝑀𝑖𝑛 {𝑎𝐾 α ; 𝑏𝐿β }
g) 𝑦 = 𝐾 α + 𝐿β ; para α < β < 1

1 1
Exercício 2. Considere uma firma cuja função de produção é dada por y = K 3 L3 . Assuma
que preço do capital (r) é 20 e que o preço do trabalho (w) é 5.

a) Monte e resolva o problema de minimização de custo da firma. Encontre a função


de demanda condicionada dos fatores capital e trabalho.
b) Encontre a função de custo total de longo prazo.
c) Encontre as funções de custo médio e custo marginal de longo prazo.
d) Qual a quantidade ótima de capital K* que deve ser utilizada para produzir 4
unidades de produto?
e) Assuma daqui para frente que no curto prazo o capital é fixo. Encontre a função de
custo total de curto prazo.
f) Encontre as funções de custo fixo e custo variável.
g) Encontre a função de custo marginal de curto prazo. Compare com o custo marginal
de longo prazo. Qual o significado econômico desse resultado?
h) Encontre as funções de custo variável médio, de custo fixo médio e de custo total
médio. Esboce um gráfico com todas essas funções.
i) Assumindo K ≠ K* (4,20,5), mostre que a função de custo de curto prazo está sempre
acima da curva de longo prazo quando y = 4. Qual a intuição desse resultado?

Exercício 3. Uma empresa possui função de produção 𝑄 = 2(𝐾𝐿)0,5 . Suponha que no curto
prazo a quantidade de capital é fixa em K = 100 . Seja L a quantidade de trabalho, w o salário
e r a remuneração do capital.

a) Encontre a função custo marginal de curto prazo.


b) Encontre a função de custo médio de curto prazo.
c) Mostre que no curto prazo a curva de custo fixo médio é decrescente.
d) Calcule o produto marginal do trabalho. Ele é decrescente?
e) Essa função de produção possui retornos decrescentes, constantes ou crescentes de
escala? Justifique.

Exercício 4. Considere a seguinte função de produção: 𝑓(𝑘, 𝑙) = 𝑘 + 𝑙 + 2√(𝑘𝑙)

a) Essa função exibe retornos crescentes, decrescentes ou constantes de escala?


b) Calcule a Taxa Marginal Técnica de Substituição.
c) Calcule a elasticidade de substituição.

Exercício 5. Uma firma possui duas plantas com funções custos distintas. A planta 1
𝑌1
apresenta a seguinte função custo total: 𝐶1 (𝑌1 ) = 2
. A planta 2 apresenta a seguinte

função custo total: 𝐶2 (𝑌2 ) = 𝑌2 . Calcule o custo total que o produtor proprietário dessas
duas plantas irá incorrer se decidir produzir 1,5 unidades.

Exercícios do Nicholson para Entregar – 10.3, 10.5, 10.9 (10ª edição de capa dura)
EXERCÍCIOS ADICIONAIS PARA PRATICAR

Exercício 6.

a) Uma firma opera com duas plantas cujos custos são 𝐶1 (𝑌1 ) = 𝑦12 + 45 e 𝐶2 (𝑌2 ) =
3𝑦22 + 20 , respectivamente, onde 𝑦1 e 𝑦2 são as quantidades produzidas. Se 𝑦1 + 𝑦2 = 12
, qual é a produção em cada planta?
𝑝
b) Seja 𝑆𝑖 (𝑝) = 2 a curva de oferta da firma i. Se foram produzidas 3 unidades, qual será

o custo variável total da firma?


c) Desenhe um gráfico representando as isoquantas de uma função de produção do tipo
𝑓(𝑥1 , 𝑥2 ) = 10min{3𝑥1 , 2𝑥1 + 𝑥2 } , em que 𝑥1 e 𝑥2 são os insumos.

Exercício 7. Suponha uma firma maximizadora de lucro, produzindo 48 unidades de um bem


através de uma função de produção com 2 fatores (K e L), caracterizada por retornos
constantes de escala. Supondo que o preço do produto seja igual a $ 1, os preços dos fatores
K e L iguais a $ 4 e $ 2, respectivamente, e o uso de K igual a 3. Qual é a quantidade
demandada do fator L?

Exercício 8. Seja F(K,L) a função de produção de uma firma.


a) Argumente que uma transformação monotônica de F não representa a mesma
tecnologia.
b) Mostre que se F for homogênea de grau 1 (retornos constantes de escala) então:
𝜕𝑓 𝜕𝑓
𝐹(𝐾, 𝐿) = 𝐾+ 𝐿.
𝜕𝐾 𝜕𝐿

Exercícios do Nicholson para Praticar – 10.1, 10.6, 10.7, 10.8, 10.10 (10ª edição de capa
dura)