Você está na página 1de 1

E S TA D O D A PA R A Í B A

PODER JUDICIÁRIO
COMARCA DE ALHANDRA

Proc: 04120120021427
ALVARÁ
REQUERENTE: MARIA DE LOURDES DA CONCEIÇÃO

SENTENÇA

ALVARÁ. Valores em conta bancária. Falecimento do titular. Ausência de


dependentes. Única dependente habilitada. . Levantamento dos valores
pela companheira do “de cujus”. Deferimento do pedido.

Vistos.

MARIA DE LOURDES DA CONCEIÇÃO, companheira do extinto João


Alexandre de Lima, requerer o levantamento dos valores depositados em conta bancária de
que era titular o falecido, bem como o encerramento das respectivas contas.

Autos instruídos com certidão de óbito e documentos relativos à


comprovação do parentesco, fls. 05/11.

Parecer ministerial encartado aos autos às fls. 14/15.

É o relatório. DECIDO.

Pretendem a requerente, sucessora do extinto, levantar as importâncias


deixadas por este em depósitos bancários.

O feito está bem instruído, com a documentação comprobatória do evento


morte e da legitimidade da requerente (fls. 5/11). Nos autos também os comprovantes dos
saldos bancários e da titularidade das contas, (fl. 09/10).

Sabe-se que pode haver o levantamento de quantias referentes a saldos


bancários, saldos de cadernetas de poupança e fundos de investimento do de cujus, sendo de
pequeno valor, pelos dependentes ou de grande valor, pelos herdeiros. No caso em tela requer
o alvará tanto a companheira do de cujus parte legítima para requerer o levantamento.

Mediante tais considerações, acolho o pedido, e assim determino que seja


expedido ALVARÁ em nome de MARIA DE LOURDES DA CONCENIÇÃO, CPF 015.318.954-
17 para que levante o montante que houver na conta bancárias nº 93858, Agência 1262, Banco
do Brasil.
Após do decurso do Prazo recursal, expeçam-se alvarás. Sem custas. P.R.I.

Alhandra, 04 de março de 2013.

Giovanna Leite Lisboa


JUÍZA DE DIREITO EM SUBSTITUIÇÃO