Você está na página 1de 2

O que o cliente descreve como seu maior problema?

O que o cliente espera da terapia?


Metas emocionais: Que pensamentos, imagens, sentimentos, emoções, sensações memórias, desejos ele(a) gostaria de ter
menos? (Nós buscamos direcionar isso para metas comportamentais com a intervenção: “Vamos aprender novas habilidades
para lidar com esses pensamentos e sentimentos melhor, para que eles tenham menos impacto e influência sobre você”)

Metas comportamentais: O que o cliente gostaria de começar ou parar de fazer? Fazer mais ou menos? Como ele(a) gostaria
de tratar a si mesmo(a), outros, o mundo, de forma diferente? Que metas ele(a) gostaria de perseguir? Que
atividades/habilidades ele(a) gostaria de começar, retomar ou desenvolver? Que pessoas, lugares, eventos, atividades,
desafios ele(a) gostaria de se aproximar em vez de evitar? Que relacionamentos ele(a) gostaria de melhorar, e como? Que
problemas de vida ele(a) gostaria de resolver?

OBSTÁCULOS EXTERNOS. Existem obstáculos externos (em oposição à obstáculos psicológicos) para uma vida significativa e
valorosa (problemas legais, sociais, médicos, financeiros, ocupacionais que requerem treino em solução de problemas ou de
habilidades?)

AÇÕES QUE NÃO FUNCIONAM


O que o cliente está fazendo que piora sua vida, ou o deixa travado, piora os problemas, inibe o desenvolvimento, impede
soluções saudáveis, compromete sua saúde, afeta relacionamentos etc? (O que ele(a) veria ou ouviria num vídeo sobre si
mesmo(a)?)

Que pessoas, luares, eventos, atividades, situações, metas, problemas e desafios IMPORTANTES ou SIGNITIVATIVOS ele(a)
está evitando ou fugindo (p.e.: ausentando-se, desistindo, procrastinando, abandonando ou ficando longe)?

FUSÃO: (incluir exemplos de pensamentos específicos, assim como processos como “preocupação”, etc.)
PASSADO E FUTURO: (ruminação, preocupação, fantasias, culpabilização, prever o pior, reabrir velhas feridas, idealizar o
passado ou o futuro, lembranças, “e se...”, “por que isso aconteceu?”, catastrofização, ressentimento, arrependimentos etc.)

AUTODESCRIÇÕES: (autojulgamento, ideais limitantes sobre si mesmo(a) “quem eu sou”, “o que posso ou não fazer”, rótulos)

RAZÕES: (razões que a pessoa dá pelas quais ela não pode, não vai ou não deve mudar, ou porque sua vida não pode
melhorar)

REGRAS: (como eu, os outros ou a vida deveria ser: atenção para palavras como “deveria”, “tenho que”, “tem que”, “precisa”,
“deve”, “certo”, “errado”, “sempre”, “nunca”, “não posso porque”, “não posso enquanto...”, “não vou a menos que...” etc.)

JULGAMENTOS: (geralmente negativos, mas às vezes positivos; podem ser sobre qualquer coisa: outras pessoas, si mesmo(a),
o emprego, o corpo, os próprios pensamentos e sentimentos, o passado, o futuro, ou até a própria vida)

OUTROS:
ESQUIVA EXPERIENCIAL: (experiências privadas que a pessoa está tentando evitar, se livrar ou não quer ter)
PENSAMENTOS, IMAGENS, MEMÓRIAS, EMOÇÕES, SENTIMENTOS, SENSAÇÕES, DESEJOS, FISSURAS, SINTOMAS DE
ABSTINÊNCIA:

PERDA DE CONTATO COM O MOMENTO PRESENTE:


Os quatro Ds: Distração, Desengajamento, Desconexão, Dissociação?
Déficits na habilidade de estreitar, alargar, manter ou mudar o foco?

VALORES E AÇÃO COMPROMETIDA


ÁREAS IMPORTANTES DA VIDA: (com quais áreas e com quais pessoas o cliente se importa? (p.e.: trabalho, estudo, saúde,
maternidade, paternidade, casamento ou outra relação íntima, amigos, família, espiritualidade, comunidade, ambiente?)

VALORES: (Quais valores parecem importantes nessas áreas?)

METAS E AÇÕES: (Quais metas congruentes com os valores e atividades ele(a): a) já persegue; e b) desejaria perseguir?)

NECESSIDADE DE TREINO DE HABILIDADES: (Quais habilidades importantes o cliente não tem ou não consegue usar, como
solução de problemas, estabelecimento de metas, autocuidado, assertividade, comunicação, resolução de conflitos,
relaxamento, empatia?)

RECURSOS: (Que pontos fortes, habilidades e outros recursos pessoas o cliente já tem e que poderiam ser usados? Que
recursos externos podem ser acessados?)

MEUS OBSTÁCULOS PESSOAIS: (Que pensamentos e sentimentos difíceis surgem para mim, em relação a esse cliente?)

BRAINSTORM: Quais perguntas, exercícios, atividades, metáforas, ferramentas, técnicas e estratégias eu posso usar na
próxima sessão? Que habilidades podem precisar de treino? A solução de problemas baseada em valores pode ser necessária
para obstáculos externos?

Copyright 2016 Russ Harris www.actminduflly.co.au